Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com a melhor defesa, Vasco encara o líder Guarani em Campinas

Cariocas buscam a reabilitação após dois jogos sem vitória. Paulistas querem manter os 100% de aproveitamento

Ampliar Foto Alexandre Cassiano/Globo Alexandre Cassiano/Globo

Dorival Júnior dá instruções aos jogadores. Objetivo é voltar a vencer na Série B

O confronto deste sábado, às 16h10m (horário de Brasília), no Brinco de Ouro, em Campinas, vai marcar o encontro da melhor defesa da Série B, o Vasco, contra o líder Guarani. A partida, válida pela sexta rodada da competição nacional, também coloca em jogo os 100% de aproveitamento do Bugre. Do outro lado, o time carioca busca a reabilitação, já que não vence há duas partidas – derrota para o Paraná (3 a 1), em Curitiba, e empate sem gols com o São Caetano, em São Januário.

Acompanhe ao jogo ao vivo pela TV Globo e pela Rádio Globo AM, e em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM.

O Guarani é o líder da Série B, com 15 pontos. O Vasco tem dez pontos e ocupa a quarta colocação. Enquanto os cariocas sofreram apenas três gols na competição, justamente na derrota por 3 a 1 para o Paraná, os paulistas já marcaram 11 gols e têm o segundo melhor ataque do torneio nacional.

A partida também marca a virada na carreira de dois jogadores. Enquanto Walter Minhoca, que não teve sucesso em suas passagens por Cruzeiro e Flamengo, busca se firmar novamente no cenário nacional após belas atuações pelo Ipatinga, o garoto Alex Teixeira, de apenas 20 anos, vai ter uma nova oportunidade de iniciar a sua trajetória como titular do time da Colina.

Dorival escala dupla de ataque reserva contra o Bugre

Sem Elton, suspenso, e Rodrigo Pimpão, machucado, o técnico Dorival Júnior foi obrigado a escalar uma dupla de ataque reserva. O treinador optou por Edgar, que tem entrado constantemente no time, e Alex Teixeira, que sequer vinha sendo relacionado. Além disso, Mateus, com um problema no pé, não foi convocado para a viagem a Campinas.

O treinador elogiou a conduta de Alex Teixeira nos últimos treinamentos. Para o comandante cruzmaltino, o atleta tem totais condições de voltar a mostrar um bom rendimento, como fez no fim do ano passado, sob o comando de Renato Gaúcho.

– O Alex Teixeira tem mostrado que merece uma nova chance nos últimos treinamentos. Espero que ele mostre todo aquele futebol do fim do ano passado – afirmou Dorival.

Ampliar Foto reproducao/SporTV reproducao/SporTV

Vadão não poderá contar com o artilheiro Caíque na partida contra o Vasco

Alex Teixeira também acha que já passou da hora de voltar a render o que pode. Aos 19 anos, o atleta foi promovido do time juvenil para o profissional com apenas 17. Agora, o meia-atacante espera se firmar de vez entre os titulares.

– É o jogo da minha vida. Já passou da hora de conseguir render o que eu posso – analisou o jogador cruzmaltino.

Por outro lado, a defesa titular, formada por Gian e Vilson, não sabe o que é sofrer gols na Série B. Na derrota para o Paraná, o setor foi formado por Leonardo e Titi.

Vadão tem dois desfalques contra os cariocas
No Guarani, o lateral-esquerdo Andrezinho e o atacante Caíque, suspensos, estão fora da partida. O último é o artilheiro da Série B, com três gols. O técnico Vadão optou pelas entradas de Eduardo e Fabinho para tentar manter a invencibilidade no torneio.

Aos 27 anos, Walter Minhoca é a principal esperança do Bugre. Após passagens apagadas por Flamengo e Cruzeiro, o jogador é o maestro do Bugre na boa campanha na Série B. O jogador treinou normalmente nesta sexta e está confirmado na partida deste sábado.

A equipe teve um problema na quinta-feira, quando os jogadores Maranhão e Luciano Santos se desentenderam no treino. Os atletas garantiram que tudo já foi superado e estão confirmados na equipe titular.

GUARANI VASCO
Douglas; Maranhão, Bruno Aguiar, Dão e Eduardo; Cleber Goiano, Luciano Santos, Rodriguinho e Walter Minhoca; Fabinho e Ricardo Xavier. Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Carlos Alberto; Alex Teixeira e Edgar.
Técnico: Vadão. Técnico: Dorival Júnior.
Estádio: Brinco de Ouro, Campinas. Data: 13/06/2009. Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO). Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Jesmar Benedito Marinho de Paula (GO).
Transmissão: A Rede Globo transmite a partida. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16h10m (de Brasília).

junho 13, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Timão pode garantir vaga contra o Guarani

Fenômeno foi confirmado para Timão buscar a classificação às finais

LANCEPRESS!

A cidade de Campinas começou a ficar pequena. Isso porque o técnico Mano Menezes confirmou a presença de Ronaldo na partida deste sábado, às 21h10, no Brinco de Ouro, em Campinas. A notícia contrariou as expectativas criadas desde a última partida, contra a Ponte, de que o Fenômeno poderia ser poupado e se guardar para as finais do Paulistão.

Enfim, uma boa notícia, já que William (dores no pé direito), Dentinho (lesão na virilha da coxa esquerda), Jorge Henrique (incômodo na coxa direita) e Cristian (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) são desfalques certos de Mano. Com certeza, o Brinco de Ouro, com capacidade para mais de 33 mil pessoas, ficará pequeno com o Fenômeno em campo. A última vez em que ele esteve no interior paulista foi em Presidente Prudente, no dia 8 de março, no clássico contra o Palmeiras.

O Corinthians, com 34 pontos na tabela de classificação, pode se garantir na semifinal do Paulistão caso derrote o Guarani, no sábado, e Portuguesa (4ª colocada, com 31 pontos) ou Santos (5º, com 30 pontos) não vençam seus jogos contra Marília e Barueri, respectivamente. O Timão ainda sustenta uma invencibilidade na temporada, de 18 jogos, e no Paulistão, de 16 partidas.

Já o Guarani vive situação delicada no campeonato. Para permanecer na elite do Paulistão o Bugre precisa, pelo menos, de um empate diante do Corinthians, para que depois busque duas vitórias nos dos últimos jogos da competição, contra Mirassol e Bragantino, ambos fora de casa..

O técnico Cidinho não confirmou, mas pelo último treinamento realizado nesta sexta-feira no Brinco de Ouro, o time já está definido. A única dúvida do treinador era se ia poder cntar com o zagueiro Cássio, que vinha sentindo dores musculares e estava sendo poupado dos treinamentos. Mas o atleta se recuperou e deverá ser confirmado. As outras boas notícias é que o lateral-direito Maranhão, o volante Glauber e o atacante Fernando Gaúcho estão recuperados de contusões e voltam ao time.

Sabendo da necessidade de pelo menos um ponto e da qualidade do adversário o comandante bugrino praticamente definiu o time no esquema 3-6-1, com Danilo Rios ganhando uma vaga no meio-campo.

FICHA TÉCNICA:
GUARANI X CORINTHIANS

Estádio: Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Data/hora: 28/3/2009 – 21h10 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Roberto dos Santos Jr. (SP)
Auxiliares: Carlos Alberto Funari (SP) e Mauricio Helder Luiz Alexandrino (SP)

GUARANI: Douglas, Maurício, Cássio e Walter; Maranhão, Glauber, Rincón, Mário Cesar, Danilo Rios e Andrezinho; Fernando Gaúcho. Técnico: Cidinho.

CORINTHIANS: Felipe, Alessandro, Chicão, Diego e André Santos; Fabinho, Elias, Boquita e Douglas (Morais); Otacílio Neto (Souza) e Ronaldo. Técnico Mano Menezes

março 27, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Washington não marca, mas garante o São Paulo

Artilheiro participa diretamente dos dois gols na vitória sobre o Guarani

Ari Ferreira)Washington comemora o gol que garantiu a vitória são-paulina (foto: Ari Ferreira)

LANCEPRESS!

O São Paulo bateu o Guarani, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Brinco de Ouro, em Campinas, e segue na luta pelas prmeiras colocações do Paulistão. De quebra, ainda garantiu ao artilheiro Washington sua primeira vitória no estádio do maior rival do clube que o revelou – o Coração Valente ganhou destaque vestindo a camisa da Ponte Preta.

O jogo começou mal. Muitos passes errados de ambos os lados e raras chances de gol. Inicialmente, o Tricolor dominou a partida. Insistindo em jogadas pelo lado esquerdo e nas enfiadas pelo meio, incomodou a defesa, mas quase não chegou no goleiro Douglas.

E apesar do São Paulo ter mandado uma bola na trave, com Borges, após lindo passe de Washington, foi o Guarani quem criou as melhores oportunidades da primeira etapa. Gláuber, em chute de fora da área, e Cleverson e Bruno, na cara do gol, desperdiçaram boas chances.

Na volta do intervalo, o panorama se manteve, apesar da visível melhora no nível técnico da partida: o Bugre continuou mais perigoso. O time de Campinas chegou a acertar o travessão em chute de Fernando Gaúcho após vacilo do volante Jean.

Foi aí que Muricy Ramalho resolveu se mexer. Fez, de uma vez só, duas substituições – algo raro em seu trabalho. Tirou Hugo e Borges e promoveu a entrada de Richarlyson e Dagoberto. E as mudanças surtiram efeito. Com mais velocidade, o Tricolor melhorou o setor ofensivo e não demorou a fazer o gol.

Aos 21 minutos, Jorge Wagner avançou pela esquerda e cruzou para a área. Plínio e Washington dividiram e a bola entrou no canto esquerdo de Douglas. O árbitro da partida, Luiz Flávio de Oliveira, assinalou gol contra do zagueiro bugrino.

Mesmo com a vantagem no placar, o Tricolor continuou no setor ofensivo. Já o Guarani, visivelmente cansado, não conseguiu mais incomodar nos contra-ataques. E o segundo gol tricolor foi a consequência. Washington fez lindo lançamento para Dagoberto, que avançou sozinho em direção ao gol, esperou a saída de Douglas e rolou para Hernanes, que ainda limpou o zagueiro antes de chutar a dar números finais à partida.

Com a vitória, o São Paulo chegou a sete pontos e segue invicto na competição. Já o Bugre, que vinha de duas vitórias nas duas primeiras rodadas do Estadual, conheceu sua primeira derrota e segue com seis pontos ganhos.
FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 x 2 SÃO PAULO

Data: 28/1/2009
Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Newton dos Reis Barreira (SP)
Renda/Público: R$ 255.552,00 / 15.712
Cartões Amarelos: Hernanes, Hugo, André Dias (SPO)
GOLS: Plínio (contra) 21’/2ºT (0-1); Hernanes 43’/2ºT (0-2)

GUARANI: Douglas, Maranhão, Augusto, Plínio e João Paulo; Rafael Fefo, Gláuber (Henrique, 31’/2ºT), Bruno e Chiquinho (Walter, 39’/2ºT); Cléverson e Fernando Gaúcho. Técnico: Luciano Dias

SÃO PAULO: Bosco, Renato Silva, André Dias e Miranda; Zé Luis, Jean, Hernanes (Arouca, 45’/2ºT), Jorge Wager e Hugo (Richarlyson, 16’/2ºT); Borges (Dagoberto, 17’/2ºT) e Washington. Técnico: Muricy Ramalho.

janeiro 29, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , | 1 Comentário