Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Grêmio visita Vitória de olho na liderança

Tricolor gaúcho joga de olho na partida entre Vasco e São Paulo, no Rio

LANCEPRESS!

Na mais emocionante disputa da história do Brasileiro em pontos corridos, o Grêmio vai para o seu antepenúltimo jogo, às 17h deste domingo, contra o Vitória, no “inferno” do Barradão – confiando em sua força. O presidente eleito Duda Kroeff afirmou: “Se ganharmos os três, seremos campeões”. Seria preciso combinar com o São Paulo, que tem dois pontos à frente e no mesmo horário estará no “inferno” de São Januário encarando o desesperado Vasco. Ou falar com o próprio Vasco.

Perguntado se tinha conversado com os amigos que deixou no clube carioca para pedir uma força, o técnico Celso Roth se indignou.

– Vê lá se eu tenho jeito para isso. Não é da minha índole. O Grêmio tem que fazer a sua parte e ponto. Aliás, se há justiça neste Brasileiro, o nosso time tem que sair campeão – afirmou.

Roth, que trabalhou em São Januário e no Barradão considera “infernais” os dois lugares pelo calor abafado dessa época do ano. Já avisou: seu time precisa jogar com inteligência, saber os momentos de explodir em energia, para sair do Barradão com chance de título.

O Grêmio será praticamente o mesmo dos dois últimos jogos – de vitória sobre Palmeiras, fora, e Coritiba, em casa. Jean, líbero no Palestra Itália, cedeu o lugar a Réver no jogo seguinte. No mais, o volante Amaral continuará improvisado como stopper direito e o júnior Héverton, de esquerdo. E Souza, definitivamente, foi fixado como ala-direita.

A defesa se portou tão bem, que Roth nem se preocupa com as ausências de Leo (tem ainda um jogo de suspensão a cumprir), Pereira (curado de lesão muscular, aprimora o preparo físico) e Thiego (lesionado).

– Com empenho e disciplina tática, os problemas se resolvem – explicou o zagueiro Réver, a propósito das mudanças.

Mais preocupante é a quantidade de jogadores pendurados com dois cartões amarelos: o goleiro Victor, os alas Souza e Hélder, o meia Tcheco e o centroavante Marcel. Os dois últimos adversários serão o Ipatinga, fora, e o Atlético-MG, no Olímpico.

A mobilização do Vitória também é encarada com respeito. Roth já comentou que o adversário zerou os cartões amarelos nos jogos anteriores para estar inteiro contra o Grêmio. Todos no Tricolor têm certeza de que a “mala branca” do São Paulo chegou a Salvador. Tcheco até brincou.

– Mala branca nada, tem é contêineres brancos rolando por esse Brasil – garantiu o capitão.

O Vitória realizou um treino técnico, na tarde desta sexta-feira, de olho no jogo contra vice-líder, Grêmio, domingo, no Barradão. Há sete partidas sem vencer, o rubro-negro baiano, que apresenta algumas novidades na equipe, terá um jogo duro contra o tricolor gaúcho, que ainda briga pelo título do Brasileirão.

Cruzamentos, finalizações, cobranças de falta e escanteios foram exaustivamente repetidos durante a atividade desta tarde.

Para alegria da torcida rubro-negra, pôde-se verificar que os seis suspensos que não atuaram contra o Atlético Paranaense no último domingo estão de volta à equipe e confirmados para a partida. São eles: Viáfara, Leonardo Silva, Anderson Martins, Marcelo Cordeiro, Vanderson e Marquinhos. Além deles, apenas mais dois estão confirmados no time que começa jogando contra os gaúchos, os meio-campistas Renan e Leandro Domingues.

As três peças que faltam para completar o time ainda não estão definidas. Na lateral direita, Mancini ainda não sabe se escalará Marco Aurélio ou o jovem Rafael.

No meio-campo, Wiliams e Jackson também disputam posição. Para completar a lista de dúvidas do treinador, no ataque, com Robert suspenso e Rodrigão se recuperando de contusão, Osmar e Tripodi disputam vaga para fazer dupla de ataque com Marquinhos.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA X GRÊMIO

Estádio: Barradão, Salvador (BA)
Data/hora: 23/11/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e Flavio Gilberto Kanitz (GO)

VITÓRIA: Viáfara, Rafael (Marco Aurélio), Leonardo Silva, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Wiliams (Jackson) e Leandro Domingues; Marquinhos e Osmar (Trípodi). Técnico: Vágner Mancini.

GRÊMIO: Victor; Amaral, Réver e Héverton; Souza, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Hélder; Reinaldo e Marcel. Técnico: Celso Roth.

novembro 22, 2008 Posted by | Grêmio, Vitória | , , , , , | Deixe um comentário

Caça ao líder continua: Grêmio vence o Coritiba no Estádio Olímpico

Com um gol em cada tempo, Tricolor faz 2 a 1 em Porto Alegre

O Grêmio manteve aberta a disputa pelo título do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Coritiba por 2 a 1, neste domingo, no Olímpico. Tcheco e Alê (contra) mantiveram o Tricolor gaúcho a dois pontos do São Paulo (68 a 66), que mais cedo superou o Figueirense por 3 a 1, no Morumbi.

Agora o time do técnico Celso Roth tem uma seqüência de dois jogos fora de casa, contra Vitória e Ipatinga, encerrando a participação no campeonato contra o Atlético-MG, no Olímpico. O Alviverde ainda tem pela frente Santos e Vasco em casa e Sport fora.

Pressão desde o primeiro minuto

Foi bem cedo que o goleiro Vanderlei percebeu que teria bastante trabalho no jogo. Principalmente naqueles 15 minutos iniciais, em que os time da casa costumam exercer pressão maior. Aos dois, Tcheco obrigou o camisa 1 a fazer a primeira defesa. No ataque seguinte do Tricolor foi a vez de William Magrão bater de fora da área. Nova intervenção do goleiro.

Com 12 minutos, mais uma chance do Grêmio. Desta vez, no entanto, Vanderlei não precisou se esforçar muito. O cruzamento da direita de Reinaldo encontrou Hélder quase na pequena área. O ala, livre, pegou fraco na bola, que foi direto para os braços do goleiro.

Passado o susto do começo, o Coritiba foi se achando aos poucos no jogo. Aos 22 minutos, Keirrison pegou de primeira de fora da área, no canto direito. Victor se esticou e colocou para escanteio. Cinco minutos depois, a melhor chance do Alviverde na primeira etapa. Hugo lançou Keirrison pela direita. O atacante entrou na área em boas condições, mas bateu torto, à esquerda de Victor.

Quando o visitante apresentava as melhores jogadas da partida, o Grêmio mais uma vez contou com a sorte, como aconteceu no jogo contra o Palmeiras, na última rodada. Sorte aliada à técnica de Tcheco. Ele recebeu na meia direita, avançou e chutou cruzado. A bola desviou na zaga e enganou Vanderlei. Tricolor 1 a 0 para delírio dos mais de 40 mil torcedores no Olímpico.

O gol deu tranqüilidade ao Grêmio, que voltou a comandar a partida. Os donos da casa tiveram mais uma chance antes do intervalo. Com 35, Reinaldo fez jogada individual pela direita e cruzou na medida para Marcel. A cabeçada do camisa 9 foi em cima de Vanderlei. Defesa em dois tempos.

Segundo tempo continua com pressão gremista

O Grêmio seguiu o seu bombardeio no segundo tempo. O início foi praticamente igual ao primeiro. De uma jogada ensaiada no minuto inicial quase deu o segundo gol ao time da casa. Tcheco lançou Reinaldo na área, pelo lado esquerdo. O atacante bateu rasteiro, mas Vanderlei fez a defesa. Aos dois, Reinaldo driblou Felipe, agora pela direita da área, e bateu forte. O camisa 1 do Coxa desviou para escanteio. Cinco minutos depois, Rafael Carioca roubou bola de Ricardinho, avançou até a entrada da área e chutou forte. Vanderlei espalmou para frente.

A partir daí o Tricolor passou a administrar o resultado, tocar a bola para fazer o tempo passar. E aos 31 conseguiu ampliar. Réver tocou de calcanhar para Heverton na esquerda. O zagueiro bateu cruzado, Alê tentou cortar e jogou para o fundo do gol, marcando contra.

A reação do Coritiba ficou mais difícil ainda quando o Marcos Tamandaré acertou cotovelada em Tcheco e foi expulso. Mesmo com um a menos, Ariel pegou sobra de Victor aos 46 minutos e descontou para o Coxa. Nada que mudasse o resultado.

Ficha técnica:

GRÊMIO 2 x 1 CORITIBA
Victor, Amaral, Réver e Heverton; Souza, Rafael Carioca (Adílson), Willian Magrão, Tcheco e Hélder; Reinaldo (André Luís) e Marcel (Morales). Vanderlei, Maurício, Rodrigo Mancha e Felipe; Marcos Tamandaré, Alê, Leandro Donizete (Carlinhos Paraíba), Marlos e Ricardinho; Hugo (Jaílson) e Keirrison (Ariel).
Técnico: Celso Roth. Técnico: Dorival Júnior.
Gols: Tcheco, aos 28 minutos do primeiro tempo; Alê, contra, aos 31, Ariel, aos 46 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Adílson (Grêmio); Hugo, Maurício, Leandro Donizete (Coritiba). Cartão vermelho: Marcos Tamandaré (Coritiba).
Estádio: Olímpico. Data: 16/11/2008. Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ). Auxiliares: Dilbert Pedrosa Moisés (Fifa/RJ) e Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa/RJ).

novembro 16, 2008 Posted by | Coritiba, Grêmio | , , | Deixe um comentário

GREMIO X ATLETICO PR AO VIVO

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO GRÊMIO

CLIQUE IMAGEM

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO GRÊMIO

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO TRICOLOR

LEIA NOTÍCIAS E ASSISTA JOGOS AO VIVO DO GRÊMIO


 

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO GREMIO

setembro 20, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 80 Comentários