Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Choque-Rei movimenta início de Brasileirão

Palmeiras quer quebrar pequeno tabu, e São Paulo a reabilitação após tropeços nos primeiros jogos

Clássico paulista movimenta terceira rodada do Brasileirão (Crédito: Allex Ximenez)

Clássico paulista movimenta terceira rodada do Brasileirão (Crédito: Allex Ximenez)

LANCEPRESS!

O Choque-Rei deste domingo, no Palestra Itália, pela terceira rodada do Brasileirão, é movido pela vontade dos times de voltar a triunfar na temporada. Do lado do Palmeiras, a equipe quer vencer sob os olhares da torcida após um desempenho ruim e derrota para o time misto do Inter no último domingo, no Beira Rio. Já o São Paulo, que vem de empate com o Atlético-PR, no Morumbi, busca sua primeira vitória na competição.

O Verdão recebe o Tricolor e tenta se aproveitar da pouca experiência do goleiro Denis, que substituirá Bosco, para quebrar um pequeno e indigesto tabu para os torcedores palmeirenses: a última vez em que o Alviverde superou o Tricolor no Campeonato Brasileiro foi em 2006 (3 a 1, em Presidente Prudente). De lá para cá foram quatro partidas entre os rivais pela competição: duas vitórias dos comandados de Muricy e dois empates.

No retrospecto geral, a última vez em que o Palmeiras bateu o São Paulo em casa foi na semifinal do Paulistão do ano passado, no polêmico jogo do ‘gás’ – no intervalo do jogo, jogadores do São Paulo reclamaram da existência de um gás no vestiário do visitante. No único duelo de 2009, Washington fez o gol da vitória do clube do Morumbi e os são-paulinos deixaram os rivais sem balançar a rede pela primeira oportunidade no ano.

Com os desfalques de Pierre, suspenso por cartão vermelho no jogo de Porto Alegre, Willians, em fase final de recuperação de lesão no púbis, além de Edmílson, que reiniciou os trabalhos físicos nesta semana depois da cirurgia em abril, Vanderlei Luxemburgo deve escalar Jumar e Souza como volantes, assim como fez no último treino antes do clássico, e adiantar Diego Souza para ficar mais próximo de Keirrison no ataque.

Das muitas ausências do São Paulo, André Dias, Dagoberto e Jean treinaram normalmente neste sábado pela manhã. O zagueiro e o volante ainda não estão confirmados no time, mas o atacante formará a dupla de ataque ao lado de Washington, já que Borges ainda está afastado pelo departamento médico em função da pancada que levou na cabeça no jogo contra o Atlético-PR.

Palmeiras x São Paulo

Estádio Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data: 24/05/2009 às 16:00
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Auxiliares: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP)

Palmeiras: Marcos, Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Fabinho Capixaba, Jumar (Mozart), Souza, Cleiton Xavier e Armero; Diego Souza e Keirrison. Técnico : Vanderlei Luxemburgo.

São Paulo: Denis, Zé Luis, Miranda, Richarlyson (André Dias) , Jorge Wagner, Eduardo Costa (Jean) e Arouca; Hernanes, Hugo, Dagoberto e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 24, 2009 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Palmeiras empata e não garante liderança

Verdão ainda pode ser ultrapassado pelo São Paulo na última rodada

Keirrison, mal na partida, passou em branco mais uma vez. (Foto: Célio Messias)

Keirrison, mal na partida, passou em branco mais uma vez. (Foto: Célio Messias)

O Palmeiras não jogou bem, apenas empatou com o Oeste, em Itápolis, e não garantiu a liderança na primeira fase do Campeonato Paulista. Com 41 pontos e faltando uma rodada, o Alviverde ainda pode ser ultrapassado pelo São Paulo. O resultado de 1 a 1 também não foi bom para o Oeste, que segue ameaçado pelo rebaixamento.

O Verdão começou a primeira etapa ameaçando. Keirrison, logo aos três minutos, recebeu livre de marcação na área, mas chutou em cima do goleiro Weverton. Mas a pressão palmeirense parou por aí.

Como nas últimas partidas, o Palmeiras diminuiu o ritmo e, sem o brilhantismo de seus principais jogadores, pouco ameaçou o gol do Oeste. A equipe de Itápolis, por sua vez, defendeu com eficiência e chegou a marcar com Dezinho, mas o assistente indicou impedimento do zagueiro.

Sem conseguir criar boas jogadas ofensivas, o Verdão chegou apenas nas bolas aéreas. Diego Souza e Maurício Ramos tiveram suas oportunidades, mas não conseguiram marcar e o placar não foi alterado no primeiro tempo.

Nenhuma das equipes voltou com mudanças para a segunda etapa. O Palmeiras, assim como no primeiro tempo, ameaçou logo no começo. Jumar, de fora da área, bateu forte, mas Weverton fez a defesa. E, assim como no primeiro tempo, o Verdão parou e o Oeste marcou, mas desta vez o gol não foi anulado.

Nei Paraíba, aos sete minutos, dominou na intermediária e tocou em profundidade para Ademar. O camisa 6 do Oeste avançou com muita liberdade, entra na área e bate forte. Marcos conseguiu desviar, mas a bola acabou entrando.

Atrás no marcador, Luxemburgo tirou o zagueiro Marcão e o volante Jumar para colocar os atacantes Lenny e Marquinhos. A equipe melhorou, ganhou mais movimentação ofensiva e chegou ao empate aos 25 minutos. Marquinhos bateu falta fechada para a área. Maurício Ramos desviou de cabeça e igualou o marcador.

Keirrison teve chance de virar no final da partida, mas, assim como no começo do jogo, chutou em cima do goleiro Weverton.

Com o empate, o Verdão ainda permanece na liderança, com 41 pontos mas pode ver o São Paulo encostar na tabela. Se o Tricolor vencer o Guaratinguetá na quinta-feira, chega a 39 pontos, faltando apenas uma rodada para o final da primeira fase do Paulista. O Oeste chega a 17 pontos e segue ameaçado pelo rebaixamento.

Na rodada final, o Palmeiras recebe o Botafogo, já a equipe de Itápolis encara o Guará, fora de casa.
FICHA TÉCNICA:
OESTE 1 X 1 PALMEIRAS

Estádio: Ildenor Picardi Semeghine (Picardão), Itápolis (SP)
Data/hora: 31/03/2009 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa
Cartões amarelos: Dias e Ademar (OES); Cleiton Xavier, Diego Souza, Maurício Ramos e Pierre (PAL)
Gols: Ademar, 7’/2°T (1-0); Maurício Ramos, 25’/2°T (1-1)

OESTE: Weverton; Dede, Dezinho, Adriano e Ademar; Dias (Leandro Melo, 46’/2°T) Gleidson, Luciano Santos e Bruninho (Caíque, 15’/2°T); Luizinho (Leandro Love, 21’/2°T) e Nei Paraíba. Técnico: João Ricardo.

PALMEIRAS: Marcos; Marcão (Lenny, 19’/2°T), Maurício Ramos e Danilo; Sandro Silva (Evandro, 24’/2°T), Pierre, Jumar (Marquinhos, 19’/2°T), Cleiton Xavier, Diego Souza e Armero;Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

abril 1, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão encara o Oeste para garantir liderança

Palmeiras só precisa vencer em Itápolis que vai às finais com vantagem sobre os demais

LANCEPRESS!

O líder Palmeiras tenta se recuperar da primeira derrota no Paulista encarando o Oeste de Itápolis, 16º colocado na tabela. Uma vitória garante o Verdão como melhor equipe da primeira fase da competição, garantindo a vantagem para a semifinal e uma eventual final.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com Willians e Ortigoza, ambos machucados. Além de Fabinho Capixaba, que segue lesionado. Lenny, vice-artilheiro da equipe no Paulista com seis gols, deve ser o companheiro de ataque de Keirrison, já que Marquinhos, a outra opção, não vem jogando bem e deve ficar no banco.

Apesar dos desfalques no ataque, o Alviverde poderá contar com dois jogadores importantes para a partida. Diego Souza e Armero devem jogar. O meia foi expulso contra o Bragantino e cumpriu suspensão no clássico contra o São Paulo. Já o colombiano estava defendendo sua seleção, mas recebeu o segundo cartão amarelo (nas Eliminatórias, dois cartões suspendem) e foi liberado para voltar ao Palmeiras.

Palmeiras e Oeste se enfrentaram apenas duas vezes. A primeira, em 2004, a equipe de Itapólis bateu o Verdão em um amistoso por 2 a 1. Pelo Paulista do mesmo ano, a equipe do Palestra Itália deu o troco com o mesmo placar, 2 a 1. Vágner Love e Pedrinho marcaram os gols.

O Oeste está na beira do rebaixamento, com 16 pontos, na 16ª posição. para piorar, o técnico Luciano Dias pediu demissão. João Ricardo assume a equipe. Em campo, Luizão e Filipe, expulsos na última partida, não jogam. Dede e Dezinho, que cumpriram suspensão, voltam para o time.

FICHA TÉCNICA:
OESTE X PALMEIRAS

Estádio: Ildenor Picardi Semeghine (Picardão), Itápolis (SP)
Data/hora: 31/03/2009 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa

OESTE: Weverton; Dede, Dezinho, Adriano e Ademar; Dias, Dionísio, Mazinho e Vander; Caíque e Leandro Love. Técnico: João Ricardo.

PALMEIRAS: Marcos; Sandro Silva, Maurício Ramos, Danilo e Armero; Pierre, Jumar, Cleiton Xavier e Diego Souza; Lenny e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

março 31, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Sampa acaba com invencibilidade do Verdão

Tricolor passa o Corinthians na tabela e se aproxima da classificação

Washington deixa o seu e supera Keirrison no clássico

Washington deixa o seu e supera Keirrison no clássico (Crédito: Lancepress!)

No ano passado, São Paulo e Palmeiras protagonizaram clássicos emocionantes. No entanto, toda esta euforia em torno do Choque-Rei parece ter ficado lá em 2008. Quem acompanhou a vitória são-paulina neste sábado à tarde por 1 a 0, no Morumbi, ficou com a sensação de que faltou algo.

E de fato faltou. Faltou torcida no Morumbi, apenas 18.289 pagantes. Faltou também ânimo ao Palmeiras, um time classificado e pensando na Libertadores, onde jogará a vida diante do Sport.

Do lado do São Paulo faltou futebol. Um pouco mais de ousadia para sufocar o rival. Quando fez isso por dois minutos, o Tricolor conseguiu seu único gol na partida. Logo aos dois minutos de jogo, Washigton completou de cabeça cruzamento de Hernanes e deixou sua marca.

O gol que poderia dar um gás à partida, não deu. Novamente faltou algo. Alternativas para os treinadores mudarem o panorama do clássico. Luxemburgo fez as três alterações que podia, Muricy apenas duas.

No fim da partida, Cleiton Xavier acertou a trave de Rogério Ceni e Keirrison não completou no rebote. O único lance que levantou ambas as torcidas em todo o segundo tempo.

De bom, para o São Paulo, uma posição acima na tabela. Agora o Sampa é o segundo colocado (O Corinthians ainda não jogou na rodada). De ruim, para o Palmeiras, a perda de uma invencibilidade de 19 partidas sem perder no Paulistão. Com isso, o Verdão não disputa mais a Taça dos Invictos. No momento, apenas o Timão poderá bater o próprio São Paulo. o Corinthians está há 16 jogos sem perder. O Tricolor ficou 20 na temporada 2006/2007.

O São Paulo volta a campo somente na quinta-feira diante do Guaratinguetá, no Morumbi. Já o Palmeiras pega o Oeste, na terça-feira, fora de casa.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), em São Paulo (SP)
Data/Hora: 28/03/09, às 16h10
Árbitro: Wilson Luiz Seneme
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Everson Luiz Luquesi Soares
Renda/público: R$ 579.700,00 / 18.289 pagantes
Cartões amarelos: André Dias, Júnior César, Dagoberto, Jorge Wagner (SAO); Cleiton Xavier, Marquinhos (PAL)
GOLS: Washington, 2’/1ºT (1-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Zé Luis, André Dias, Rodrigo e Júnior César; Arouca (RenatoSilva, 25’/2T), Jean, Hernanes e Jorge Wagner; Dagoberto (Hugo, 25’/2T) e Washington – Técnico: Muricy Ramalho.

