Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vasco vence o Coxa, mas segue desesperado

Leandro Amaral faz dois, mas rodada mantém vascaínos no U4

Vasco comemora vitória, mas segue em situação dificilima no Campeonato BrasileiroVasco comemora vitória, mas segue em situação dificílima no Campeonato Brasileiro (Crédito: Felipe Gabriel)


O Vasco precisava de sorte para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro antes da partida contra o Coritiba. Após o confronto, segue precisando, apesar da vitória, pois vai para a última e decisiva rodada da disputa não dependendo somente de si para evitar a sua queda. Com dois gols de Leandro Amaral, o time cruzmaltino derrotou o Coxa, neste domingo, por 2 a 0, no Couto Pereira.

Com o resultado, a equipe vascaína foi a 40 pontos, mas se manteve em 18º lugar na tabela, dentro do U4. Já a equipe paranaense, já classificada para a Copa Sul-Americana 2009, continua com 53 pontos e caiu da sexta para a oitava posição na classificação.

O Coritiba entrou em campo para municiar Keirrison, vice-artilheiro do Brasileiro, com 19 gols, mas a melhor jogada das poucas construídas pelo time foi de Arilton, aos dez minutos, quando colocou a bola entre as pernas de Vilson, driblou Jonílson, porém arrematou pela linha de fundo.

Inicialmente acuado, o Vasco adotou a cautela e explorou a velocidade de seu trio ofensivo – Madson, Alex Teixeira e Leandro Amaral. Se a equipe foi azarada aos 14 minutos, quando Mateus, livre na marca do pênalti, arrematou para fora, um minuto depois contou com um escorregão do zagueiro Maurício, que possibilou a recuperação da bola por Alex. O meia invadiu a área e bateu cruzado – Vanderlei espalmou e Leandro Amaral abriu o placar.

Na segunda etapa, o time vascaíno, que terminara a etapa inicial mais organizado que o Coritiba, ampliou a vantagem logo aos cinco minutos: Leandro Amaral cobrou pênalti sofrido por Alex Teixeira e marcou seu 11º gol na competição. Cumprindo sua obrigação, os visitantes passaram a administrar o placar, sofrendo esporadicamente com os ataques do oponente.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, no dia 7 de dezembro, todos os jogos serão novamente realizados no mesmo horário, às 17h. O Coritiba enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro, em Recife (PE), enquanto o Vasco recebe, em São Januário, o Vitória, em jogo desesperador.

Para se livrar da degola, a equipe vascaína precisa de uma vitória. Além disso, terá que torcer contra Figueirense, Atlético-PR e Náutico – ao menos dois destes precisam tropeçar para que o time de São Januário siga na Primeira Divisão do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA 0 X 2 VASCO

Estádio: Couto Pereira, Curitiba (PR)
Data/hora: 30/11/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (Fifa-MG)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Marcio Eustáquio Santiago (MG)
Renda/público: R$282.035,00 / 18.309 pagantes
Cartões amarelos: Felipe, Arilton, Alê, Guaru, Edson Bastos e Maurício (COR); Vilson, André, Eduardo Luiz e Mateus (VAS)

GOLS: Leandro Amaral, 15’/1ºT (0-1); Leandro Amaral, 5’/2ºT (0-1).

VASCO: Rafael, Eduardo Luiz, Odvan e André; Wagner Diniz, Jonílson, Mateus, Madson, Alex Teixeira (Leandro Bomfim, 25’/2ºT) e Vilson (Jhonny, 29’/2ºT); Leandro Amaral (Edmundo, 32’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho.

CORITIBA: Vanderlei; Maurício, Rodrigo Mancha (Dinélson, 14’/2ºT) e Felipe; Arilton, Alê, Carlinhos Paraíba (Guaru, intervalo), Marlos e Ricardinho; Keirrison e Ariel (Jailson, intervalo). Técnico Dorival Júnior.

novembro 30, 2008 Posted by | Coritiba, Vasco da Gama | , , | Deixe um comentário