Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com muitas opções, PC diz que tem vaga para todos no time

Treinador avalia reforços e vive ansiedade pela estreia

Aquela dor de cabeça boa para todo treinador, como costumam dizer os jogadores. É desse tipo de “problema” que Paulo César Gusmão sofrerá no Vasco. Com Carlos Alberto, Zé Roberto, Felipe, Elton, Éder Luis e Nunes, fica difícil definir quem joga e quem fica fora. Apesar de ainda não poder contar com grande parte dos reforços, pois a janela de transferências internacionais só abre em 2 de agosto, o técnico já admite utilizar todos os medalhões.

– Acho que dá (para escalar os principais jogadores). Se pensar que o Zé Roberto atua como meia e atacante, que o Felipe pode atuar também como atacante e o Carlos Alberto já fez essa função no Vasco e quando foi campeão da Liga dos Campeões pelo Porto, isso te favorece. Dependendo do momento. Facilita muito ter jogadores que podem exercer outras funções.

Com tantas cartas na manga, PC já começa a planejar um futuro diferente do que vive o time, penúltimo colocado do Campeonato Brasileiro, com cinco pontos.

– Quem está no Vasco não pode pensar em outra situação que seja estar em cima e brigar pelo título. Quem olha a tabela fala: “Esse cara é louco”. Mas não sou louco, sou trabalhador. Estudo os adversários e vejo plenas condições de mudar essa situação.

O primeiro adversário no caminho do comandante será o Goiás. Na próxima quarta-feira, no Serra Dourada, pela oitava rodada do Nacional, ele encara o Esmeraldino, time que diz conhecer muito bem.

– Já enfrentei o Goiás e é uma equipe difícil. Era o lanterna do campeonato na quarta rodada e hoje tem dez pontos (na sétima colocação). Vou montar o melhor possível e, dentro de tudo que vi, mesmo em pouco tempo, percebi que é uma equipe competitiva.

julho 10, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário