Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Advogado prepara defesa dos meias D’Alessandro, Alex e do Inter

Jogadores serão julgados no TJD/RS por expulsões contra o São José. Colarado pode perder mandos de campo

Ampliar Foto Lucas Uebel/VIPCOMM Lucas Uebel/VIPCOMM

Entrevista de Alex será usada pela defesa

A próxima quarta-feira será decisiva para o Internacional fora de campo. Os meias D’Alessandro e Alex serão julgados no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul pelas expulsões na vitória sobre o São José, no domingo passado. Ambos foram denunciados no artigo 253, agressão física. A pena prevista para Alex é de 120 a 540 dias de suspensão, e a de D’Alessandro, de 60 a 270. A denúncia do argentino é combinada com o artigo 157, inciso II (tentativa de agressão). Se forem punidos, os dois podem ficar fora do primeiro Gre-Nal de 2009, marcado para o próximo dia 8 , no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

O Inter também vai a julgamento. O clube pode ser punido devido aos objetos atirados no gramado pela sua torcida na expulsão de Alex. A pena é multa de R$ 10 mil a R$ 200 mil e perda do mando de campo de um a dez jogos.

Responsável pela defesa do atletas, o advogado Rogério Pastl pretende utilizar a entrevista de Alex para a imprensa logo que deixou o campo depois de receber o cartão vermelho do árbitro Ânderson Daronco.

– Ele disse que foi uma questão interpretativa, pois estava tentando reiniciar a partida rapidamente após uma falta, e o jogador do São José se intrometeu. A gente fica um pouco perplexo com a justificativa dada pela Procuradoria de agressão – comentou o advogado, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Pastl vai usar as imagens da televisão para tentar absolver D’Alessandro.

– O jogador do São José agarra pelas costas e ele tenta se desvencilhar para retomar o contra-ataque que até resultou no gol do Inter. Acho que, entre os três julgamentos, é o mais provável que seja absolvido – opinou.

janeiro 30, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário