Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

No jogo das viradas, Botafogo vence o Fluminense


Glorioso assume a ponta do grupo B

Um jogo de tirar o fôlego e impróprio para cardíacos aconteceu neste domingo no Engenhão. Em duas viradas sensacionais, o Botafogo triunfou em cima do Fluminense e assumiu a liderança do grupo B.

Logo no começo do jogo, o artilheiro do Campeonato Estadual Fred, arriscou de longe e assutou Jefferson. Loco Areu respondeu em cabeçada que passou por cima do gol do goleiro Diego Cavalieri. Apesar da aparente escalação mais ofensiva, Flu e Bota dividiam os ataques. Pelo lado alvinegro, o camisa 10 Renato Cajá chamou a responsabilidade e tentou armar o Botafogo. E foi através de uma cobrança de falta perfeita do jogador, que o Alvinegro abriu o placar. 1 a 0 Bota. Após o gol, Cajá mandou uma bomba que explodiu na trave de Diego Cavalieri. Pelo outro lado, o Flu tentava pela direita com as investidas de Mariano. Em uma delas, Jefferson defendeu cara a cara.

Mas, o dia também era do camisa 10 Tricolor. Rafale Moura, que estreva pelo Flu, colocou tudo igual ao desviar de cabeça escanteio cobrado por Souza. Em jogo muito disputado, Valencia acabou expulso após falta dura. No momento da falta, Loco Abreu e Fred acabaram se desentendendo, pois o alvinegro pedia a expulsão do colombiano e ao ser aferida, o camisa 9 do Flu, revoltou-se com a influência que o camisa 13 teve. Resultado: amarelo para El Loco e expulsão acertada para Valencia, pois o mesmo já tinha amarelo.

Como o dia era de Rafale Moura… He-man deixou mais um após vacilo da zaga do Botafogo, que parou em bola alçada na área. O primeiro tempo estava recheado de emoções, mas mais um a viria. Após falta dura de Marcelo Mattos em Conca, o juiz Gutemberg de Paula, expulsou o camisa 8. De fato, a falta foi dura, mas o capitão do Glorioso não tinha nem o amarelo, sendo assim, extremamente rigoroso.

A segunda etapa prometia batante após o primeiro tempo eletrizante com três gols e duas expulsões. O Botafogo, precisando da vitória, se lançou ao ataque. E não demorou, para conseguir um pênalti, dado erroneamente pelo árbitro em Loco Abreu. O uruguaio bateu com a sua cavadinha, mas desta vez Diego Cavalieiri ficou no meio e não deu certo.

Todavia, El Loco teria mais uma chance. Pênalti marcado novamente, desta acertadamente no volante Bruno. O ídolo alvinegro, sem medo de ser feliz e mostrando ser totalmente ‘loco’, usou a cavadinha de novo, desta vez, de maneira mais comedida, no canto direito de Cavlieri. 2 a 2.

Com o empate, o Botafogo foi para cima. Muricy mexeu mal no Flu, tirando Rafael Moura, o melhor do Flu e Souza, colocando Fernando Bob e Araújo. Como era dia dos camisas 10, Renato Cajá apareceu de novo e de maneira decisiva, dando passe brilhante para Herrera, que cara a cara, fez o gol da virada do Botafogo.

Tentando se recuperar, o Fluminense usou sua pricipal arma. Mariano infernizou pela direita o lateral-esquerdo, criando várias jogadas. Em uma delas, Araújop cabeceou…Mas, o jogo que já tinha muitos personagens importantes, teve mais um: o goleiro Jefferson. Eel fez pelo menos três grandes defesas, salvando o Bota de tomar o gol.

Com a vitória, o Botafogo retoma a liderança do grupo, com 16 pontos. O Fluminense está com 13, em segundo lugar.

Fluminense 2 X 3 Botafogo

Fluminense: Diego Cavalieri, Mariano, Gum, Leandro Euzébio (André Luis) e Carlinhos; Edinho, Valencia, Souza (Araújo) e Conca; Rafael Moura (Fernando Bob) e Fred. Técnico: Muricy Ramalho

Botafogo: Jefferson, João Filipe (Arévalo Ríos), Antônio Carlos e Márcio Rosário; Alessandro, Marcelo Mattos, Bruno, Renato Cajá e Marcio Azevedo; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana

fevereiro 6, 2011 Posted by | Botafogo, Fluminense | , | Deixe um comentário