PALMEIRAS: Marcos; Sandro Silva, Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Jumar, Pierre, Cleiton Xavier e Marquinhos (Ortigoza, intervalo); Willians (Evandro, intervalo) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

março 28, 2009 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Comandados pelos artilheiros, São Paulo e Palmeiras fazem clássico de arrepiar

Misteriosos, Muricy Ramalho e Vanderlei Luxemburgo não revelam escalações

Ampliar Foto arte/GLOBOESPORTE.COM arte/GLOBOESPORTE.COM

Washington e Keirrison: duelo de matadores no estádio do Morumbi

De um lado, o São Paulo , terceiro colocado na tabela e que, com uma vitória, poderá garantir presença na fase semifinal do Campeonato Paulista. Do outro, o líder Palmeiras , já classificado, mas que ainda necessita de três pontos para assegurar a primeira colocação e a conseqüente vantagem na próxima etapa da competição. O 278º Choque-Rei da história, que acontecerá neste sábado, às 16h10min, no Morumbi, pela 17ª rodada do Campeonato Paulista , tem tudo para ser emocionante.

Afinal, atrações não faltam. Ao analisarmos as escalações das duas equipes, começamos por dois goleiros campeões mundiais com a seleção brasileira: Rogério Ceni e Marcos. No ataque, os dois principais goleadores da competição: o palmeirense Keirrison e o são-paulino Washington. No banco de reservas, dois técnicos já consagrados no futebol brasileiro: Vanderlei Luxemburgo e Muricy Ramalho.

O técnico são-paulino deixou claro que espera uma partida repleta de alternativas e bastante movimentada. Para Muricy, não há favorito. Ele lembrou que os dois têm um estilo de jogo bastante parecido.

– Ninguém gostava do 3-5-2, mas agora estão jogando, gostando. Dizem que é defensivo, mas o nosso time joga assim há três anos e é sempre melhor ataque e melhor defesa. Eles estão jogando parecido com a gente no esquema e há uma semelhança também entre os jogadores, pois eles contratam para isso. Keirrison, Washington e Borges, por exemplo, são parecidos porque são goleadores.

Ampliar Foto Agência/Vip.com Agência/Vip.com

Borges fará um teste no vestiário do estádio do Morumbi

O treinador não confirmou sua escalação. Isso porque o atacante Borges, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo na partida contra o Noroeste, na última quarta-feira, em Bauru, não treinou novamente nesta sexta-feira. Ele fará tratamento intensivo neste sábado, no Reffis do CCT e, fará um teste no vestiário do Morumbi. Se não puder jogar, Dagoberto ganhará uma oportunidade. Na defesa, o zagueiro Renato Silva volta após ter cumprido suspensão automática. Ele formará o trio de beques com André Dias e Rodrigo, já que Miranda está na seleção brasileira.

Palmeiras motivado

Do lado palmeirense, Vanderlei Luxemburgo revelou qual é o espírito dos seus jogadores.

– Clássico é sempre diferente. Dá uma motivação a mais, exige mais concentração de quem está em campo. Porque todo mundo sabe que se você bobear em um detalhe, perde o jogo.

Ampliar Foto Fabio Menotti/Assessoria de Imprensa do Palmeiras Fabio Menotti/Assessoria de Imprensa do Palmeiras

Luxemburgo deve manter esquema com três zagueiros

Já classificado, Luxemburgo quer a vitória para mudar o foco da equipe. Com a primeira colocação assegurada, o treinador mandará a campo o seu time reserva nos duelos contra Oeste e Botafogo. O time principal ficaria 11 dias treinando, pensando apenas no decisivo duelo contra o Sport, no próximo dia 8 de abril, pela Taça Libertadores da América, competição na qual o Verdão corre sério risco de eliminação.

– Já estamos direcionando o trabalho para o jogo contra o Sport. Nas palestras, tenho conversado muito com os jogadores. Mas primeiro precisamos definir essa situação da primeira colocação no Paulista – avisou Luxemburgo, que resolveu fazer mistério na escalação.

O treinador tem quatro desfalques: o lateral-direito Fabinho Capixaba e o zagueiro Edmílson (machucados), o lateral-esquerdo Armero (na seleção colombiana) e o meia Diego Souza (foi expulso contra o Bragantino e cumprirá suspensão automática).

– Ainda vou passar alguns vídeos para os jogadores na concentração. Também quero esperar para ver como o São Paulo vai jogar.

SÃO PAULO PALMEIRAS
Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Rodrigo; Zé Luis, Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Borges (Dagoberto) e Washington. Marcos; Danilo, Maurício Ramos e Marcão; Sandro Silva, Pierre, Cleiton Xavier, Willians e Jefferson; Lenny e Keirrison.
Técnico: Muricy Ramalho. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.
Estádio: Morumbi. Data: 28/03/2009. Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa/SP). Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa /SP) e Everson Luquesi Soares (SP).
Transmissão: A TV Globo exibe a partida ao vivo para o estado de São Paulo. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16 horas (de Brasília).

março 27, 2009 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os cerebrais Hernanes e Cleiton Xavier

Dupla passa de meros volantes para talentosos meias e esperança de gols no Choque-Rei

LANCEPRESS!

Quando os mais recentes camisas 10 de São Paulo e Palmeiras pegam na bola, um frisson toma conta dos estádios paulistas. A expectativa das torcidas com relação a Hernanes e Cleiton Xavier é por dribles objetivos, passes em profundidade e na medida para um atacante, ou chutes cheios de efeito que resultem em gols.

Contudo, nem sempre foi assim. A dupla demorou a encontrar espaço. O primeiro esteve até no Santo André, e quase não renovou contrato com o Tricolor. O segundo, sem se firmar no Internacional, foi parar no Figueirense, até chegar ao Verdão.

Tanto Hernanes quanto Cleiton Xavier evoluíram. Como cabeças-de-área, eles passaram por seleções de base do Brasil. Recentemente foram aproveitados como meias modernos, capazes de desarmar e armar com a mesma eficiência.

O polivalente tricolor soma quatro gols e cinco assistências no Estadual. Além de homem de confiança de Muricy Ramalho, já despertou o interesse do Barcelona (ESP) e é um dos sempre lembrados pelos críticos para a Seleção Brasileira principal.

Já o curinga do Verdão contabiliza três tentos e 11 passes para gols. Se tornou peça-chave no esquema de Vanderlei Luxemburgo.

Quem leva a melhor nessa disputa?

março 27, 2009 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão quer definir primeira colocação para mudar o foco para o Sport

Se vencer o São Paulo no sábado, Palmeiras já garante a vantagem

Ampliar Foto Marcelo Prado/Globo Esporte Marcelo Prado/Globo Esporte

Keirrison sobre garantir liderança do Paulista: ‘Quanto mais cedo, melhor’

A rodada de meio de semana foi ótima para o Palmeiras. Com o surpreendente empate do Corinthians com a Ponte Preta por 2 a 2, no estádio do Pacaembu, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo depende somente de mais uma vitória para garantir matematicamente a primeira colocação na tabela e assim, levar vantagem nos duelos da fase semifinal.

Por isso, a ordem é definir essa questão no clássico contra o São Paulo. Porque depois, o time teria 11 dias para pensar exclusivamente no duelo contra o Sport, pela Taça Libertadores da América. Nessa competição, o time faz péssima campanha, ocupa a lanterna do seu grupo e precisará vencer no Recife para manter vivo o sonho da classificação.

– É importante a gente definir a primeira colocação logo para depois pensarmos apenas no Sport – decretou o meia Cleiton Xavier, um dos jogadores que deu entrevista na tarde desta quinta-feira.

O atacante Keirrison seguiu pela mesma linha de raciocínio.

– Quanto mais cedo garantirmos a classificação, melhor para a gente. Agora, temos de esquecer o Sport porque temos um clássico muito difícil contra o São Paulo. E teremos de entrar muito concentrados, porque ganhar do São Paulo, no Morumbi, não é nada fácil.

O atacante diz que o Palmeiras está preparado para fazer uma grande partida.

– Estamos crescendo na hora certa. O time vem disputando boas partidas. Um clássico é totalmente diferente. É o jogo que todo mundo gosta de jogar.

window.google_render_ad();

março 27, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cleiton Xavier topa ir para o sacrifício

Mesmo sem estar 100% recuperado de pancada no tornozelo, meia diz que vai enfrentar o São Paulo

Ampliar Foto Marcelo Prado/Globo Esporte Marcelo Prado/Globo Esporte

Meia fará um teste decisivo no treino desta sexta

Se depender da sua vontade, o meia Cleiton Xavier, do Palmeiras,  já está escalado para o clássico do próximo sábado, contra o São Paulo , no estádio do Morumbi. O jogador, que levou uma pancada no tornozelo direito na partida da última terça-feira, contra o Bragantino, treinou fisicamente nesta quinta, na Academia de Futebol.  Nesta sexta, quando haverá treino com bola, ele fará o último teste.

Mas, mesmo sem estar 100%, Cleiton Xavier está pronto para ir para o sacrifício para ajudar os seus companheiros no duelo.

– Eu quero jogar. A dor já esta bem melhor e agora só vai depender do Vanderlei. Estou praticamente recuperado e com muita vontade de jogar – afirmou o camisa 10 do time de Parque Antártica.

Sem Diego Souza, suspenso, Cleiton Xavier sabe que a sua responsabilidade será maior no duelo do final de semana. Ele, no entanto, espera que o técnico Vanderlei Luxemburgo não mude o seu posicionamento em campo.

– O Diego joga bem mais adiantado que eu. Se for para entrar na vaga dele, vou sentir dificuldade, já que terei de jogar de costas para a área. E estou acostumado a chegar de frente, com a bola dominada. Mas, se ele precisar, estou pronto para ajudar de qualquer maneira.

março 27, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Pressão de Luxemburgo dá certo, e Seneme vai apitar o clássico

Treinador do Palmeiras queria um árbitro experiente para o duelo

Ampliar Foto Fabio Menotti/Assessoria de Imprensa do Palmeiras Fabio Menotti/Assessoria de Imprensa do Palmeiras

Luxemburgo está preocupado com a arbitragem no clássico

Irritado com a arbitragem de Robério Pereira Pires na partida da última terça-feira, quando o Palmeiras venceu o Bragantino por 2 a 1, o técnico do Palmeiras , Vanderlei Luxemburgo, não escondia a preocupação em relação ao clássico de sábado, contra o São Paulo .

– Ninguém recebeu escudo Fifa sem merecer. Esses caras precisam ser colocados nos melhores jogos. O Sálvio Spínola, o Paulo César, o Seneme. Para apitar grandes jogos, não dá para escolher e depois queimar a molecada.

Coincidência ou não, a pressão deu resultado. Wilson Luiz Seneme será o árbitro do duelo que será realizado no estádio do Morumbi. Será o segundo clássico do juiz no estadual. O primeiro foi no dia 1 º de março, quando o Santos venceu o São Paulo por 1 a 0, na Vila Belmiro.

Os jogadores do Palmeiras, timidamente, aprovaram a escolha.

– Não deixa de ser boa escolha o nome do Seneme, mas não vamos nos preocupar com a arbitragem e sim com nosso desempenho dentro de campo – afirmou o meia Cleiton Xavier.

março 27, 2009 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Palmeiras e São Paulo fazem tira-teimas

Quinto Choque-Rei do ano pode decidir o destino do Campeonato Brasileiro

Depois de um ano cheio de polêmicas, Palmeiras e São Paulo farão uma espécie de tira-teimas da atual temporada. Neste domingo, às 16h (de Brasília), no Palestra Itália, o torcedor acompanhará o quinto Choque-Rei do ano. Até agora, o confronto está empatado: duas vitórias para cada lado. E ambos têm derrotas engasgadas. O torcedor poderá acompanhar este clássico e os principais jogos do Brasileirão em tempo real, no LANCENET!

Na semifinal do Paulistão, o Palmeiras venceu por 2 a 0 no Palestra Itália, com gols de Léo Lima e Valdivia. Os tricolores reclamam até hoje do gás no vestiário do estádio e das polêmicas com o Mago, que provocou os são-paulinos no fim do jogo.

No Brasileiro, veio o troco. No Morumbi, o Sampa venceu por 2 a 1 e interrompeu uma seqüência de cinco jogos sem derrota do Palmeiras. Além disso, instalou um princípio de crise no time de Vanderlei Luxemburgo.

Neste domingo, acontece o “acerto de contas” final. Com 54 pontos, na vice-liderança, o Verdão está com dois de vantagem sobre o Tricolor. Um empate pode acabar com as pretensões de ambos, caso o Grêmio vença a Portuguesa no Canindé, também no domingo, às 18h10. Dessa forma, quem vencer o clássico deve engrossar a torcida da Lusa.

A semana foi cercada de mistérios. No São Paulo, Muricy Ramalho comandou treinos fechados por dois dias seguidos. Do outro lado, Luxemburgo respondeu com um retiro em Atibaia e um treino secreto na quinta-feira.

No entanto, são poucas as dúvidas. No São Paulo, Dagoberto está praticamente recuperado de uma lesão na coxa direita e poderá ser o parceiro de ataque de Borges. Caso o camisa 25 fique fora, Jancarlos entra no time é Hugo joga mais avançado.

Em concentração em Atibaia, o time de Vanderlei Luxemburgo foi propenso a fugir das polêmicas envolvendo os dois clubes e adepto à máxima dedicação para a partida de domingo. O elenco aposta na força do Palestra Itália para o clássico.

Não é para menos. Em 14 apresentações no Campeonato Brasileiro, tropeços aconteceram apenas no empate diante do Figueirense e na derrota contra o Sport. O rendimento está até acima das estimas do comandante – 87%. E é por isso que um certo favoritismo põe em xeque a vitória desta partida.

O time do Palmeiras está completo, com exceção de Jumar, que cumpre suspensão automática devido ao terceiro amarelo. O atacante Kléber, para a alegria do torcedor, será indiciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) apenas na segunda-feira e está livre para enfrentar o São Paulo ao lado de Alex Mineiro. No mais, há a dúvida entre Élder Granja e Pierre. Caso Granja fique fora, Sandro Silva será deslocado para a lateral direita. Martinez segue na dúvida, pois esta com dores musculares na parte posterior da coxa esquerda, e Maurício, então, pode ser a novidade.

Uuma diferença drástica contorna o clássico no alçapão do Palestra: O Palmeiras é a equipe que mais recebeu amarelos no Brasileiro, enquanto o São Paulo é o terceiro com menor quantidade (atrás apenas de Atlético-MG e Ipatinga – 66 cada). Em contrapartida, o Alviverde sofreu maior número de infrações do que o adversário de domingo (622 a 484).

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS X SÃO PAULO

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 19/10/2008 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes Filho (Fifa-SP)
Auxiliares: Ednílson Corona (Fifa-SP) e Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP).

PALMEIRAS: Marcos; Gustavo Roque Júnior e Martinez; Elder Granja (Pierre), Sandro Silva, Léo Lima, Diego Souza e Leandro; Kléber e Alex Mineiro. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, André Dias, Rodrigo e Miranda; Zé Luis, Jean, Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; Dagoberto (Jancarlos) e Borges. Técnico: Muricy Ramalho.

outubro 18, 2008 Posted by | Palmeiras, São Paulo | , , , | Deixe um comentário

PALMEIRAS X ATLETICO MG AO VIVO

Acesse:

LEIA NOTÍCIAS E ASSISTA JOGOS AO VIVO DO PALMEIRAS

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO VERDÃO

CLIQUE IMAGEM

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO VERDÃO


CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO VERDÃO

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO O JOGO DO VERDÃO

“CLIQUE NA CAMISA E COMPRE AGORA” !!!!!!

 



setembro 20, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 255 Comentários