Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vasco fica na frente duas vezes, mas Furacão empata

Cruz-Maltino consegue importante resultado na Arena da Baixada e decidirá classificação para as semifinais em casa

O Vasco visitou o Atlético-PR, nesta quarta, na Arena da Baixada e, apesar de ter ficado duas vezes à frente no placar, saiu com importante empate por 2 a 2 em Curitiba, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil. Os gols cruz-maltinos foram marcados por Alecsandro e Diego Souza. Pelo Furacão, balançaram as redes Guerrón e Paulo Baier.

Com o resultado, o Vasco pode empatar por 0 a 0 ou por 1 a 1 em São Januário para se classificar para a semifinal da Copa do Brasil. O Furacão precisa da vitória ou um empate por três gols ou mais.

Antes do duelo, uma cena pouco comum. O auxiliar Marrubson Melo sofreu uma queda de pressão e caiu no gramado. Os médicos do Furacão rapidamente entraram em ação e o bandeirinha foi encaminhado ao hospital mais próximo do estádio. O substituto foi Bruno Boschilia.

VASCO É MELHOR E ABRE VANTAGEM NO 1º TEMPO

O jogo começou movimentado. Logo aos dois minutos Dedé escorregou e a bola sobrou para Guerrón dentro da área. Porém, o equatoriano, em ótima situação, demorou a chutar e Allan chegou para afastar de carrinho.

Pouco depois, a resposta vascaína. Eder Luis ganhou da marcação pela direita e cruzou. Alecsandro tentou de letra, a bola passou e Diego Souza, quase na pequena área, chegou dividindo com Manoel, que conseguiu tirar.

Aos nove, Diego Souza apareceu. O meia roubou a bola no meio de campo e levou sozinho. Após passagem de Eder Luis o camisa 10 rolou na frente. O atacante até dominou, mas a bola escapou e a defesa chegou rapidamente cortando boa chance dos visitantes.

Ficou claro que o Atlético-PR sentia falta de um homem de referência dentro da área. Apesar dos bons cruzamentos de Paulo Baier, a principal jogada dos donos da casa, não havia ninguém para completar.

Após início ruim, o Furacão começou a gostar do jogo, esbarrando, porém, na falta de um atacante de ofício. Só Guerrón, em um lance isolado, conseguiu cabecear uma bola alçada, mas esbarrou na ótima defesa de Fernando Prass, que espalmou para fora a melhor chance da equipe de Curitiba no primeiro tempo.

Se o Atlético-PR gostava do jogo, o Vasco tratou de frear os ataques do adversário. Mais ofensivo, o Cruz-Maltino chegou com Alecsandro aos 34. O atacante chutou fortemente de fora da área e o goleiro Renan Rocha foi obrigado a fazer grande defesa.

Mas três minutos depois a eficiência do ataque vascaíno falaria mais alto. Após receber mais um passe pela direita, Eder Luis entrou livre na área, ganhou no corpo do adversário e bateu. A bola acertou a trave direita e, no rebote, Alecsandro estava lá para conferir. 1 a 0 para o Vasco, que era bastante superior àquela altura.

Como prometido, o atacante imitou o pai, Lela, que marcou época no Coritiba na década de 80, na hora da comemoração. Após fazer careta para a torcida adversária, ele recebeu o terceiro cartão amarelo e está fora do jogo de volta, em São Januário.

Daí para a frente o Vasco apenas administrou e foi para o vestiário com boa vantagem.

VASCO MARCA, MAS PÊNALTI DUVIDOSO DEIXA TUDO IGUAL

A conversa com o técnico Adilson Batista nos vestiários mudou a postura do Furacão. Com o apoiador Branquinho na vaga do volante Robston, a equipe voltou mais animada e pressionou muito nos dez minutos iniciais.

Aos sete, a insistência surtiu efeito. Após cruzamento, a defesa vascaína não conseguiu afastar e, no meio da confusão, a bola sobrou para Guerrón empurrar de cabeça da pequena área, deixando tudo igual no placar.

Depois do gol de empate, o Vasco se tranquilizou e o jogo voltou a ficar igual. As chances, porém, pararam de surgir.

Mas aos 25, Guerrón teve grande oportunidade. O equatoriano recebeu livre pelo lado direito da área e, na hora de bater, acertou a rede pelo lado de fora. Era o Furacão voltando a pressionar e o Vasco tendo que se segurar atrás.

Porém, nada melhor que um momento de pressão para alguém se consagrar. E foi Diego Souza quem chamou a responsabilidade. Após bom primeiro tempo, o meia, que vinha sendo contestado em virtude das atuações apenas regulares, tirou a igualdade do placar. Aos 28, Ramon cruzou da esquerda, a defesa afastou e o camisa 10, de primeira, colocou no ângulo de Renan Rocha.

Aos 37, três cartões amarelos em apenas um lance. Após falta cometida por Eduardo Costa na entrada da área, o volante, Felipe e Allan foram penalizados por reclamarem.

No desespero, o técnico Adilson Batista tirou o lateral Rômulo e colocou o atacante Lucas. A substituição não foi primordial, mas o Atlético-PR conseguiu empatar no fim. Aos 41, Ramon fez pênalti duvidoso em Branquinho. Paulo Baier bateu bem e deixou tudo igual.

Mesmo com o empate no fim, o Cruz-Maltno traz um bom resultado de volta para o Rio de Janeiro. A decisão da vaga nas semifinais será em São Januário, na próxima quarta-feira.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 2 X 2 VASCO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data/Hora: 4/5/2011 – 21h50 (de Brasília)
Renda/Público: R$ 276.600 / 15.969 pagantes
Árbitro: Wilton Pereria Sampaio (DF)
Auxiliares: Bruno Boschilia (DF) e Fábio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Alecsandro, Fellipe Bastos, Felipe, Allan, Eduardo Costa e Ramon (VAS)

GOLS: Alecsandro, 37’/1ºT (0-1); Guerrón, 7’/2ºT (1-1); Diego Souza, 28’/2ºT (1-2); Paulo Baier, 42’/2ºT (2-2)

ATLÉTICO-PR: Renan Rocha; Rômulo (Lucas, 36’/2ºT), Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Deivid, Robston (Branquinho, intervalo), Paulo Roberto e Paulo Baier; Guerrón e Madson – Técnico: Adílson Batista.

VASCO: Fernando Prass; Allan (Fagner, 42’/2ºT), Dedé, Anderson Martins e Ramon; Rômulo, Fellipe Bastos (Eduardo Costa, 15’/2ºT), Felipe e Diego Souza; Eder Luis e Alecsandro – Técnico: Ricardo Gomes.

maio 5, 2011 - Posted by | Atlético-PR, Vasco da Gama

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s