Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Eficiente, Vasco bate o Boavista em Saquarema

Gigante da Colina joga mal, mas chega ao décimo jogo invicto no ano

Zagueiro Fernando comemora com Rodrigo Pimpão e Jéferson o gol da vitória vascaínaZagueiro Fernando comemora com Rodrigo Pimpão e Jéferson o gol da vitória vascaína (Crédito: Cléber Mendes)

LANCEPRESS!

No detalhe. Assim o Vasco conseguiu derrotar o Boavista neste domingo, por 1 a 0, em Saquerema (RJ), pela terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Assista ao gol!

Com o resultado, o Gigante da Colina chegou a dez jogos invicto na temporada e manteve a liderança do Grupo A, agora com dez pontos. Já a equipe da Região dos Lagos permanece com seis pontos, na vice-liderança do B.

A partida toda foi bastante equilibrada. No primeiro tempo, com uma marcação forte e atuando em velocidade, o Boavista ficou mais com a bola sob seu controle, enquanto o Vasco, perdido especialmente no meio-de-campo, não achava o caminho para a área adversária.

No gramado ruim do Estádio Eucy Resende, porém, os vascaínos perderam duas chances com Élton em grandes defesas de Vinícius. O time carioca conseguiu equilibrar as ações após os 15 minutos, mas os mandantes voltaram a pressionar após os 30 minutos, dando trabalho a Tiago e à defesa.

Contudo, se não conseguia atacar por baixo, o Vasco buscou solução em uma jogada em que tem tido sucesso: bola parada na grande área. Aos 40 minutos, Paulo Sérgio, que já havia evitado de cabeça lance perigoso do Boavista cinco minutos antes, cobrou falta na grande área. E, na ausência de Nilton (suspenso), o zagueiro Fernando cabeceou de costas para abrir o placar – foi o primeiro dele com a camisa cruzmaltina.

A etapa final recomeçou como a inicial, com a equipe de Saquarema marcando bem e chegando ao ataque. Só que, desta vez, o time de São Januário não conseguiu sair do seu campo de defesa e ameaçar o seu oponente. Mais ousados, os donos da casa levaram muito perigo aos vascaínos, recuados e sem força nos contra-ataques.

O atacante Felipe Adão, que entrou no intervalo, obrigou o goleiro Tiago a fazer uma boa defesa e foi o principal responsável pela nova movimentação de seu time. Porém, os jogadores do clube da Região dos Lagos falharam nas diversas finalizações que tentaram. Faltou caprichar no detalhe para empatar.

Na próxima rodada do Campeonato Carioca, o Boavista vai a Xerém, em Duque de Caxias (RJ), no sábado, às 20h30, enfrentar o Tigres do Brasil. Enquanto isso, no domingo, às 18h, o Vasco faz o “Clássico dos milhões” contra o Flamengo, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA:
BOAVISTA 0 X 1 VASCO

Estádio: Eucy Resende de Mendonça, Saquarema (RJ)
Data/hora: 15/3/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)
Auxiliares: Marco Aurelio dos Santos Pessanha (RJ) e José Carlos Batista de Arruda (RJ)
Renda/público: R$ 62.410,00 / 4.290 pagantes

Cartões amarelos: Paulo Rodrigues, Têti, Pessanha, Cocito e Santiago (BOA); Carlos Alberto, Amaral e Souza (VAS)

GOL: Fernando, 40’/1ºT (0-1).

BOAVISTA: Vinícius, Rogério Rios, Santiago, Pessanha e Paulo Rodrigues; Cocito (Bruno Moreno, 40’/2ºT), Fernando Bob, Mancuso (Leandro Cruz, 15’/2ºT) e Têti; Tony e Roberto Santos (Felipe Adão, intervalo). Técnico: Edinho.

VASCO: Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Mateus (Souza, 35’/2ºT), Jéferson (Léo Lima, 24’/2ºT) e Carlos Alberto; Rodrigo Pimpão (Faioli, 15’/2ºT) e Élton. Técnico: Dorival Júnior.

* Atualizada às 18h14.

março 16, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , | Deixe um comentário