Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico

Desfigurados, times vão para o jogo, que encerra o turno, com muita cautela

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico (Crédito: Montagem)

Em duelos dos desfalcados, Grêmio recebe o Flamengo no Olímpico

LANCEPRESS!

Colados na tabela, Grêmio e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, no Olímpico, com a amarga missão de conferir qual dos dois times sofrerá menos com o amontoado de desfalques que seus treinadores estão tendo de conviver. E, claro, quem se sair melhor nessa parada encerra o turno embalado e bem pertinho do G4.

Com sete vitórias e dois empates em seus domínios, o Tricolor Gaúcho põe em risco a condição de time de melhor desempenho como mandante ao receber o Rubro-Negro. Três de seus principais jogadores – os meias Tcheco e Souza e o centroavante Maxi López – desfalcarão a equipe. Os dois primeiros cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo. O argentino tem uma lesão muscular na perna direita.

O Tricolor ainda não tinha sofrido tanta perda de qualidade. E o problema é que não há reposições. A saída do técnico Paulo Autuori é armar uma verdadeira retranca. A idéia parece ser dificultar o toque de bola do Flamengo e isolar Adriano.

O zagueiro Réver, grande destaque da defesa, vai para o meio-campo, juntando-se aos volantes Túlio e Adilson. O meia Douglas Costa, que andou jogando como atacante, será recuado para onde rende mais. Para o lugar de Maxi López, o substituto natural seria Alex Mineiro – se este não tivesse sido cedido ao Atlético-PR um mês atrás.

Herrera, que já formou dupla com Jonas, tem uma lesão no joelho direito. E Ricardo, 21 anos, ex-Londrina, é atacante de área, mas ainda está em fase de adaptação. A saída foi recorrer a Perea, que operou o joelho esquerdo em janeiro e até agora participou de apenas três partidas – nenhuma desde o início.

– Esse período foi muito difícil para mim. No início do ano, com a lesão, eu senti que perderia momentos importantes, especialmente na Libertadores. Agora, estou muito feliz pela possibilidade de atuar novamente – disse o atacante.

Ficou tudo muito diferente do original. Nos treinos da semana, o quarteto de meio-campo protegeu bem a linha de zagueiros, mas não conseguiu articular jogadas. E os dois atacantes, por atuarem pelos lados, pouco arremataram.

Apesar do clima leve, o Flamengo vive dias de incerteza. Em sétimo lugar, a equipe pode terminar em quinto se tiver uma combinação de resultados somados à vitória, é claro. Mas são poucos os que acreditam de fato no feito. Tanto que, consciente e cauteloso, Andrade deve tirar até Pet do time para escalar um meio mais marcador.

– O Grêmio tem um ponto forte nas bolas aéreas e nos contra-ataques. Além disso, encarar a torcida deles também não é fácil. Vou analisar a situação do Pet ver o que é melhor para o momento – despistou o Tromba, apelido do treinador.

O chileno Fierro é quem vai entrar na vaga do sérvio, caso a mudança de última hora ocorra. Certo mesmo é que o jovem Lenon vai ser o substituto de Kleberson e está com muita moral. A média de idade do time é mais baixa na temporada, cerca de 23 anos. Os únicos vovôs da turma são Angelim, 33, e Emerson, 31.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X FLAMENGO

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 16/8/2009 – 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Carlos Berckenbrock (Fifa-SC) e Marcelo Carvalho Van Gasse 9SP)

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Leo, Rafael Marques e Jadilson; Réver, Adilson, Túlio e Douglas Costa; Perea e Jonas – Técnico: Paulo Autuori.

FLAMENGO: Bruno, David, Aírton, Ronaldo Angelim; Everton Silva, Willians, Lenon, Petkovic (Fierro) e Everton; Emerson e Adriano – Técnico: Andrade

agosto 16, 2009 Posted by | Flamengo, Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Maxi López fora do Grêmio por um mês

Argentino treinou, voltou a sentir e agravou a lesão

O argentino Maxi López deve desfalcar o Tricolor por cerca de um mês (Crédito: Reuters)

O argentino Maxi López deve desfalcar o Tricolor por cerca de um mês

LANCEPRESS!

Uma péssima notícia para os gremistas: o atacante Maxi López vai desfalcar o time não apenas contra o Flamengo, neste domingo, no Olímpico, mas provavelmente pelos cinco jogos seguintes.

Um exame de ressonância magnética realizado nesta quinta-feira, e divulgado à noite pelo vice-presidente de futebol, Luís Onofre Meira, constatou que a lesão sofrida pelo argentino na coxa direita, no primeiro tempo do jogo de domingo, contra o Barueri, foi um estiramento. A previsão é de que ele fique afastado entre 20 e 30 dias.

López estava em tratamento para a lesão e participou de parte do treino da manhã desta quinta. Ao forçar, ele voltou a sentir.

O grande problema do técnico Paulo Autuori é a ausência de um substituto. Maxi López é o único atacante de área do elenco. No mês passado, o Grêmio cedeu Alex Mineiro ao Atlético-PR.

Além de López, o também argentino Herrera, que atua pelo lado do ataque, desfalcará o time contra o Flamengo. Ele tem uma lesão no joelho direito.

O Grêmio, que está perto de contratar o atacante Leandro – e este, igualmente, não é de área – deverá ir em busca de um reserva específico para Maxi López, que também tem propostas para deixar o Olímpico.

agosto 14, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , | Deixe um comentário

Adriano só viaja no sábado para Porto Alegre

Atacante é liberado para ir em festa de aniversário nesta sexta

LANCEPRESS!

O Flamengo enfrenta o Grêmio neste domingo, no Olímpico, pela última rodada do Turno do Campeonato Brasileiro. A delegação rubro-negra embarca nesta sexta-feira para Porto Alegre com um desfalque importante. O atacante Adriano foi liberado pela diretoria e só viaja neste sábado.

O Imperador foi liberado para ir a uma festa de aniversário de um familiar e por isso não poderá pegar o avião nesta sexta.

No treino desta tarde no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, a mãe de Adriano, Dona Rosilda, compareceu ao CT rubro-negro com alguns amigos e familiares do Imperador.

agosto 14, 2009 Posted by | Flamengo | , , , | Deixe um comentário

Cruzeiro pega Grêmio pela reabilitação

Equipe celeste tenta continuar subida na tabela sem Kléber

Cruzeiro recebe o Grêmio pela reabilitação (Crédito: Montagem)

Cruzeiro recebe o Grêmio pela reabilitação

LANCEPRESS!

Há três jogos sem perder no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro tentará manter a boa sequência na competição contra o Grêmio, domingo, às 18h30, no Olímpíco.

Para o duelo contra os gremistas, Adilson Batista terá o retorno de Leonardo Silva que cumpriu suspensão automática contra o Sport na quarta-feira. A Raposa, porém, não terá Wagner, que ainda se recupera de uma torção no pé esquerdo, e o atacante Kléber. O Gladiador está com uma pubalgia e ficará em Belo Horizonte para se tratar. O jogador atuou em cinco partida nos últimos 15 dias.

Para o atacante Thago Ribeiro, apesar dos desfalques, o Cruzeiro pode alcançar um bom resultado, mantendo o bom nível do jogo contra o Sport.

– É um clássico do futebol brasileiro. São duas grandes equipe e vai ser um jogo duro, como sempre é no Olímpico. Mas, mantendo o mesmo espírito, determinação e vontade dos últimos jogos, podemos conseguir os pontos – afirmou o atacante.

O Grêmio é o time de pior aproveitamento como visitante, com um empate e seis derrotas em sete partidas, mas o Cruzeiro que se cuide com esse adversário de dupla personalidade: em casa, o invicto Tricolor tem os melhores resultados entre todos os participantes do Brasileiro, com seis vitórias e dois empates.

– O consolo para mais uma derrota é que temos tudo para alcançar mais uma vitória – filosofa Tcheco, tentando esquecer o fracasso de quinta-feira no Morumbi diante do São Paulo.

É possível que aconteçam mudanças na equipe, mas em princípio o técnico Paulo Autuori, deve repetir a que iniciou contra o São Paulo. As modificações
ficariam para o segundo tempo, como as entradas do atacante Jonas no lugar de Herrera e do meia Douglas Costa no do volante Adilson. Os dois melhoraram o rendimento na partida de quinta-feira.

Décimo colocado, com 21 pontos, cinco menos do que o Goiás (quarto colocado doBrasileiro), o plano gremista de terminar o turno dentro do G-4 está prejudicado.

– Essas inacreditáveis derrotas fora de casa ainda vão impedir que a gente chegue à Libertadores – alerta o mesmo Tcheco.

Mas Autuori trata de levantar o moral da turma.

– Se, como visitante, o time mostra até uma certa displicência, em casa ele se transforma. Os níveis de confiança e concentração crescem e os erros diminuem drasticamente – observa o técnico.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO X CRUZEIRO

ESTÁDIO:Olímpico
DATA/HORA: 2/8/2009, às 18h30
ÁRBITRO: Evandro Rogério Roman (Fifa/PR)
AUXILIARES: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Marcos da Silva (PR)

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes, Léo, Réver e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Souza e Tcheco; Herrera e Maxi López.
Técnico: Paulo Autuori

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Gérson Magrão; Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná e Bernardo; Thiago Ribeiro e Wellington Paulista.
Técnico: Adilson Batista

agosto 1, 2009 Posted by | Cruzeiro, Grêmio | , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio vence Santo André de virada no Olímpico

Com um golaço e duas assistências, Souza é o destaque do jogo

Souza foi o dono do jogo: golaço na virada em cima do Santo André (Crédito: Ricardo Rimoli)

Souza foi o dono do jogo: golaço na virada em cima do Santo André

LANCEPRESS!

O Grêmio contou com uma grande atuação do meia Souza e venceu o Santo André por 3 a 2, de virada, no Olímpico, neste domingo. Com a vitória, a sexta do Grêmio em casa, a equipe gaúcha chegou aos 21 pontos e ocupa a sexta posição até o complemento da rodada. O Santo André permanece com 17 pontos e agora ocupa a décima primeira posição.

O Jogo:

Primeiro tempo:

A partida começou com o Grêmio tendo o domínio de bola. A primeira chance foi da equipe gaúcha com Tcheco em um chute que passou perto do gol de Neneca.

A marcação do Grêmio muito forte nos minutos iniciais, o que dificultou o setor de criação do Santo André. Uma boa trama do ataque gremista com Herrera dando belo passe para Jonas, que chutou para a zaga do Santo André cortar, assustando os paulistas. Na sequência, foi a vez de Jonas servir Herrera, que recebeu a bola em impedimento.

A partida seguiu com o Santo André sem conseguir criar oportunidades de gol. A primeira chance foi em uma cobrança de falta de Marcelinho Carioca, mas o chute subiu muito e não ofereceu perigo para Victor.

Souza, em jogada individual, tocou para Jonas, que chutou sem perigo aos 15 minutos. O Santo André assustou a defesa do Grêmio com um chute cruzado de Antônio Flávio, logo em seguida.

Aos 19 minutos, a defesa do Grêmio, em especial Rafael Marques, se descuidou e apenas olhou o sempre perigoso Marcelinho Carioca em grande lance deixar a bola livre para Antônio Flávio, que recebeu sem marcação cara a cara com Victor. O atacante chutou, a bola tocou no goleiro e entrou bem devagar na rede da segunda defesa menos vazada da competição: 1 a 0 Santo André.

Procurando a reação, Souza usou toda a sua velocidade e arrancou com a bola. Ricardo Conceição só pode parar o camisa 8 com falta e recebeu o primeiro cartão amarelo da partida. Souza cobrou, a bola bateu na barreira e voltou para Souza, que chutou mais uma vez para longe do gol.

O Santo André voltou a assustar o Grêmio em nova cobrança de falta de Marcelinho Carioca. O camisa 7 da equipe paulista cobrou para dentro da área do Grêmio, houve bate e rebate e foi marcado impedimento do ataque do Santo André.

Aos 33, Elvis fez falta em Tcheco e recebeu o seu sétimo cartão amarelo neste Campeonato Brasileiro. Tcheco cobrou a falta sem perigo para a defesa da equipe paulista. E o Grêmio teve grande chance aos 35. Tcheco foi a linha de fundo e cruzou para Souza, que sozinho bateu para fora.

O principal nome do Grêmio na partida, Souza fez boa jogada, foi a linha de fundo, mas a defesa do Santo André cortou a investida gremista. Em seguida, após cobrança de escanteio de Tcheco, o zagueiro improvisado na lateral direita, Mário Fernandes cabeceou e o goleiro Neneca fez grande intervenção.

E o Grêmio chegou ao gol de empate na sua sétima cobrança de escanteio. Souza cobrou, o zagueiro Rafeal Marques se antecipou à marcação de Cicinho e se redimindo do erro no gol do Santo André, de cabeça, empatou a partida: 1 a 1 no Olímpico.

E a chance de ampliar veio logo em seguida com o lateral-esquerdo Jadílson, que chutou de longe, mas a bola pasou perto da meta do goleiro Neneca.

Aos 45 minutos, Souza confrimou porque era o melhor jogador da partida. Levou a bola sozinho, olhou o goleiro Neneca adiantado e chutou. A bola foi no ângulo, um golaço de Souza: 2 a 1 Grêmio de virada em apenas 3 minutos.

Segundo tempo:

Logo com um minuto do segundo tempo, Souza voltou a ser um tormento para Neneca. O camisa 8, de cabeça, após cruzamento tirou o goleiro da jogada e a bola caprichosamente bateu na trave, para sorte de Neneca.

O Grêmio foi rápido e logo deu o troco. Após boa jogada de ataque, Tcheco foi a linha de fundo e quase ampliou para a equipe da casa.

O Santo André teve mais uma oportunidade. Aos sete minutos, Gustavo Nery chutou cruzado, Victor defendeu e zaga cortou.

Após cobrança de escanteio do Santo André, o Grêmio puxou bom contra-ataque. Herrea dominou, tocou para Jonas, que de frente para o gol, chutou sem força para a tranquila defesa de Neneca.

O árbitro Alício Pena Junior entendeu que houve um toque intencional de Nunes em Herrera e expulsou o camisa 9 do Santo André na metade do segundo tempo.

E o Grêmio se empolgou ainda mais com a expulsão de Nunes. Jadílson com extrema categoria fez ótimo cruzamento e Herrera quase ampliou para a equipe da casa.

E o Grêmio continuou como dono do jogo e criando as melhores oportunidades. Adílson, Herrera e Souza tiveram oportunidades de ampliar o marcador.

Souza continuou sendo a grande atração do jogo Aos 33 minutos, sofreu falta e cobrou na cabeça de Rafael Marques. que não teve dificuldades para fazer: 3 a 1 para o Grêmio.

O Grêmio continuou atacando e criando as melhores oportunidades. Aos 41 mais uma vez ele, Souza, quase ampliou em jogada individual.

O Santo André com um jogador a menos, ainda conseguiu diminuir aos 48 minutos da etapa final. Ricardo Goulart fez o segundo do Santo André. Nada que impedisse a vitória do Grêmio e prejudicasse a grande atuação de Souza. Placar final Grêmio 3 x 2 Santo André.

Na próxima rodada, Grêmio e São Paulo fazem o duelo de tricolores, no Morumbi. A partida está marcada para quinta feira, às 21h. O Santo André recebe o Corinthians no Bruno José Daniel. O duelo paulista será na próxima quarta feira, às 21h50.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 3 X 2 SANTO ANDRÉ

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 25/7/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Junior (MG)
Auxiliares: Helberth Costa Andrade (MG) e Jair Albano Felix (MG)
Renda/Público: R$ 149.385,00/11.180 presentes

Gols: Antônio Flávio (19’/1ºT), Rafael Marques (42’/1ºT), Souza (45’/1ºT), Rafael Marques (33’/2ºT), Ricardo Goulart (48’/2ºT).

Cartões Amarelos: Ricardo Conceição, Elvis, Fernando, Gustavo Nery(STA); Souza, Mário Fernandes (GRÊ)

GRÊMIO: Victor, Mário Fernandes(Thiego 44’/2ºT), Léo, Rafael Marques e Jadílson; Adilson, Túlio, Souza e Tcheco (Joílson 18’/2ºT); Herrera e Jonas (Isael 25’/2ºT). Técnico: Paulo Autuori.

SANTO ANDRÉ: Neneca, Cicinho, Marcel, Cesinha e Gustavo Nery (Vinicíus Simon 23’/2ºT); Fernando, Ricardo Conceição, Marcelinho Carioca (Ricardo Goulart 23’/2ºT), Elvis (Pablo Escobar 37’/2ºT); Antônio Flávio e Nunes. Técnico: Sérgio Guedes.

julho 25, 2009 Posted by | Grêmio, Santo André | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Grêmio volta à realidade contra o Furacão

Time de Autuori tenta recuperação contra o Atlético-PR

LANCEPRESS!

Ainda abalado pelo duro golpe da desclassificação da Libertadores da América, o Grêmio volta à dura realidade do Campeonato Brasileiro, no qual ocupa a 14ª colocação. Neste domingo, o time de Paulo Autuori enfrenta o Atlético-PR, no Olímpico, às 16h, jogo válido pela nona rodada do Brasileirão. Apesar de estar na 16ª posição, o Furacão ensaia uma reação, após ter começado muito mal a competição, amargando a lanterna.

O Grêmio precisa ganhar do Atlético-PR neste domingo, no Olímpico, para subir na tabela do Brasileiro, onde ocupa a 14ª posição. Mas está abatido, porque o sonho de conquistar a Copa Libertadores da América acabou. O que fazer?

— Meu principal trabalho até a hora do jogo será psicológico, mostrar que a vida continua. Acho que não será tão difícil, pelo espírito mostrado pela equipe no segundo tempo contra o Cruzeiro, quando lutou com dignidade mesmo vendo tudo perdido – diz Autuori, ele próprio já alvo de críticas porque o time venceu apenas dois dos dez jogos sob seu comando.

Com 9 pontos ganhos, o Grêmio venceu apenas duas partidas – sobre os frágeis Botafogo e Náutico, no Olímpico. Perdeu três e empatou outras três.

A escalação deverá ser a mesma, ou quase, da partida final da Libertadores, nesta quinta-feira. Até porque o time não atuou mal e conseguiu um empate em 2 a 2.

— E é preciso repetir, porque só assim ela ganhará sincronia de movimentos. Me perguntam se não seria o caso de voltar para o 3-5-2. Eu respondo que isso não acontecerá jamais – encerra o técnico, adepto confesso do sistema 4-4-2.

A única mudança possível é a entrada de Joílson na lateral-direita, no lugar de Thiego. Joílson é bom apoiador, e contra um adversário como o Atlético, que deverá cuidar mais de se defender, o ex-são-paulino poderá ser mais útil do que Thiego, que é zagueiro improvisado ali.

Quando fala em aprimorar o entrosamento, Autuori se refere à manutenção de Herrera no ataque, ao lado de Maxi López. Herrera não se saiu tão bem contra o Cruzeiro, em sua primeira partida ao lado do conterrâneo. Mesmo assim, tem mais crédito do que Alex Mineiro, barrado por ter marcado apenas quatro gols na temporada e estar há quatro meses sem balançar as redes.

Tendo conquistado sete dos últimos nove pontos disputados, é impossível não apontar uma clara evolução da equipe do Atlético Paranaense. E o grande responsável é o técnico Waldemar Lemos, com sua fala mansa, mas que nos treinamentos vem cobrando ao máximo os jogadores do Furacão.

Os números comprovam a sua boa fase neste Brasileirão. Se existisse o “Waldemar Futebol Clube”, ele ocuparia no momento a
quarta colocação da Série A, já que conquistou sete pontos pelo Furacão e já tinha somado outros oito enquanto comandava Náutico. São quatro vitórias e três empates. Números que não mudam a humildade do treinador.

– Isso é apenas fruto do trabalho. Assim como o Náutico, o Atlético tem um grande grupo, com jogadores que estão com muita vontade. Fico feliz por estar realizando um bom trabalho e dando alegrias aos torcedores. Temos uma comissão técnica de alta qualidade e isso ajuda muito – disse Lemos.

Para seguir pontuando, o Furacão terá desfalques no Olímpico. Por suspensão automática, Waldemar não poderá contar com o zagueiro Rafael Santos e o volante Valencia. A boa notícia fica por conta do retorno de Marcinho, que estava suspenso, e de Rafael Moura, recuperado de uma entorse no tornozelo direito.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-PR

Local: Olímpico, em Porto Alegre(RS)
Data-Hora: 05/07/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)

GRÊMIO: Victor; Joílson (Thiego), Leo, Réver e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Tcheco e Souza; Herrera e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.

Atlético-PR: Vinícius; Manoel, Rhodolfo e Antônio Carlos; Zé Antônio, Chico, Rafael Miranda, Paulo Baier e Marcio Azevedo; Marcinho e Rafael Moura (Wesley) – Técnico: Waldemar Lemos.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 5, 2009 Posted by | Atlético-PR, Grêmio | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio poupa titulares para pegar o Goiás

Souza, Alex Mineiro e Maxi López não jogam contra o Esmeraldino

LANCEPRESS!

O Grêmio encara o Goiás, neste sábado, às 18h30, no Olímpico, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor Gaúcho, classificado para as semifinais da Libertadores, poupará alguns titulares para o confronto com o Esmeraldino, que não poderá contar com o zagueiro Rafael Toloi, suspenso.

Pensando no primeiro confronto com o Cruzeiro pela semifinal da Libertadores, quarta-feira no Mineirão, o Grêmio decidiu poupar três titulares: o meia Souza e os atacantes Alex Mineiro e Maxi López, que apresentavam indícios de fadiga muscular. Eles serão substituídos por Joílson, Jonas e Herrera, respectivamente.

— Não posso modificar a estrutura do time. Sou contra essa idéia de usar maioria de eservas. Equipes de futebol aprimoram o entrosamento jogando. Cansaço? Futebol é assim, o sacrifício faz parte – justificou Autuori.

O técnico se recusou a falar sobre o Cruzeiro, adversário na semifinal da Libertadores, afirmando que seria um desrespeito ao Goiás. Na realidade, o Grêmio precisa se concentrar ao máximo nessa partida, pois tem apenas duas vitórias no Brasileiro. O time de Autuori ocupa a 7ª colocação, com 8 pontos.

O meia Douglas Costa seria o escolhido para substituir Souza, se não cumprisse suspensão automática pela expulsão contra o Fluminense. Sem outras opções, o técnico escalou Joílson, reserva de Ruy na lateral-direita, mas que atuou como meio-campista no tempo de Botafogo. Já a dupla reserva Jonas-Herrera vem se destacando nos treinos. Os dois mostram mais mobilidade do que os titulares Alex Mineiro e Maxi López. O argentino Herrera substituiu Alex Mineiro no segundo tempo contra o Caracas, quarta-feira, e recebeu elogios de Autuori. Tem chances de ganhar a posição de Alex Mineiro.

No Goiás, o técnico Hélio dos Anjos deve repetir a escalação do empate em 0 a 0 com o Corinthians, no último fim de semana. A única mudança é forçada: o zagueiro Rafael Toloi, revelação do time goiano, está suspenso novamente no Brasileirão. Desta forma, João Paulo deve compor a zaga com Ernando e Leandro Euzébio.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X GOIÁS
Data: Sábado, 20/06/09, às 18h30
Local: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE);
Auxiliares: Erich Bandeira (PE) e Jossemmar José Diniz Moutinho (PE)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ruy, Leo, Réver e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Tcheco e Joílson; Jonas e Herrera.
Técnico: Paulo Autuori.

GOIÁS: Harlei; Ernando, Leandro Euzébio e João Paulo; Vitor, Ramalho, Éverton, Felipe Menezes e Júlio César; Iarley e Felipe
Técnico: Hélio dos Anjos

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 20, 2009 Posted by | Goiás, Grêmio | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio recebe o Náutico no Olímpico

Com apenas quatro pontos, Tricolor tenta se recuperar em casa

LANCEPRESS!

Com apenas quatro pontos em doze disputados, o Grêmio encara o jogo contra o Náutico, nesta quinta-feira, no Olímpico, como a melhor oportunidade para deflagrar sua recuperação no Brasileiro.

O Tricolor vem de derrota de 1 a 0 para o Vitória, no Barradão. Antes disso, vencera o Botafogo em casa, por 2 a 0 – na estréia de Paulo Autuori. Entre essas duas partidas, um empate pela Libertadores – 1 a 1 com o Caracas, na Venezuela. As duas últimas atuações foram preocupantes.

A partir delas, os gremistas pediram que Autuori apressasse as mudanças, tanto de esquema tático quanto de jogadores. Mas o comandante pediu paciência.

— Não posso fazer isso numa reta final de Libertadores. Preciso dar segurança aos jogadores, principalmente aos do sistema defensivo, que vem se saindo tão bem – explicou. A única novidade será Marcelo Grohe no gol, no lugar do convocado Victor.

Assim, os zagueiros continuarão a ser três – Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy e Fábio Santos, a atuar como alas e não laterais; o meio, com um volante e dois armadores; e dois atacantes.

Tcheco, ausente domingo devido a desgaste físico, estará de volta ao meio-campo. Com isso, Túlio volta para o banco de reservas.

— O Tcheco é o jogador mais importante do Grêmio. Sem ele, o time custa a andar – disse Souza.

Alex Mineiro iniciou a partida contra o Vitória. Estava mal e foi substituído no intervalo por Jonas, o antigo titular. Mas este foi expulso. Então, Alex Mineiro recebe nova chance ao lado de Maxi López. Fora de casa, seu problema foi falta de movimentação – ele atua centralizado, muito perto do argentino. Mas, dentro do Olímpico, com o time dando sufoco desde o início, isso até pode ser uma vantagem, acredita Tcheco.

Com as linhas de trás se aproximando da dupla de atacantes, termina também o isolamento de Maxi López, do qual, aliás, o argentino reclamou, provocando um atrito com Souza. Autuori chamou os dois e deu mais razão a Souza do que ao argentino – a quem ele pediu que segure mais a bola na frente, esperando a aproximação.

Se o Náutico se fechar demais, o chefe não quer só bola alta sobre a área.

— Quero mais circulação de bola, e paciência na procura de brecha – recomendou.

No Náutico, o técnico Waldemar Lemos deverá manter a estrutura do time que empatou com o Fluminense, mas não terá o zagueiro Asprilla e o volante Derley, que estão suspensos. Para os seus lugares, Negretti deverá entrar na defesa, junto com Vágner e Gladstone, enquanto Júnior Carioca entrará na cabeça-de-área.

Sobre a possibilidade da escalação do atacante Anderson Lessa no time titular, Waldemar Lemos foi taxativo em afirmar que não mudará a dupla Kuki e Gilmar. Anderson Lessa vem se tornando importante ao time, foi autor de dois gols na vitória sobre o Atlético-PR por 3 a 2 e ainda sofreu um pênalti contra o Fluminense.

