Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Reformulado, Glorioso 2009 enfrenta o Boavista de olho em mais uma decisão

Alvinegro dá largada neste sábado à temporada com muitas caras novas no elenco, mas ainda sob o comando do remanescente treinador Ney Franco

O Botafogo inicia neste sábado a luta para chegar à terceira final seguida do Campeonato Carioca. A equipe começa a sua trajetória por Saquarema, onde enfrenta o Boavista, às 16h (de Brasília), pela primeira rodada da Taça Guanabara. O Alvinegro terá uma equipe reformulada, mas ambiciosa. O objetivo será, agora, conquistar o título que deixou escapar nos dois últimos anos. O Premiere transmite a partida ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

O jogo deste sábado será o primeiro contato da torcida com um time bem diferente daquele que ela acostumou a ver nos últimos dois anos. Dos que terminaram 2008 como titulares, estarão em campo apenas o goleiro Renan, o lateral-direito Alessandro, o volante Leandro Guerreiro e o meia Lucas Silva. A maioria da equipe principal é composta por caras novas.

Até mesmo o esquema tático mudou. Ney Franco optou por uma formação no 3-5-2, com Leandro Guerreiro atuando como líbero. No meio-campo, ao lado de Lucas Silva, Maicosuel terá a missão de municiar os atacantes Diego e Victor Simões, um dos destaques da pré-temporada que durou duas semanas e aconteceu no Caio Martins, em Niterói.

Ampliar Foto Jorge William/O Globo Jorge William/O Globo

Ney Franco orienta os jogadores que formam o novo Botafogo

É no setor ofensivo, aliás, que o Botafogo terá o seu único desfalque. Reinaldo, um dos principais jogadores do elenco, sofreu um estiramento na coxa direita durante o jogo-treino contra o Olaria, na última quarta-feira. Esse fato gerou frustração, mas não diminuiu o otimismo de Ney Franco. Ele confia na boa atuação da equipe, embora saiba que o entrosamento ainda não é o ideal.

– Peço paciência à torcida, porque são normais as dificuldades neste início de temporada. Ainda buscamos a melhor forma física e técnica, o que acontecerá apenas com a sequência de jogos. De qualquer forma, isso não mudará nosso objetivo, que será sempre o de vitória.

No Botafogo, clube tão apegado à tradição, até mesmo a nostalgia tem gosto de novidade. A partida contra o Boavista também marcará a volta de um velho conhecido. Juninho, que passou o ano de 2008 no São Paulo, estará de volta ao comando da zaga, conquistando o status de capitão.

– Dá um frio na barriga só de pensar em voltar a disputar o Campeonato Carioca. Contamos com o apoio da torcida, e vamos superar a falta de entrosamento com muita garra – prometeu o zagueiro.

Mesmo sem medalhões, Boavista mostra confiança

Ampliar Foto Agência/Globo Agência/Globo

Juninho retorna ao Botafogo após um ano atuando pelo São Paulo

O Boavista também apresenta muitas caras novas para o Campeonato Carioca. Mas algumas das mais famosas, como o zagueiro Gustavo e o volante Cocito (ambos campeões brasileiros pelo Atlético-PR, em 2001), não poderão atuar, pois ainda recuperam a forma física. De qualquer forma, a equipe de Saquarema conta com o alçapão do Estádio Elcyr Resende de Mendonça, onde derrotou o Botafogo em 2007, acabando com as chances do Alvinegro de chegar à semifinal da Taça Guanabara.

O técnico Júlio Marinho tem apenas uma dúvida no time titular. Pessanha, ex-Internacional, e Juan disputam uma vaga na defesa. Mesmo assim, o comandante do Boavista acredita num bom desempenho de sua equipe na primeira rodada e no restante do Campeonato Carioca.

– O jogo de estreia é sempre mais complicado, mas estou confiante de que faremos uma boa partida, principalmente por estarmos jogando no nosso estádio. O Botafogo montou um elenco forte também e será um adversário difícil. Acredito que o ponto forte deles será o conjunto. O que as pessoas podem esperar do Boavista no Campeonato Carioca é um time competitivo e com vontade de vencer – afirmou Júlio Marinho.

BOAVISTA BOTAFOGO
Erivélton, Rogério Rios, Pessanha (Juan), Santiago e Hamilton; Thiaguinho, Alexandre Silva, Bruno Moreno e Têti; Tony e Roberto Santos. Renan, Emerson, Leandro Guerreiro e Juninho; Alessandro, Léo Silva, Lucas Silva, Maicosuel e Eduardo; Diego e Victor Simões.
Técnico: Júlio Marinho. Técnico: Ney Franco.
Estádio: Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema (RJ). Data: 24/01/2009. Árbitro: Marcelo de Souza Pinto. Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Marcos Antônio Bastos Júnior.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16h (de Brasília)

janeiro 24, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário