Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Para treinador, Grêmio encontra ‘dificuldade em todos os lugares’

Renato Gaúcho aposta no time contra o Botafogo, mas reconhece: ‘As equipes que vencem fora de casa são as que estão brigando pelo título’

O Grêmio realizou na manhã de sexta-feira um treino em São Januário, com os preparativos finais para o jogo contra o Botafogo, no Engenhão. O confronto será neste sábado, às 18h30. A uma posição do rebaixamento, em 16º, o Tricolor gaúcho já sabe que terá um difícil desafio pela 19ª rodada do Brasileirão

As atividades comandadas pelo técnico Renato Gaúcho duraram cerca de 30 minutos. O elenco disputou um rachão e treinou cruzamentos e finalizações em seguida.

– Onde o Grêmio joga, joga para conseguir os três pontos, mas encontra dificuldade em todos os lugares. Sabemos da força do Botafogo. O Grêmio tem sua maneira de jogar e vai tentar impedir o Botafogo de jogar e impor seu ritmo. As equipes que vencem fora de casa são as que estão brigando pelo título – afirmou o comandante tricolor.

Sem o meia Douglas, que está machucado, Renato Gaúcho lamentou não poder manter a mesma base no Grêmio. O treinador fez mistério sobre a provável escalação, mas deu a entender que Leandro, que substituiu o colega machucado no último confronto, pode entrar em campo outra vez.

– No momento em que se repete a mesma escalação, o time começa a adquirir padrão de jogo. E isso eu não tenho conseguido. O campeonato é longo e tem problemas de cartão e lesão como o Douglas, que perdi para essa partida. Se vai acontecer a mesma coisa, vocês, os torcedores e os jogadores vão saber 45 minutos antes da partida. O time está na minha cabeça – completou.

A ausência de Douglas também foi sentida pelo lateral-esquerdo Fábio Santos.

– Ele é o cara que faz a equipe jogar. Quando ele está mal, o time dificilmente consegue jogar bem. Vai fazer muita falta, sem dúvida. Mas a gente montou um grupo muito forte esse ano. Temos que nos adequar à maneira de jogar de quem entrar – disse.

setembro 3, 2010 Posted by | Grêmio | , | Deixe um comentário

Para Dorival, time não vai sentir a pressão do Brinco de Ouro

Para treinador, equipe está acostumada com Maracanã lotado e por isso não terá problemas contra o Guarani, o time da vez a ser batido

Ampliar Foto Fernando Maia/Globo Fernando Maia/Globo

Dorival observa Alex Teixeira: treinador confia no jovem time do Vasco na partida contra o Guarani

O técnico Dorival Júnior não teme que os jogadores do Vasco sintam a pressão de enfrentar o Guarani no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. Para o treinador, apesar do elenco vascaíno ser jovem, os atletas já estão se acostumando a encarar partidas decisivas.

– Uma equipe que já atuou dentro do Maracanã com 70 mil pessoas, jogando grandes partidas, não pode sentir a pressão agora. Os jogos locais com Flamengo, Fluminense, e Botafogo, as semifinais contra o Corinthians, o empate com o Vitória dentro do Barradão mostram que a equipe está fazendo um bom trabalho – disse o treinador.

Mesmo assim, Dorival elogiou o time campineiro. Para o treinador, o Guarani soube se reestruturar para a disputa da Série B.

– É o líder da competição e merece um respeito grande da nossa parte. O Guarani tem feito uma excelente campanha por méritos próprios. É uma equipe que está se ajustando dentro da competição. Eles tiveram uma adaptação rápida e estão conseguindo grandes resultados. É a equipe que todos buscam como alvo. Se em um primeiro momento era o Vasco, agora o Guarani é o time a ser batido.

junho 13, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , | Deixe um comentário