– Não posso ficar mudando sempre a escalação do time, a não ser, quando for de extrema necessidade. O ataque anda bem e no caso de Lessa, ele é a arma secreta para o segundo tempo – afirmou Waldemar Lemos.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO X NÁUTICO

Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)

Data/hora: 04.06.09 – 21h (de Brasília)

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Cláudio Jose de Oliveira Soares (RJ)


GRÊMIO:Marcelo Grohe; Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Alex Mineiro e Maxi López.
Técnico: Paulo Autuori.

NÁUTICO: Eduardo, Gladstone, Vágner e Negretti; Sidny, Johnny, Júnior Carioca, Carlinhos Bala e Anderson Santana; Gilmar e Kuki.
Técnico: Waldemar Lemos.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 4, 2009 Posted by | Grêmio, Náutico | , , , , , , , | Deixe um comentário

Quase lá, Grêmio recebe San Martín para confirmar vaga nas quartas

Só tragédia elimina Tricolor da Libertadores após vitória por 3 a 1 em Lima. É a última partida do interino Marcelo Rospide no torneio continental

Ampliar Foto divulgacao/Site Oficial do Grêmio divulgacao/Site Oficial do Grêmio

Marcelo Rospide (de boné): último compromisso do técnico interino na Taça Libertadores

Em uma Libertadores da América, é sempre melhor ficar com um pé e meio atrás, mas não tem como fugir da realidade: o Grêmio vai a campo nesta quarta-feira, contra o San Martín, apenas para confirmar uma vaga que já é certa. Só uma tragédia poderá impedir a classificação do time gaúcho às quartas de final da competição continental. A vitória de 3 a 1 no jogo de ida, em Lima, deixou o Tricolor em situação extremamente confortável para o duelo das 22h (de Brasília), no Olímpico.

O Universidad San Martín de Porres, clube recém-saído das fraldas, com cinco anos de fundação e que tem um dente gigante como mascote, precisa ser heróico para bater um rival que não costuma comer mosca em Porto Alegre. Os peruanos necessitam de vitória por três gols, qualquer que seja o placar, ou então por dois de diferença, mas só a partir do 4 a 2. Na prática, é quase impossível, até porque o Grêmio já mostrou ser bastante superior ao oponente – que talvez seja o melhor dos quatro adversários encontrados pelo Tricolor até agora na Libertadores. O adversário nas quartas será Deportivo Cuenca, do Equador, ou Caracas, da Venezuela, que fazem o segundo jogo nesta terça. No primeiro, teve vitória equatoriana por 2 a 1.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partida desta quarta-feira em Tempo Real. O SporTV mostra ao vivo para o Rio Grande do Sul.

Último jogo de Rospide na Libertadores


O duelo com o San Martín é o último jogo de Marcelo Rospide no comando do Grêmio na Libertadores. O substituto dele, Paulo Autuori, chegará a Porto Alegre entre o fim desta semana e o início da próxima. E certamente receberá o time classificado às quartas e ainda invicto na Libertadores.

O Grêmio é, em números, o melhor time da disputa continental. São sete jogos, com seis vitórias e apenas um empate, o 0 a 0 da estreia, contra o Universidad de Chile. Diante do San Martín, a atenção está toda em Maxi López, destaque da vitória em Lima ao fazer dois gols – o outro foi de Souza.

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Maxi López comanda ataque gremista

Em meio à disputa da Libertadores, o Grêmio estreou no Campeonato Brasileiro com empate por 1 a 1 contra o Santos no Olímpico. O mau resultado despertou contestações a Rospide, que tirou Maxi López e Jonas para colocar um volante, Túlio, e um atacante, Alex Mineiro, no segundo tempo. O treinador partiu em defesa da estrutura da equipe e disse que não haverá modificações – como, por exemplo, a passagem do 3-5-2 para o 4-4-2, com a entrada de Túlio no meio.

O Grêmio ganhou um desfalque de última hora para a partida. O zagueiro Léo sentiu uma contratura muscular na coxa e foi afastado. William Thiego entra no time.

À espera de um milagre


Os peruanos vão a campo no Olímpico esperançosos de que podem conseguir um milagre. O técnico Victor Rivera não contará com quatro jogadores. Entre eles, o argentino Cejas, um dos principais articuladores do time.

– Vamos jogar com atitude e entrega, com dignidade. Vamos buscar a classificação – disse o treinador.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Ficha técnica

GRÊMIO SAN MARTÍN
Victor, Thiego, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adílson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Jonas e Maxi López. Butrón, Huamán, Reyes, Ramos e Salas; Hinostroza, Ballón, Carrillo e Díaz; García e Arzuaga.
Técnico: Marcelo Rospide. Técnico: Victor Rivera.
Estádio: Olímpico, em Porto Alegre (RS). Data: 13/05/2009. Horário: 21h50m (de Brasília). Árbitro: Antonio Arias (Paraguai). Auxiliares: Milcíades Saldívar (Paraguai) e César Franco (Paraguai).
Transmissão: SporTV exibe a partida ao vivo para Rio Grande do Sul.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h30m (de Brasília).

maio 12, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio faz 3 a 1 no San Martin lá no Peru

Argentino Maxi López marca duas vezes na fácil vitória tricolor

Vaga está nas mãos do Grêmio

Vaga está nas mãos do Grêmio (Crédito: Reuters)

LANCEPRESS!

Com a facilidade prevista, o Grêmio derrotou o Universidad San Martín por 3 a 1, na noite desta quarta-feira em Lima, Peru, e praticamente garantiu sua passagem às quartas-de-finais da Copa Libertadores da América. Maxi López, duas vezes, e Souza marcaram os gols do Tricolor.

No jogo da volta, quarta-feira próxima, no Olímpico, a classificação estará garantida até com uma eventual derrota por diferença de um gol, e até por 2 a 0 – algo impensável para quem viu a partida na capital peruana.

Era o jogo do contraste – o encontro do melhor primeiro lugar contra o pior segundo colocado na fase de grupos. O Grêmio tratou de confirmar isso na prática tão logo o jogo começou.

E chegou ao primeiro gol aos 9 com Souza, seu melhor jogador. O meia evitou o carrinho de um zagueiro com um toquezinho e, de fora da área, acertou um lindo chute de pé esquerdo.

O melhor caminho era pela direita. Ruy se desprendia com facilidade, fazia boas tabelas com Tcheco e chegava à linha de fundo com facilidade. Viradas de jogo também encontravam o ala livre. Mas ele pecava nos cruzamentos.

As melhores chances, resultado de boas jogadas de Souza e Tcheco, foram aparecendo ao natural. Tcheco exigiu grande defesa de Butron; Souza, em cobrança de falta e Réver em cabeceio também levaram perigo.

A facilidade era tanta que o Grêmio relaxou, achando que golearia ao natural. Um perigo, diante do bom toque de bola peruano e da habilidade dos atacantes Cejas e Arzuava. E o castigo veio. Aos 34, o Arzuaga recebeu em profundidade pela direita, cortou Réver e chutou cruzado, de pé esquerdo: 1 a 1.

O desafogo, porém, chegou logo na abertura do segundo tempo. Aos 30 segundos, Souza deslocou-se para a esquerda e cruzou na cabeça de Maxi López, especialista no assunto, e o argentino colocou no canto esquerdo: 2 a 1.

Esse gol criou as condições para o tipo de jogo que o Grêmio queria: bloqueio forte atrás e saídas em contragolpes rápidos pelos lados. Aos 15, depois de perder outras chances, o terceiro gol: Jonas desbordou pela direita e cruzou para a pequena área, onde Maxi López cabeceou com estilo no ângulo esquerdo: 3 a 1.

Dentro da mesma estratégia, o Tricolor chegou à grande área várias outras vezes, mas deixou de ampliar o placar por querer enfeitar as jogadas. Por fim, ficou satisfeito: trocou Maxi López pelo apático Herrera e, depois, o atacante Jonas pelo volante Túlio.

FICHA TÉCNICA

UNIVERSIDAD SAN MARTÍN 1 X 3 GRÊMIO

Local: Estádio Alejandro Villanueva (Lima, PER)
Data – hora: 06/05/ 2009 – 21,50h (horário de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (ECU)
Auxiliares: Juan Cedeño (ECU) e Carlos Herrera (ECU)
Renda e público: não divulgados
Cartão amarelo: Fábio Santos, Souza (GRE), Arzuaga (SM)
Gols: Souza, 9’/1ºT (0-1), Arzuaga, 34’/1ºT (1-1); Maxi López , 1’/2ºT (1-2), Maxi López, 16’/2ºT (1-3).

SAN MARTÍN: Butrón; Díaz (Carrillo 21/2T), Ramos, Guizasola (Huaman 3/2T) e Salas; Fernandez, Hinostroza, Ballón e García; Cejas (Silva 15/2T) e Arzuaga. Técnico: Victor Rivera

GRÊMIO: Victor; Léo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson, Tcheco (Douglas Costa 46/2T), Souza e Fábio Santos; Jonas (Túlio 33/2T) e Maxi López (Herrera 25/2T). Técnico: Marcelo Rospide

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 7, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Rospide: ‘Maxi está feliz e confiante’

Argentino formará dupla de ataque com Jonas contra o Boyacá Chicó

Ampliar Foto divulgacao/divulgacao divulgacao/divulgacao

Maxi López ganha elogios do treinador

Jonas e Maxi López formarão a dupla de ataque do Grêmio no jogo contra o Boyacá Chicó às 19h30m (de Brasília) desta terça, no Olímpico, pela última rodada da primeira fase na Taça Libertadores, no Grupo 7. Mesmo que ainda não tenha alcançado sua plena forma física, o argentino tem todo o respaldo do técnico interino Marcelo Rospide. De acordo com ele, o atacante parece muito confiante.

– O Maxi fez dois bons jogos, contra o Aurora e contra o Universidad de Chile, mesmo não estando em sua plena capacidade física, mas está bem fisicamente. Está crescendo. No primeiro jogo, comentei que ele era um jogador que, com o tempo, iria deslanchar. Isso está acontecendo. Ele está feliz e parece muito confiante – comentou.

Rospide justifica a escolha pelos jogadores para manter a continuidade no ataque. Alex Mineiro está recuperado das dores musculares que o deixaram de fora de alguns jogos, mas ficará no banco de reservas ao lado de Herrera.

– O Alex tem 100% de condições, poderia atuar o tempo todo. Mas estou pretendendo apostar no momento do Maxi e também na continuidade do Jonas. Achei melhor deixar o Alex como opção e apostar na dupla que vinha jogando – esclarece.

O coletivo da última sexta deixou uma má impressão. O aproveitamento nas finalizações foi muito baixo, e os atacantes não foram bem. No trabalho desta segunda, durante um treino recreativo, os jogadores de frente marcaram muitos gols e se destacaram. Rospide avalia a situação como normal, pois é no treino que os atletas têm a chance de errar e acertar.

– O treino é o momento em que se pode errar. A gente tem que ter a consciência de que a carga distribuída durante a semana pode fazer com que os jogadores sintam algumas dores musculares. Mas ao longo da semana, adequamos a carga de treinos, os jogadores se recuperaram e estão prontos para o jogo de amanhã (terça). Fazer gols é consequência de um trabalho que vem sendo feito desde o início do ano – destacou.

O objetivo do Grêmio é vencer o Boyacá Chicó nesta terça, chegar aos 16 pontos e confirmar a melhor campanha da primeira fase na Libertadores, o que motiva muito o grupo. Rospide alerta para que todos tenham atenção.

– Realmente o momento é fundamental. Estamos focados para confirmar esta situação, até pela expectativa que está sendo criada em cima deste jogo. Temos que ter cuidado para não sermos surpreendidos e ter força para buscar a vitória.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

abril 28, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio vence Aurora e fica com a mão na vaga

Tricolor não faz uma boa partida, mas se isola na liderança do Grupo 7

Rafael Marques comemora o primeiro gol do Grêmio (foto: Ricardo Rímoli)

Rafael Marques comemora o primeiro gol do Grêmio (foto: Ricardo Rímoli)

Sem técnico, fora da disputa da Gauchão, mas como uma torcida apaixonada que carrega o time nas costas, o Grêmio, líder isolado do Grupo 7, venceu o Aurora por 3 a 0 nesta terça-feira, no Olímpico, e ficou muito perto da vaga nas oitavas-de-final da Libertadores. Depois de um período de turbulências, o Tricolor inicia bem a sua era pós-Roth e parece que navegará em mares mais tranquilos.

O Grêmio começou com muita pegada, dominando o território e espremendo o Aurora contra o seu campo de defesa. Assim, enquanto o time boliviano não passava do meio-de-campo, o Tricolor esboçava suas primeiras chances perdidas. Como de praxe nesta Libertadores, a equipe da casa penava para marcar o primeiro.

Coube ao Aurora parar o Grêmio na base da catimba. Mas a equipe gaúcha teve o mérito de não se afobar. Então, de tanto insistir, aos 31 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Rafael Marques subiu mais do que a defesa boliviana e fez a festa dos torcedores tricolores.

Após o gol, o Grêmio diminuiu o ritmo, mas nada que pudesse comprometer a atuação da equipe, já que a equipe boliviana não oferecia perigo algum. Foi aquele tipo de jogo que o Tricolor só perderia para ele mesmo.

O que impressionou na segunda etapa foi a falta de objetividade do Grêmio. A equipe trocava passes na frente da área do Aurora, mas faltava um toque de categoria, já que os meias Souza e Tcheco tiveram atuações bem abaixo do esperado. Se a dupla de armadores não jogava, o ataque resolvia. Aos 18, Herera cruzou e Maxi López escorou de cabeça: 2 a 0.

Com mais tranquilidade e com a vitória assegurada, o Grêmio ainda faria mais um, novamente após uma cobrança de escanteio. Bola na área, Réver tentou de cabeça, a bola bateu na defesa do Aurora e sobrou para ele mesmo completar a festa dos gaúchos.

GRÊMIO 3 X 0 AURORA

Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data e hora: 07 de abril, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Arias (PAR)
Auxiliares: Oscar Vieira (PAR) e César Franco (PAR)

Cartão Amarelo: Fernandéz, Bongioanni, Sossa (AUR); Herrera, Tcheco (GRE)
Cartão Vermelho: Não houve
Gols: Rafael Marques, 31’/1ºT (1-0); Maxi López, 18’/2ºT (2-0), Réver, 36’/2ºT (3-0)

GRÊMIO: Víctor; Leo, Rever, Rafael Marques, Makelele (Diogo, 43’/2ºT) Adilson, Tcheco, Souza, Fabio Santos (Jadilson, 35’/2ºT), Maxi López e Herrera (Orteman, 38’/2ºT) Técnico: Marcelo Rospide.

AURORA: Dulcich; Huayhuata, Leonforte, Zenteno e Viviani; Hurtado, Escobar (Castellón, 45’/2ºT), Bongioanni (Cardozo, 10’/2ºT) e Fernández, Sossa (Gutieerez, 42’/2ºT) e Paredes. Treinador: Baldivieso

abril 8, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio recebe Aurora em crise e sem técnico

Tricolor precisa vencer para superar queda no Gaúcho

LANCEPRESS!

O Grêmio pode espantar a crise que viveu na última semana se vencer o Aurora hoje, às 19h, no Olímpico, pela Libertadores. Caso triunfe, o Tricolor ficará com a classificação para as oitavas-de-final bem encaminhada.

Embora seja o líder o Grupo 8 da Libertadores, o Grêmio vive seu momento mais delicado durante este ano. Depois de perder três vezes para o arquirrival Internacional e ser eliminado do Gaúcho, a diretoria não teve outra solução e demitiu o técnico Celso Roth. Diante do Aurora, o auxiliar Marcelo Rospide comanda a equipe.

Ciente da turbulência, o presidente do Grêmio, Duda Kroeff apela para que os torceodores não abandonem o clube neste momento e compareçam em peso ao Estádio Olímpico:

– Faço um pedido para que os torcedores não abandonem o Grêmio na Libertadores. Somos líderes, ganhamos duas partidas fora de casa e só não vencemos em Porto Alegre por um azar bárbaro. Agora, teremos tempo para se dedicar à Libertadores e buscar o título.

O Tricolor terá desfalques importantes. O lateral-direito Ruy e o atacante Alex Mineiro, com lesões musculares, seguem no departamento médico, enquanto que Jonas cumpre suspensão por ter sido expulso na partida na Bolívia. Com isso, o Tricolor terá um ataque reserva, formado pelos argentinos Herrera e Maxi Lópex.

Lanterna do Grupo 7, o Aurora busca uma brecha na crise do Grêmio para conquistar seus primeiros pontos na competição. A equipe do técnico Baldivieso está embalada por bons resultados no Boliviano.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO X AURORA

Local: Estádio Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data e hora: 07 de abril, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Antonio Arias (PAR)
Auxiliares: Oscar Vieira (PAR) e César Franco (PAR)

GRÊMIO: Víctor; Leo, Rever, Rafael Marques, Thiego, Adilson, Tcheco, Souza, Fabio Santos, Alex Mineiro o Maxi López y Germán Herrera. Técnico: Marcelo Rospide.

AURORA: Dulcich; Huayhuata, Zenteno, Viviani, Rodríguez, Bongioanni, Escobar, Cardozo, Fernández (Hurtado), Sossa e Derlis Paredes. Treinador: Julio César Bandivieso.

abril 7, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio vence São Luiz e lidera seu grupo

Equipe tricolor perde muitos gols mas faz dois e chega aos 11 pontos

Com a vitória, Grêmio lidera o Grupo 2 com 11 pontos

Com a vitória, Grêmio lidera o Grupo 2 com 11 pontos (Crédito: Lancepress!)

LANCEPRESS!

Apesar de mais uma vez perder uma quantidade considerável de gols, o Grêmio venceu o São Luiz por 2 a 0 na noite desta segunda-feira, no Olímpico, pela 6ª rodada da Taça Fábio Koff, o segundo turno do Gauchão.

Makelele e Reinaldo, aos 37 segundos e 38 minutos do segundo tempo, marcaram os gols que garantiram ao Tricolor o direito de disputar as quartas-de-final do segundo turno. Neste momento, a equipe azul lidera o Grupo 2 com 11 pontos, superando o São José no saldo de gols (8 contra -2).

Para encerrar sua participação nesta etapa do Gauchão, o Grêmio enfrentará o Caxias na próxima quinta-feira, a partir das 15h45, no Estádio Centenário. Aproveitando-se das dores musculares de Alex Mineiro e da suspensão de Jonas na Libertadores, o técnico Celso Roth optou por sair jogando com Herrera e Maxi López pela primeira vez.. Mas a dupla atuou mal, sobretudo Maxi López, e foi substituída.

O problema das chances de gol desperdiçadas voltou a aparecer. Só no primeiro tempo foram oito. O primeiro gol veio aos 37 segundos do segundo tempo. Makelele, que substituíra o lesionado Ruy ainda na primeira etapa, tabelou com Herrera e chutou. A bola bateu em Maxi López e na zaga e, no rebote, Makelele abriu o placar.

Foi o quarto gol de Makelele no Gauchão. Apesar de reserva, ele alcançou a marca de Souza, Tcheco e Alex Mineiro na vice-artilharia do time. Jonas, com oito gols, é o goleador do Grêmio na competição.

O ritmo se tornou lento e as chegadas ao ataque foram ficando cada vez mais raras. Numa delas, aos 38 minutos, Reinaldo recebeu de Makelele, driblou o goleiro e fez 2 a 0.
FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 X 0 SÃO LUIZ
Estádio: Olímpico (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 30/03/2009 – 19,30h (horário de Brasília)
Árbitro: Ronaldo Santos Silva
Auxiliares: Júlio César dos Santos e Carlos Selbach
Cartões amarelos: Rafael Marques (G), Oliveira, Felipe, Neguetti (SL)
Gols: Makelele (37seg/2ºT), Reinaldo 38min/2ºT

GRÊMIO: Victor; Léo, Réver e Rafael Marques; Ruy (Makelele), Adilson, Tcheco, Souza e Jadílson; Herrera (Reinaldo) e Maxi López (Jonas). Técnico: Celso Roth

SÃO LUIZ: Oliveira; Marcão (Gabriel), Bronzatti e Neguetti; Genison, Alex, Daniel Coracini, Carlos Lima (Alan) e Xaro; Ronaldo Capixaba e Kill (Felipe). Técnico: Itamar Schulle

abril 1, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Jonas desencanta e Grêmio atropela S.José

Maxi Lópes também marca e Tricolor assume liderança do Grupo 2

LANCEPRESS!

Em sua melhor partida no ano, um verdadeiro show de bola, o time titular do Grêmio goleou o São José por 6 a 1 na noite desta quarta-feira, no Olímpico, e saltou do quinto lugar para a liderança do Grupo 2 no returno do Gauchão. A participação na fase de mata-mata está praticamente garantida.

Com a vitória, e sobretudo pelo desempenho no primeiro tempo, o Tricolor se encheu de moral para buscar a classificação no Grupo 7 da Libertadores, sua competição prioritária. O próximo jogo será na próxima quarta-feira, em Cochabamba, na Bolívia, contra o Aurora. Antes, no domingo, um time de reservas enfrentará a Ulbra, em Canoas.

Só no primeira etapa, foi 4 gols a 1. Na verdade, a partida começou com 1 a 0 para o time de Celso Roth. Aos 21 segundos, no gol mais rápido do campeonato, Tcheco estufou a rede com um chutaço de fora da área, fechando uma combinação entre Fábio Santos e Alex Mineiro.

O São José ainda ensaiou uma reação. Aos 8, o ex-colorado Fabiano, no dia em que completava 34 anos, marcou o gol de empate, pegando o rebote de uma cabeçada de Junior Paulista que Victor defendera.

Mas a diferença técnica, aliada à inspiração do time da casa, logo voltaria a se impor. Souza e Tcheco comandavam o meio-campo e, inteligentemente, exploravam o lado direito da defesa do São José. Por ali, Fábio Santos desbordava como queria. O próprio Souza dava umas caídas por ali, como no segundo gol, aos 21: ele matou no peito um lançamento de Tcheco e passou para Leo, que entrava livre pelo meio. Com a calma de um atacante calejado, o zagueiro colocou a bola no canto direito.

O terceiro e o quarto gols foram marcados por Jonas, aos 25 e 30 minutos, arrematando em bolas vindas da esquerda. Aos 46, fazendo lembrar os desperdícios do jogo contra o
Boyacá Chicó, na semana passada, ele perdeu uma chance incrível na frente do goleiro.

Herrera, e não Maxi López (Celso Roth sempre contrariando as expectativas), voltou no lugar de Jonas no segundo tempo. Leo também descansou, cedendo a vaga a Thiego. A ordem era não ir nas divididas e só explorar os contragolpes.

Assim, aproveitando o avanço das linhas do São José, o Grêmio foi criando algumas boas chances de aumentar, em pontadas agudas. Quase sempre com o ala-direita Ruy. Aos 15, Ruy cruzou para o outro ala, Fábio Santos, cabecear e marcar o quinto gol.

Extenuado, o ala-direita saiu aos 24. A torcida explodiu:quem entrou foi o aguardado Maxi López. E o argentino cumpriu o seu papel: aos 40, ele marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor, mostrando sua principal qualidade, a presença de área. Souza cobrou falta, o goleiro soltou na pequena área e López pegou a sobra, batendo para o canto esquerdo. Em outros poucos lances, mostrou habilidade na condução da bola. Mas ainda precisa aprimorar a forma.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 6 X 1 SÃO JOSÉ

Estádio: Olímpico (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 18/03/2009 – 19,30h (horário de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Auxiliares: José Franco Filho e José Silveira
Renda e público: R$ 130.120,00 e 9.947 pagantes
Cartão amarelo: Souza, Réver (G), Samuel, Fabiano e Daril (SJ)
Cartão vermelho: Réver (G) 31 do segundo tempo
Gols: Tcheco (G) 21 segundos, Fabiano (SJ) 8, Leo (G) 21, Jonas (G) 25 e 30 minutos do primeiro tempo; Fábio Santos (G) 15 e Maxi López (G) 40

GRÊMIO: Victor; Leo (Thiego, intervalo), Rafael Marques e Réver; Ruy (Maxi López 24/2T), Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos; Alex Mineiro e Jonas (Herrera, intervalo). Técnico: Celso Roth.

SÃO JOSÉ: Luís Muller; Samuel, Enciso e Ari (Tairone 19/2T); Victor (Diego Bottin, intervalo), Jonas, Daril, Júnior Paulista (Dênio 17/2T) e Pedro Carmona; Fabiano e Sotilli. Técnico: André Luís.

março 19, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio recebe o Ypiranga pelo Gauchão

Tricolor estreia no returno sob desconfiança do torcedor

LANCEPRESS!

Em crise de confiança, com a torcida pedindo a cabeça do técnico Celso Roth, o Grêmio estreia no segundo turno do Gauchão (Taça Fábio Koff ) recebendo o Ypiranga, no Olímpico, nesta quinta-feira, às 19h30. Nesta etapa, os times se enfrentam dentro da chave – a do Grêmio é a 2 e a do Inter é a 1. Classificam-se os quatro primeiros de cada uma. Depois, eles se enfrentam em jogo único nas quartas-de-final (o 1º de uma contra o 4º da outra e o 2º contra o 3º); os quatro vencedores fazem a semifinal e, os dois que restam, a final, sempre em jogo único.

Se o Inter vencer a Taça Fábio Koff, será declarado campeão gaúcho, já que conquistou a Fernando Carvalho, no primeiro turno. Caso contrário, enfrentará o vencedor deste segundo turno, em dois jogos.

A crise gremista se estabeleceu domingo, com a derrota para o Internacional. Naquele dia, Roth completou seis clássicos consecutivos sem vitória. Do ano passado para cá, foram três empates e três derrotas. A consciência de que possui uma equipe tecnicamente inferior à do rival envenenou a alma tricolor. Ser o único gaúcho na Libertadores não consola quando o assunto é Gauchão. Espera-se pouca torcida e um ambiente pesado no Olímpico,o que pode enervar o time.

Roth não divulgou a escalação, mas uma mudança é certa: expulso do Gre-Nal, o volante Adilson cederá lugar a Diogo.

Outra modificação possível é a substituição de Leo, que tem acusado cansaço. Isso já aconteceu no decorrer do Gre-Nal, com a entrada do canhoto Héverton pelo lado esquerdo e a passagem de Rafael Marques para o direito.

A volta ao esquema 3-5-2 já estava decidida – o 3-6-1 do início do clássico era um teste para o próximo confronto da Libertadores, dia 11, na altitude da Colômbia. Assim, Jonas e Alex Mineiro poderão reprisar o entendimento que vinham demonstrando, inclusive no gol marcado pelo segundo, domingo.

O Ypiranga é considerado por Tite, técnico do Inter, a melhor equipe do interior. Ela fez ótima partida contra o Colorado e empatou em 0 a 0, no Colosso da Lagoa. Mas, nas quartas-de-finais, decepcionou, perdendo em casa para o Novo Hamburgo, por 3 a 0. Agora, quer a reabilitação. Seu técnico, Tonho Gil, espera explorar o nervosismo do adversário.

– Jogamos melhor contra times fortes, quando nos fechamos e saímos em contra-ataques – diz Tonho.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X YPIRANGA

Estádio: Olímpico (Porto Alegre, RS)

Data-hora: 05/03/2009 – 19,30h

Árbitro: Jean Pierre de Lima

Auxiliares: Vilmar Burini e Edemar Palmeira

GRÊMIO: Victor; Leo (Héverton), Réver e Rafael Marques; Ruy, Diogo, Tcheco, Souza e Jadilson; Jonas e Alex Mineiro. Técnico: Celso Roth.

YPIRANGA: Giovani; Tomas, Márcio Oldra e Renato (Jésum); João Rodrigo, Marquinhos, Marcelo Muller, Michel e Fábio; Guto e Sharley. Técnico: Tonho Gi

março 4, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio vence e enfrenta o Inter na final de domingo

Reinaldo marca e garante o Tricolor na decisão do Campeonato Gaúcho

Reinaldo fez o único gol da vitória do Grêmio sobre o VeranópolisReinaldo fez o único gol da vitória do Grêmio sobre o Veranópolis (Crédito: Ricardo Rimoli)

LANCEPRESS!

Vai ter Gre-Nal! Mesmo com um time de reservas, o Grêmio derrotou o Veranópolis por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no Olímpico, e será o adversário do Inter na final do primeiro turno do Gauchão, às 16h de domingo no Beira-Rio. O gol foi marcado por Reinaldo, no início do segundo tempo. O zagueiro Leo foi o único titular a iniciar a partida, dominada pelo Tricolor em quase todo o seu desenrolar. Ao longo do segundo tempo, entraram também Réver, Jonas e Tcheco.

Os primeiros 15 minutos deram a impressão de que o gol do Grêmio era apenas questão de tempo. Marcação adiantada e sufoco permanente mantiveram o Veranópolis em seu campo, sem a mínima válvula de escape. “Sai, sai”, gritava o técnico Gilmar Pozzo, sem ser atendido.

Douglas Costa, atuando como segundo atacante pela direita, criava os melhores lances. E dá-lhe bola alta na área! Só de escanteios, foram sete.

Mas, arremate consciente, perigoso, o Tricolor não conseguia. E, aos poucos, o time da Serra foi se tranquilizando e tocando a bola até a intermediária adversária. Até que, aos 31, quase marcou. Dinei passou por Saimon, pela esquerda, e cruzou rasteiro; Kito se atrasou e o zagueiro Héverton tirou o perigo.

O Grêmio sentiu e tratou de adiantar suas linhas outra vez. E criou sua melhor chance aos 31: Douglas Costa cortou da direita para o meio e chutou em curva, no ângulo direito; Vanderlei espalmou espetacularmente. Mas os três zagueiros do Veranópolis continuaram a tirar tudo pelo alto.

Na abertura do segundo tempo, o Veranópolis pagou por sua audácia. Foi todo à frente, tomou uma virada de jogo que encontrou Maylson livre na direita. Ao errar o chute cruzado, o meia encontrou Reinaldo, que não perdoou: Grêmio 1 a 0.

O Veranópolis tentou equilibrar mudando do 3-5-2 para o 4-4-2: trocou o zagueiro Diego Correa pelo lateral Dick e transferiu o ala-direita Fininho para o meio-campo. Mas o que prevalecia era a superioridade técnica do Grêmio.

Nesse aspecto, Orteman foi o grande destaque do segundo tempo, com lançamentos precisos, aproveitando os espaços deixados pelo avanço adversário. Em um desses contra-ataques, aos 21, Douglas Costa entrou a dribles, obrigando Vanderlei a grande defesa.

Celso Roth, que já havia trocado Leo por Réver, colocou outros dois titulares em campo: Tcheco e Jonas. Com eles, o Grêmio segurou as tentativas de reação do adversário e continuou a ameaçar o Veranópolis.
FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 0 VERANÓPOLIS
Estádio: Olímpico (Porto Alegre, RS),
Data-hora: 27/02/2009 – 19,30h (horário de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden
Auxiliares: Julio César dos Santos e Sedenir Martins
Renda e público: R$ 132.107,00 e 10.275 pagantes

Cartão amarelo: Maylson (G), Diego Correa, Kito e Fininho (V)

Gol: Reinaldo (3’/2ºT)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Saimon (Tcheco 28/2T), Leo (Réver 17/2T), Héverton e Fábio Santos; Diogo, Maylson, Orteman e Makelelê; Douglas Costa (Jonas 24/2T) e Reinaldo. Técnico: Celso Roth.

VERANÓPOLIS: Vanderlei; Ademir, Diego Corrêa (Dick 9/2T) e Marília; Fininho, Edmilson, Eduardinho (Ijuí 41/2T), Miro Bahia e Romano; Kito (Rodrigo Ribeiro 25/2T) e Dinei. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

fevereiro 28, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Misto do Grêmio vence o Brasil com facilidade

Tricolor fechou fase classificatória na liderança do Gauchão

LANCEPRESS!

O Grêmio derrotou o Brasil, por 3 a 0, na noite desta terça-feira, no Olímpico, e com isso fechou a fase classificatória do primeiro turno do Gauchão na liderança do Grupo 2. Os gols foram marcados por Herrera, Makelelê e Orteman. No jogo das quartas-de-finais, o Tricolor enfrentará o quarto colocado do Grupo 1, o Juventude, às 16h de sábado, no Olímpico.

Mesmo utilizando apenas quatro titulares (Victor, Leo, Diogo e Jonas), foi fácil demais derrotar o lanterninha Brasil, que ganhou tempo para se recuperar da tragédia em que morreram três de seus profissionais, em janeiro, e por isso vem jogando de dois em dois dias.

O time de Celso Roth intercalou momentos de pressão com outros de exagero de toques, mas exerceu domínio total sobre o esfacelado time pelotense. Começou devagar. Entre os 12 e os 14 minutos, aplicou uma blitz contra o gol de Danrlei, com dois arremates na trave (Makelelê e Leo) e um de Jonas, que o goleiro defendeu brilhantemente. Depois, baixou o ritmo. Para novamente acelerar a partir dos 20.

Até os refletores do Olímpico sabiam que o gol sairia. Veio aos 24: Jadilson, o melhor do time, cruzou e Herrera torneou de cabeça para o canto direito. Aos 45, quando o Grêmio guardava energias para o segundo tempo, Jadilson cruzou rasteiro e Makelelê apareceu pela direita e chutou cruzado: 2 a 0.

Aos nove do segundo tempo, o Brasil, que já se arrastava em campo, ficou com dez homens: Jorge Mutt foi expulso, por jogada violenta. Sua sorte é que o Grêmio reduziu o ritmo, em parte devido ao calor de 29 graus. O primeiro arremate em direção ao gol só aconteceu aos 30 minutos – pelo zagueiro Héverton.

Aos 37, o uruguaio Orteman, que entrara no intervalo e mostrava grande interesse, marcou o terceiro gol, tocando com classe entre Danrlei e o poste direito.

Valeu pelo primeiro tempo, período em que se destacaram Adilson, Makelelê e, mais do que todos, o lateral-esquerdo Jadilson, autor de assistências para dois gols.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 3 X 0 BRASIL

Estádio:Olímpico (PortoAlegre, RS)
Data-hora: 17/02/2009 – 20,30h
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: José Eduardo Calza e Edson Arnhold
Renda e público: R$ 132.824,00 e 9.865 pagantes (11.603 o total)

Cartão amarelo: Jorge Mutt, Pereira e Gleidson (B)
Cartão vermelho: Jorge Mutt (B) 9 do segundo tempo.
Gols: Herrera 24, Makelelê 45 do primeiro tempo; Orteman 37 do segundo.

GRÊMIO: Victor; Wellington, Leo, Héverton e Jadilson; Diogo, Adilson (Orteman, intervalo) Makelelê e Douglas Costa; Herrera (Róberson 19/2ºT) e Jonas (Reinaldo, intervalo). Técnico: Celso Roth.

BRASIL: Danrlei; Adriano Sella, Pereira, Eliandro e Gleidson; Luciano, Cleber Gaúcho, Fred (Picon 29/2ºT) e Gabriel (Porcellis, intervalo); Magno (Rodrigo, intervalo) e Jorge Mutt. Técnico: Claudio Duarte.

fevereiro 18, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio lança uniforme para a Libertadores

Tricolor gaúcho assiste jogo entre Aurora (BOL) e Boyacá Chicó (COL)

Novos uniformes serão conhecidos nesta terça-feiraNovos uniformes serão conhecidos nesta terça-feira (Crédito: Divulgação)

LANCEPRESS!

Dois acontecimento marcam a largada na Libertadores para o Grêmio nesta terça-feira. O primeiro será o lançamento do novo uniforme, às 18h30, na Loja GremioMania, no Olímpico, que contará com a presença do presidente, Duda Kroeff, e integrantes do conselho de administração.

O novo fardamento já foi lançado no site http://www4.ciashop.com.br/sportsoeste/dept.asp?template_id=70&partner_id=116&dept_id=175 e teve duas mil unidades vendidas em quatro dias. A camiseta tricolor apresenta poucas alteraçõs em relação a que foi usada em 2008, mas a grande novidade fica por conta do uniforme reserva, que passará a ser branco com listras azuis horizontais.

A outra atração gremista relacionada a Libertadores é o jogo entre Aurora, da Bolívia, e Boyacá Chicó, da Colômbia, na abertura do Grupo 7. A partida acontece em Cochabamba, na Bolívia, a partir das 23h30 (horário de Brasília) e Celso Roth estará acompanhando a estreia dos seus futuros adversários.

fevereiro 10, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tcheco elogia boas atuações de Souza

Capitão tricolor já se prepara para o jogo contra o Coritiba, no Olímpico

O capitão do Grêmio, Tcheco, fez questão de ressaltar as boas jogadas que Souza realizou pelo lado direito na vitória por 1 a 0 em cima do Palmeiras, domingo, no Palestra Itália.

– Lá (no Parque Antártica), o Souza conseguiu fazer algumas jogadas boas pela direita que foram fundamentais para a nossa atuação contra o Palmeiras – declarou ao portal Clicrbs e ao site do jornal Zero Hora.

Já de olho na partida contra o Coritiba, Tcheco, autor do gol contra o Palmeiras e que reanimou o Grêmio na luta pelo título, classificou o jogo, domingo, no Olímpico, como ‘enjoado’ pelas pretensões do Coxa.

– O Coritiba é um adversário enjoado de se encarar por querer carimbar uma vaga na Sul-Americana no ano do centenário deles. Vamos com cuidado, mas faremos nosso resultado – disse ao site do Jornal Zero Hora e ao portal Clicrbs.

novembro 12, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Celso Roth espera resultado de julgamentos

Decisão do Tribunal, nesta quarta-feira, encaminhará o time do Grêmio

A escalação do Grêmio para o jogo contra a Portuguesa, domingo, depende dos julgamentos desta quarta-feira no STJD. Os zagueiros Leo e Réver e o atacante Morales estarão no banco dos réus por incidentes ocorridos no jogo contra o Botafogo, dia 4 de outubro, no Olímpico.

Leo foi expulso após jogada com Jorge Henrique e, por isso, responderá ao artigo 253 – praticar agressão física. Se punido, o zagueiro pode pegar um gancho de 120 a 540 dias.

Rever e Morales não foram expulsos, mas acabaram sendo denunciados pela procuradoria do Tribunal. Rever, que teve um desentendimento com Carlos Alberto, do Botafogo, será julgado com base no artigo 255 – ato de hostilidade – e corre o risco de ficar fora de três partidas.

E o atacante Morales pode ser suspenso de dois a seis jogos por falta violenta no mesmo jogo contra os cariocas. Ele está incurso no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

No julgamento de segunda-feira, o Grêmio perdeu seu capitão Tcheco, suspenso por dois jogos por causa da expulsão no Gre-Nal. Assim, o técnico Celso Roth prefere aguardar o resultado dos julgamentos para falar sobre a equipe que jogará no Canindé.

– Temos de aguardar questões de julgamentos e lesões para termos situações bem desenhadas para domingo e começar a encaminhar o time de uma forma bem clara. Vamos seguir trabalhando – afirmou o treinador gremista.

outubro 15, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Morales festeja primeiro gol pelo Grêmio

Uruguaio abriu o marcador na vitória sobre o Santos, nesta quarta, no Olímpico

Richard Morales, mesmo sem mostrar um grande futebol, vai caindo nas graças da torcida do Grêmio. Ele foi o autor do primeiro gol da vitória de 2 a 0 sobre o Santos. O uruguaio se mostrou alegre e aliviado por ter conseguido o primeiro gol com a camisa tricolor, cumprindo a promessa que havia feito a vários torcedores.

– Eles me pediam isso na rua. Mas é preciso estar tranqüilo quando a bola não entra. Quando menos se espera, a oportunidade surge – afirmou Morales, que também destacou a importância de um gol logo no início da partida.

– Foi importante também para a equipe. Tivemos tranqüilidade para trabalhar a bola e garantir o resultado.

Tendo disputado apenas três jogos pelo Grêmio, Morales não vê muita diferença na maneira de atuar entre os zagueiros do Brasil e do Uruguai. No momento, sua preocupação é melhorar a participação no jogo aéreo.

– Tivemos vários ocasiões. Estou conhecendo os companheiros e aos poucos vamos acertar as jogadas – concluiu Richard Morales.

outubro 10, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , | Deixe um comentário

Morales festeja primeiro gol pelo Grêmio

Uruguaio abriu o marcador na vitória sobre o Santos, nesta quarta, no Olímpico

Richard Morales, mesmo sem mostrar um grande futebol, vai caindo nas graças da torcida do Grêmio. Ele foi o autor do primeiro gol da vitória de 2 a 0 sobre o Santos. O uruguaio se mostrou alegre e aliviado por ter conseguido o primeiro gol com a camisa tricolor, cumprindo a promessa que havia feito a vários torcedores.

– Eles me pediam isso na rua. Mas é preciso estar tranqüilo quando a bola não entra. Quando menos se espera, a oportunidade surge – afirmou Morales, que também destacou a importância de um gol logo no início da partida.

– Foi importante também para a equipe. Tivemos tranqüilidade para trabalhar a bola e garantir o resultado.

Tendo disputado apenas três jogos pelo Grêmio, Morales não vê muita diferença na maneira de atuar entre os zagueiros do Brasil e do Uruguai. No momento, sua preocupação é melhorar a participação no jogo aéreo.

– Tivemos vários ocasiões. Estou conhecendo os companheiros e aos poucos vamos acertar as jogadas – concluiu Richard Morales.

outubro 9, 2008 Posted by | Grêmio | , , , | Deixe um comentário

Geninho admite limitações do Atlético-PR

Técnico rubro-negro confessa que elenco tem algumas restrições.

O técnico Geninho sabe que a missão de livrar o Atlético-PR do rebaixamento no Brasileiro não será fácil. A vitória em cima da Portuguesa na última rodada foi o começo que o treinador queria ter no comando do Furacão.

Mas apesar de ter iniciado seu trabalho com o pé-direito, Geninho admite que o elenco que tem em mãos tem algumas restrições.

– Sabemos que temos algumas limitações, dificuldades em alguns setores. Mas se você comparar esta equipe com várias do Campeonato Brasileiro é um grupo que não deve nada para muitos clubes que estão dentro desta competição. Sei que se eu olhar para trás tenho peças de reposição e isto é muito importante em uma competição de pontos corridos – analisou o treinador.

No próximo domingo, o Atlético-PR enfrenta o Grêmio, às 16h, na Arena. No primeiro turno, o Tricolor gaúcho venceu o Furacão por 3 a 0, no Olímpico.

setembro 18, 2008 Posted by | Atlético-PR | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Mistérios de Roth: Perea não está confirmado, e ala vira dúvida

Treinador pede mais tempo para definir se colombiano poderá jogar. Pico ganha espaço para reaparecer na esquerda.

O técnico Celso Roth diz que o treinamento da tarde desta terça-feira, no Olímpico, não serviu como início da definição do time do Grêmio que enfrenta o Atlético-PR no domingo. Mas não é bem assim. Ele alinhou Léo, Jean (Pereira está lesionado), Rever, Paulo Sérgio, Amaral, Rafael Carioca, Tcheco e Anderson Pico, em uma evidente idéia de escalação – com a expectativa da presença de Willian Magrão no lugar de Amaral a partir desta quarta, quando o titular volta a treinar com bola. Na prática, o treinador tenta manter o habitual mistério. O atacante Perea participou da primeira parte do treino e tem grandes chances de reassumir função no ataque, mas Roth ainda não garante.

– Perea passou 15 dias fazendo tratamento (de entorse no joelho direito). Só voltou agora. Ele está fora da condição física ideal. Ainda vamos avaliar a situação dele – diz Roth.

A presença de Anderson Pico na ala também é incerta. Ele pode reassumir a vaga que foi de Hélder nos dois últimos jogos.

– Anderson Pico vinha como titular, mas teve uma queda técnica. Hélder entrou e fez partidas interessantes, na média da equipe. Vamos definir ainda. O Pico retomou seu caminho – afirma o treinador.

Os trabalhos do restante da semana devem confirmar o Grêmio para o jogo da Arena da Baixada com Victor, Léo, Jean e Rever; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, Willian Magrão, Tcheco e Anderson Pico; Perea e Marcel.

setembro 17, 2008 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário