Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Santos e Náutico se enfrentam nos Aflitos

Piores defesas do Brasileiro, Timbu e Peixe buscam reabilitação no Brasileiro

LANCEPRESS!

Dispostos a se manter longe da zona do rebaixamento, Santos e Náutico se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h30, no Estádio dos Aflitos, em Recife. O duelo também marca o encontro das duas piores defesas do Campeonato Brasileiro. A do Timbu é a mais vazada, com 31 gols, enquanto a do Peixe sofreu 28.

Mas as semelhanças não param por aí. As duas equipes querem a reabilitação na competição. O time pernambucano não vence há 11 jogos e é o lanterna do torneio, com 11 pontos. Já a equipe paulista é a 12ª colocada, com 17, e está a apenas quatro da zona da degola.

– Está uma vergonha olhar a tabela e ver a nossa situação. Até meu pai tem comentado, fica perguntando o que está acontecendo com o Santos. Agora temos que procurar vencer os jogos para chegar na frente – pediu o meia Róbson.

Para a partida, o técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com o volante Roberto Brum, suspenso, nem com o zagueiro Domingos, lesionado. Rodrigo Mancha será o substituto no meio-de-campo. Já na zaga, Eli Sabiá ganhou a disputa com Astorga.

Quem reaparece na equipe é o lateral-direito Wagner Diniz. O jogador ganhou a titularidade, já que Luizinho e Pará tiveram chances com Luxemburgo e não agradaram. O artilheiro Kleber Pereira, recuperado, também reforça o time.

Do outro lado, o Náutico espera por fim ao jejum de vitórias. Para isso, o treinador Geninho deverá apostar no ataque e no fator casa para surpreender o Santos. Os zagueiros Asprilla e Gladstone voltam de suspensão e estão à disposição do técnico.

Na frente, Aílton, Gilmar e Carlinhos Bala serão os responsáveis em tentar furar o bloqueio da defesa santista. No Clássico dos Clássicos contra o Sport, na última rodada, Bala foi o responsável pelos três gols, marcando dois e sofrendo o pênalti, que foi convertido por Gilmar.

– Já estamos progredindo muito, a bola está entrando, o que não acontecia antes. Somamos alguns pontos, mas o time ainda não está no ideal. Temos que obedecer as ordens de Geninho e tentar vencer o Santos em casa – disse Carlinhos Bala.

FICHA TÉCNICA:
NÁUTICO X SANTOS

Estádio: Eládio de Barros Carvalho, Recife (PE)
Data/hora: 29/7/2009 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Alexandre de Rocha Matos (BA) e Belmiro da Silva (BA).

NÁUTICO: Gledson; Asprilla, Gladstone e Vagner; Dudu Araxá, Galiardo, Johnny, Derley e Ailton; Carlinhos Bala e Gilmar. Técnico: Geninho.

SANTOS: Felipe; Wagner Diniz, Fabão, Eli Sabiá, Léo; Rodrigo Mancha, Rodrigo Souto, Germano, Paulo Henrique e Madson; Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

julho 29, 2009 Posted by | Náutico, Santos | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Náutico e Botafogo voltam a se enfrentar nos Aflitos

Equipes tentam vitória, nesta quarta-feira, para escapar da zona de rebaixamento

LANCEPRESS!

Na luta para fugir da zona do rebaixamento o Botafogo vai até Recife enfrentar o lanterna Naútico nesta quarta-feira, às 21h50, no Estádio dos Aflitos, O duelo ficou marcado, no ano passado, por uma grande confusão envolvendo o zagueiro André Luis, ex-Botafogo. Enquanto alvirrubros ocupam a lanterna com nove pontos, os alvinegros estão a um passo de sair da área de descenso, na 17º posição com 11 pontos.

Para o duelo, o treinador Geninho terá a volta do lateral-esquerdo Anderson Santana, que estava suspenso, e do armador Aílton, recuperado de uma faringite. Por outro lado, não terá o zagueiro Asprilla, o volante Eduardo Eré e o meia-atacante Juliano, todos suspensos.

Pelo lado do Botafogo, a equipe tenta esquecer os problemas do passado e mesmo cheio de desfalques, o time do técnico Ney Franco aposta na força do ataque para conquistar os três pontos e conseguir sair da zona do rebaixamento, nem que seja só por um dia, já que o Sport (16º na competição) só joga na quinta.

Ney Franco confirmou os substitutos dos quatro desfalques (Emerson, Eduardo, Thiaguinho e Alessandro) que ele terá no duelo com a equipe pernanbucana. A principal dúvida era com relação à ala direita já que Alessandro está suspenso e seu substituto Thiaguinho também não poderá jogar. O treinador escolheu Túlio Souza para a posição. Para o lugar de Emerson, Wellington foi o escolhido. Além disso, Leandro Guerreiro será recuado para compor o sistema defensivo. No meio de campo, Fahel e Renato ocupam as duas vagas restantes.


FICHA TÉCNICA:
NÁUTICO X BOTAFOGO

Estádio: Aflitos, Recife (PE)
Data/hora: 22/07/2009 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP/Asp.Fifa)
Auxiliares: Ednilson Corona (SP/Fifa) e José Antônio Chaves Franco Filho (RS)

NÁUTICO: Eduardo, Galiardo, Vágner e Gladstone; Sidny, Derley, Johnny, Aílton e Anderson Santana; Carlinhos Bala e Gilmar. Técnico: Geninho.

BOTAFOGO: Castillo, Wellington, Juninho e Leandro Guerreiro; Túlio Souza, Fahel, Renato, Lucio Flavio e Batista; Victor Simões e André Lima. Técnico: Ney Franco

julho 22, 2009 Posted by | Botafogo, Náutico | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em semana complicada, Flu busca a recuperação contra o Náutico

Tricolor sonha com a vitória fora de casa, e Timbu quer terminar a rodada roubando a liderança do Internacional

Barrado, goleiro Fernando Henrique (esq.) será substituído por Ricardo Berna no Fluminense

Fluminense e Náutico vão medir força na tarde de domingo, às 16h, no estádio dos Aflitos, em Recife, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, no confronto de duas equipes que vivem momentos distintos na temporada. O Tricolor viveu uma semana conturbada, com torcedores invadindo o treino, amigo de jogador dando tiros para cima e o técnico Carlos Alberto Parreira correndo o risco de perder o cargo.

Já o Timbu vive uma lua-de-mel com a sua torcida. Ainda invicto na competição, o time é o vice-líder, com sete pontos ganhos, dois a menos que o líder Internacional, e sonha terminar a rodada em primeiro lugar. Para isso precisa vencer o Fluminense em partida que será transmitida pela Rede Globo ao vivo para o Rio de Janeiro, exibia pelo Premiere para todo Brasil e acompanhada em tempo real pelo GLOBOESPORTE.COM a partir das 16h.

Duas estreias na equipe tricolor

O Fluminense terá duas estreias no time para a partida contra o Náutico. Sem poder contar com os laterais Eduardo Ratinho e Dieguinho, que cumprem suspensão por terem sido expulsos contra o Santos, além de Mariano, entregue ao departamento médico, Parreira vai improvisar o volante Diogo pela direita. No meio, Carlos Eduardo também faz o seu primeiro jogo, com Thiago Neves indo formar dupla de ataque com Fred e Maicon ficando como opção no banco de reservas.

– O Náutico está fazendo uma campanha excelente, com duas vitórias espetaculares. Vai ser um jogo quentíssimo, mas estamos preparados para enfrentá-los e pensando em ganhar. Vamos jogar futebol com vontade e mesmo com as mudanças podemos ganhar lá dentro – disse Parreira.

O goleiro Fernando Henrique foi afastado pela diretoria por ele estar envolvido, mesmo que indiretamente, nos problemas que aconteceram no clube durante a semana. Com isso, Ricardo Berna assume a titularidade da camisa 1 tricolor.

– Estou preparado para ser titular. Vivo um momento bom tecnicamente e venho trabalhando forte para quando a chance surgisse, eu aproveitasse da melhor maneira. Quero fazer uma boa atuação para tentar conseguir uma sequência de jogos como titular – afirmou Berna.

‘Menudos’ embalam o Náutico em busca da liderança

Vice-líder do Campeonato Brasileiro com sete pontos, o Náutico vai no embalo dos ‘Menudos dos Aflitos’ para a partida contra o Fluminense e sonha com a liderança do Campeonato Brasileiro, que hoje é do Internacional. Garotos como Eduardo Eré, Dinda, Wellington e Anderson Lessa, formados nas categorias de base do Timbu, estão empolgando a torcida e o técnico Waldemar Lemos. O time vem de uma bela vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-PR, na Arena da Baixada, e neste domingo recebe o time tricolor, nos Aflitos.

A equipe treinou na manhã desta sexta-feira e uma preocupação de última hora surgiu. O atacante Gilmar sentiu uma fisgada na coxa direita e passou a ser dúvida para o jogo deste domingo. O técnico Waldemar Lemos deve confirmar o time neste sábado, quando o time fará o seu último apronto antes de enfrentar os cariocas.

Caso Gilmar não se recupere da lesão, o jovem Anderson Lessa formará a dupla de ataque ao lado de Kuki, que voltou a treinar entre os titulares. A provável formação alvirrubra será: Eduardo; Gladstone, Vágner Silva, Asprilla e Wellington; Júnior Carioca, Derley, Johnny e Carlinhos Bala; Kuki e Anderson Lessa.

Alguns atletas ainda treinaram a parte, como David e Onildo, que se recuperam de cirurgia, e o uruguaio Acosta ainda está entregue à fisioterapia. Márcio Barros, que foi contratado e já se apresentou, ainda não tem condições de jogo. A partida contra o Fluminense será especial para o goleiro Eduardo, que se tornará o quarto arqueiro que mais vestiu a camisa alvirrubra, com 143 jogos disputados.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 31, 2009 Posted by | Fluminense, Náutico | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário