Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Vasco engole o Brasiliense na Boca do Jacaré

Atacante Aloísio fica inconsciente, mas está passando bem

Jogadores do Vasco comemoram gol da vitória por 1 a 0 sobre o Brasiliense (Crédito: Adalberto Marques)

Jogadores do Vasco comemoram gol da vitória por 1 a 0 sobre o Brasiliense

LANCEPRESS!

O Vasco fez valer seu bom momento na Série B do Campeonato Brasileiro e engoliu o Brasiliense na Boca do Jacaré, nesta terça-feira, por 1 a 0, mantendo-se como líder isolado da competição.

O atacante Aloísio, que sofreu uma pancada na cabeça, chegou a ficar inconsciente no gramado, foi encaminhado a um hospital de Taguatinga (DF), mas está consciente e passa bem.

Com o resultado, o Gigante da Colina foi a 42 pontos e alcançou a sua terceira rodada consecutiva. Já a equipe do Distrito Federal permaneceu em décimo lugar, com 27 pontos.

O Vasco controlou a partida desde a saída de bola, acuando o Brasiliense, conduzida pelo ímpeto, especialmente, de quatro jogadores: o lateral-direito Fagner, o meia Carlos Alberto, o também meia Alex Teixeira e o atacante Aloísio.

E o gol vascaíno saiu logo aos cinco minutos: Ramon cobrou falta da intermediária pela direita e a bola foi diretamente para o gol, apesar da tentativa de desvio de cabeça de Carlos Alberto.

Apesar do domínio, o Vasco não criou novas grandes chances, exceto uma finalização de Aloísio em que Guto fez boa defesa. Já o Brasiliense, esporadicamente, chegava ao ataque, sem levar muito perigo.

O segundo tempo recomeçou com um susto: aos dois minutos de jogo o atacante Aloísio chocou-se de cabeça com Aílson, do Jacaré. O atleta cruzmaltino chegou a ficar desacordado, teve um princípio de convulsão no gramado, mas deixou-o já consciente, sendo encaminhado para um hospital.

A partida ficou mais nervosa após o incidente e com entradas mais duras também. Aos 13 minutos de jogo, Gustavo desviou de cabeça e Fernando Prass fez grande defesa, o único lance de real perigo da etapa final, apesar de certa pressão do time do Distrito Federal nos minutos finais.

Na próxima rodada da Série B do Brasileiro, o Brasiliense, na sexta-feira, enfrenta o Campinense, às 21h, em Campina Grande (PB). No mesmo dia e no mesmo horário o Vasco recebe, no Maracanã, o Ceará.

FICHA TÉCNICA:
BRASILIENSE-DF 0 X 1 VASCO

Estádio: Elmo Serejo Farias (Boca do Jacaré), Taguatinga (DF)
Data/hora: 25/8/2009 – 21h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Bruno Boschilia (PR)
Renda/público: não disponível
Cartões amarelos: Cesar Gaúcho, Edinho e Pedro Ayub (BRA)

GOL: Ramon, 5’/1°T (0-1)

BRASILIENSE: Guto, Anderson, Aílson, César Gaúcho e Edinho; Pedro Ayub, Flávio, Didão e Éder (Rodriguinho); Abuda (Thiago Félix, 25’/2°T) e Gustavo (Somália, 19’/2°T). Técnico: Heriberto da Cunha.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Vilson, Gian e Ramon; Mateus, Souza, Enrico (Amaral, 37’/2°T) e Alex Teixeira; Carlos Alberto (Rodrigo Pimpão, 19’/2°T) e Aloísio (Adriano, 5/2°T). Técnico: Dorival Júnior.

*Atualizada às 23h03

agosto 25, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Botafogo encara Santo André no Engenhão

Equipes lutam para se afastar da zona do rebaixamento

LANCEPRESS!

No duelo que marcará a abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro deste ano, Botafogo e Santo André se enfrentam, nesta terça-feira, às 19h30, no Engenhão, tentando sair da zona do rebaixamento da competição. Os dois clubes sonham com a possibilidade de começar a reta final do Brasileiro com uma vitória, para dar ânimo para o restante da temporada. O Botafogo contará com a estreia de Estevam Soares no comando do time no Engenhão e com a volta de Michael e Victor Simões, já o Santo André procura a primeira vitória após a contratação do técnico Alexandre Gallo.

Estevam Soares não poderá contar mais uma vez com jogadores importantes, como os goleiros Castillo e Renan, o zagueiro Wellington, o meia Lucio Flavio e o atacante Reinaldo. Porém, o treinador, que faz sua primeira partida no Engenhão à frente do Glorioso, terá a volta de Michael e de Victor Simões, que não puderam atuar contra o Palmeiras.

– Com o Victor Simões, ganhamos força ofensiva. Pelo que senti, ele está animado, esperançoso em recuperar a forma dele do Carioca – disse Estevam Soares, que montará a equipe alvinegra em um 3-5-2.

Pelo lado do Ramalhão, o treinador terá alguns problemas para escalar o time titular. O volante Ricardo Conceição e o zagueiro Marcel, suspensos por terem tomado o terceiro cartão amarelo, não jogam. O maior destaque da equipe, Marcelinho Carioca, também fica de fora com uma lesão muscular, assim como Rodrigo Fabri. Por outro lado, Vinícius Orlando e Júnior Dutra, que não jogaram na última rodada, ficam à disposição de Gallo.

Para o goleiro Neneca, um dos principais jogadores do clube, o importante é o elenco ter tranquilidade neste momento.

– Não sei o que acontece. Começamos muito bem o Campeonato Brasileiro, sempre se mantendo entre os dez primeiros colocados e fazendo bons jogos. Mas, de repente, o time vem caindo bastante. Temos que ter tranquilidade para sair dessa briga pelo rebaixamento – declarou o camisa 1.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO X SANTO ANDRÉ

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 19/8/2009 – 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Renato da Conceição (MG)
Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago (Fifa-MG) e Janette Mara Arcanjo(MG)


BOTAFOGO – Flávio, Emerson, Juninho e Eduardo; Alessandro, Leandro Guerreiro, Jônatas, Batista e Michael; Victor Simões e André Lima. Técnico: Estevam Soares.

SANTO ANDRÉ – Neneca, Cicinho, Cris, Cesinha e Gustavo Nery; Fernando, Rômulo, Sidney e Pablo Escobar; Élvis e Nunes. Técnico: Alexandre Gallo.

agosto 19, 2009 Posted by | Botafogo, Santo André | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio avisa: Jadilson não faz mais parte do elenco

Lateral-esquerdo não foi relacionado para encarar o Santos

Jadilson não poderá encarar o Santos… é o fim da parceria? (Crédito: Divulgação)

Jadilson não poderá encarar o Santos... é o fim da parceria?

LANCEPRESS!

Na coletiva que concedeu pouco antes do embarque para Santos, nesta terça-feira, o técnico Paulo Autuori negou que tivesse qualquer problema com o lateral-esquerdo Jadílson. E disse que apenas não incluiu o jogador na delegação por opção técnica.

Mas o empresário de Jadilson revelou, à tarde, que o Grêmio não pretende mais utilizar o jogador.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, o empresário Robson Lima disse ter recebido um telefonema de Mauro Galvão, no qual o diretor-executivo do Tricolor lhe informou que Jadilson não faz mais parte dos planos de Paulo Autuori.

Por já ter atuado em mais de sete jogos do Brasileirão, o lateral não poderá se transferir para outra equipe da Série A.

– O Mauro Galvão me ligou ontem dizendo que o Paulo Autuori não aproveitaria mais o Jadílson. Ficou complicado, pois tínhamos uma proposta do Fluminense e o Grêmio achou por bem não liberá-lo. Estamos buscando alternativas no exterior – disse Robson Lima.

Autuori já fizera críticas a Jadilson por falta de empenho em treinos. Domingo, substituiu-o no intervalo do jogo com o Flamengo por erros de marcação.

agosto 18, 2009 Posted by | Grêmio | , , , | Deixe um comentário

Maxi López já tem contrato por mais três anos com o Grêmio

Para contar com o centroavante pelo período, clube terá que desembolsar 1,5 milhão de euros para o FC Moscou

Maxi López pode ficar por mais três anos no Olímpico (Crédito: Ari Ferreira)

Maxi López pode ficar por mais três anos no Olímpico

LANCEPRESS!

O Grêmio não apenas recusou a proposta do Werder Bremen por Maxi López, nesta terça-feira, como pretende manter o centroavante por mais três anos. E não será difícil. Maxi López já tem um contrato assinado por esse período, válido a partir de janeiro de 2010.

Para o Grêmio continuar com o jogador, bastará depositar 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 3,75 milhões) na conta do FC Moscou, no final do empréstimo, para ficar com 50% dos direitos federativos.

O ex-vice-presidente de futebol do Grêmio, André Krieger, que deixou o cargo há um mês e meio para cuidar melhor de seu escritório de advocacia, foi quem fez os contratos, em janeiro. Nesta terça, Krieger comentou com o LANCE!NET que não chegou a temer a aceitação da proposta dos alemães por parte do Grêmio. Segundo ele, o clube precisa do argentino e este não queria mesmo sair agora.

O Werder pretendia indenizar o Tricolor com 1 milhão de euros (R$ 2,53 milhões). A quantia foi considerada irrisória – não resolveria os problemas financeiros do clube e seria insuficiente para a contratação de um centroavante do mesmo nível. E a multa era alta, lembrou Krieger.

– Colocamos uma multa absurda, de 25 milhões de dólares, apenas para nos preservarmos. Ou seja, para não acontecer o que aconteceu com o Róger, no ano passado. A multa era de 100 mil reais, veio um time do Catar, depositou e levou o jogador – explicou.

agosto 18, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco joga mal e empata com o América

Cruzmaltino desperdiça bons resultados na rodada e segue na vice-liderança da Segunda Divisão

Carlos Alberto teve atuação apenas razoável em Natal (Crédito: Gilvan de Souza)

Carlos Alberto teve atuação apenas razoável em Natal

LANCEPRESS!

O desejo do Vasco de alcançar a liderança da Série B teve de ser adiado por mais uma rodada. Sem jogar bem, o time de São Januário ficou no empate em 2 a 2 com o América-RN, nesta terça-feira, no Machadão, pela Série B. Somália e Lúcio marcaram para o time da casa enquanto Elton e Adriano fizeram os gols do visitante.

Com o resultado, o Vasco permaneceu na vice-liderança da Série B, com 33 pontos, por causa do empate do Atlético Goianiense com o Ipatinga. O time de São Januário está atrás no número de vitórias (9 contra 10). Já o América-RN chegou aos 22 pontos e permaneceu no 13º lugar.


O jogo começou a mil por hora, embalado pelo Machadão lotado. Por um breve momento, o Vasco chegou a dar a impressão de que teria vida fácil. Aos 2 minutos, Elton fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Carlos Alberto. O capitão bateu de primeira e perdeu ótima chance de abrir o placar.

A resposta do América-RN foi fulminante. Aos 9 minutos, Somália abriu espaço para a perna direita e mandou uma bomba em direção ao gol. A bola fez curva, é bem verdade, mas o goleiro Fernando Prass colaborou para a explosão de alegria da fanática torcida local: 1 a 0 América.

Em desvantagem no placar, a pressão cresceu sobre os ombros do time de Dorival Júnior e logo o desentrosamento da nova formação se mostrou evidente. Souza na ala direita, Carlos Alberto no ataque, Alex Teixeira no meio; as mudanças foram muitas e o time da casa esteve muito perto de ampliar o marcador.

Aos poucos, o Cruzmaltino conseguiu fazer melhores jogadas, especialmente com a troca de posições de Carlos Alberto e Alex Teixeira. Aos 33 minutos, Enrico fez boa jogada pela esquerda e tocou para Elton. O atacante dominou, girou com habilidade e bateu cruzado, sem chances para o goleiro Wéverton: 1 a 1 no Machadão.

A partida seguiu eletrizante no segundo tempo. Novamente, o América deu aula de como ser produtivo no ataque. Logo aos 6 minutos, o atacante Lucio arrancou pela direita e bateu cruzado, bola defensável que o goleiro Fernando Prass mais uma vez deixou passar: 2 a 1 América.

O que o time da casa soube fazer não serviu de inspiração ao Vasco. Pouco tempo depois de levar o segundo gol, Ramon teve a chance clara de empatar novamente a partida. O lateral-esquerdo dominou a bola na marca do pênalti, mas finalizou em cima da zaga.

A possibilidade de desperdiçar a chance de assumir a liderança da Série B fez com que o técnico Dorival Júnior lançasse o Vasco todo para o ataque. Em sete minutos, o treinador colocou Aloísio e Adriano no time. Na base do sufoco, o Cruzmaltino chegou ao gol de empate. Aos 26 minutos, após bola cruzada na área, Adriano aproveitou o rebote, bateu e marcou o seu terceiro gol com a camisa do Vasco: 2 a 2 e xingamentos na comemoração, lembrando e muito o caso de Léo Moura, do Flamengo.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta a Portuguesa, sábado, no Canindé. Já o América-RN viaja até Minas Gerais para enfrentar o Ipatinga, também no sábado.

FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA-RN 2 X 2 VASCO

Estádio: Machadão, Natal (RN)
Data/hora: 11/8/2009 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Renda e público: R$ 337.400,00 e 22.191 pagantes

Cartões amarelos: Edson Rocha, Vanderley, Somália, Tita (AME); Ramon, Adriano (VAS).

GOLS: Somália, 8’/1ºT (1-0); Elton, 33’/1ºT (1-1); Lúcio, 6’/2ºT (2-1); Adriano, 26’/2ºT (2-2)

AMÉRICA-RN: Wéverton, Vanderley, Adalberto e Edson Rocha (Ramires – 22’/2°T); Thony, Somália (Everton César – 32’/2º), Ricardo Oliveira, Fábio Neves e Tita; Tiago Silvy (Rafael – 37’/2ºT) e Lúcio. Técnico: Roberto Fonseca

VASCO: Fernando Prass, Vilson, Amaral (Aloísio – 15’/2ºT) e Gian; Alex Teixeira, Souza, Nilton (Dedé – Intervalo), Enrico e Ramon; Carlos Alberto (Adriano – 22’/2ºT) e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

agosto 12, 2009 Posted by | America-RN, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco e América se enfrentam em Natal

Time carioca busca liderança isolada da Série B

LANCEPRESS!

Passada a euforia da estreia de Aloísio, é hora de concentrar novamente os holofotes na campanha da Série B, propriamente dita. Para tanto, o Vasco visita o América-RN, em Natal, nesta terça-feira, às 21h, em busca do quarto triunfo seguido na competição. O clube da Colina ocupa a segunda colocação na tabela, com os mesmos 32 pontos do líder Atlético-GO, mas uma vitória a menos. O time potiguar está em 11º, com 21.

Embalado pela boa sequência e a ascenção na classificação, o Vasco ainda tem três rodadas para tentar fechar o turno na liderança, e, quem sabe, superar, parcialmente, a campanha do Corinthians na Série B, em 2008. Ano passado, na mesma fase da competição, o Timão estava com 35 pontos, apenas três a mais do que o Vasco.

Para escalar o time, Dorival ainda tem alguns problemas que persistem. Os laterais Paulo Sérgio e Fagner, além do zagueiro Titi seguem lesionados. Por outro lado, Nilton volta de suspensão automática e está à disposição. Aloísio começará no banco e Adriano será titular. Diante desse cenário, o treinador pode sacar Enrico, já que Nilton é considerado nome certo desde o início.

– Teremos uma partida muito difícil contra o América, que contará com o apoio da torcida. Mesmo assim, esperamos vencer para alcançarmos a liderança isolada o quanto antes – disse o treinador.

O América-RN ganhou fôlego extra ao interromper uma série de cinco derrotas no último sábado, quando surpreendeu o Figueirense, no Orlando Scarpelli, e venceu por 1 a 0. O resultado positivo animou a equipe potiguar, que conta com o fator casa para confirmar a reabilitação na Segundona.

Porém, o América-RN terá dois desfalques para a partida. O zagueiro Leandro Silva e o volante Jackson levaram o terceiro cartão amarelo, em Santa Catarina, e cumprirão suspensão. Thoni e Helinho estão de volta e estarão à disposição do técnico Roberto Fonseca.

O zagueiro Adalberto, de 21 anos, encara o confronto como uma verdadeira decisão.

– Essa é uma chance de me projetar para o futebol e também de se firmar como titular do América, por isso, não posso vacilar – disse.

FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA-RN X VASCO

Estádio: Machadão, Natal (RN)
Data/hora: 11/8/2009 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Nilson de Souza Monção (SP) e João Bourgalber Nobre Chaves (SP)

AMÉRICA-RN: Weverton, Vanderlei, Adalberto e Edson Rocha; Thoni, Somália, Ricardo Oliveira, Fábio Neves e Tita; Tiago Silvy e Lúcio. Técnico: Roberto Fonseca

VASCO: Fernando Prass, Vilson, Amaral e Gian; Alex Teixeira, Souza, Nilton (Enrico), Carlos Alberto e Ramon; Adriano e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

agosto 11, 2009 Posted by | America-RN, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco sofre, mas bate o Fortaleza em São Januário

Gigante vence, mas está fora do G4. Leão na zona de degola

Vasco suou para derrotar o Fortaleza, nesta terça-feira, em São Januário. O meia Alex Teixeira fez o primeiro gol e sofreu o pênalti do segundo do triunfo por 2 a 1 (Crédito: Paulo Sérgio)

Vasco suou para derrotar o Fortaleza, nesta terça-feira, em São Januário. O meia Alex Teixeira fez o primeiro gol e sofreu o pênalti do segundo do triunfo por 2 a 1

LANCEPRESS!

O Vasco suou, mas conseguiu voltar a vencer. A equipe vascaína derrotou o Fortaleza por 2 a 1 pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, nesta terça-feira, em São Januário. O destaque foi o meia Alex Teixeira que, vaiado durante o primeiro tempo, fez um gol e sofreu o pênalti que gerou o segundo.

Com o resultado, o Gigante da Colina foi a 26 pontos, mas fica em quinto lugar, e continua fora do G4 da competição. O Leão, por sua vez, permaneceu com 14 pontos e agora está na zona de rebaixamento, na 17ª posição.

O primeiro tempo foi muito ruim. O Vasco dominou territorialmente a partida, mas sem criatividade alguma no meio-de-campo ou jogada pelas laterais, levou perigo apenas em dois chutes de fora da área de Souza. O Fortaleza, por sua vez, defendia-se e arriscou algumas poucos ataques no fim da etapa inicial.

Porém, quando as vaias da torcida cruzmaltina sobre alguns torcedores já se intensificavam e o Tricolor de Aço comemorava o empate, o meia Alex Teixeira, um dos vaiados, em sua única jogada na etapa, entrou na área adversária driblando e bateu no canto esquerdo de Alexandre Fávaro para abrir o placar.

O Vasco voltou procurando mais o jogo e menos dependente do meia Carlos Alberto, que escalado como atacante, atuou muito recuado na etapa inicial. O Fortaleza também deve ter sido chacoalhado no vestiário e retornou um pouco mais ofensivo, o que, contudo, não significou chances claras.

Mas, em um lance de bola parada, o Leão empatou: Cristian bateu escanteio pela esquerda do ataque aos 15 minutos e a bola à meia altura, desviou no volante vascaíno Amaral antes de entrar. O Cruzmaltino, porém, seguiu em cima e desempatou aos 22 minutos: Alex Teixeira foi derrubado na área por Jaílson, que foi expulso, e Adriano converteu com categoria.

O Gigante da Colina, com mais movimentação no meio e com um a mais em campo, manteve a presença ofensiva, enquanto o rival pouco ameaçava. O panorama não mudou quando Mateus foi expulso de maneira infantil deixando novamente os dois times com o mesmo número de atletas.

As duas equipes voltam a campo já no próximo sábado. O Vasco vai ao Rio Grande do Sul enfrentar o Juventude, às 16h10. No mesmo dia, o Fortaleza recebe, no Ceará, o Bahia.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 2 X 1 FORTALEZA

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 28/7/2009 – 21h
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)
Renda/público: R$ 111.063,50 / 10.515 presentes
Cartões amarelos: Mateus e Alex Teixeira (VAS); Julio, Cristian, Jailson, Edson, Elvis e Amarildo (FOR)
Cartões vermelhos: Jailson, 20’/2°T (FOR); Mateus, 29’/2°T (VAS)

GOLS: Alex Teixeira, 45’/1°T (1-0); Amaral (contra), 15’/2°T (1-1); Adriano, 22’/2°T (2-1)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio (Mateus, 12’/1°T), Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Souza (Philippe Coutinha, 18’/2°T) e Alex Teixeira; Carlos Alberto e Adriano (Robinho, 25’/2°T). Técnico: Dorival Júnior.

FORTALEZA: Alexandre Fávaro, Maisena, Amarildo, Edson e Jaílson; Júlio, Kiko (Bismarck, 31’/2°T), Coutinho e Cristian (Paulo Roberto, 28’/2°T); Luiz Carlos e Marcelo Nicácio (Elvis, 25’/2°T). Técnico: Giba.

julho 28, 2009 Posted by | Fortaleza, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Novato do Peixe, Felipe Azevedo encara a chance de sua vida na Vila Belmiro

Jogador chega para disputar posição com Neymar e Maikon Leite. Reconhece que será difícil, mas garante que está pronto

Ampliar Foto Adilson Barros/GLOBOESPORTE.COM Adilson Barros/GLOBOESPORTE.COM

Nascido em Ubatuba, no litoral paulista, Felipe se sente em casa no Peixe

Aos 22 anos, o atacante Felipe Azevedo encara a chance de sua vida no Santos, como ele mesmo definiu durante sua apresentação oficial, nesta terça-feira, no CT Rei Pelé. Natural de Ubatuba, litoral norte de São Paulo, o jogador começou profissionalmente no interior, em 2007, atuando pelo XV de Piracicaba. Mesmo estando a 200 km de sua cidade natal, ele se sente em casa.

– Como sou do litoral, tenho muito carinho pelo Santos – diz.

Pela primeira vez, ele tem a chance de mostrar serviço em um clube de maior expressão. Admite uma certa ansiedade, mas garante que está preparado.

– A pressão de jogar em uma equipe grande é muito maior. Sei que isso vai ser meio complicado, mas encaro como a chance da minha vida. Vou fazer o melhor para agradar ao treinador e à torcida – promete.

O jogador chegou ao Santos há dez dias e vem treinando normalmente com os novos companheiros. Por isso, garante que se o técnico Vagner Mancini precisar, ele está pronto para entrar em campo no domingo, contra o Fluminense, no Rio, pela terceira rodada do Brasileirão.

Características

Felipe explica que é um atacante que joga pelos lados do campo. Ele chega para brigar por posição com Neymar e Maikon Leite.

– Pelas minhas características, estou mais para parceiro do Kleber Pereira. Não sou atacante de área, jogo caindo pelas pontas. Sou veloz e gosto de conduzir a bola – explica o jogador, que foi emprestado pelo Paulista, de Jundiaí, até o dia 31 de dezembro.

Ficha


Nome: Felipe Azevedo
Data e local de nascimento: 10/01/1987, em Ubatuba (SP)
Altura: 1,74 m
Peso: 74 kg
Clubes: XV de Piracicaba-SP, América-SP, Ituano-SP, Juventude-RS e Paulista-SP

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 19, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com gol de Ortigoza, Verdão bate o Sport

Equipe agora tem a vantagem de jogar por um empate na partida de volta, semana que vem na Ilha

Ortigoza faz seu primeiro gol na Libertadores (Crédito: Reginaldo Castro)

Ortigoza faz seu primeiro gol na Libertadores (Crédito: Reginaldo Castro)

O Palmeiras não vencia o Sport em casa desde 2003. Além disso, o Alviverde tinha vencido apenas uma vez dentro Palestra Itália nesta Libertadores, contra a LDU, do Equador. Mas, quando o empate parecia certo, o paraguaio Ortigoza resolveu roubar a cena e fez o gol da vitória do Verdão, que bateu a equipe pernambucana por 1 a 0, nesta terça-feira, no Palestra Itália, pela primeira partida das oitavas-de-final da Libertadores.

No sufoco, como tem sido durante toda a competição sulamericana, os comandados de Vanderlei Luxemburgo venceram, conseguiram uma importante vantagem e, de quebra, ainda quebraram uma escrita. O Palmeiras não vencia uma partida de mata-mata contra equipes brasileiras na Libertadores desde 2001, quando bateu o São Caetano, também pelas oitavas.

Vanderlei Luxemburgo esperou até poucos minutos antes da partida para divulgar a escalação de sua equipe. Quando os nomes foram revelados, surpresas: Além da confirmação de Pierre, que era dúvida, três atacantes, com Marquinhos e Willians fazendo companhia a Keirrison.

No campo, no início da partida, as surpresas ficaram um pouco de lado e o que se viu foi a mesma ansiedade de sempre do Verdão em decidir o lance, fato que vem prejudicando o Palmeiras quando atua em sua casa.

Marquinhos, a maior surpresa, não surpreendia ao errar um passe atrás do outro. Aos cinco minutos, Keirrison até que tentou fazer diferente de seus últimos jogos. Mas a finalização na trave mostrou a mesma falta de sorte que tem acompanhado o atacante.

Apesar de ter começado melhor, como de costume, o Palmeiras deixou o adversário crescer. Em cobranças de faltas, Paulo Baier levou perigo em duas oportunidades e o Sport passou a ficar mais tempo com a bola.

No segundo tempo não foi diferente. Com Willians e Marquinhos pouco inspirados, cabia a Keirrison, raramente, e a Diego Souza tentar criar alguma jogada, sempre sem sucesso. Na melhor delas, o camisa 9, inteligentemente, roubou bola na intermediária e cruzou para trás. Diego Souza chegou chutando de primeira e mandou por cima.

Mas foi aí que a maior surpresa da partida entrou em cena. Aos 19 minutos, Luxa colocou Ortigoza em campo, junto com Mozart, estreante da noite.

Em uma de suas primeiras participações, o paraguaio ganhou na corrida de Hamilton e sofreu falta feia, que causou a expulsão do jogador. Na cobrança, Cleiton Xavier levantou na área e quando a zaga do Sport parecia que cortaria mais uma vez, Ortigoza, para a surpresa do palmeirense, desviou de cabeça. A bola morreu no canto esquerdo de Magrão.

Depois do gol, o Verdão continuou no ataque e se preocupou para que o Sport não surpreendesse. A pressão resultou em uma cabeçada de Diego Souza, que, caprichosamente, acertou a trave.

Agora, o Palmeiras precisa de um empate na Ilha do Retiro. O torcedor palmeirense ainda guarda na lembrança os 2 a 0 da fase de grupos. Já os pernambucanos lembram dos 4 a 1 pela Copa do Brasil no ano passado.

Promessa de jogão na próxima terça-feira, em Recife.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 0 SPORT
Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 05/05/2009, às 21h15 horas
Árbitro: Sergio Pezzota (ARG)
Assistentes: Francisco Rocchio e Horacio Herrero (ARG)
Renda/público: R$ 1.246.726,24 / 23.991 pagantes
Gols: Ortigoza, 29′/2ºT
Cartões amarelos: Danilo, Pierre (PAL); Hamilton, Paulo Baier, Wilson (SPO)
Cartões vermelhos: Hamilton, 28′/2ºT

PALMEIRAS: Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero (Jefferson, 34′/2ºT); Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Marquinhos (Mozart, 19′/2ºT); Willians (Ortigoza, 19′/2ºT) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SPORT: Magrão; Igor, César, Durval; Moacir, Hamilton, Daniel Paulista (Luciano Henrique, 20′/2ºT), Paulo Baier e Dutra: Wilson (Andrade, 31′/2ºT) e Vandinho (Ciro, 18′/2ºT). Técnico: Nelsinho Baptista

maio 6, 2009 Posted by | Palmeiras, Sport | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Torcedores matam trabalho para receber o Fla com gritos de ‘tri’ no Ceará

Cerca de cem rubro-negros vão ao desembarque da delegação em horário de expediente em Fortaleza. Ronaldo Angelim é o mais assediado

Ampliar Foto Cahê Mota/GLOBOESPORTE.COM Cahê Mota/GLOBOESPORTE.COM

Recepção aos rubro-negros foi calorosa

Em comparação com as recepções em Campo Grande e Belém pela Copa do Brasil deste ano, a chegada do Flamengo a Fortaleza, nesta terça-feira, foi a que atraiu menor público. Mas nem por isso pode-se dizer que os cearenses foram menos calorosos. O Rubro-Negro enfrenta o Tricolor de Aço nesta quarta-feira, pelas oitavas-de-final da competição.

Fazendo valer o famoso “jeitinho brasileiro”, cerca de cem rubro-negros, de acordo com estimativa da Polícia Militar, deixaram de lado seus compromissos no início desta tarde e foram ao Aeroporto Internacional Pinto Martins para dar boas-vindas ao Flamengo. A delegação chegou ao local por volta das 12h30m e bastou Léo Moura puxar a fila para o setor de desembarque que os gritos começaram: “Tricampeão!”.

Ídolo dos dois rivais desta quarta-feira, Ronaldo Angelim foi o mais assediado. O zagueiro, que nasceu em São Paulo mas se mudou ainda criança para o Ceará, teve que ser escoltado por seguranças para que chegasse até o ônibus da delegação. Herói do tricampeonato conquistado no domingo, contra o Botafogo, Bruno aproveitou a festa em cima do companheiro para despistar e sair de fininho.

Ampliar Foto Cahê Mota/GLOBOESPORTE.COM Cahê Mota/GLOBOESPORTE.COM

Léo Moura acena para os fãs cearenses

Antes mesmo da chegada dos rubro-negros, o camisa 4 já era reverenciado aos gritos de “Ah, é Angelim”.

– Ronaldo só tem um: o Angelim. Ninguém quer saber do Fenômeno – brincou um torcedor que preferiu se identificar apenas como Leleco. O motivo ele mesmo explica – estou matando o trabalho e a faculdade para estar aqui.

Após a entrada de Ronaldo Angelim no ônibus, o foco passou a ser o técnico Cuca:

– Vice é o Ney Franco, Cuca. Você é campeão – bradou um torcedor.

Já hospedado em um hotel na Praia do Futuro, o elenco rubro-negro faz um treinamento às 16h30m no estádio Presidente Vargas.

maio 5, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Grêmio garante melhor campanha da primeira fase com vitória sobre o Boyacá

Tricolor faz 3 a 0 somente no primeiro tempo e chega aos 16 pontos

Ampliar Foto Agência/AFP Agência/AFP

Jogadores comemoram um dos gols de Souza

O Grêmio só precisou do primeiro tempo para construir a vitória de 3 a 0 sobre o Boyacá Chicó, nesta terça-feira, em Porto Alegre. Souza, duas vezes, e Léo marcaram os gols. O triunfo garantiu ao Tricolor a melhor campanha da fase de grupos da Taça Libertadores com 16 pontos, além da melhor defesa, sofrendo apenas um gol em seis jogos. O time colombiano (nove) acabou sendo ultrapassado pelo Universidad de Chile (dez) no Grupo 7 nesta última rodada e está eliminado. Brasileiros e chilenos aguardam o encerramento das demais chaves para conhecer seus adversários.

O jogo

O volume de jogo que o Grêmio teria durante todo o primeiro tempo foi mostrado logo aos dois minutos por Jonas. Ele entrou driblando na área e caiu. Pediu pênalti, mas o árbitro Jorge Larrionda não deu. Aos seis, Ruy aproveitou rebote no bico direito e pegou de primeira. O goleiro Velásquez espalmou para o lado.

Coube a Souza superar o goleiro do Boyacá e abrir a porteira. O meia avançou pela meia esquerda, viu Velázquez adiantado e mandou de trivela, no ângulo oposto, com 16 de jogo. Avalanche no Olímpico!

Quatro minutos depois, placar ampliado. Jonas trocou de posição com Souza e da intermediária lançou o meia, que desta vez apareceu pela direita. O chute de primeira colocou a bola no fundo do gol para deixar o placar já em 2 a 0.

Jonas viu seu companheiro marcar duas vezes e tentou correr atrás do “prejuízo”. Aos 23, Souza tabelou com Maxi López e deu passe para Jonas na área. O atacante girou e chutou por cima do gol. Com 28 minutos, o mesmo Jonas arriscou de fora da área e novamente a bola passou sobre o travessão.

Se Jonas não consegue fazer, os outros jogadores tinham aproveitamento melhor. Aos 29 minutos, Tcheco bateu falta para a área, Réver ajeitou e Léo completou para fazer o terceiro.

A vitória estava praticamente garantida, a melhor campanha também, mas Jonas não desistiu de tentar deixar a sua marca. Com 39 de jogo, Tcheco ganhou dividida na intermediária e deu passe rasteiro para a entrada de Jonas na área. Velásquez saiu do gol e fechou o ângulo, evitando que o chute do atacante fosse para dentro do gol.

Boyacá ensaia reação

A etapa final começou com um susto para a torcida tricolor. Léo derrubou Giron na área, cometendo pênalti aos sete minutos. Caneo foi para a cobrança e converteu. Entretanto, o árbitro uruguaio assinalou invasão, e o jogador do time colombiano teve que repetir. Na segunda tentativa, Caneo manteve o canto esquerdo, e Victor voou para fazer a defesa.

O Grêmio aguentou bem a pressão inicial dos visitantes e aos 20 minutos quase chegou ao quarto. Souza cruzou da direita, Maxi López não alcançou, e Fábio Santos chutou de primeira na segunda trave. O chute pegou o argentino na queda. A bola bateu no calcanhar do atacante e foi pela linha de fundo.

A melhora da equipe colombiana e a queda de rendimento no Grêmio resultaram em uma diminuição no ritmo da partida. Sem outras grandes emoções, o placar ficou mesmo nos 3 a 0.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Ficha técnica:

GRÊMIO 3 x 0 BOYACÁ CHICÓ
Victor; Leo, Rafael Marques e Réver; Ruy, Adilson, Souza, Tcheco (Orteman) e Fábio Santos (Jadilson); Jonas e Maxi López (Alex Mineiro). Velásquez; Pino, Tejera (Giron), García e Madera; Ramírez, Tapia (Rada), Núñez e  Caneo; Palacios e Pérez (Duran).
Técnico: Marcelo Rospide. Técnico: Alberto Gamero.
Gols: Souza, aos 12 e 16 minutos, Léo, aos 29 do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Tcheco e Rafael Marques (Grêmio); Nuñez, Pino e García (Boyacá Chicó).
Estádio: Olímpico, em Porto Alegre (RS). Data: 28/04/2009. Árbitro: Jorge Larrionda (Uruguai). Auxiliares: Pablo Fandiño (Uruguai) e Miguel Nievas (Uruguai).

abril 28, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , | 1 Comentário

Verdão bate a LDU e fica perto da vaga

Com gols de Diego Souza e Marcão, equipe se recuperou da eliminação no Paulistão e fica bem na Libertadores

Marcão comemora seu gol contra a LDU. Verdão perto da classificação (Foto: Ari Ferreira)

Marcão comemora seu gol contra a LDU. Verdão perto da classificação (Foto: Ari Ferreira)

Marcio dos Santos

O Palmeiras mostrou que não se abalou com a eliminação no Paulistão, no último fim de semana, para o Santos, e bateu a LDU (EQU), por 2 a 0, nesta terça-feira, no Palestra Itália. Com gols de Marcão e Diego Souza, ambos na segunda etapa, o Verdão chegou aos sete pontos e agora precisa de uma vitória simples na última partida para avançar para as oitavas-de-finais da Libertadores. Dependendo do resultado da partida entre Sport e Colo Colo (CHI), o Verdão poderá jogar até por um empate.

Logo de cara, o Alviverde começou dando indício de que a eliminação do Paulistão era coisa do passado. A equipe começou arisca e no início teve grande chance com Keirrison, que Cevallos fez milagre. O K9, aliás, começou muito bem, se apresentando para o jogo, ao contrário das últimas partidas.

No entanto, foi só a LDU jogar um pouquinho para que o nervosismo e os erros sucessivos do Verdão aparecessem. Sem Manso, Urrutia e Bieler, jogadores importantes, a equipe equatoriana saia bem nos contra-ataques e quase marcou em chute de Willian Araújo, aos 31, que acertou a trave de Marcos. Fabinho Capixaba ainda exigiu grande defesa de Cevallos no fim da primeira etapa.

Mas no segundo tempo o Verdão voltou com tudo. Luxemburgo sacou Fabinho Capixaba e colocou Marquinhos. No primeiro escanteio da segunda etapa, logo aos 2 minutos, Cleiton Xavier bateu, Cevallos falhou e a bola sobrou debaixo do gol para Marcão. O zagueiro só completou e fez a festa da torcida no Palestra Itália.

O gol acalmou o Palmeiras, que passou a errar menos. Diego Souza, Cleiton Xavier e Lenny trocavam passes com tranqüilidade no campo de ataque e a LDU não conseguia mais contra-atacar.

Conforme o tempo foi passando, a partida foi ficando tensa, mas o Palmeiras, bem arrumado no setor defensivo, não dava chances a LDU. Nervoso, Bolaños disputou bola com Marquinhos e iniciou uma confusão. Os jogadores trocaram tapas e foram expulsos.

Com dez jogadores para cada lado, o Palmeiras se preocupou mais em garantir o resultado, que lhe deixa vivo na Copa Libertadores. Antes, porém, deu tempo para Diego Souza mandar uma bomba no ângulo de Dominguez e fechar o caixão equatoriano.

O próximo compromisso na competição sul-americana é na quarta-feira que vem, diante do Colo Colo (CHI). A partida vai decidir uma das vagas para a próxima fase. Na partida de ida, no Palestra Itália, o Palmeiras foi derrotado: 3 a 1.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS 2 X 0 LDU (EQU)

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/04/2009 – 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Auxiliares: Pablo Fandiño (URU) e Maurício Espinosa (URU)
Renda/público: R$ 701.893,64 / 17.035 pagantes
Cartões amarelos: Lenny (PAL); Cevallos, Norberto Araújo, Reasco (LDU)
Cartões vermelhos: Marquinhos (26’/2ºT); Bolaños (26’/2ºT)
GOLS: Marcão, 26’/2°T (1-0) e Diego Souza, 37’/2ºT;

PALMEIRAS: Marcos; Maurício Ramos, Danilo e Marcão; Fabinho Capixaba (Maquinhos, Intervalo) Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Armero; Lenny (Sandro Silva, 28’/2ºT e depois Wendell, 35’/2ºT) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

LDU: Cevallos (Dominguez, 8’/2ºT); Calle (Vera, 25’/2ºT), Norberto Araújo e Campos; Reasco, Willian Araújo, Espínola, Vaca (Chila, 35’/2ºT), Bolanõs e Diego Calderón; Valter Calderón

abril 21, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

FOTO: torcedores formam fila por ingressos para a decisão da Taça Rio

Maracanã e General Severiano têm grande movimento no primeiro dia de vendas de bilhetes para o clássico entre Flamengo e Botafogo

Fernando Maia/AGÊNCIA O GLOBO

Local da final da Taça Rio, o Maracanã recebeu muitos torcedores nesta terça-feira, primeiro dia de venda de ingressos para o clássico entre Flamengo e Botafogo, que acontece neste domingo

Gustavo Rotstein/GLOBOESPORTE.COM

Apenas uma hora depois de iniciarem as vendas de ingressos para a final do Campeonato Carioca, nesta terça-feira, centenas de torcedores do Botafogo formavam uma grande fila na sede de General Severiano. A diretoria se reuniu com torcedores na última segunda para traçar estratégias que visam a encher o Maracanã na partida contra o Flamengo, neste domingo. Estão confirmadas caravanas de Brasília, Juiz de Fora (MG) e Espírito Santo

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

abril 14, 2009 Posted by | Botafogo, Flamengo | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atrás da sétima decisão consecutiva do Mineiro, Cruzeiro enfrenta o Ituiutaba

Time celeste terá os retornos do meia Wagner e do atacante Kléber

Ampliar Foto Divulgação/VIPCOMM Divulgação/VIPCOMM

Kléber formará dupla de ataque com W.Paulista

Finalista dos últimos seis Campeonatos Mineiros, o Cruzeiro começa nesta terça-feira a luta para estar em mais uma decisão estadual. O time celeste enfrenta o Ituiutaba, às 20h30h(horário de Brasília), no Mineirão, pela partida de ida da semifinal da competição. Dono da segunda melhor campanha da primeira fase, a Raposa tem a vantagem de jogar por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. Acompanhe a partida ao vivo pelo Premiere, pelo sistema pay-per-view, e em Tempo Real pelo GLOBOESPORTE.COM a partir das 20h30m.

O segundo confronto entre os dois times está marcado para o próximo domingo, às 16h, no Mineirão. O vencedor enfrenta Rio Branco ou Atlético-MG, que saiu na frente com um triunfo de 2 a 0, no último fim de semana.

Wagner volta ao time celeste

Atual campeão, o Cruzeiro entra para semifinal confiante com os últimos resultados na competição. Nos jogos válidos pelas quartas-de-final, a Raposa venceu o Tupi por 1 a 0, no Mineirão, e 7 a 2, em Juiz de Fora, na segunda maior goleada do Mineiro. A maior também foi do time celeste, só que no triunfo sobre o Democrata, de Governador Valadares, por 7 a 0, na primeira fase.

Para o confronto, o técnico Adilson Batista terá o retorno de Wagner. Recuperado de uma lesão no tornozelo que o afastou dos últimos cinco jogos da Raposa, o meia participou dos últimos treinos com desenvoltura e está à disposição para o jogo contra o time do interior.
– Foi muito chato ficar fora da equipe tanto tempo. Nunca fiquei mais do que duas partidas sem jogar. Se o treinador precisar, estou pronto para ajudar. Se começar jogando vou conseguir correr os 45 minutos. Se ficar para o segundo tempo, a equipe deles estará cansada e vai dar pra correr melhor.

Fora da partida contra o Estudiantes, pela Taça Libertadores da América, por conta de suspensão, o atacante Kléber está de volta ao time. O jogador formará dupla com Wellington Paulista. Thiago Ribeiro segue fora para se tratar de um estiramento muscular na coxa esquerda

O zagueiro Thiago Heleno e o volante Fabrício cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo e serão desfalques. Henrique e Léo Fortunato serão os substitutos, respectivamente.

Paulinho Pedalada e Marquinhos são opções para vaga de Lucio Flávio

O técnico Nedo Xavier, do Ituiutaba, tem apenas uma dúvida para partida de terça-feira. Com a expulsão de Lucio Flávio na vitória sobre o Democrata por 2 a 1, o treinador poderá mexer no esquema da equipe para decidir o substituto.

Caso o treinador opte por um esquema defensivo, Marquinhos entra na equipe. Paulinho Pedalada começa a partida se o time jogar com uma formação mais ofensiva.

Técnico: Adilson Batista.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
ITUIUTABA CRUZEIRO
Jonathan, Mateus, Neylor, Marcelo Bachimi e Radar; Olívio, Kiko, Machado e Geovane; Paulinho Pedalada (Marquinhos) e Rodrigo Hote. Fábio, Jancarlos, Léo Fortunato, Gustavo e Gerson Magrão; Henrique, Marquinhos Paraná, Ramires e Bernardo; Wellington Paulista e Kléber
Técnico: Nedo Xavier. Técnico: Adilson Batista.
Estádio: Mineirão. Data: 14/04/2009. Horário: 20h30m. Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP). Auxiliares: Ednílson Corona (SP) e Emérson Augusto de Carvalho (SP).
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 20h30m (de Brasília).

abril 13, 2009 Posted by | Cruzeiro | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

D’Alessandro desfalca o Inter contra o Brasil

Argentino voltou a sentir dores no treino desta segunda-feira

D'Alessandro foi parar no hospital para realizar examesD’Alessandro foi parar no hospital para realizar exames

LANCEPRESS!

D’Alessandro desfalcará o Internacional contra o Brasil, nesta terça-feira, em Pelotas. O apoiador voltou a sentir dores na coxa direita, no treino fechado realizado pela manhã, no Beira-Rio, e foi levado para um hospital próximo ao estádio para realizar exames. O argentino vinha se queixando desde a partida de quarta-feira passada, contra o União-MT, pela Copa do Brasil.

Será o único titular ausente nesta partida, que será disputada dias depois de os reservas terem derrotado o Veranópolis por 4 a 0, na abertura do returno do Gauchão.

– É uma pena. Eu queria todos os titulares de volta. Aliás, só usei os reservas, sábado, por pedido dos médicos e preparadores físicos – disse o técnico Tite, sem revelar o nome do substituto de D´Alessandro.

Andrezinho, autor de dois gols na vitória sobre o Veranópolis – e, antes, o melhor em campo no Gre-Nal de decisão do primeiro turno – é a primeira opção para substituir D’Alessandro. Mas, como ele vem atuando na sequência, é possível que Giuliano receba uma oportunidade.

março 9, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Circuito interno de TV do hotel ‘entrega’ indisciplina de Rafael

Goleiro, que saiu da concentração e só voltou de madrugada, teria dito não se importar com desligamento, já que estaria acertado com o Fluminense

Ampliar Foto Márcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM Márcio Iannacca/GLOBOESPORTE.COM

Rafael durante o treino em Vila Velha

O motivo do desligamento do goleiro Rafael, nesta terça-feira, em Vila Velha, já é conhecido. O jogador deixou o hotel que serve como concentração para o Vasco à noite e só retornou de madrugada. O circuito interno de TV do local flagrou a movimentação. As imagens estão com o supervisor Daniel Freitas. A razão do desligamento do goleiro Anderson ainda não foi divulgada.

Quando soube do ato de indisciplina, a comissão técnica desligou os atletas e os mandou de volta para o Rio de Janeiro. E de ônibus. Rafael, no entanto, não aceitou e pediu para a van que os levava para a rodoviária ir para o aeroporto.

No caminho, Rafael teria dito estar “tranquilo”, já que “estava acertado com o Fluminense”. Anderson, por outro lado, teria ficado desesperado com a punição.

A diretoria vai se manifestar através do presidente Roberto Dinamite, que está indo para Vila Velha, e do técnico Dorival Júnior, que dará entrevista após o treino.

janeiro 20, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , | Deixe um comentário

Parceiro arcará com custos do atacante Bolaños no Peixe

Jogador equatoriano terá salários e luvas pagos pelo grupo DIS e deve assinar contrato de quatro anos

Ampliar Foto Agência/EFE Agência/EFE

Bolanõs será custeado pelo grupo DIS

Para convencer o atacante Bolanõs a trocar a LDU- equipe atual campeã da Libertadores- pelo Santos, a diretoria do clube paulista contou com a força financeira do grupo DIS. O empresário Delcir Sonda se comprometeu a pagar as luvas de US$ 250 mil (R$ 570 mil) e o salário de US$ 40 mil (aproximadamente R$ 90 mil) para que o equatoriano assine contrato de quatro anos com o time da Baixada Santista, nesta terça-feira, na Vila Belmiro.

