Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Timão e Galo duelam no Pacaembu para evitar aumento de pressão

Jogo é crucial para as pretensões de ambos. Tropeço pode tirar o Atlético-MG do G-4. Corinthians quer fim do incômodo jejum

Quem pode mais? Dentinho, do Corinthians, ou Diego Tardelli, do Atlético-MG?

Chegou a última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. E o jogo deste domingo, entre Corinthians e Atlético-MG, às 16h, no estádio do Pacaembu, pode dar um início de segunda parte da competição mais tranquilo ou turbulento para um deles. É claro que a situação dos mineiros é melhor, mas a mudança pode ser drástica.

A equipe comandada por Celso Roth foi líder por várias rodadas e atualmente está na terceira colocação, mas tem chance de disputar a primeira posição com o Palmeiras e com o Internacional. Porém, um tropeço diante do Corinthians, aliado a vitórias de três rivais diretos (Goiás, Internacional e São Paulo podem passar), colocaria o Galo fora do G-4, mas com um jogo a menos.

– A nossa equipe é capacitada, bem treinada, com jogadores de qualidade. Contra o Palmeiras, qualquer um poderia ter vencido. Atingimos um nível muito alto para quem quer ser campeão brasileiro. O objetivo é o título e estamos focados. Sabemos que não é fácil – disse o meia Júnior.

No Corinthians, o momento é mais complicado. A equipe do técnico Mano Menezes não vence há cinco rodadas no Brasileirão. Perdeu de Palmeiras, Náutico e Flamengo e empatou com Santo André e Avaí recentemente. Caiu da quarta colocação para a 11ª, com 25 pontos. E mais: anotou apenas um gol nesse período – Chicão, de pênalti.

– Neste momento, o Corinthians não está na briga pelo título. Foi o que eu disse depois da derrota para o Flamengo. Existem equipes melhores posicionadas para estar nessa disputa. Nós ainda precisamos melhorar bastante para voltar à briga – comentou o técnico Mano Menezes, que segue sem Ronaldo, principal estrela do Timão.

A Rede Globo transmite ao vivo para Minas Gerais. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país. O GLOBOESPORTE.COM detalha todos os lances em Tempo Real.

As equipes

Mano Menezes ainda não pode contar com Ronaldo, que retirou esta semana os pontos que levou após cirurgia na mão esquerda. Segue sem Alessandro para a lateral direita e também não tem Souza para compor o ataque. Ambos estão com problema no joelho direito. O jeito, então, é improvisar e tentar soluções para voltar a vencer.

E foi essa a saída do treinador. Na lateral direita, sacou Diogo, por opção, e colocou o volante Jucilei. Na esquerda, o jovem Bruno Bertucci saiu para que o zagueiro Diego atue na posição. No meio-campo, Edu deve fazer a função de primeiro homem, Elias segue como segundo e Boquita aparece como armador.

Na frente, o esquema com três atacantes não vai mudar. Jorge Henrique volta após cumprir suspensão por conta do terceiro cartão amarelo e forma o setor ofensivo ao lado de Henrique e Dentinho. No gol, Felipe, e no miolo de zaga, o de sempre: Chicão e William. Outra novidade pode ser a presença de Morais no banco de reservas.

– É uma formação que nos permite variações, como jogar com três zagueiros ou com linha de quatro. Nesse momento que estamos precisamos de segurança defensiva, mas sem abrir mão de sermos ofensivos – comentou o comandante do Corinthians.

Roth monta o Galo com três zagueiros, e Tardelli volta

Cheio de desfalques para a partida, o técnico do Atlético-MG, Celso Roth, cria alternativas para montar o time. No treino desta sexta-feira, na Cidade do Galo, ele escalou a equipe no 3-5-2. Thiago Cardoso, de 18 anos, formará a zaga com Werley e Alex Bruno.

Roth não tem nove jogadores, seis deles titulares. O zagueiro Welton Felipe e os volantes Jonílson e Serginho estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. A lista do departamento médico é mais extensa. O volante Márcio Araújo, o goleiro Aranha, o meia Evandro e o atacante Alessandro, machucados, também estão fora. Além deles, o volante Carlos Alberto e o meia Wellington Saci, que pertencem ao clube paulista, não entrarão em campo por contrato de empréstimo.

O meio-campo é o setor mais afetado. Renan é o único volante titular à disposição. Por isso, o treinador teve de repensar o esquema. Tchô está confirmado no setor ao lado de Júnior. Nas alas, Marcos Rocha e Thiago Feltri são os escolhidos. O goleiro Bruno, de 21 anos, continua como titular.

A bota notícia fica por conta do atacante Diego Tardelli. Vice-artilheiro do Brasileirão, com nove gols, ele retorna da seleção brasileira depois de participar do amistoso contra o Estônia, na última quarta. A motivação para enfrentar o Corinthians está elevada.

– São vários desfalques, mas temos jogadores cheios de vontade e com espírito de grupo. É um adversário difícil e que talvez não esteja tão motivado por ter conquistado a Copa do Brasil e garantido vaga na Libertadores, mas a gente tem a obrigação de vencer e chegar entre os quatro primeiros. Temos que pensar assim para vencer um Corinthians difícil – afirmou.

O atacante colombiano Rentería foi relacionado pela primeira vez e tem chances de estrear na capital paulista.

agosto 16, 2009 Posted by | Atlético-MG, Corinthians | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Flu x Coritiba: um novo duelo dos desesperados

Ampliar Foto Montagem

Equipes se enfrentam no Maracanã tentando fugir da degola no Brasileirão

LANCEPRESS!

Em situações delicadas no Campeonato Brasileiro, Fluminense e Coritiba se enfrentam neste domingo, às 16h, no Maracanã, na incensante busca por dias melhores na competição. Alojados na zona de rebaixamento, as equipes só podem pensar em vitória no confronto.

No Tricolor, o clima está mais ameno do que antes, fruto da goleada sobre o Sport por 5 a 1 – no primeiro duelo dos desesperados – e dos empates contra Vitória, fora de casa, e Flamengo, atuando com o time reserva.

Para o jogo diante do Coxa, Renato Gaúcho voltará a escalar os titulares. As únicas dúvidas ficam pela presença ou não do zagueiro Edcarlos e do volante Wellington Monteiro. Ambos não foram inscritos na Copa Sul-Americana e podem estar sendo afastados para aprimorarem a parte física. Caso sejam oficialmente descartados, Cássio e Fábio Santos (esse se conseguir se recuperar de dores) deverão entrar nas vagas.

– Lógico que vamos colocar em campo a nossa força máxima. Esse jogo com o Coritiba é muito importante para nós e vale seis pontos – declarou o técnico Renato Gaúcho.

A grande expectativa no Coritiba para encarar o Fluminense é a estreia de Ney Franco. O treinador acompanhou a derrota da equipe por 2 a 0 para o Vitória, pela Copa Sul-Americana, e fez apenas um treinamento para a partida pelo Brasileirão.

Com praticamente todo o elenco à sua disposição, o técnico confia em uma recuperação e espera, em no máximo seis rodadas, tirar a equipe da zona do rebaixamento.

– Traçamos junto à diretoria uma meta mais curta, que é em cinco ou seis rodadas, tirar o Coritiba da zona de rebaixamento. Temos um recomeço no Coritiba, pois iniciaremos um novo projeto, que é para tentar a recuperação dessa equipe dentro do Campeonato Brasileiro. Agora, temos de pensar em tirar o time das últimas posições e temos condições de inverter essa situação em que o clube se encontra. A equipe tem talento para isso – disse Ney Franco.

A tendência é que o técnico mantenha o 3-5-2. Em relação ao time que perdeu para o Vitória, Ney deve fazer alterações, uma vez que contará com o zagueiro Jeci, os volantes Jaílton e Leandro Donizete e o atacante Marcelinho Paraíba.


FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE X CORITIBA


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 16/8/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Auxiliares: Pedro Jorge Santos de Araújo (AL) e Ticiana de Lucena Falcão (AL)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Ruy, Cássio (Edcarlos), Luiz Alberto e Augusto; Diogo, Wellington Monteiro (Fábio Santos), Marquinho e Conca; Roni e Kieza. Técnico: Renato Gaúcho.

CORITIBA: Edson Bastos, Jeci, Pereira e Cleiton; Márcio Gabriel, Leandro Donizete, Pedro Ken, Marcelinho Paraíba e Carlinhos Paraíba; Marcos Aurélio e Bruno Batata. Técnico: Ney Franco

agosto 16, 2009 Posted by | Coritiba, Fluminense | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico

Desfigurados, times vão para o jogo, que encerra o turno, com muita cautela

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico (Crédito: Montagem)

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico

LANCEPRESS!

Colados na tabela, Grêmio e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, no Olímpico, com a amarga missão de conferir qual dos dois times sofrerá menos com o amontoado de desfalques que seus treinadores estão tendo de conviver. E, claro, quem se sair melhor nessa parada encerra o turno embalado e bem pertinho do G4.

Com sete vitórias e dois empates em seus domínios, o Tricolor Gaúcho põe em risco a condição de time de melhor desempenho como mandante ao receber o Rubro-Negro. Três de seus principais jogadores – os meias Tcheco e Souza e o centroavante Maxi López – desfalcarão a equipe. Os dois primeiros cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O argentino tem uma lesão muscular na perna direita.

O Tricolor ainda não tinha sofrido tanta perda de qualidade. E o problema é que não há reposições. A saída do técnico Paulo Autuori é armar uma verdadeira retranca. A idéia parece ser dificultar o toque de bola do Flamengo e isolar Adriano.

O zagueiro Réver, grande destaque da defesa, vai para o meio-campo, juntando-se aos volantes Túlio e Adilson. O meia Douglas Costa, que andou jogando como atacante, será recuado para onde rende mais. Para o lugar de Maxi López, o substituto natural seria Alex Mineiro – se este não tivesse sido cedido ao Atlético-PR um mês atrás.

Herrera, que já formou dupla com Jonas, tem uma lesão no joelho direito. E Ricardo, 21 anos, ex-Londrina, é atacante de área, mas ainda está em fase de adaptação. A saída foi recorrer a Perea, que operou o joelho esquerdo em janeiro e até agora participou de apenas três partidas – nenhuma desde o início.

– Esse período foi muito difícil para mim. No início do ano, com a lesão, eu senti que perderia momentos importantes, especialmente na Libertadores. Agora, estou muito feliz pela possibilidade de atuar novamente – disse o atacante.

Ficou tudo muito diferente do original. Nos treinos da semana, o quarteto de meio-campo protegeu bem a linha de zagueiros, mas não conseguiu articular jogadas. E os dois atacantes, por atuarem pelos lados, pouco arremataram.

Apesar do clima leve, o Flamengo vive dias de incerteza. Em sétimo lugar, a equipe pode terminar em quinto se tiver uma combinação de resultados somados à vitória, é claro. Mas são poucos os que acreditam de fato no feito. Tanto que, consciente e cauteloso, Andrade deve tirar até Pet do time para escalar um meio mais marcador.

– O Grêmio tem um ponto forte nas bolas aéreas e nos contra-ataques. Além disso, encarar a torcida deles também não é fácil. Vou analisar a situação do Pet ver o que é melhor para o momento – despistou o Tromba, apelido do treinador.

O chileno Fierro é quem vai entrar na vaga do sérvio, caso a mudança de última hora ocorra. Certo mesmo é que o jovem Lenon vai ser o substituto de Kleberson e está com muita moral. A média de idade do time é mais baixa na temporada, cerca de 23 anos. Os únicos vovôs da turma são Angelim, 33, e Emerson, 31.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X FLAMENGO

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 16/8/2009 – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Carlos Berckenbrock (Fifa-SC) e Marcelo Carvalho Van Gasse 9SP)

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Leo, Rafael Marques e Jadilson; Réver, Adilson, Túlio e Douglas Costa; Perea e Jonas – Técnico: Paulo Autuori.

FLAMENGO: Bruno, David, Aírton, Ronaldo Angelim; Everton Silva, Willians, Lenon, Petkovic (Fierro) e Everton; Emerson e Adriano – Técnico: Andrade

agosto 16, 2009 Posted by | Flamengo, Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Gomes vai conversar com Ceni, mas o goleiro não deve jogar

A volta do capitão deve acontecer no Morumbi, na próxima semana

O camisa 1 tricolor está próximo do retorno aos gramados (Crédito: Ari Ferreira)

O camisa 1 tricolor está próximo do retorno aos gramados

LANCEPRESS!

Ricardo Gomes já passou a bola para Rogério Ceni. O treinador espera do goleiro o aval para relacioná-lo para a partida contra o Sport, no próximo domingo, às 16h, na Ilha do Retiro. Os dois vão conversar no próximo sábado.

– Não falei com ele (Rogério), ficamos de conversar depois do treinamento. Ele fez um ótimo treino hoje e vai ser decidido amanhã (sábado). Ele pode ser relacionado – afirmou Ricardo Gomes.

Apesar da empolgação do comandante, a tendência é a de que Ceni volte apenas na próxima quarta-feira, contra o Fluminense, no Morumbi, na estreia do Tricolor no segundo turno do Brasileirão.

O camisa 1 completou na última quinta-feira quatro meses da cirurgia a que foi submetido no tornozelo esquerdo. Este foi o prazo mínimo dado pelos médicos do clube para que ele voltasse aos gramados.

– Atuar no Morumbi tem vantagem para o Rogério. Ele tem mais noção de espaço, conhece o estádio, as dimensões do campo. Mas a decisão é da comissão técnica, ele já está totalmente recuperado do ponto de vista médico – afirmou o superintendente e médico do clube, Marco Aurélio Cunha.

Ceni ainda sente dores musculares após os treinamentos, o que é considerado normal. Ele também reclama de que tem dificuldades em alguns movimentos específicos. O capitão quer volta a atuar, mas em totais condições para não ter outra lesão ou não atuar da maneira que considera ser a ideal.

agosto 14, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , | Deixe um comentário

Adaptado ao Fla, David diz que não imaginava voltar ao Brasil tão rápido

Zagueiro ficou pouco mais de sete meses no grego Panathinaikos

Ampliar Foto Helena Rebello/GLOBOESPORTE.COM Helena Rebello/GLOBOESPORTE.COM

David após treino do Fla: adaptado, zagueiro não imaginava voltar da Grécia tão rapidamente

Foram pouco mais de sete meses longe do Brasil, desde que o zagueiro David deixou o Palmeiras em janeiro e se aventurou no Panathinaikos, da Grécia. Os problemas de adaptação e o excesso de estrangeiros no time o levaram ao Flamengo, onde, há pouco mais de duas semanas, já se sente em casa.

– Passei dez anos no Palmeiras. Não imaginava voltar ao Brasil tão rápido. Os jogadores que estão aqui há mais tempo estão me dando dicas, ajudando com posicionamento. O Pet é um que, além de dar qualidade ao meio campo, ajuda com a experiência. Ele sabe como as coisas funcionam, tem uma história aqui. Agora vou trabalhar para voltar com moral – disse.

Petkovic não é a única referência de David. O zagueiro já se ambientou e fez amizade com o atacante Denis Marques, que também chegou ao clube recentemente.

– Ainda não me deram nenhum apelido. Meu primeiro companheiro na concentração foi o Denis Marques, e acabamos fazendo amizade. Também conhecia alguns jogadores como o Léo e o Juan de jogos festivos no fim do ano – afirmou.

Com 27 pontos, o Flamengo ocupa a 8ª colocação do Brasileirão e visita o Grêmio, domingo, às 16h, pela última rodada do primeiro turno.

agosto 13, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mengão e Timão se enfrentam com objetivo de salvar o turno

Ambos têm sido irregulares e, quem vencer, encosta no G4. Já o outro…

LANCEPRESS!

Desde que Ronaldo acertou com o Corinthians, a partida entre Flamengo e o clube paulista, neste domingo, às 16h, se encheu de expectativa. O Fenômeno, lesionado, não vai jogar, mas mesmo assim, com as conquistas estaduais de ambos, esperava-se um dos grandes duelos do Brasileirão. Só que nas últimas rodadas, os rivais têm decepcionado. Restou à disputa definir quem pode encerrar o primeiro turno mais pertinho do G4.

Com 24 pontos, o time rubro-negro pode saltar da 11ª para a quinta posição e, depois, ao encarar o Grêmio, consolidar uma boa sequência na etapa da competição. Já o Timão está um pouco melhor – é o oitavo, com 25 -, mas vem em queda livre, principalmente por conta dos desfalques que a janela de transferências lhe proporcionou. Vencer representaria a redenção no Parque São Jorge.

Andrade contará com o retorno de Emerson ao ataque. Mesmo com a possibilidade de ser negociado, está em boa fase e é esperança de gols. Além dele, talvez a principal atração seja Petkovic, titular pela primeira vez desde que retornou. Junto a eles estarão Kleberson e Adriano, formando um quarteto de respeito.

A única dúvida é na zaga. Pode ser que David assuma o lugar de Welinton, por razões técnicas. O treinador aproveitou para tornar a convocar a torcida, fator essencial para as vitórias.

– A torcida pode acreditar e comparecer, até pelas atuações nos últimos jogos. Quase concretizamos uma virada histórica em Goiás e é por isso que pedimos esse apoio – disse Andrade, sem deixar de comentar sobre Ronaldo. – Na forma em que ele está é a referência do Corinthians. Não facilita, mas com certeza é bom não tê-lo contra.

Já o Corinthians segue tentando se acertar após a saída de seu principais jogadores. Sem Cristian, André Santos e Douglas, vendidos nesta janela de transferências, o time de Parque São Jorge já amarga quatro partidas sem vitórias.

Na última rodada, além de perder para o Náutico, também perdeu três jogadores para o confronto no Maracanã. Jorge Henrique recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão. Já Alessandro e Souza preocupam não só para esse jogo. Souza ficará de fora por duas semanas e Alessandro quatro.

Com os desfalques, Mano deve mudar o esquema de jogo do time. Com a entrada de Moradei no meio, o time passa a ter dois atacantes. Bill e Dentinho formam a dupla. Na lateral direita, Diogo pega a vaga de Alessandro. A preocupação do Corinthians é a defesa. Mesmo contando com a dupla titular, o Timão terá pela frente Adriano. O Imperador já marcou nove vezes e é um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro.

– Se não marcar o Adriano, você sabe o final do filme. É um jogador que preocupa pela situação diferenciada. Jogamos contra ele no início do trabalho. Ele até fez um gol que deu polêmica. É um jogador que tem de marcar duro se não complica – disse Mano, lembrando de quando enfrentou Adriano, ainda no São Paulo.

Problemas à parte, a expectativa é de um grande jogo no Maracanã. Mesmo sem a presença de Ronaldo, a partida entre os times é muito agurdada por todos.

– Para mim, Flamengo x Corinthians é o maior clássico do futebol brasileiro, reúne as duas maiores torcidas do país. E será uma partida importante para as duas equipes. O Flamengo vem de derrota e nós também não estamos conseguindo bons resultados – disse o atacante alvinegro Henrique.


FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO X CORINTHIANS

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 9/8/2009 – 16h
Árbitro: Evandro Rogerio Roman (Fifa-PR)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Marco Antonio Martins (SC)

FLAMENGO: Bruno, Welinton (David), Aírton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Willians, Kleberson, Petkovic e Everton; Emerson e Adriano – Técnico: Andrade

CORINTHIANS: Felipe; Diogo, Chicão, William e Bruno Bertucci; Moradei, Jucilei, Elias e Edu, Dentinho e Bill – Técnico: Mano Menezes.

agosto 9, 2009 Posted by | Corinthians, Flamengo | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Dérbi paulista vale permanência no G4

Timão e Verdão se enfrentam para permancer no G4

Corinthians tenta quebrar invencibilidade do Palmeiras (Foto: Montagem)

Corinthians tenta quebrar invencibilidade do Palmeiras (Foto: Montagem)

LANCEPRESS!

Corinthians e Palmeiras se enfrentam neste domingo, às 16h, no Estádio Prudentão, em Presidente Prudente. O local guarda boas lembranças para o centroavante Ronaldo, do Corinthians. Foi no estádio que o Fenômeno marcou o seu primeiro gol com a camisa do Timão. O gol porém, não foi o suficiente para o Corinthians quebrar uma longa invencilidade do Verdão no confronto.

O Palmeiras ostenta uma sequência positiva de 2 anos e 10 meses sobre o Corinthians. A última vitória do Timão foi no dia 25 de outubro de 2006. Na ocasião, as duas equipes estavam mal na tabela, e o jogo foi chamado de o “clássico dos desesperados”. A partida terminou 1 a 0 para o alvinegro com gol do volante Marcelo Mattos.

Desde lá, foram exatos cinco jogos de soberania do Verdão. Foram quatro vitórias e um empate. No período o Palmeiras marcou sete gols e sofreu apenas um (o primeiro de Ronaldo com a camisa alvinegra, no Paulista deste ano).

Neste ano, o clássico está longe de ser “desesperador”. Com as duas equipes bem posicionadas na tabela, a partida passou a ser decisiva para as duas equipes que brigam para encostar no líder Atlético-MG.

o Corinthians venceu o Vitória e conseguiu chegar ao G4. Agora se vencer o Palmeiras neste domingo, o time de Mano Menezes pode até terminar a roda na vice-liderança. Mesmo com seus destaques sendo vendidos e deixando o time, o Timão ainda promete continuar firma na disputa pela tríplice cora e para isso conta com o apoio de sua torcida.

– Nesse momento de transição, vamos precisar desse apoio ainda mais. Juntos vamos conseguir manter o time forte – disse Mano Menezes.

Já Chicão, um dos remanescente acredita nos atletas que vão ficar e ainda espera pela chegada de novos companheiros para se manter firma na disputa.

– Acho que o Corinthians tem um grupo forte. O Jucilei entrou bem contra o Vitória. O Diego está ajudando bastante tambem. Sem dúvida vão chegar jogadores para ajudar a gente – disse o camisa três.

Para o clássico, o técnico Mano Menezes poderá ter a força máxima que restou em seu elenco. Alessandro e William, que ficaram de fora das últimas partidas do Timão, já estão em fase final de recuperação e poderão ser escalados. Jorge Henrique e Ronaldo jogaram pendurados contra o Vitória e não levaram cartões durante a partida. Também vão para o jogo.

Ronaldo inclusive, volta ao estádio em que marcou seu primeiro gol com a camisa nove alvinegra. Em março deste ano, pelo Campeonato Paulista, o Fenômeno entrou no segundo tempo e empatou a primeira edição do clássico em 2009. Na comemoração de seu gol, Ronaldo subiu no alambrado, que não aguentou e desabou.

O Palmeiras, com 25 pontos, tem a chance de empatar em pontos e número de vitórias com o Galo, porém as chances de passar no saldo de gols são remotas. O clube mineiro tem um saldo positivo de 14 gols e o Verdão, nove.

Sob os olhares do técnico Muricy Ramalho, que acompanhará a partida das tribunas do Prudentão, o Palmeiras entra em campo sem desfalques na equipe titular. Pierre e Maurício Ramos voltam de suspensão e entram nos lugares de Sandro Sila e Marcão, respectivamente.

Muricy acompanhar o jogo atentamente e tirar algumas conclusões sobre o elenco. Porém, o técnico prometeu não palpitar no trabalho de Jorginho.

– Eu tenho contrato longo até o fim de 2010. Não pode ter pressa. O Palmeiras está muito bem, o Jorginho está trabalhando bem. O que eu puder ajudar, eu ajudo. O momento não é de interferência. Tem de conhecer o lugar, as pessoas, vou viajar com o time. Mas se precisar de uma conversa já no treinamento, vou estar a disposição.

O técnico Jorginho, desde que assumiu interinamente o comando do Verdão, deixou bem claro que sua prioridade não era ser efetivado. Porém, em seus discursos, o ex-jogador dizia que pretendia deixar o cargo com uma vitória. Nada melhor do que um triunfo no clássico para consagrar a sua curta e vitoriosa passagem no comando técnico do Verdão.


FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS X PALMEIRAS

Estádio: Prudentão, Presidente Prudente (SP)
Data/hora: 26/07/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, William, Chicão e Diego; Jucilei, Elias e Douglas (Morais); Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes.

PALMEIRAS: Marcos, Wendel, Danilo, Maurício Ramos, Armero; Pierre, Edmílson, Cleiton Xavier, Diego Souza, Willians e Obina. Técnico: Jorginho

julho 26, 2009 Posted by | Corinthians, Palmeiras | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sport e Náutico fazem clássico dos 100 anos

No Clássico dos Clássicos, rivais buscam a recuperação no Brasileirão

(Crédito: Marianna Esteves)

LANCEPRESS!

Sport e Náutico se enfrentam neste domingo, às 16h, na Ilha do Retiro, um dia após o clássico completar 100 anos de História. A partida é muito aguardada, já que os dois times procuram a reabilitação, já que o Timbu segura a lanterna do Brasileirão e o Leão está na 16ª posição.

Segundo alguns pesquisadores, este é o segundo clássico mais antigo do Brasil, que data de 25 de julho de 1909, perdendo apenas por seis dias de diferença para Internacional x Grêmio. É conhecido o confronto entre Fluminense x Botafogo como o mais antigo, que data de 1905. No entanto, alguns pesquisadores discordam do duelo.

– Em 1905, existiam dois Botafogo e o Botafogo de hoje é o resultado da fusão dos dois em 1942. Sendo assim, Inter e Grêmio é mais antigo, sendo seguido por Sport e Náutico – destacou o jornalista e pesquisador Neto Galvão, em recente entrevista ao Blog do Torcedor, do Jornal do Commercio.

No Sport, o treinador Emerson Leão terá seu time praticamente completo, já que terá os retornos do zagueiro César e do volante Dudé. Apenas o atacante Ciro desfalca, pois está servindo à Seleção Brasileira sub-20. O restante do time deverá ser o mesmo que enfrentou o Coritiba rodada passada.

– É um duelo histórico e os dois times precisam da vitória. O Sport está consciente da sua responsabilidade e temos que aproveitar o mando de campo para conseguirmos uma vitória – disse Leão.

No Náutico, Geninho tem problemas para montar o time, já que os zagueiros Asprilla e Gladstone estão suspensos. Uma mudança já está confirmada, pois o goleiro Eduardo, alvo de críticas da torcida, será substituído por André Sangalli.

– Estou com problemas para montar o time e logo contra o arqui-rival, numa partida que se espera uma festa. Mas meu time está preparado, temos garra o suficiente para buscarmos os três pontos dentro da Ilha do Retiro – afirmou Geninho.

FICHA TÉCNICA:
SPORT x NÁUTICO

Estádio: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data/hora: 26/07/09 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (SC)
Assistentes: Erich Bandeira (PE) e Jossemmar José Diniz Moutinho (PE)

SPORT: Magrão, Juliano, Igor e Durval; Elder Granja, Hamilton, Sandro Goiano, Fabiano e Dutra; Vandinho e Guto. Técnico: Emerson Leão.

NÁUTICO: André Sangalli, Galiardo, Vágner e Onildo; Sidny, Derley, Johnny, Aílton e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Gilmar. Técnico: Geninho.

julho 26, 2009 Posted by | Náutico, Sport | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Iguais na tabela, Santos e Fla duelam em momentos distintos

Se Peixe vibra por Luxa, Rubro-Negro, sem técnico, amarga crise política

LANCEPRESS!

Com o mesmo número de pontos no Campeonato, Santos e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. Fora de campo, a situação de ambos, porém, é oposta. Enquanto o Peixe tenta engatar a segunda vitória consecutiva com Vanderlei Luxemburgo, o time da Gávea, com Andrade de interino, está envolto em grave crise política.

Após estreia com vitória sobre o Atlético-PR, o técnico santista espera repetir a escalação do jogo da última quarta-feira. Da equipe santista que venceu o jogo da última quarta-feira, todos os jogadores estão disponíveis. Os únicos desfalques certos são o goleiro Fábio Costa e o centroavante Kléber Pereira, que seguem lesionados.

Os garotos Neymar e Paulo Henrique, que entraram bem contra o Furacão, terão de esperar um pouco mais para entrar na equipe titular. Luxa manterá o esquema com três volantes (Roberto brum, Germano e Paulo Henrique) em busca de compactar a equipe do Peixe.

Luxemburgo já avisou que o objetivo do Santos no campeonato é classificar-se para a Copa Libertadores, e para isso, segundo o técnico, a equipe terá de vencer todos os jogos em casa. O meia Madson concorda com o técnico e diz que o Peixe deve fazer da Vila um caldeirão.

– Ainda precisamos vencer para chegar mais perto do nosso objetivo. O Vanderlei já colocou a gente para cima, deu mais motivação. Mas temos que manter os pés no chão e, com muita humildade, ir pra cima do Flamengo. Estamos motivados pela vitória. Domingo a gente tem que voltar a fazer da Vila o nosso caldeirão e colocar medo no adversário – pediu o meia Madson.

Na Gávea, o clássico parece ter ficado em segundo plano. Em meio à saída de dirigentes, o clube precisa resolver seus conflitos internos para evitar que não recaia sobre o time. Com Andrade à beira do campo, depois da queda de Cuca, não haverá muitas novidades. Apenas os retornos previstos de Welinton, Toró e Everton.

– Temos que tentar esquecer esses problemas políticos, somos profissionais. Precisamos absorver isso. Podemos fazer um bom jogo contra o Santos – crê o técnico interino, que pretende manter Toró em campo apenas até onde o volante aguentar. Juan e Petkovic estão mesmo fora. Já Zé Roberto ainda pode ser utilizado no banco de reservas.

Como registro histórico, vale lembrar que o Flamengo fará seu milésimo jogo na História do Campeonato Brasileiro. É o primeiro clube a atingit tal marca. Curiosamente, Andrade representa muito neste período. O ex-jogador foi tetracampeão pelo Rubro-Negro.

– Depois de tantos técnicos que passaram, caí de ser o interino a fazer milésimo jogo. Fico feliz por isso, mas espero que seja com vitória, senão logo esse número será esquecido – alerta.

FICHA TÉCNICA:
SANTOS X FLAMENGO

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 26/7/2009 – 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Altemir Haussmann (Fifa-RS) e Ivan Carlos Bohn (PR)

SANTOS: Felipe; Luizinho, Fabão, Domingos e Léo; Germano, Rodrigo Souto, Roberto Brum e Róbson; Madson e Roni – Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FLAMENGO: Bruno, Welinton, Aírton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Willians, Toró, Kleberson e Everton; Emerson e Adriano – Técnico: Andrade

julho 26, 2009 Posted by | Flamengo, Santos | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG enfrenta o Goiás no Mineirão

Galo tenta se manter na liderança enquanto Esmeraldino quer o G4

Galo recebe o Esmeraldino no Mineirão (Crédito: Montagem)

Galo recebe o Esmeraldino no Mineirão

LANCEPRESS!

O Atlético-MG entra em campo neste domingo, às 16h, no Mineirão, para enfrentar o Goiás e tentar ampliar a vantagem sobre os demais concorrentes à ponta da tabela do Brasileirão. A venda antecipada de ingressos mostrou que o torcedor atleticano está empolgado com a boa fase da equipe e o estádio estará lotado.

O técnico Celso Roth não terá jogadores suspensos para esta partida. Ao contrário, terá um reforço para a defesa. O zagueiro Werley cumpriu suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo e está de volta ao grupo que se concentra para enfrentar o time esmeraldino. O lateral-direito Carlos Alberto segue em recuperação do estiramento na coxa direita.

O atacante Diego Tardelli, artilheiro do Galo no Brasileirão com oito gols, conta com o apoio da torcida para ultrapassar Val Baiano, do Barueri, que já balançou a rede nove vezes. O jogador está em estado de graça com o clube mineiro e o torcedor atleticano, que o acolheu como grande ídolo do grupo de 2009.

– O Atlético-MG está sendo muito especial em minha carreira. Está tudo indo muito bem. É maravilhoso ver o Mineirão lotado, com a torcida gritando meu nome, me incentivando. Estamos nos tornando um time muito forte dentro de casa – disse Diego.

No Goiás, o técnico Hélio dos Anjos tem inúmeros problemas para escalar a equipe. Na zaga, Valmir Lucas segue na vaga Rafael Toloi que continua com Seleção Brasileira sub-20. Na ala-direita, com a lesão de Vitor, o zagueiro Gomes terá de atuar improvisado na posição.

No meio-de-campo, mais problemas: o volante Ramalho quebrou a costela e vai desfalcar o Esmeraldino por no mínimo 30 dias. Com isso, o recém-contratado Fernando, irmão do meia Carlos Alberto deve ser titular. No ataque, Iarley jogará sozinho.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG X GOIÁS

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 26/7/2009, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Jackson Massara dos Santos (RJ)

ATLÉTICO-MG: Aranha, Márcio Araújo, Welton Felipe, Werley e Thiago Feltri; Jonilson, Renan, Serginho e Júnior; Éder Luís e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth.

GOIÁS: Harlei, Ernando, Leandro Euzébio e Valmir Lucas; Gomes, Amaral, Fernando (Zé Carlos) Léo Lima, Felipe Menezes e Julio Cesar; Iarley.
Técnico: Hélio dos Anjos.

julho 26, 2009 Posted by | Atlético-MG, Goiás | , , , , , , | Deixe um comentário

Embalado, Atlético-MG vai até Salvador encarar o Vitória

Galo quer manter a liderança e rival quer permanecer no G-4

LANCEPRESS!

Embalado pela semana positiva que teve em Minas Gerais, o Galo vai até Salvador para encarar o Vitória neste domingo, às 16h, no Barradão.

O período de alegria alvinegra começou domingo passado, quando o time venceu o clássico contra o Cruzeiro por 3 a 0. A festa continou na quarta-feira com a derrota do rival na final da Copa Libertadores e só terminou na quinta com o triunfo diante do São Paulo.

Para o jogo deste domingo, o técnico Celso Roth não poderá contar com Diego Tardelli, vice-artilheiro do Brasileirão com sete gols. Ele recebeu o terceiro cartão amarelo contra o São Paulo cumprirá suspensão automática. O substituto do camisa 9 deve ser mesmo Alessandro, que vem entrando bem desde a sua contratação e ganha a primeira chance como titular.

Apesar do grande início de Brasileiro, o técnico Celso Roth garante que ainda falta muito para o título e que o Alvinegro mineiro precisa seguir trabalhando duramente.

– Pelo título ainda falta muita coisa. Nós estamos com um terço do campeonato. Acho que o Atlético está mostrando nesse início de campeonato uma força digna de sua história e a nossa expectativa é que continue assim. Continue dentro desse padrão – disse.

Já o Rubro-Negro baiano quer seguir no G-4 e continuar a boa campanha no campeonato. Na rodada passada, o Vitória foi até Recife e ficou só no empate com o Náutico. E essa partida trouxe muitos problemas para o técnico Paulo César Carpegiani. Isso porque sua equipe não poderá contar com nenhum dos três zagueiros titulares, já que Wallace foi expulso e Anderson Martins e Victor Ramos receberam o terceiro cartão amarelo.

Quem também não atuará será Vanderson, que ainda cumpre suspensão pela expulsão no jogo contra o Flamengo, quando deu uma cabeçada no atacante Emerson. Mas as notícias não são apenas ruins em Salvador. Para encarar o Galo, Carpegiani terá o retorno de Uelinton e Apodi.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA X ATLÉTICO-MG

Local: Barradão, Salvador (BA)
Data/Hora: 19/07/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS/Fifa)
Auxiliares: Ênio Ferreira de Carvalho (DF) e Marrubson Melo Freitas (DF)

VITÓRIA: Viafara, Apodi, Reniê, Marco Aurélio, Leandro; Leandro Domingues, Magal, William e Uelinton; Adriano e Roger. Técnico: Paulo César Carpegiani.

ATLÉTICO-MG: Aranha, Carlos Alberto, Welton Felipe, Werley e Thiago Feltri; Serginho, Jonílson, Márcio Araújo e Júnior; Alessandro e Éder Luís. Técnico: Celso Roth.

julho 19, 2009 Posted by | Atlético-MG, Vitória | , , , , , , , | Deixe um comentário

São Paulo reencontra Adriano ao receber o Fla no Morumbi

Técnicos Cuca e Ricardo Gomes têm muitos desfalques para o jogo deste domingo, no Morumbi

LANCEPRESS!

Com mudanças e pressionado pela má situação na tabela, o São Paulo recebe o Flamengo, neste domingo, às 16h, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. A partida terá um aperitivo a mais para o torcedor são-paulino: pela primeira vez, o clube terá pela frente o Imperador Adriano, que teve passagem pelo Morumbi no ano passado.

Após a demissão do técnico Muricy Ramalho, em virtude de mais uma eliminação na Libertadores, o clube passa por um momento difícil e um revés contra a equipe carioca colocaria uma pressão muito grande sob o recente trabalho de Ricardo Gomes.

O novo treinador sabe que a torcida ainda não engoliu sua contratação e, por conta disso, a necessidade de resultados imediatos é evidente. Desta forma, o novo técnico do Sampa deve promover ao menos quatro mudanças com relação a equipe que foi derrotada pelo Coritiba, no último domingo.

Com André Dias suspenso, o comandante são-paulino será obrigado a mudar mais uma vez o setor defensivo. Renato Silva deve ficar com a vaga, formando dupla com Miranda. Os dois terão a missão de manter a boa média contra o Flamengo de Adriano. O Tricolor não sabe o que é sofrer um gol dos rubro-negros atuando no Morumbi desde 2004. O Imperador, como não poderia deixar de ser, preocupa muito os tricolores.

Mantendo o esquema 4-4-2, seu preferido, Ricardo Gomes, durante a semana, também acenou com a possibilidade de testar novamente o volante Arouca na lateral direita. Neste caso, Zé Luis vai para o banco de reservas. Assim como Washington que, constantemente, tem sido vaiado pela torcida. O atacante não marca um gol há seis partidas e, pela primeira vez, deve ser sacado da equipe, dando lugar a Hugo. Dagoberto está suspenso.

Para conseguir manter o Flamengo na principal competição das Américas no ano que vem, o técnico Cuca teve que alterar quase toda a equipe rubro-negra para este duelo importante.

Sem Aírton (suspenso no STJD), Juan (machucado), Toró (machucado), Emerson (suspenso por terceiro cartão amarelo), Kleberson (suspenso por cartão vermelho) e Ibson (voltou para o Porto), foi preciso escalar um Flamengo com dois laterais direitos em campo, sendo que Léo Moura jogará no meio-de-campo, deixando Everton Silva na posição original.

No ataque, Zé Roberto jogará aberto pela esquerda, enquanto Fierro subirá pela direita, com Adriano centralizado. A grande dúvida de Cuca é se escala a equipe rubro-negra no tradicional 4-4-2 ou se arma a equipe em um 3-4-3, com variações para o 3-6-1.


FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO X FLAMENGO

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 12/7/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Ribeiro (MG)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Erich Bandeira(PE)

SÃO PAULO: Denis, Arouca, Renato Silva, Miranda e Junior Cesar; Eduardo Costa, Jean, Hernanes e Marlos; Hugo e Borges. Técnico: Ricardo Gomes

FLAMENGO: Bruno, Wellinton, Fabrício e Ronaldo Angelim; Everton Silva, Willians, Léo Moura e Everton; Fierro, Zé Roberto e Adriano. Técnico: Cuca.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 12, 2009 Posted by | Flamengo, São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Corinthians volta ao Olímpico após acesso

Grêmio recebe o Timão no estádio que marcou a queda para segunda divisão

LANCEPRESS!

Neste domingo, as 16h, o Corinthians retorna ao estádio que marcou a pior fase da história do clube. No local que sacramentou a queda para a série B, o Grêmio recebe a equipe de Parque São Jorge pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Entretanto, agora o Corinthians vive um momento completamente diferente daquela ocasião. Retornou para a primeira divisão com algumas rodadas de antecipação, foi campeão paulista invicto e sagrou-se campeão da Copa do Brasil, fatos que o condecoram como um dos melhores times do país na atualidade.

Após uma bela exibição contra o Fluminense na última rodada, a equipe de Mano Menezes reforçou a vontade de brigar pela possível conquista da tríplice coroa, entrando firme da disputa do título brasileiro.

– É um momento muito importante e pode ser histórico conquistar a tríplice coroa. Ganhamos o Paulista, a Copa do Brasil e vamos em busca do Brasileiro – disse Dentinho, animado com a fase corintiana.

Apesar de não estar no rebaixamento corintiano, Mano Menezes também terá um importante reencontro no domingo. Depois de deixar o Grêmio para comandar o Corinthians, será a primeira vez que o treinador irá enfrentar seu ex-clube. Alheio a sentimentalismos, o gaúcho só pensa em conquistar mais um título na temporada.

– Temos o Brasileiro pela frente, o principal campeonato do país que está aí para ser ganho por alguém e nos sentimos candidatos. Temos equipe para brigar. Temos que esquecer a Libertadores que é no ano que vem. Você não joga uma competição seis meses antes de começar – afirmou Mano.

Já o Grêmio faz uma campanha em tudo mediana. Ou medíocre, se comparada à do Brasileiro passado, em que foi vice. Colocado bem no meio da tabela, em 10º lugar, o jogo contra o Corinthians servirá como um definidor dessa questão.

Se o Tricolor derrotar aquele que seu técnico, Paulo Autuori, considera o melhor time brasileiro da atualidade, ganhará moral e poderá embalar. Afinal, já vem de uma vitória – a goleada de 4 a 1 sobre o Atlético-PR, domingo passado, em casa. Aquele resultado serviu para dar vida nova a um time em depressão pela eliminação da Libertadores. Para completar o tratamento, nada como ganhar de Ronaldo & Cia. Há muita excitação entre os gremistas. O Olímpico deverá receber mais de 40 mil deles.

Alívio na comissão técnica: os exames em Réver, poupado do treino da sexta-feira devido a dores musculares na perna direita, não acusaram lesão, e o melhor jogador do sistema defensivo gremista vai para o jogo. Assim, a confiança em deter o ataque do Timão aumenta.

O assunto dominante, depois do treino de sexta, aliás, foi justamente esse. O atacante Maxi López e o volante Túlio foram unânimes em afirmar que, mais do que uma marcação especial sobre Ronaldo, é importante fazer com que a bola não chegue até ele.

– É preciso bloquear os passes, porque as coisas sempre se complicam quando Ronaldo pega na bola – afirmou Maxi López. Que, no entanto, quer ver seu time amassando o Timão.

– Precisamos matar o Corinthians rápido – receitou o argentino.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X CORINTHIANS

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 12/07/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Auxiliares: Pedro Jorge de Araujo (AL) e Carlos Titara da Rocha (AL)

GRÊMIO: Victor; Thiego, Léo, Réver e Fábio Santos; Adílson, Túlio, Tcheco e Souza; Jonas e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Jean, Diego e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Dentinho, Ronaldo e Jorge Henrique. Técnico: Mano Menezes

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 12, 2009 Posted by | Corinthians, Grêmio | , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio volta à realidade contra o Furacão

Time de Autuori tenta recuperação contra o Atlético-PR

LANCEPRESS!

Ainda abalado pelo duro golpe da desclassificação da Libertadores da América, o Grêmio volta à dura realidade do Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a 14ª colocação. Neste domingo, o time de Paulo Autuori enfrenta o Atlético-PR, no Olímpico, às 16h, jogo válido pela nona rodada do Brasileirão. Apesar de estar na 16ª posição, o Furacão ensaia uma reação, após ter começado muito mal a competição, amargando a lanterna.

O Grêmio precisa ganhar do Atlético-PR neste domingo, no Olímpico, para subir na tabela do Brasileiro, onde ocupa a 14ª posição. Mas está abatido, porque o sonho de conquistar a Copa Libertadores da América acabou. O que fazer?

— Meu principal trabalho até a hora do jogo será psicológico, mostrar que a vida continua. Acho que não será tão difícil, pelo espírito mostrado pela equipe no segundo tempo contra o Cruzeiro, quando lutou com dignidade mesmo vendo tudo perdido – diz Autuori, ele próprio já alvo de críticas porque o time venceu apenas dois dos dez jogos sob seu comando.

Com 9 pontos ganhos, o Grêmio venceu apenas duas partidas – sobre os frágeis Botafogo e Náutico, no Olímpico. Perdeu três e empatou outras três.

A escalação deverá ser a mesma, ou quase, da partida final da Libertadores, nesta quinta-feira. Até porque o time não atuou mal e conseguiu um empate em 2 a 2.

— E é preciso repetir, porque só assim ela ganhará sincronia de movimentos. Me perguntam se não seria o caso de voltar para o 3-5-2. Eu respondo que isso não acontecerá jamais – encerra o técnico, adepto confesso do sistema 4-4-2.

A única mudança possível é a entrada de Joílson na lateral-direita, no lugar de Thiego. Joílson é bom apoiador, e contra um adversário como o Atlético, que deverá cuidar mais de se defender, o ex-são-paulino poderá ser mais útil do que Thiego, que é zagueiro improvisado ali.

Quando fala em aprimorar o entrosamento, Autuori se refere à manutenção de Herrera no ataque, ao lado de Maxi López. Herrera não se saiu tão bem contra o Cruzeiro, em sua primeira partida ao lado do conterrâneo. Mesmo assim, tem mais crédito do que Alex Mineiro, barrado por ter marcado apenas quatro gols na temporada e estar há quatro meses sem balançar as redes.

Tendo conquistado sete dos últimos nove pontos disputados, é impossível não apontar uma clara evolução da equipe do Atlético Paranaense. E o grande responsável é o técnico Waldemar Lemos, com sua fala mansa, mas que nos treinamentos vem cobrando ao máximo os jogadores do Furacão.

Os números comprovam a sua boa fase neste Brasileirão. Se existisse o “Waldemar Futebol Clube”, ele ocuparia no momento a
quarta colocação da Série A, já que conquistou sete pontos pelo Furacão e já tinha somado outros oito enquanto comandava Náutico. São quatro vitórias e três empates. Números que não mudam a humildade do treinador.

– Isso é apenas fruto do trabalho. Assim como o Náutico, o Atlético tem um grande grupo, com jogadores que estão com muita vontade. Fico feliz por estar realizando um bom trabalho e dando alegrias aos torcedores. Temos uma comissão técnica de alta qualidade e isso ajuda muito – disse Lemos.

Para seguir pontuando, o Furacão terá desfalques no Olímpico. Por suspensão automática, Waldemar não poderá contar com o zagueiro Rafael Santos e o volante Valencia. A boa notícia fica por conta do retorno de Marcinho, que estava suspenso, e de Rafael Moura, recuperado de uma entorse no tornozelo direito.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-PR

Local: Olímpico, em Porto Alegre(RS)
Data-Hora: 05/07/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)

GRÊMIO: Victor; Joílson (Thiego), Leo, Réver e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Tcheco e Souza; Herrera e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.

Atlético-PR: Vinícius; Manoel, Rhodolfo e Antônio Carlos; Zé Antônio, Chico, Rafael Miranda, Paulo Baier e Marcio Azevedo; Marcinho e Rafael Moura (Wesley) – Técnico: Waldemar Lemos.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 5, 2009 Posted by | Atlético-PR, Grêmio | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Goiás recebe o ‘Cruzeiro B’ no Serra Dourada

Equipe esmeraldina encara reservas do time Celeste

LANCEPRESS!

O Goiás recebe o Cruzeiro neste domingo, no Serra Dourada, às 16h, em partida válida pela nona rodada do Brasileirão. Embalado por duas vitórias seguidas – tendo sido a última de goleada -, o Esmeraldino não vai poder contar com Iarley no ataque. Bruno Meneghel entrará em seu lugar. Já o Cruzeiro, depois da vitória sobre o Grêmio, que o colocou na decisão da Libertadores da América, deve poupar seus titulares para o jogo.

O técnico Hélio dos Anjos escondeu o jogo, mas Bruno Meneghel deve entrar no ataque ao lado de Felipe, ocupando a vaga deixada pelo titular Iarley, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A opção tem a ver com as características semelhantes entre os dois atacantes. Meneghel afirmou que está animado com a chance de jogar.

– Vejo uma chance de conquistar a confiança do Hélio dos Anjos. Independentemente do que fiz no Campeonato Carioca, em que fui bem, estou em outro clube agora e tenho de reconstruir tudo. Domingo será importante para mostrar minha qualidade e ganhar esta confiança do treinador – afirmou Meneghel.

Já o Cruzeiro deve ir a campo com os reservas, pois joga a final da Libertadores na próxima quarta-feira, contra o Estudiantes, na Argentina. A principal novidade do time Celeste é o atacante Rômulo, que volta ao time da Raposa depois de passagens pelo futebol europeu. Rômulo, entretanto, deve entrar apenas na segunda etapa. Ele espera que o time faça no Brasileiro uma campanha tão boa quanto a da competição continental.

– São duas competições difíceis e o Cruzeiro tem tido um desempenho muito bom na Libertadores. Os jogadores que atuarem no Brasileiro têm que se esforçar para pontuar e não deixarmos o time muito longe dos líderes – comentou o atacante.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS X CRUZEIRO

Local: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data e hora: Domingo, 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Auxiliares: Luciano José Coelho Cruz (PE) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)

GOIÁS: Harlei; Rafael Toloi, Ernando e Leandro Euzébio; Vitor, Amaral, Ramalho, Felipe Menezes e Júlio César;

CRUZEIRO: Andrey, Jancarlos, Anderson, Luisão, Elicarlos; Bernardo, Fabinho, Mateus e Anderson Uchôa,; Dudu e Zé Carlos
Técnico: Adilson Batista

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 5, 2009 Posted by | Cruzeiro, Goiás | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG encara o Náutico no Mineirão

Alvinegro vem de belo resultado e quer vencer novamente

LANCEPRESS!

Depois da excelente vitória por 4 a 0 fora de casa, contra o Atlético-PR, o Galo recebe o Náutico – de técnico novo – neste domingo, às 16h, no Mineirão, podendo chegar à liderança do Brasileirão caso vença e o Inter não derrote o Vitória, no Beira-Rio.

O técnico alvinegro, Celso Roth, alerta para os perigos que vêm de Recife. Segundo ele, a equipe do Atlético precisa entrar atenta para não ser surpreendida pelo adversário.

– O Náutico e um time muito rápido nos contra-ataques e nós vamos ter de tomar a iniciativa, então, precisamos ter muito cuidado. Será, de novo, um jogo muito difícil e perigoso – analisou Roth.

O time deve ser o mesmo que participou da última partida, inclusive com o retorno de Carlos Alberto, que saiu logo no início do jogo contra o Furacão.

No Náutico, o treinador Márcio Bittencourt fará sua estreia no comando do time, e logo de cara, não terá à disposição o volante Galiardo, suspenso. Em seu lugar, Derley está confirmado. O Timbu ainda corre o risco de não ter o atacante Gilmar, por lesão na coxa esquerda. Caso não jogue, Márcio Barros fará sua estreia com a camisa alvirrubra.

– A expectativa é de um grande jogo, pois os atletas demonstrarão mais empenho, já que um novo treinador chegou. É um grande desafio, comandar um time na Primeira Divisão e vou trabalhar para que o Náutico se mantenha na ponta da tabela. E a primeira prova é contra o Atlético – discursou Bittencourt.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO X NÁUTICO

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 14.06.09 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo e Ticiana Lucena de Falcão Martins (AL)

ATLÉTICO: Aranha; Carlos Alberto, Werley, Welton Felipe, Thiago Feltri; Renan, Jonílson, Márcio Araújo, Júnior; Éder Luís, Diego Tardelli
Técnico: Celso Roth

NÁUTICO: Eduardo, Gladstone, Vágner e Asprilla; Juliano, Johnny, Derley, Aílton e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Gilmar.
Técnico: Waldemar Lemos

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 14, 2009 Posted by | Atlético-MG, Náutico | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

À beira de um ataque de nervos, Fla encara o Coritiba fora de casa

Em meio a crises de relacionamento, cariocas precisam da vitória no Couto Pereira. Coxa é o penúltimo colocado

Cuca e Adriano: apesar de polêmicas, Imperador reforça o Fla contra o Coxa

Quem se encontra em situação delicada na tabela do Brasileirão é o Coritiba, mas neste domingo, às 16h, no Couto Pereira, em Curitiba, a pressão estará toda do lado do Flamengo. Em estado de ebulição pela semana recheada de problemas – faltas de Adriano, desfalques e irritação de Cuca – , só uma vitória no duelo pela sexta rodada alivia o barril de pólvora carioca. Por outro lado, o Coxa precisa golear e torcer por uma combinação de resultados para deixar a zona de rebaixamento. .

Diante de tantos problemas, um triunfo se faz necessário também para a permanência de Cuca no comando da equipe. Com sete pontos, o Flamengo é o 11º colocado na competição, e na Gávea tornou-se obsessão recuperar no Paraná os pontos desperdiçados na incrível derrota de virada para o Sport na última rodada. Do lado Coxa Branca, a tensão se dá pela penúltima posição na tabela, com apenas um ponto. “De volta” ao Brasileirão, após passar as primeiras rodadas se dedicando a Copa do Brasil, o Coritiba busca a primeira vitória.

Nervos à flor da pele no Fla

As polêmicas envolvendo Adriano chamaram mais atenção do que a partida contra o Coritiba no Ninho do Urubu durante a semana. As ausências do Imperador nos treinamentos de terça-feira deixaram o Flamengo em ponto de ebulição e crises de relacionamento são evidentes. Cuca, no entanto, faz questão de manter as aparências.

– O time está bem trabalhado. Vamos fazer um grande jogo. Isso não atrapalha em nada.

Dentro de campo o Rubro-Negro também tem problemas. Sem Léo Moura e Emerson, lesionados, e Willians, suspenso, a equipe entra em campo com três novidades: Everton Silva, Josiel e Everton. Diante de um adversário mal colocado no Brasileirão, os cariocas pregam respeito e o treinador se prende ao último bom jogo do Coxa para ligar o sinal de alerta.

– Vimos o Coritiba jogar contra o Internacional (pela semifinal da Copa do Brasil) e eles mostraram que são fortes. Esperamos isso contra a gente também.

O discurso foi bem assimilado pelo lateral-direito Everton Silva. Novamente titular, ele admite que a necessidade de vitória das duas equipes pode fazer com que a partida seja tensa.

– É perigoso pela situação deles na tabela. O Coritiba joga em casa e estamos com uma pressão pela derrota pelo Sport. Temos que pontuar lá. Vai ser um jogo muito difícil, mas vamos entrar em campo como guerreiros.

Desfalques atormentam o Coxa

O Coritiba é o penúltimo colocado do Brasileiro, com apenas um ponto, à frente do rival Atlético-PR, que tem saldo de gol pior. Eliminado da Copa do Brasil, o time pode voltar todas as suas atenções para a competição e projeta uma recuperação rápida. A cobrança da torcida já é grande, e há um protesto marcado para este domingo.

O técnico René Simões não fez mistério e definiu os substitutos de Márcio Gabriel, Pereira e Marcelinho Paraíba, suspensos, e de Carlinhos Paraíba, que se recupera da luxação no ombro direito. O atacante Ariel, que era dúvida, treinou normalmente nesta sexta e está confirmado.

– Perdi meus principais jogadores, mas quem entra está com pernas novas e isso já pode fazer a diferença – afirmou o treinador.

Na defesa, Cleiton ficou com a vaga de Pereira. As alas serão ocupadas por Rodrigo Heffner e Guaru, nos lugares de Márcio Gabriel e Carlinhos Paraíba, respectivamente. Renatinho ocupará a posição de Marcelinho Paraíba.

– Estou voltando de lesão, mas espero ajudar. Precisamos valorizar a posse de bola e buscar a primeira vitória em casa – destacou o zagueiro Cleiton.


junho 14, 2009 Posted by | Coritiba, Flamengo | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG x Náutico: mais de 11 mil ingressos vendidos

Torcida alvinegra comparecerá em peso ao Mineirão

Torcida já comprou mais de 11 mil ingressos para jogo deste domingo contra o Náutico (Crédito: GIL LEONARDI)

Torcida já comprou mais de 11 mil ingressos para jogo deste domingo contra o Náutico

LANCEPRESS!

A venda de ingressos para a partida entre Atlético e Náutico, neste domingo, às 16h, no Mineirão, pelo campeonato Brasileiro, registrou mais um dia de bons números. Até o momento, já foram adquiridos 11.447 bilhetes.

A comercialização das entradas prosseguirá até o dia da realização do jogo. Há venda de meia-entrada em todos os setores do estádio. A expectativa é a de que aproximadamente 40 mil pessoas estejam no estádio.

Setor (Portão) – Preços

Cadeira Especial (Portões 1 e 14) – R$ 50
Cadeira Superior Central (Portão 7A) – R$ 20
Cadeira Superior Lateral (Portões 3, 6, 9 e 12) – R$ 20
Cadeira Inferior Central (Portões 7 e 8) – R$ 20
Cadeira de Setor (Portão 13) – R$ 20
Geral (Portões 4, 5, 10 e 11) – R$ 2
Torcida do Náutico (Portão 2) – R$ 20

Venda de ingressos

Quinta-feira, das 9h às 17h, na Sede de Lourdes, Labareda, Loja Class Club Buritis e Loja Class Club Sion.

Sexta-feira, das 9h às 20h, na Sede de Lourdes. Das 9h às 17h no Labareda, Loja Class Club Buritis, Loja Class Club Sion, Loja do Galo Betim e Loja do Galo Barreiro.

Sábado, das 9h às 17h, na Sede de Lourdes e Labareda. Das 9h às 12h na Loja Class Club Buritis, Loja Class Club Sion e Loja do Galo Betim.

Domingo, das 9h às 12h, na Sede de Lourdes e Labareda. Nas bilheterias do Mineirão vai das 9h às 17h15

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 11, 2009 Posted by | Atlético-MG, Náutico | , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG x Náutico: ingressos a partir de R$ 2 nesta terça

Times se enfrentam no domingo, às 16h, no Mineirão, com promoção para as entradas na geral


A venda de ingressos para o jogo entre Atlético-MG e Náutico começa nesta terça-feira, com uma promoção: a entrada para a geral custará R$ 2. Os dois times se enfrentam neste domingo, às 16h, no Mineirão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Para as cadeiras, o valor do ingresso varia entre R$ 20 e R$ 50. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia entrada, desde que apresentem documento comprobatório do desconto.

Confira os preços de cada setor

Cadeira Especial R$ 50,00
Cadeira Superior Central, Cadeira Inferior Central, Cadeira de Setor e Cadeira Superior Lateral R$ 20,00
Torcida do Náutico R$ 20,00
Geral R$ 2,00

Locais de compra

Sede de Lourdes
Labareda
Loja Class Club Buritis
Loja Class Club Sion
Loja do Galo Betim
Loja do Galo Barreiro
Bilheterias do Mineirão

junho 9, 2009 Posted by | Atlético-MG, Náutico | , , , , | Deixe um comentário

Momentos distintos no confronto dos Atléticos

Furacão é vice-lanterna e Galo está no G-4

Atlético-PR e Atlético-MG se enfrentam na Arena da Baixada (Crédito: Allex Ximenes)

Atlético-PR e Atlético-MG se enfrentam na Arena da Baixada

LANCEPRESS!

Em momentos completamente opostos no Brasileirão 2009, Atlético-MG e Atlético-PR se enfrentam neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada. Os paranaenses fazem uma péssima campanha e ocupam 19ª colocação na tabela. Já a equipe mineira, está na quarta posição e quer manter a invencibilidade na competição nacional.

A fórmula do técnico Celso Roth tem sido a repetição da equipe. Dos prováveis titulares na partida de domingo, nove começaram as últimas três partidas do Galo na competição nacional. Isso prova que o técnico tem mesmo sua base montada e
quer aproveitar a sequência para fechar o grupo para o Brasileirão.

Titular e peça fundamental do esquema de Roth, o zagueiro Welton Felipe está ciente da dificuldade da partida diante do Furacão, mas garante que o Galo poderá encontrar espaços na Arena da Baixada. Para a partida, o Alvinegro não poderá contar com Leandro Almeida, que sofreu uma lesão muscular no treino da última terça-feira.

– Vai ser um jogo que o Atlético-PR vai ter de atacar, vai ter a iniciativa do jogo e com certeza vai dar muitos espaços para a nossa equipe, que é veloz. Vai ser um jogo difícil, time complicado, principalmente jogando em casa e no momento que eles estão vivendo, vai ser um jogo difícil, mas podemos fazer com que fique menos complicado – explicou.

Além de ter que encarar o Galo Mineiro, o Atlético Paranaense precisar superar um importante desafio: buscar a sua primeira vitória no Brasileirão. Em quatro partidas até o momento, o Furacão sofreu três derrotas e empatou uma partida. O pior é que duas das derrotas foram diante do torcedor rubro-negro.

– É complicado mesmo e nem tem muito o que falar. Temos que ter tranquilidade e saber que estamos jogando em casa, diante do nosso torcedor e que isso é um fator positivo. Não podemos ter medo de jogar em casa. Peço aos torcedores que incentivem esses atletas desde o primeiro minuto e pressionem apenas o adversário. Temos um grupo jovem, mas de qualidade – apontou o técnico Geninho.

Para o terceiro duelo em casa, o Furacão terá dois problemas. O volante Rafael Miranda, emprestado pelo Atlético Mineiro, não poderá jogar devido a uma clausula contratual. O mesmo valerá para o atacante Júlio César, envolvido na troca. Já a prior notícia fica por conta do zagueiro Rodolfo, vetado após o treinamento desta sexta-feira. Rafael Santos será o titular. No meio-de-campo, Marcinho segue como o principal responsável pela armação das jogadas. Neste duelo, o jogador já terá a sombra do recém-contratado Paulo Baier, que está na Arena acompanhando o duelo.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR X ATLÉTICO-MG

Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data/hora: 7/6/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Rafael Santos, Antônio Carlos e Chico; Raul, Valencia, Marcinho, Julio dos Santos e Márcio Azevedo; Wesley e Rafael Moura. Técnico: Geninho.

ATLÉTICO-MG: Aranha, Carlos Alberto, Welton Felipe, Werley e Thiago Feltri; Renan, Jonílson, Márcio Araújo e Júnior; Éder Luís e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 7, 2009 Posted by | Atlético-MG, Atlético-PR | , , , , , , , | Deixe um comentário

Mengão encara Furacão com Adriano. Leia

Jogo é a grande chance das equipes se afirmarem no Brasileiro

Adriano foi confirmado no Flamengo no lugar de Josiel (foto: Gilvan de Souza)

LANCEPRESS!

Maracanã lotado e todos querendo ver a volta do atacante Adriano. O retorno do Imperador é a maior atração da partida deste domingo, entre Flamengo e Atlético Paranaense, às 16h, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Além do atacante Fla, a espectativa é que a torcida do Fla dê um grande show para comemorar a volta de seu ídolo. Pelo lado do Furacão, o técnico Geninho ainda não definiu a equipe que enfrenta os cariocas.

Com quatro pontos ganhos, o Flamengo precisa da vitória diante da sua torcida para continuar sua caminhada rumo ao hexacampeonato da competição. A única indefinição do técnico Cuca era mesmo para o ataque. Porém, uma lesão de Josiel fez com que a presença do Imperador fosse garantida desde o início da partida. Emerson será a dupla de Adriano.

O lateral-esquerdo Juan, que cumpria suspensão de 30 dias do TJD do Rio, teve o seu pedido de efeito suspensivo aceito por Antônio Vanderler e poderá participar da partida.

Lanterna do Brasileirão após três rodadas, o Atlético Paranaense luta para conquistar a sua primeira vitória na competição. No entanto, para conseguir a vitória, o Furacão terá que passar por cima de um triste retrospecto na temporada 2009.

Nos sete jogos contra adversários da elite do futebol brasileiro neste ano, o time do técnico Geninho venceu apenas o Corinthians, no primeiro jogo das quartas-de-final da Copa do Brasil e teve dois empates contra o Coritiba, na primeira fase do Estadual, e o São Paulo, na penúltima rodada da Série A, respectivamente.

Para o duelo, o Furacão terá alguns problemas. O atacante Wallyson está vetado devido a um estiramento muscular na coxa esquerda. Marcinho será adiantado para o ataque, atuando ao lado de Rafael Moura. As outras novidades são as entradas do zagueiro Rhodolfo, do apoiador Julio dos Santos, do volante Valencia e do goleiro Vinícius, que entra no lugar do barrado Galatto.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO X ATLÉTICO PARANAENSE

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 31/5/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Paulo Ricardo Silva Conceição (RS)

FLAMENGO Bruno, Willians, Aírton e Ronaldo Angelim; Léo Moura, Ibson, Toró, Kléberson e Juan; Emerson e Adriano. Tecnico: Cuca.

ATLÉTICO-PR: Vinícius; Rhodolfo, Antônio Carlos e Rafael Santos; Raul, Chico, Valencia, Rafael Miranda e Marcio Azevedo; Marcinho e Rafael Moura. Técnico : Geninho.

maio 31, 2009 Posted by | Atlético-PR, Flamengo | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em semana complicada, Flu busca a recuperação contra o Náutico

Tricolor sonha com a vitória fora de casa, e Timbu quer terminar a rodada roubando a liderança do Internacional

Barrado, goleiro Fernando Henrique (esq.) será substituído por Ricardo Berna no Fluminense

Fluminense e Náutico vão medir força na tarde de domingo, às 16h, no estádio dos Aflitos, em Recife, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no confronto de duas equipes que vivem momentos distintos na temporada. O Tricolor viveu uma semana conturbada, com torcedores invadindo o treino, amigo de jogador dando tiros para cima e o técnico Carlos Alberto Parreira correndo o risco de perder o cargo.

Já o Timbu vive uma lua-de-mel com a sua torcida. Ainda invicto na competição, o time é o vice-líder, com sete pontos ganhos, dois a menos que o líder Internacional, e sonha terminar a rodada em primeiro lugar. Para isso precisa vencer o Fluminense em partida que será transmitida pela Rede Globo ao vivo para o Rio de Janeiro, exibia pelo Premiere para todo Brasil e acompanhada em tempo real pelo GLOBOESPORTE.COM a partir das 16h.

Duas estreias na equipe tricolor

O Fluminense terá duas estreias no time para a partida contra o Náutico. Sem poder contar com os laterais Eduardo Ratinho e Dieguinho, que cumprem suspensão por terem sido expulsos contra o Santos, além de Mariano, entregue ao departamento médico, Parreira vai improvisar o volante Diogo pela direita. No meio, Carlos Eduardo também faz o seu primeiro jogo, com Thiago Neves indo formar dupla de ataque com Fred e Maicon ficando como opção no banco de reservas.

– O Náutico está fazendo uma campanha excelente, com duas vitórias espetaculares. Vai ser um jogo quentíssimo, mas estamos preparados para enfrentá-los e pensando em ganhar. Vamos jogar futebol com vontade e mesmo com as mudanças podemos ganhar lá dentro – disse Parreira.

O goleiro Fernando Henrique foi afastado pela diretoria por ele estar envolvido, mesmo que indiretamente, nos problemas que aconteceram no clube durante a semana. Com isso, Ricardo Berna assume a titularidade da camisa 1 tricolor.

– Estou preparado para ser titular. Vivo um momento bom tecnicamente e venho trabalhando forte para quando a chance surgisse, eu aproveitasse da melhor maneira. Quero fazer uma boa atuação para tentar conseguir uma sequência de jogos como titular – afirmou Berna.

‘Menudos’ embalam o Náutico em busca da liderança

Vice-líder do Campeonato Brasileiro com sete pontos, o Náutico vai no embalo dos ‘Menudos dos Aflitos’ para a partida contra o Fluminense e sonha com a liderança do Campeonato Brasileiro, que hoje é do Internacional. Garotos como Eduardo Eré, Dinda, Wellington e Anderson Lessa, formados nas categorias de base do Timbu, estão empolgando a torcida e o técnico Waldemar Lemos. O time vem de uma bela vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-PR, na Arena da Baixada, e neste domingo recebe o time tricolor, nos Aflitos.

A equipe treinou na manhã desta sexta-feira e uma preocupação de última hora surgiu. O atacante Gilmar sentiu uma fisgada na coxa direita e passou a ser dúvida para o jogo deste domingo. O técnico Waldemar Lemos deve confirmar o time neste sábado, quando o time fará o seu último apronto antes de enfrentar os cariocas.

Caso Gilmar não se recupere da lesão, o jovem Anderson Lessa formará a dupla de ataque ao lado de Kuki, que voltou a treinar entre os titulares. A provável formação alvirrubra será: Eduardo; Gladstone, Vágner Silva, Asprilla e Wellington; Júnior Carioca, Derley, Johnny e Carlinhos Bala; Kuki e Anderson Lessa.

Alguns atletas ainda treinaram a parte, como David e Onildo, que se recuperam de cirurgia, e o uruguaio Acosta ainda está entregue à fisioterapia. Márcio Barros, que foi contratado e já se apresentou, ainda não tem condições de jogo. A partida contra o Fluminense será especial para o goleiro Eduardo, que se tornará o quarto arqueiro que mais vestiu a camisa alvirrubra, com 143 jogos disputados.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 31, 2009 Posted by | Fluminense, Náutico | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio escala titulares para encarar o Vitória

Tricolor gaúcho tenta tirar o foco da Copa Libertadores

LANCEPRESS!

O Grêmio se encontra em Salvador desde a manhã de quinta-feira, preparando-se para o confronto com o Vitória, neste domingo, às 16h, no Barradão. O técnico Paulo Autuori mandará a campo o mesmo time que empatou em 1 a 1 com o Caracas, quarta-feira, na capital venezuelana, pelas quartas-de-final da Libertadores. Com uma única dúvida: o garoto Adilson ou o veterano Túlio no meio-de-campo.

Não haveria razão para fazer diferente. A equipe está descansada e seu próximo jogo pela competição continental será só no dia 17 de junho.

– O principal motivo é que precisamos subir na tabela. Estamos em oitavo lugar, com quatro pontos em três jogos, e esse desempenho é insuficiente para as ambições do Grêmio – disse Autuori.

Ruy traz um argumento bem razoável ao apoiar a decisão de não poupar jogadores. Para o lateral-direito, nenhum time está se cansando muito nesse momento.

– Desgaste físico nós vamos sentir lá pelo fim do Brasileiro. Então, a hora de ir com força máxima e dar todo o gás é agora – receitou Ruy.

Todos estão conscientes de que o time não atuou bem em Caracas. Mas, segundo os jogadores, a culpa foi dos buracos do gramado.

– O Barradão não é uma mesa de bilhar, mas vai dar para o Grêmio rolar a bola – apostou Réver.

A questão da mudança de esquema será levada com comedimento. Paulo Autuori acha que, se tirar um dos três zagueiros, pode desestabilizar o setor defensivo, que segundo ele vem dando sustentação à equipe. Por isso, a passagem do 3-5-2 para o 4-4-2 será feita gradualmente. Por enquanto, mudando jogadores de função ao longo da partida. Por exemplo, passando o zagueiro Leo para a lateral direita e deslocando o lateral-direito Ruy para o meio-campo.

Para essa partida contra o Vitória, Ruy, Rafael Marques e Réver entrarão pendurados com dois cartões amarelos.

O zagueiro Anderson Martins deve ser a principal novidade do Vitória para o jogo contra o Grêmio. Recuperado de uma lesão na panturrilha, o atleta tem sido escalado entre os titulares nos últimos treinos.

Pelo que demonstrou durante a semana, o técnico Paulo César Carpegiani pretende mandar a campo uma equipe mais cautelosa. Tanto que saiu do tradicional 4-4-2 para o 3-6-1. Anderson Martins formará o trio defensivo com Wallace e Victor Ramos.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA X GRÊMIO

Local: Barradão, Salvador (BA)
Data e hora: 31/05/2009 – 16h (horário de Brasília)

Árbitro: Wagner Tardelli (SC)

Auxiliares: Alcides Pazetto (SC) e Angelo Bechi (SC)

VITÓRIA: Viáfara, Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins; Apodi, Vanderson, Uelliton, Leandro Domingues, Ramon Menezes e Adriano; Neto Baiano. Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

GRÊMIO: Victor, Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson (Túlio), Tcheco, Souza e Fábio Santos; Jonas e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 31, 2009 Posted by | Grêmio, Vitória | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Washington e Borges: Sedentos por gols

Se marcarem contra o Cruzeiro, atacantes alcançam marcas pessoais. Disputa também por vaga no time

Além de ser um fator importante na luta por uma vaga no competitivo ataque do São Paulo, Washington e o insatisfeito Borges terão um aperitivo a mais para marcar contra o Cruzeiro, neste domingo, às 16h, no Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Se marcarem pelo menos um tento contra a equipe mineira, os dois atacantes alcançarão marcas significativas pelo Tricolor.

Washington, titular absoluto da equipe de Muricy, vem tentando, desde a partida contra o Fluminense, na primeira rodada, o seu centésimo gol na competição nacional. Já Borges, reserva na última partida contra o Cruzeiro, e vencedor dos últimos dois brasileiros com o Sampa, busca seu gol de número 50 com a camisa do clube.

O camisa 9 do São Paulo marcou 99 gols no Brasileirão por cinco clubes diferentes: Paraná (dez, em 1999), Ponte Preta (16 e 18, em 2000 e 2001, respectivamente), Atlético-PR (34 em 2004) e Fluminense (21, em 2008). Nas duas últimas edições do torneio que ele participou, ele terminou como o artilheiro. Em 2004, O Coração Valente bateu o recorde. É o jogador que mais fez gols em uma só edição do Brasileiro.

– Para mim esta marca seria muito importante, ainda mais por se tratar de um campeonato tão disputado como este – comentou o camisa 9 tricolor, antes da estreia no Brasileirão deste ano.

Washington foi o autor do gol são-paulino na derrota de 2 a 1 para o Cruzeiro, pelas quartas-de-final da Libertadores, na última quarta-feira. Ele acabou com um jejum de sete jogos sem marcar, seu maior desde que chegou ao Morumbi. O atacante é o artilheiro do São Paulo no ano, com 15 gols marcados, seguido por Borges.

O mesmo Borges que foi o artilheiro do Tricolor nas duas últimas temporadas, mas que, este ano, tem seu posto ameaçado por um ‘estreante’ no clube. O camisa 17 é o artilheiro da equipe na Libertadores. Amparado pelos números, o jogador desabafou nesta semana, após ficar no banco de reservas no duelo decisivo contra o Cruzeiro, pela competição sul-americana.

– Onde eu ando na rua, todo mundo fica perguntando por que eu não sou titular. Estou bem, não estou com problema. Não posso ser cara-de-pau de falar que fiquei feliz de não Ter jogado, porque sou o artilheiro na Libertadores e na última partida marquei gol. Mas é o Muricy que escala e não tem de dar satisfação – declarou Borges, logo após a partida no Mineirão.

Vale lembrar que, na Libertadores, todos os gols da equipe de Muricy foram marcados por atacantes. Além dos cinco de Borges, Washington marcou três, Dagoberto, dois, e André Lima, um.

Em contrapartida, o São Paulo não tem um jogador na briga pela artilharia do Brasileirão, competição que venceu as últimas três edições, desde 2002, quando Luís Fabiano foi o maior goleador. Com disputa acirrada por posição, e com marcas a alcançar, o ataque do São Paulo vai com tudo pra cima do Cruzeiro. Pior para Fábio, goleiro da equipe mineiro.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 30, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Flu e Santos se enfrentam tentando deslanchar

Equipes buscam afirmação na temporada e jogam no Maracanã

LANCEPRESS!

Um foi eliminado recentemente da Copa do Brasil, o outro perdeu o título do Campeonato Paulista. Em comum um Corinthians no meio do caminho. Ainda buscando a afirmação na temporada, Fluminense e Santos se enfrentam neste domingo, às 16h, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Nas Laranjeiras ainda é notória a ferida pela desclassificação na Copa do Brasil. Para amenizar, o clube apresentou a contratação do volante Fábio Santos, ex-Lyon (FRA), São Paulo e Cruzeiro. Em contrapartida, alguns jogadores devem estar de malas prontas para sair. No meio disso tudo, o técnico Parreira tenta montar a equipe para enfrentar o Peixe.

Como João Paulo ainda segue lesionado, Dieguinho, que foi bem contra o Corinthians, segue na lateral-esquerda. Já Mariano volta a exercer a lateral-direita desde o início. No ataque, a dúvida fica entre Maicon e Alan, mas a tendência é que o primeiro continue como titular.

– Santos joga parecido com o Corinthians. Tem um desenho tático igual – analisou o técnico Carlos Alberto Parreira que até agora no comando do time na competição nacional tem uma vitória e um empate.

Já o Santos vai ao Rio em busca de sua primeira vitória. Para a partida, o Peixe terá algumas novidades. A principal delas é o retorno do lateral-esquerdo Léo à equipe. Recuperado de uma lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, o ala volta ao time após três meses afastado dos gramados.

– Jogar 90 minutos, eu acredito que ainda não consigo. Mas no que eu puder, eu vou ajudar o grupo. A vontade de jogar é muito grande. Meu lugar é no campo, junto com os companheiros – afirmou o ala.

Quem também deve aparecer entre os titulares é Eli Sabiá. Com a iminente saída de Fabiano Eller do clube, o zagueiro recém-contratado treinou ao lado de Fabão e deve fazer sua estreia contra o Flu.

Além do ala Triguinho – afastado em razão de uma fissura por estresse no pé esquerdo – o Santos perdeu outro jogador: o atacante Maikon Leite. O jogador sentiu uma fisgada no adutor da coxa esquerda e não viaja com o grupo.


FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE X SANTOS

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 24/5/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Auxiliares: José Antônio Chaves Franco (RS) e Júlio César Rodrigues Santos (RS)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Mariano, Luiz Alberto, Edcarlos e Dieguinho; Wellington Monteiro, Maurício (Marquinho), Conca e Thiago Neves; Maicon (Alan) e Fred. Técnico: Parreira.

SANTOS: Fábio Costa; Luizinho, Fabão, Ele Sabiá, Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Paulo Henrique, Madson; Neymar e Kléber Pereira.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 24, 2009 Posted by | Fluminense, Santos | , , , , , , , , | Deixe um comentário