Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Tricolor bate Oeste com tranquilidade

Rogério Ceni, que retornou ao gol quase não precisou fazer defesas

Ampliar Foto Divulgação/VIPCOMM Divulgação/VIPCOMM

Washington marca o quinto gol pelo Tricolor

O São Paulo bem que poderia ter marcado mais gols, mas fez seu papel e venceu o Oeste por 3 a 0, na noite desta quinta-feira, no Morumbi, pelo Paulistão. Pouco menos de 5 mil torcedores estiveram no estádio para acompanhar a partida, que registrou o retorno de Rogério Ceni ao gol tricolor, após cinco partidas sem ser titular, por conta de uma lesão na coxa direita. Washington, que não marcava há três partidas, voltou a balançar a rede. E Hernanes marcou um belo gol. Tudo tranquilo para o anfitrião.

Com o resultado, o Tricolor tem agora 23 pontos e segue na terceira posição. O Oeste tem 11 pontos, na 13ª colocação. Na próxima rodada, o time da capital encara o Santos na Vila Belmiro, no domingo, e a equipe de Itápolis enfrenta o Paulista, em Jundiaí, no mesmo dia.

Esquema diferente e gol de Washington

Satisfeito com o bom entendimento de Jorge Wagner e Junio Cesar pela esquerda na partida contra o Barueri, o técnico Muricy Ramalho manteve a parceria nesta partida e adiantou Hernanes para a armação. Com isso, Arouca ganhou uma oportunidade ao lado de Jean na cabeça-de-área. O treinador colocou dois zagueiros em campo, mas Zé Luis, que estava na direita, também ajudava a zaga.

O São Paulo começou a partida pressionando o Oeste desde o primeiro minuto. Aos seis, Washington foi impedido de finalizar pela zaga adversária. Aos 11, Borges chutou de longe e Weverton espalmou. Aos 20, a melhor chance tricolor: após cruzamento na área, André Dias rebateu de cabeça, e a bola só não entrou porque o camisa 1 do time de Itápolis impediu o gol.

O dono da casa continuou criando, mas começou a ter dificuldades de entrar na área do Oeste, que se fechou ainda mais. O Tricolor tentou muito com bolas alçadas, e apesar de ter dois jogadores habilidosos pelo lado esquerdo, atacou mais pela direita, com Zé Luis.

O gol saiu aos 37 minutos, mas não aconteceu pelos lados. Jean desceu pelo meio, passou por dois adversários e tocou para Washington que, na área, protegeu a bola, girou e chutou para a rede: 1 a 0 para o São Paulo (assista ao vídeo). Foi o quinto gol de Washington com a camisa tricolor. E o time foi para o intervalo com a vitória parcial, mas ciente de que poderia ter um placar mais amplo por causa das chances desperdiçadas. Rogério Ceni, em seus primeiros 45 minutos de volta à equipe, terminou a primeira etapa sem sujar o uniforme. Um retorno mais do que tranquilo ao time do São Paulo.

Borges só encontra a trave, mas Tricolor faz dois

O Oeste voltou para o segundo tempo sem Nei Paraíba e com Mirandinha na frente. O objetivo era dar mais velocidade na frente para o visitante. O time até se aproximou mais da área de Ceni, mas sem muita eficiência. O melhor chute foi de Mirandinha, aos sete minutos, mas ainda assim saiu fraco e com fácil defesa para o camisa 1 tricolor.

O dono da casa seguia perdendo chances de gol. Hernanes tentava através dos cruzamentos. E o lado esquerdo, não tão acionado no primeiro tempo, produzia mais no segundo, mas ainda sem a eficiência da última partida. Aos 16, o próprio Hernanes cansou de cruzar e chutou forte, obrigando Weverton a fazer uma defesa difícil.

Dois minutos depois, o gol não saiu por uma questão de centímetros. Borges arriscou o chute, mas a bola carimbou a trave esquerda de Weverton, que apenas rezou para que ela não entrasse. Aos 18, o camisa 17 quase marcou novamente, desta vez de cabeça, após cruzamento de Zé Luis. Weverton espalmou com a ponta dos dedos e colocou por cima do travessão.

Borges acertou novamente a trave, desta vez em uma cabeçada. Olhou para o céu, inconformado. Mas André Dias garantiu o segundo gol aos 28, também pelo alto. Hernanes cobrou falta pela direita e botou a bola na cabeça do zagueiro, que comemorou desenhando um coração no ar: 2 a 0.

Muricy voltou ao 3-5-2 ao tirar Junior Cesar, deslocar Jorge Wagner para a lateral e colocar Hugo em campo. Renato Silva também entrou na partida, compondo a zaga com três. Washington saiu mais cedo para descansar. O Tricolor perdeu mais oportunidades, principalmente com Borges. Mas finalizou o placar aos 42, com uma linda jogada. Jean, de calcanhar, passou para Hernanes bater com categoria, sem chances para Weverton. Ótimo jeito de fechar a noite dos são-paulinos.

Ficha técnica:

SÃO PAULO 3 x 0 OESTE
Rogério Ceni; Zé Luis, Andrés Dias, Miranda (Rodrigo) e Junior Cesar (Renato Silva); Jean, Arouca, Hernanes e Jorge Wagner; Borges e Washington (Hugo). Weverton; Dede, Dezinho, Adriano e Mazinho (Luiz Carlos); Luciano Santos, Dias, Dionísio e Vander (Luizinho); Caíque e Nei Paraíba (Mirandinha).
Técnico: Muricy Ramalho. Técnico: Marco Antônio.
Gols: Washington, aos 37 minutos do primeiro tempo; André Dias, aos 28 minutos, Hernanes, aos 42 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Borges (São Paulo); Dede, Vander (Oeste).
Estádio: Morumbi. Data: 26/02/2009. Árbitro: Robério Pereira Pires. Auxiliares: Junivan Rodrigues de Souza e Matheus Camolesi.

fevereiro 27, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário