Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Pelé contraria Luxa e afirma que é cedo para o Peixe entregar os pontos

Rei do Futebol garante que equipe tem tempo suficiente para se recuperar e conseguir uma vaga na Taça Libertadores

Ampliar Foto Divulgação/Divulgação Divulgação/Divulgação

Pelé estranhou declaração de Luxemburgo

Após o empate em 2 a 2 com o Avaí, no último sábado, na Vila Belmiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo mostrou-se desanimado: disse achar muito difícil que o Santos consiga uma vaga na Taça Libertadores 2010. A opinião do treinador causou estranheza ao Rei do Futebol. Pelé mantém bom relacionamento com Luxa e admite não ter entendido o motivo que levou o treinador a emitir essa opinião.

Para o Rei, ainda é muito cedo para jogar a toalha. O Santos está em 12º lugar, com 24 pontos. O quarto colocado hoje é o Internacional, com 30 pontos. Faltam 20 rodadas para o fim do Brasileirão. Pelé considera tempo suficiente para o Peixe reagir.

– Não acredito que o Luxemburgo seja técnico de jogar a toalha. Ele não é disso. Perder dois pontos em casa, faz parte do futebol. São coisas que acontecem. Mas é cedo para afirmar que a coisa já esteja definida – afirmou Pelé, em entrevista ao jornal “A Tribuna”, de Santos.

agosto 11, 2009 Posted by | Santos | , , , , | Deixe um comentário

Vasco, com um a menos, derrota Vila Nova em Goiás

Equipe carioca vence e pula para a quinta posição na Série B

Fagner comemora o primeiro gol do Vasco no Serra Dourada. Cruzmaltino venceu por 2 a 0 (Crédito: Carlos Costa)

Fagner comemora o primeiro gol do Vasco no Serra Dourada. Cruzmaltino venceu por 2 a 0

LANCEPRESS!

Se vinha faltando sorte ao Vasco nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro (seis jogos sem vencer), a vitória sobre a Ponte Preta (3 a 0), no ultimo sábado, parece ter afastado o momento ruim da equipe. Nesta terça-feira, a equipe cruzmaltina foi a Goiânia (GO) e, mesmo com um a menos desde o início do primeiro tempo, derrotou o Vila Nova-GO por 2 a 0.

Com o resultado, o Gigante da Colina pulou do oitavo para o quinto lugar na tabela de classificação, com 20 pontos, os mesmos da Ponte Preta (na terceira colocação) e do Atlético-GO (na quarta posição), que o superam nos critérios de desempate. Já o time goiano permanece com 12 pontos, agora em 15° lugar.

O Vila Nova iniciou a partida posicionando-se ofensivamente e logo aos seis minutos ficou com um a mais: o atacante do Vasco Robinho se embolou com o lateral-direito adversário Osmar e, ao trocarem empurrões no chão, o atleta vascaíno recebeu o vermelho. O jogo seguiu duro, com entradas ríspidas especialmente do volante Cocito.

No entanto, mesmo com um a menos, o Cruzmaltino bloqueou o meio-de-campo e pouco foi ameaçado. E, aos poucos, o lateral-direito Fagner se soltou e se tornou a principal peça ofensiva do time. Aos 28 minutos, ele cobrou falta pela esquerda do ataque diretamente para o gol e contou com a falha do goleiro Juninho para abrir o placar.

No segundo tempo, o Vila Nova apostou na entrada de mais um ataque e pressionou um pouco mais. Aos oito minutos, Vanderlei cabeceou na grande área e obrigou o goleiro Fernando Prass a grande defesa. A equipe goiana seguiu pressionando e, ao desperdiçar chance incrível, sofreu o segundo gol.

Aos 22 minutos, Leandrinho cabeceou na pequena área e o Camisa 1 cruzmaltino fez nova grande defesa. No rebote, sozinho, Vanderlei consegiu acertar a cabeçada no travessão. Na sequência do lance, aos 23 minutos, Paulo Sérgio apareceu pela direita e encontrou Elton livre na área, que tocou de cabeça no contrapé de Juninho, definindo o confronto.

Os dois times voltam a campo na próxima sexta-feira. O Vila Nova vai a Florianópolis (SC) e, às 21h, enfrenta o Figueirense. Já o Vasco, no mesmo horário, recebe em São Januário o ABC-RN.

FICHA TÉCNICA:
VILA NOVA 0 X 2 VASCO

Estádio: Serra Dourada, Goiânia (GO)
Data/hora: 14/7/2009 – 21h
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho (FIFA-SP)
Auxiliares: Hilton Francisco de Melo (SP) e Everson Luis Luquesi Soares (SP)
Renda/público: R$ 260.315,00 /15.941 pagantes
Cartões amarelos: Thiago Carvalho, Cocito, Otacílio, Leonardo e Pachola (VIL); Titi (VAS)
Cartão vermelho: Robinho, 6’/1ºT (VAS)

GOLS: Fagner, 28’/2°T (0-1); Elton, 23/2°T (0-2)

VILA NOVA: Juninho, Osmar, Thiago Carvalho, Leonardo e Ralph (Dida, 22’/2°T); Cocito (Vanderlei, intervalo), Rafinha, Otacílio e Pachola; Rogério (Leandrinho, 13’/2°T) e Willian. Técnico: Vagner Benazzi.

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Magno, 28’/2°T), Vilson, Titi e Ernani; Amaral, Nilton, Souza (Paulo Sérgio, 19’/2°T) e Alex Teixeira (Enrico, 19’/2°T); Robinho e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

.

julho 14, 2009 Posted by | Vasco da Gama, Vila Nova | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

De olho no G-4 e sem Carlos Alberto, Vasco encara o Vila Nova em Goiânia

Embalado pela volta das vitórias na Série B, cariocas buscam resultado positivo para se reaproximar dos líderes da competição nacional

Ampliar Foto Marcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM Marcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM

Robinho é uma das esperança do Vasco na partida contra o Vila Nova, em Goiânia

Após acabar com a pressão de não vencer há oito partidas na temporada 2009 ao bater a Ponte Preta por 3 a 0, no último sábado, em São Januário, o Vasco volta a campo nesta terça-feira, às 21h (horário de Brasília) para encarar o Vila Nova, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, de olho em um resultado fora de seus domínios. O time não vence fora do Rio de Janeiro desde a segunda partida na competição nacional, quando derrotou o Ceará, em Fortaleza, em maio. Acompanhe a partida ao vivo pelo SporTV (menos para Goiânia e Campinas)

Sem Carlos Alberto e Ramon, ambos suspensos, a principal esperança do Vasco em Goiânia é o seu ataque, formado por Robinho e Elton. Na vitória sobre a Ponte, os dois jogadores fizeram os três gols vascaínos. Com o triunfo, o time da Colina se reaproximou do G-4. A equipe permaneceu na oitava colocação, com 17 pontos, mas separado por apenas três pontos do vice-líder Atlético-GO. Já o Vila Nova ocupa a 14ª colocação, com 12.

Dorival Jr. tem dúvida na lateral direita e no meio-campo

O treinador vascaíno deixou o Rio de Janeiro com um ar de mistério em relação aos jogadores que vai colocar em campo nesta terça-feira. A boa atuação do time diante da Ponte Preta agradou Dorival, que pode até repetir a mesma formação que conseguiu vencer por 3 a 0. Com a exceção de Jéferson, que voltou a sentir um problema muscular, e naquele confronto cedeu o seu lugar a Ernani, que vai entrar na lateral esquerda na vaga de Ramon.

Dorival tem duas dúvidas para montar a equipe. Na lateral direita, com a boa atuação de Fágner, o treinador não sabe se vai promover o retorno de Paulo Sérgio, que cumpriu suspensão diante da Macaca. A tendência é que o mais jovem comece atuando por tudo o que conseguiu desenvolver no confronto do último sábado, em São Januário.

Além disso, o treinador ainda não sabe como vai montar o meio-campo. Dorival pode optar por reforçar a marcação com a entrada de Amaral ou por um meia mais ofensivo. Enrico pode ter a sua derradeira chance entre os titulares. Com isso, Magno ficaria como opção para etapa final.

– Estava na hora de realmente começarmos a ter esse tipo de dor de cabeça, porque eu acho que é assim que você constrói um elenco, e não apenas uma equipe. Nós vínhamos tendo uma equipe com poucos jogadores que, dentro das condições de cada um, vinham pedindo uma oportunidade, em razão de rendimento em treinamento. O que eu vejo é que agora as opções podem vir a aumentar, a partir do instante em que nós recuperemos mais rapidamente esses jogadores que estão fora – analisou o treinador.

Goianos têm cinco desfalques para o confronto diante dos cariocas

No time goiano, o técnico Vágner Benazzi tem cinco jogadores suspensos para o confronto diante dos cariocas. Alisson, Bilica, Edson Borges, Ralf e Walter estão fora da partida desta terça-feira. O treinador ainda tem uma dúvida para escalar a sua equipe. Pachola e Nil lutam por uma posição na lateral esquerda.

O Vila buscar a reabilitação na competição, já que foi derrotado na última rodada pelo Bragantino por 2 a 1, em Bragança Paulista. Diferentemente dos cariocas que querem embalar, os goianos buscar um triunfo para subir na classificação e até mesmo fugir dos adversários que estão na parte de baixo da tabela.

ILA NOVA VASCO
Juninho, Osmar, Leonardo, Thiago Carvalho e Pachola (Nil); Otacílio, Cocito, Leandrinho e Rafinha; Vanderlei e William. Fernando Prass, Fágner, Vilson, Titi e Ernani; Amaral, Nilton, Souza e Alex Teixeira; Elton e Robinho.
Técnico: Vágner Benazzi. Técnico: Dorival Júnior.
Estádio: Serra Dourada. Data: 14/07/2009. Árbitro: Salvio Spinola (Fifa-SP). Auxiliares: Hilton Francisco de Melo (SP) e Everson Luis Soares (SP).
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo menos para Goiás e Campinas. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 20h30m (de Brasília).

julho 13, 2009 Posted by | Vasco da Gama, Vila Nova | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rodrigo Pimpão segue como dúvida no Vasco

Atacante afirma que não vai entrar em campo com dores

Atacante Rodrigo Pimpão ainda é dúvida para atuar pelo Vasco nesta quarta-feira (Crédito: Paulo Sérgio)

Atacante Rodrigo Pimpão ainda é dúvida para atuar pelo Vasco nesta quarta-feira

LANCEPRESS!

O atacante Rodrigo Pimpão ainda é dúvida para o jogo desta quarta-feira entre Vasco e Vitória, às 21h50, válido pela volta das quartas-de-final da Copa do Brasil.

Ele, que não atuou na vitória cruzmaltina por 2 a 0 sobre o Ceará, no último sábado, em Fortaleza (CE), pela Série B do Campeonato Brasileiro, está otimista, mas faz ressalva.

– Estou bem melhor. A expectativa era de mais uma semana, acho que na terça vou treinar com bola e espero jogar, sim. Esse treino deve decidir, se sentir de novo, não tem como jogar com dor – explicou Rodrigo Pimpão.

O Vasco venceu o confronto de ida diante do Vitória por 4 a 0 e pode perder por até três gols sem fazer nenhum ou por até quatro de diferença desde que consiga marcar no Barradão.

maio 19, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Aloísio vestirá a camisa 21 do Vasco

Em sua chegada à Colina no sábado, atacante recebeu o manto de número 9, usado por Élton. Mas nesta segunda, clube confirma nova numeração

Ampliar Foto André Durão /GLOBOESPORTE.COM André Durão /GLOBOESPORTE.COM

Aloísio chega à Colina e já posa para foto com os fãs

O atacante Aloísio Chulapa foi apresentado como o mais novo reforço do Vasco para a temporada 2009, no último sábado, antes da estreia do time na Série B do Campeonato Brasileiro, diante do Brasiliense, em São Januário (1 a 0). Em sua chegada, o jogador recebeu das mãos do presidente Roberto Dinamite a camisa 9, que pertence a Élton. Mas nesta segunda-feira, o clube informou através do site oficial que Aloísio vestirá o manto de número 21.

O Vasco está usando numeração fixa na atual temporada. O número 21 pertencia a Fernando Galhardo, que chegou no início do ano, mas já deixou o clube. Aloísio ainda não foi regularizado para disputar a Segundona e precisa de uma liminar da Justiça do Trabalho para ser inscrito. Clube espera poder contar com o craque em duas semanas.

maio 12, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Suspensão de Diego Souza deverá ser branda

Últimos casos de agressão mostram que punição alta é utopia

Diego Souza acerta Domingos durante o clássico do último sábado (Foto: Tom Dib)

Diego Souza acerta Domingos durante o clássico do último sábado (Foto: Tom Dib)

LANCEPRESS!

A rasteira dada pelo meia Diego Souza no zagueiro Domingos, no último sábado, na vitória do Santos por 2 a 1 sobre o Palmeiras, no Palestra Itália, pode render longa suspensão ao camisa 7 do Verdão.

De acordo com o artigo 253 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (praticar agressão física contra o árbitro ou seus auxiliares, ou contra qualquer outro participante do evento desportivo), a pena do atleta pode ser de 120 a 540 dias.

O procurador do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, Antônio Carlos Meccia, fará a denúncia contra Diego Souza na próxima quarta – o TJD está em recesso até terça, devido ao feriado.

– Vi as imagens e vou denunciá-lo. Mas não posso dizer ainda em qual artigo ele será julgado – disse.

Diego será julgado pelo TJD de São Paulo, mas, caso sua punição seja em dias, terá de cumprir também no Brasileirão. Ele só ficaria livre para atuar pela Libertadores.

Casos recentes de agressões, porém, mostram que a suspensão do jogador pode ser mais branda. Nos últimos anos, os tribunais aliviaram.

O último que sofreu maior pena foi o volante Gavilán, em duelo contra o Palmeiras, pelo Brasileirão de 2007. Na ocasião, o então gremista desferiu um soco no chileno Valdivia e pegou 120 dias de suspensão. O paraguaio teve de cumprir a pena.

No ano passado, entretanto, houve casos de punições que foram diminuídas após novos julgamentos.

O corintiano Morais chegou a ser suspenso por 125 dias por agredir com um soco o meia Marquinhos, do Avaí. Depois, sua pena caiu para 120 e, após outra decisão do tribunal, foi reduzida pela metade. Coube ao jogador pagar 40 cestas básicas.

No campeonato nacional de 2007, Obina também foi suspenso por 120 dias, devido a uma cotovelada no zagueiro Índio, do Internacional. Cumpriu apenas 29 e, depois, teve a pena diminuída para apenas cinco jogos.

abril 20, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão aposta tudo no Palestra Itália para ter êxito em semana decisiva

Na quarta, time enfrenta o Sport, pela Libertadores. No sábado, o adversário será o Santos, pelo Campeonato Paulista

Ampliar Foto Divulgação/Assessoria de Imprensa do Palmeiras Divulgação/Assessoria de Imprensa do Palmeiras

Técnico Vanderlei Luxemburgo quer o elenco concentrado nas duas decisões no Palestra

Nunca o alçapão do Palestra Itália foi tão importante para o Palmeiras como na próxima semana. Afinal, o Verdão terá três decisões em seu campo. Na quarta, a equipe recebe o Sport precisando vencer para seguir vivo na Taça Libertadores da América . Depois, no sábado, o rival será o Santos , pela segunda semifinal do Campeonato Paulista. E, como perdeu a primeira partida por 2 a 1, no último sábado, na Vila Belmiro, a equipe alviverde também terá de vencer.

O retrospecto da equipe dentro de casa na temporada 2009 é realmente muito bom. Em 11 partidas disputadas, foram 10 vitórias (Mogi Mirim, Marília, Real Potosí-BOL, Santos, Paulista, Guarani, Barueri, Noroeste, Bragantino e Botafogo) e apenas uma derrota (Colo Colo-CHI).

– Dentro da nossa casa, a gente realmente consegue sempre os resultados que precisa. O torcedor comparece em grande número e empurra a nossa equipe. Não podemos nem pensar em outros resultados nos próximos dois jogos – afirmou o zagueiro Edmílson, um dos líderes do elenco.

O técnico Vanderlei Luxemburgo voltou a usar um discurso da última semana.

– O Palmeiras dentro de casa é muito forte, assim como o Santos é na Vila Belmiro. Mas o time precisa entrar em campo concentrado e fazer por merecer o resultado. Vamos com tudo porque precisamos do resultado. Não existe mais espaço para treino. Agora, é entrar e jogar.

O comandante palmeirense não quer ver ninguém desmotivado nessa semana.

– O mês de abril é um mês que todos os jogadores deveriam agradecer. É o momento de crescer e se destacar em campo. Todo mundo espera chegar em uma hora como essa. Quando você está em uma Copa do Mundo, são jogos decisivos em um curto espaço de tempo. Agora é a mesma coisa – lembrou o comandante palmeirense.


abril 13, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Recado na Academia: ‘Raça Verdão’

Time paulista perdeu por 3 a 0 para o Fluminense no último sábado

A torcida do Palmeiras não gostou nada da derrota por 3 a 0 para o Fluminense, no último sábado, pelo Brasileiro. O recado da insatisfação foi deixado em um dos portões da Academia de Futebol, na manhã desta terça-feira, com a mensagem ‘Raça Verdão’. O time paulista encara o Goiás, nesta quarta, no Palestra

outubro 28, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Para presidente Odone, Douglas Costa é o novo craque do Tricolor

Garoto de 18 anos foi escondido pelo clube até renovar contrato. Ele estreou com gol na vitória de 2 a 1 sobre o Botafogo, no último sábado

Mora nas duas chuteiras de Douglas Costa, 18 anos, boa parte da esperança gremista para as últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro. O garoto é a grande aposta do clube. Até setembro, quando renovou contrato com multa rescisória de R$ 80 milhões, ele foi escondido pela diretoria tricolor, preocupada com o assédio de clubes estrangeiros (da Espanha, especialmente). Celso Roth gostaria de utilizar o meia antes, mas só teve a oportunidade de escalá-lo no último sábado, contra o Botafogo, em uma situação emergencial, já que Tcheco, Souza e Orteman estavam fora. Douglas estreou com um gol e boa atuação na vitória de 2 a 1. O desempenho do guri faz com que o presidente do Grêmio, Paulo Odone, veja nele o novo craque do Olímpico.

– Ele tem muita personalidade. Caso contrário, não entrava jogando. Não era certo jogá-lo na fogueira, mas tínhamos essa necessidade. A avaliação de todos é de que tinha personalidade para entrar. Foi escalado assim e deu certo. É um jogador que foi protegido por nós até agora. Ele vai dar muito para o clube. Vai encantar o futebol do Grêmio e do Rio Grande do Sul. É outro craque formado no Grêmio – afirma o dirigente, em entrevista para a Rádio Gaúcha.

O técnico Celso Roth também não conseguiu esconder seu encanto com o jovem talento. O treinador disse que Douglas dá passes que só ele enxerga. Como Tcheco segue suspenso para o jogo desta quarta-feira, às 22h, contra o Santos, o guri de 18 anos será novamente titular. Mas Roth já fez um alerta: quando Tcheco estiver liberado, volta naturalmente ao time.

outubro 7, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , | Deixe um comentário