Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Palmeiras e Vitória buscam reabilitação

Após derrotas traumáticas, Alviverde e Rubronegro buscam recuperação no Campeonato Brasileiro

Após ser goleado por 4 a 1 para o Atlético-GO, o sinal vermelho acendeu de vez no Barradão. O time, que não vence há quatro partidas, recebe o Palmeiras, na quarta-feira, às 22h, no Barradão, também traumatizado pela derrota para o Cruzeiro em casa. Ambas equipes estão pressionadas por um resultado positivo.

Estacionado nos 22 pontos, o Rubro-Negro está apenas duas posições acima dos quatro que compõem a zona da degola do Brasileirão.

Para o jogo, o técnico Toninho Cecílio conta com retornos importantes. O lateral Eduardo, que cumpriu suspensão no jogo em Goiânia, retorna à lateral direita da equipe. Para tentar diminuir a falta de criatividade no meio, Cecílio escalará o apoiador Ramon, que se recuperou de problema no quadril. A dependência do veterano meia pode ser medida pelos números: foram apenas três gols nos últimos quatro jogos.

O trabalho de Toninho Cecílio começa a ser contestado pelos torcedores do Leão, no entanto, o profissional, ao menos aparentemente, conta com o respaldo da direção do clube.

– Cecílio continua treinador do Vitória e confiamos nele – disse Alexi Portela, presidente do clube, em entrevista ao jornal ‘A Tarde’.

O Palmeiras também busca sua recuperação. Após sofrer um revés em casa contra o Cruzeiro, depois de estar vencendo por 2 a 0, o Verdão quer usar o jogo contra o Vitória para voltar com tudo na disputa pelo título do Brasileirão.

Quem também busca sua redenção é Deola. O goleiro entrou na última partida após Marcos se machucar e tomou os três gols da virada da Raposa. Agora, com Marcos fora da partida, Deola terá uma chance de se recuperar.

– Nada melhor do que o próximo jogo. O bom é isso, ter um curto espaço de tempo pra reverter uma situação. Em um jogo perder e logo poder ter a alegria de novo. Será dificil, sabemos da qualidade deles em casa. A nossa superação terá de ser como nos jogos passados para voltar a sorrir – afirmou.

Marcos Assunção também falou sobre o duelo no Barradão e roconhece as dificuldade de enfrentar a equipe do Vitória, vice-campeã da Copa do Brasil, sua em casa. Mesmo assim, acredita que o Verdão deve enfrentar a equipe baiana de igual para igual.

– É sempre muito difícil atuar no Barradão, pois o Vitória sabe como se comportar quando atua em casa. Mas a gente precisa jogar igual eles, ter uma postura forte e entrar em campo com muita força e determinação. Nosso time tem qualidade e atletas que podem resolver a qualquer momento. Temos de entrar em campo pensando nisso – disse, confiante.

Além de não contar com Marcos, que será poupado devido ao corte sofrido no joelho na partida contra a Raposa, o técnico Luiz Felipe Scolari também terá que lidar com a ausência de Lincoln, que ainda se recupera de lesão na coxa.

Com uma vitória na partida desta quarta-feira, o Verdão pode ganhar confiança e dar um salto na tabela, voltando à briga por uma vaga no G4.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA X PALMEIRAS

Estádio: Barradão, Salvador (BA)
Data/hora: 8/9/2010 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassol P. Cortez (Fifa-RJ)
Auxiliares: Marcelo Braz Mariano (RJ) e Lilian da Silva F. Bruno (RJ)

VITÓRIA: Viáfara; Ricardo Conceição, Anderson Martins, Wallace e Egduardo; Vanderson, Bida, Ramon e Elkeson; Soares e Júnior. Técnico: Toninho Cecílio.

PALMEIRAS: Deola; Maurício Ramos, Danilo e Fabrício; Márcio Araújo, Edinho, Pierre, Marcos Assunção e Rivaldo; Valdivia e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

setembro 8, 2010 Posted by | Palmeiras, Vitória | , | Deixe um comentário

Palmeiras enfrenta o Vitória com foco total

Depois de fracassarem na Copa do Brasil, paulistas e baianos sonham e conseguir vaga na competição continental de 2011

É um recomeço para as duas equipes, depois de um fracasso na Copa do Brasil. É uma nova chance para se conquistar uma vaga na badalada Taça Libertadores, competição que atrai patrocinadores aos clubes e mexe com os torcedores. A partir das 21h50m desta quarta-feira, no Barradão, Vitória e Palmeiras começam as disputas da Copa Sul-Americana, que tem caráter eliminatório desde a primeira fase. Em posições de intermediária para preocupante no Campeonato Brasileiro, as duas equipes dão uma pausa na competição nacional para voltarem seus olhares a um torneio de tiro curto.

Para o lado palmeirense, a Copa Sul-Americana é vista como a salvação para um ano sem grandes pretensões no Nacional. Ainda se adaptando ao estilo de Luiz Felipe Scolari, no clube há quase um mês, o Alviverde já avisou que o objetivo no Brasileirão não passa perto do título, mas sim de uma vaga na competição continental. Sem vencer há cinco partidas, desde que o treinador assumiu o time, o elenco começa a ser pressionado. E vê no novo torneio a chance de reiniciar o ano de uma maneira melhor.

– É como começar do zero mesmo. Temos dois jogos com o Vitória para passarmos de fase. Serão partidas difíceis, pois não é fácil jogar em Salvador, onde as equipes têm sofrido quando vão lá. Temos de ir com a cabeça tranquila porque, mesmo que não façamos uma boa partida, ainda teremos o jogo de volta – comentou o goleiro Deola.

Pelo lado do Vitória, a ressaca por causa da perda do título da Copa do Brasil para o Santos ainda é sentida. Tanto que o clube resolveu trocar de treinador poucos dias após o vice – dispensou Ricardo Silva e contratou Toninho Cecílio, que estava no Grêmio Prudente. Porém, o segundo lugar no torneio nacional trouxe algo bom ao Leão. Afinal, o time acabou de se sair bem em uma competição nos mesmos moldes da Sul-Americana e aprendeu a jogar esse tipo de torneio.

– A Sul-Americana é uma boa competição para nós. É de tiro curto, assim como a Copa do Brasil. O Vitória joga bem em competições de mata-mata. Podemos focar em cima disso para buscar a Libertadores – disse o experiente meia Ramon.

Vitória de técnico novo

Em seu primeiro jogo no comando do Vitória, Toninho Cecílio não vai mexer muito na estrutura da equipe. As únicas duas mudanças certas serão por conta de lesões. Viáfara, com luxação no dedo, e Nino, com problema no tornozelo, estão fora do duelo. Lee e Eduardo entram no time.

Além dos dois, o treinador demonstrou ter mais duas dúvidas. No meio, Bida e Renato disputam uma vaga. O mesmo acontece com Schewnck e Junior no ataque. Um dos dois atuará ao lado de Elkeson.

– Minha meta é dar resultado. Vou botar um time ofensivo. Vou aproveitar o que ele (Ricardo Silva) fez de bom, mas, contra o Palmeiras, o time já vai ter meu dedo – disse Toninho ao jornal “A Tarde”.

Palmeiras desfalcado

O Palmeiras terá desfalques importantes para a estreia na Copa Sul-Americana, contra o Vitória. Sem poder contar com Marcos, que ainda sente dores no joelho esquerdo, a equipe apostará novamente em Deola para a meta. No meio-campo Lincoln, lesinoado, deve dar lugar a Rivaldo, recém-contratado pelo clube.

Além deles, Felipão também não poderá contar com o atacante Kleber, que cumpre suspensão por ter sido expulso na partida contra o São Paulo, pelas quartas de final da Libertadores, quando ainda defendia o Cruzeiro. Luan deve formar o ataque ao lado de Ewerthon.

Valdivia, que será apresentado oficialmente na quinta-feira pelo Palmeiras só deve atuar na competição se a equipe avançar à segunda fase. Enquanto isso, Luiz Felipe Scolari inscreveu o atacante Max, que estava encostado no clube, para guardar a vaga para o chileno.

– É uma competição curta, são jogos de mata-mata e tem de começar engrenado desde o início. O jogo mais importante será fora e temos de estar focados nisso. É um torneio que dá vaga à Libertadores e vamos atrás disso – comentou Ewerthon.

VITÓRIA X PALMEIRAS
Lee, Eduardo, Wallace, Anderson Martins e Egidio; Vanderson, Ricardo Conceição, Bida (Renato) e Ramon; Schewnck (Júnior) e Elkeson Deola; Vítor, Danilo, Maurício Ramos e Armero; Edinho, Pierre, Márcio Araújo e Rivaldo; Luan e Ewerthon.
Técnico: Toninho Cecílio. Técnico: Luiz Felipe Scolari.
Local: Barradão, em Salvador. Horário: 21h50m. Árbitro: Leandro Vuaden. Auxiliares: Altemir Hausmann e Carlos Berkenbrock.
Transmissão: A Globo transmite a partida ao vivo, a partir das 21h50m, somente para os estados da Bahia e de São Paulo.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir ao vivo, em Tempo Real, a partir das 21h50m.

agosto 11, 2010 Posted by | Palmeiras, Vitória | , | Deixe um comentário

Palmeiras empata e não garante liderança

Verdão ainda pode ser ultrapassado pelo São Paulo na última rodada

Keirrison, mal na partida, passou em branco mais uma vez. (Foto: Célio Messias)

Keirrison, mal na partida, passou em branco mais uma vez. (Foto: Célio Messias)

O Palmeiras não jogou bem, apenas empatou com o Oeste, em Itápolis, e não garantiu a liderança na primeira fase do Campeonato Paulista. Com 41 pontos e faltando uma rodada, o Alviverde ainda pode ser ultrapassado pelo São Paulo. O resultado de 1 a 1 também não foi bom para o Oeste, que segue ameaçado pelo rebaixamento.

O Verdão começou a primeira etapa ameaçando. Keirrison, logo aos três minutos, recebeu livre de marcação na área, mas chutou em cima do goleiro Weverton. Mas a pressão palmeirense parou por aí.

Como nas últimas partidas, o Palmeiras diminuiu o ritmo e, sem o brilhantismo de seus principais jogadores, pouco ameaçou o gol do Oeste. A equipe de Itápolis, por sua vez, defendeu com eficiência e chegou a marcar com Dezinho, mas o assistente indicou impedimento do zagueiro.

Sem conseguir criar boas jogadas ofensivas, o Verdão chegou apenas nas bolas aéreas. Diego Souza e Maurício Ramos tiveram suas oportunidades, mas não conseguiram marcar e o placar não foi alterado no primeiro tempo.

Nenhuma das equipes voltou com mudanças para a segunda etapa. O Palmeiras, assim como no primeiro tempo, ameaçou logo no começo. Jumar, de fora da área, bateu forte, mas Weverton fez a defesa. E, assim como no primeiro tempo, o Verdão parou e o Oeste marcou, mas desta vez o gol não foi anulado.

Nei Paraíba, aos sete minutos, dominou na intermediária e tocou em profundidade para Ademar. O camisa 6 do Oeste avançou com muita liberdade, entra na área e bate forte. Marcos conseguiu desviar, mas a bola acabou entrando.

Atrás no marcador, Luxemburgo tirou o zagueiro Marcão e o volante Jumar para colocar os atacantes Lenny e Marquinhos. A equipe melhorou, ganhou mais movimentação ofensiva e chegou ao empate aos 25 minutos. Marquinhos bateu falta fechada para a área. Maurício Ramos desviou de cabeça e igualou o marcador.

Keirrison teve chance de virar no final da partida, mas, assim como no começo do jogo, chutou em cima do goleiro Weverton.

Com o empate, o Verdão ainda permanece na liderança, com 41 pontos mas pode ver o São Paulo encostar na tabela. Se o Tricolor vencer o Guaratinguetá na quinta-feira, chega a 39 pontos, faltando apenas uma rodada para o final da primeira fase do Paulista. O Oeste chega a 17 pontos e segue ameaçado pelo rebaixamento.

Na rodada final, o Palmeiras recebe o Botafogo, já a equipe de Itápolis encara o Guará, fora de casa.
FICHA TÉCNICA:
OESTE 1 X 1 PALMEIRAS

Estádio: Ildenor Picardi Semeghine (Picardão), Itápolis (SP)
Data/hora: 31/03/2009 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa
Cartões amarelos: Dias e Ademar (OES); Cleiton Xavier, Diego Souza, Maurício Ramos e Pierre (PAL)
Gols: Ademar, 7’/2°T (1-0); Maurício Ramos, 25’/2°T (1-1)

OESTE: Weverton; Dede, Dezinho, Adriano e Ademar; Dias (Leandro Melo, 46’/2°T) Gleidson, Luciano Santos e Bruninho (Caíque, 15’/2°T); Luizinho (Leandro Love, 21’/2°T) e Nei Paraíba. Técnico: João Ricardo.

PALMEIRAS: Marcos; Marcão (Lenny, 19’/2°T), Maurício Ramos e Danilo; Sandro Silva (Evandro, 24’/2°T), Pierre, Jumar (Marquinhos, 19’/2°T), Cleiton Xavier, Diego Souza e Armero;Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

abril 1, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão encara o Oeste para garantir liderança

Palmeiras só precisa vencer em Itápolis que vai às finais com vantagem sobre os demais

LANCEPRESS!

O líder Palmeiras tenta se recuperar da primeira derrota no Paulista encarando o Oeste de Itápolis, 16º colocado na tabela. Uma vitória garante o Verdão como melhor equipe da primeira fase da competição, garantindo a vantagem para a semifinal e uma eventual final.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com Willians e Ortigoza, ambos machucados. Além de Fabinho Capixaba, que segue lesionado. Lenny, vice-artilheiro da equipe no Paulista com seis gols, deve ser o companheiro de ataque de Keirrison, já que Marquinhos, a outra opção, não vem jogando bem e deve ficar no banco.

Apesar dos desfalques no ataque, o Alviverde poderá contar com dois jogadores importantes para a partida. Diego Souza e Armero devem jogar. O meia foi expulso contra o Bragantino e cumpriu suspensão no clássico contra o São Paulo. Já o colombiano estava defendendo sua seleção, mas recebeu o segundo cartão amarelo (nas Eliminatórias, dois cartões suspendem) e foi liberado para voltar ao Palmeiras.

Palmeiras e Oeste se enfrentaram apenas duas vezes. A primeira, em 2004, a equipe de Itapólis bateu o Verdão em um amistoso por 2 a 1. Pelo Paulista do mesmo ano, a equipe do Palestra Itália deu o troco com o mesmo placar, 2 a 1. Vágner Love e Pedrinho marcaram os gols.

O Oeste está na beira do rebaixamento, com 16 pontos, na 16ª posição. para piorar, o técnico Luciano Dias pediu demissão. João Ricardo assume a equipe. Em campo, Luizão e Filipe, expulsos na última partida, não jogam. Dede e Dezinho, que cumpriram suspensão, voltam para o time.

FICHA TÉCNICA:
OESTE X PALMEIRAS

Estádio: Ildenor Picardi Semeghine (Picardão), Itápolis (SP)
Data/hora: 31/03/2009 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa

OESTE: Weverton; Dede, Dezinho, Adriano e Ademar; Dias, Dionísio, Mazinho e Vander; Caíque e Leandro Love. Técnico: João Ricardo.

PALMEIRAS: Marcos; Sandro Silva, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Jumar, Cleiton Xavier e Diego Souza; Lenny e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

março 31, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com Alex Mineiro no banco, Palmeiras se previne contra o Vitória

Luxemburgo promete marcação forte no Barradão para conter o ímpeto ofensivo do rival e explorar apenas os contra-ataques.

Precavido com a velocidade do Vitória, que está embalado por ter derrotado o Grêmio por 4 a 2 na semana passada, o Palmeiras vai ao Barradão enfrentar a equipe baiana neste domingo, às 17h, disposto a jogar fechadinho na defesa, marcando firme no meio-campo e explorando os contra-ataques. O Verdão precisa somar pontos para se manter no G-4 e continuar dependendo  somente de si para garantir a cobiçada vaga na Libertadores. O PORTAL FUTEBOL acompanha o jogo em Tempo Real. O Premiere transmite a partida em pay-per-view para todo o Brasil.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, no Palestra Itália, o Palmeiras não tomou conhecimento do Vitória e ganhou por 3 a 0, com gols de Valdivia, Alex Mineiro e Sandro Silva.

O Palmeiras pode garantir antecipadamente a vaga na Libertadores. Mas dependerá de uma combinação de resultados. Além de derrotar o Vitória, precisa torcer para o Flamengo empatar ou perder do Goiás no Maracanã. Porém, nem o comandante alviverde acredita nessa possibilidade.

– Eu não acredito que as vagas na Libertadores sejam decididas neste fim de semana. Tudo será resolvido na última rodada – analisa Luxemburgo.

Verdão tem desfalques

Ampliar Foto Nelson Coelho/Diário de S.Paulo Nelson Coelho/Diário de S.Paulo

Diego Souza manda o amigo Alex Mineiro para o banco de reservas

O volante Pierre e o lateral-esquerdo Leandro, que receberam o terceiro cartão amarelo na vitória por 2 a 0 diante do Ipatinga, estão suspensos. Luxemburgo decidiu que Jumar ganhará nova oportunidade no meio-campo, enquanto o garoto Jefferson será testado na ala esquerda. Fabinho Capixaba segue no setor direito, deixando Elder Granja mais uma vez no banco de reservas.

– O Fabinho Capixaba e o Jefferson não sabem jogar como laterais. Eles são alas e se soltam no ataque. Vou segurar o Jumar e o Sandro Silva na marcação e reforçar o meio-campo com a entrada do Diego Souza, ao lado do Evandro – explica o treinador do Palmeiras.

Preocupado com o ímpeto ofensivo e, principalmente, a velocidade do Vitória dentro do Barradão, Luxemburgo barrou o artilheiro Alex Mineiro do comando do ataque. Ele ficará no banco de reservas, sabendo que vai entrar no decorrer do segundo tempo, com Kléber atuando enfiado no ataque, e Diego Souza e Evandro se revezando no setor ofensivo.

O desfalque de última hora foi o zagueiro Roque Júnior, que sentiu uma lesão muscular na coxa direita. O garoto Maurício vai atuar no setor defensivo, ao lado de Gustavo, que retorna após cumprir suspensão automática, e Martinez, que se recupera de amidalite.

Mancini faz mistério no Vitória

Ampliar Foto Reprodução/Site Oficial do Vitória Reprodução/Site Oficial do Vitória

Jackson (à esquerda) ganha mais uma chance no meio-campo do Vitória

Depois da polêmica em torno de Marquinhos, que na próxima temporada vai defender o Palmeiras, o técnico Vagner Mancini faz mistério sobre a maneira como pretende utilizar o jogador dentro do seu esquema tático. O garoto pode atuar no meio-campo, com liberdade para criar e atacar, ou no ataque, priorizando as jogadas rápidas pelas pontas.

A única certeza de Mancini é que o atacante Robert, suspenso pelo STJD com duas partidas, está fora de combate. Se jogar no ataque, Marquinhos poderá fazer parceria com Adriano ou até mesmo com o meia Jackson. A dúvida terminará somente no vestiário, momentos antes da partida.

O zagueiro Leonardo Silva, titular absoluto ao longo do Brasileirão, não poderá atuar por causa de uma cláusula contratual. O Palmeiras, dono dos direitos federativos do atleta, não o deixou entrar em campo. Marcelo Batatais assume a posição. Suspenso, o meia Leandro Domingues também será desfalque.

VITÓRIA PALMEIRAS
Viáfara, Marco Aurélio, Marcelo Batatais, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Willians e Jackson; Marquinhos e Adriano (Ricardinho). Marcos, Gustavo, Maurício e Martinez; Fabinho Capixaba, Jumar, Sandro Silva, Evandro e Jefferson; Diego Souza e Alex Mineiro.
Técnico: Vagner Mancini. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Estádio: Barradão, em Salvador. Data: 24/07/2008. Árbitro: Giulliano Bozzano (DF). Auxiliares: César Augusto de Oliveira Vaz (DF) e Nilson Alves Carrijo (DF).
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16h45m (de Brasília).

novembro 29, 2008 Posted by | Palmeiras, Vitória | , , | 1 Comentário

PALMEIRAS X ATLETICO MG AO VIVO

Acesse:

LEIA NOTÍCIAS E ASSISTA JOGOS AO VIVO DO PALMEIRAS

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO VERDÃO

CLIQUE IMAGEM

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO VERDÃO


CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO VERDÃO

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO VERDÃO

“CLIQUE NA CAMISA E COMPRE AGORA” !!!!!!

 



setembro 20, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 255 Comentários

VITORIA X VASCO AO VIVO


LEIA NOTÍCIAS E ASSISTA JOGOS AO VIVO DO VITÓRIA

ACESSE:

WWW.FUTWEB.NET

setembro 20, 2008 Posted by | Vitória | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 5 Comentários