Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Sem novos atacantes, Adilson evita lamentação: ‘Não vou ficar chorando’

Treinador indicou reforços à diretoria, mas altos valores impediram acerto

A janela internacional fechou e o Corinthians não conseguiu contratar um novo atacante. O técnico Adilson Batista indicou alguns nomes à diretoria de futebol, mas os preços elevados afastaram os jogadores do Parque São Jorge. Apesar do fracasso nas negociações, o treinador garante que não tem motivos para lamentar.

– Eu não costumo ficar reclamando da falta disso ou daquilo ou daquele. Procuro dar sequência no trabalho e incentivar quem está aqui, cobrar, alertar e se preparar para o momento que for solicitado para corresponder. Isso é assunto encerrado. Não vou ficar chorando – afirmou.

Logo que chegou ao Parque São Jorge, Adilson Batista detectou a necessidade de um outro centroavante. Ronaldo continua sendo uma incógnita pelos problemas físicos e Souza está longe de agradar. Assim, o treinador indicou Guilherme, do Dínamo Kiev-UCR, Marcelo Moreno, do Shakhtar Donetsk-UCR, e Ezequiel Miralles, do Colo Colo-CHI. Todas as transações, porém, emperraram no dinheiro.

O Timão ainda tentou trazer novamente Deivid, do Fenerbahce-TUR, mas esbarrou no mesmo problema. Além disso, o jogador acabou acertando com o Flamengo. Diogo, do Olympiakos-GRE, era outra opção e também foi parar na Gávea. No mercado interno, Ciro, do Sport Recife, foi oferecido, mas a direção recusou.

Sem reforços para o ataque, Adilson Batista terá que se contentar com as opções que tem no grupo. Com Ronaldo fora, Iarley, Jorge Henrique e Dentinho estão formando o trio ofensivo. Para piorar, o último sofreu uma lesão muscular na coxa direita e não tem previsão de volta. Por sorte, o meia Bruno César assumiu a responsabilidade pelos gols e virou o artilheiro do Brasileirão, com oito anotados.

agosto 20, 2010 Posted by | Corinthians | , | Deixe um comentário