O valor da transação, confirmado no último domingo, de R$ 6 milhões também saiu dos cofres da empresa parceira.

O Santos, que pagou salários exorbitantes em 2008, fez questão de repassar o custo do novo reforço Bolanõs para a DIS. De acordo com o diretor de futebol, Adilson Durante, nos próximos dias haverá uma reunião com o parceiro para acerto de alguns detalhes. Não está definido, por exemplo, como será a divisão dos direitos econômicos do atacante.

janeiro 12, 2009 Posted by | Santos | , , , , | Deixe um comentário

Luizinho acerta sua ida para o Santos

Lateral-direito do Flamengo é emprestado ao clube paulista pelo Cruzeiro

Reprodução/Site Oficial do Santos

Luizinho assinou contrato nesta terça

O Cruzeiro confirmou, nesta terça-feira, a ida do lateral-direito Luizinho para o Santos. O jogador, que atuou pelo Flamengo nas duas últimas temporadas, foi emprestado gratuitamente ao Peixe.

Luizinho chegou ao clube carioca no início de 2007, a pedido do técnico Ney Franco, na época, também no Rubro-Negro. Depois de uma temporada sem conseguir se firmar como titular, o ano de 2008 foi melhor para o jogador, que agora deixa a Gávea.

Luiz Antônio de Oliveira, de 26 anos, foi revelado pelo Guarani-MG e já passou por oito clubes. Em 2006, ele foi eleito o melhor lateral-direito do Campeonato Mineiro, pelo Cruzeiro.

dezembro 30, 2008 Posted by | Cruzeiro, Flamengo, Santos | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cluj surpreende Roma na capital italiana

Equipe da Romênia vence time de Júlio Baptista de virada.

Na grande surpresa da rodada, o Cluj, da Romênia, venceu a Roma por 2 a 1 no Estádio Olímpico, nesta terça-feira, pela primeira rodada do Grupo A da Liga dos Campeões. Panucci abriu o placar para o time italiano, mas Culio, com dois gols, garantiu a virada para a equipe visitante.

O fator campo não foi suficiente para a Roma deixar o primeiro tempo com vantagem. O time italiano atacou, abriu o placar, mas acabou cedendo o empate para os romenos do Cluj.

O zagueiro Pannuci, de cabeça, abriu o placar para os italianos aos 17 minutos do primeiro tempo, após aproveitar um cruzamento de De Rossi. Quando tudo parecia caminhar com tranqüilidade para a Roma, Culio acertou uma boma de fora da área, pegou Doni antecipado, e empatou.

Na etapa final, veio a surpresa. Novamente, Culio balançou a rede em Roma. A bola ainda desviou em Cassetti antes de entrar. Depois desse lance, desespero dos italianos. Perdidos, os jogadores da Roma tentaram na base da vontade, mas esbarraram na falta de qualidade e tranqüilidade.

FICHA TÉCNICA:
ROMA 1 X 2 CLUJ

Estádio: Estádio Olímpico de Roma (ITA)
Data/hora: 16-09-2008/15h45
Árbitro: Iouri Baskakov (RUS)
Auxiliares: Tikhon Kalugin e Anton Averianov (RUS)
Cartões amarelos: Pereira e Peralta (CLU), Cicinho (ROM)
Cartões vermelhos:
GOLS: Panucci 17′ 1ºT (1-0), Culio 27′ 1ºT (1-1) e Culio 4′ 2ºT (1-2)

ROMA: Doni, Cicinho, Casseti, Pannuci (Loria/intervalo) e Riise (Totti 7’/2ºT); De Rossi, Aquilani, Taddei (Montella 32′ 2ºT) e Júlio Baptista; Tonetto e Vucinic. Técnico: Luciano Spalleti Beltrano.

CLUJ: Stancioiu, Tony, Cadú, Vieira e Pereira, Muresan, Dani, Trica (Peralta 22′ 2ºT) e Culio; Koné e Dubarbier (Panin 43′ 2ºT). Técnico: Maurizio Trombetta

setembro 17, 2008 Posted by | Futebol Europeu | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Brazucas garantem vitória da Inter na Grécia

Mancini e Adriano marcam no triunfo por 2 a 0 sobre o Panathinaikos, na Grécia.

A Internazionale suou para vencer o Panathinaikos por 2 a 0, nesta terça-feira, na Grécia, pela primeira rodada do Grupo B da Liga dos Campeões. Os gols da equipe italiana foram marcados pelos brasileiros Mancini e Adriano.

A vitória fora de casa deixa a Inter na liderança do grupo, com três pontos. Sem pontuar, os gregos ocupam a lanterna. Werder Bremen e Anorthosis, que empataram na Alemanha, dividem a segunda posição com um ponto.

As duas equipes tiveram boas chances para marcar na primeira etapa, mas só a Inter balançou redes. Aos 27 minutos, Ibrahimovic fez grande jogada, invadiu a área e rolou para Mancini. Livre, o brazuca só escorou para o gol.

Apesar de invicto, o goleiro Júlio César teve trabalho. Moon, em chutes de fora da área, assustou o brasileiro, chegando acertar o travessão da meta italiana.

O Panathinaikos voltou melhor para o segundo tempo. Aos sete, o brasileiro Cleyton teve grande chance para empatar, mas, de frente para Júlio César, bateu para fora.

Acomodada com a vantagem, a Inter se segurou atrás e passou a esperar o adversário. Com espaço, os gregos insistiram no ataque, mas tiveram problemas para furar a defesa italiana. Quando chegaram, pararam no goleiro brasileiro.

O desespero dos anfitriões facilitou o trabalho da Inter, que matou o jogo aos 40. Adriano, que entrara no segundo tempo, recebeu cruzamento de Ibrahimovic e pegou bem para fechar o placar.
FICHA TÉCNICA:
PANATHINAIKOS 0 X 2 INTERNAZIONALE

Estádio: OACA Spiro Louis, Atenas (GRE)
Data/hora: 16/9/2008 – 15h45min (de Brasília)
Árbitro: Manuel Mejuto González (ESP)
Auxiliares: Juan Carlos Jiménez (ESP) e Javier Hugo Robles (ESP)

Cartões amarelos: Cleyton (PAN); Materazzi, Maicon (INT)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Mancini, 27’/1ºT; Adriano, 40’/2ºT

PANATHINAIKOS: Galinovic, Vintra, Simão, Goumas e Nilsson (Christodoulopoulos, 27’/2ºT); Gilberto Silva, Moon (Souza, 37’/2ºT), Marcelo Mattos, Cleyton e Karagounis (Ivanschitz, 36’/1ºT); Salpingidis. Técnico: Henk Ten Cate.

INTERNAZIONALE: Júlio César, Maicon, Córdoba, Materazzi e Maxwell; Cambiasso, Vieira (Muntari, 18’/2ºT) e Zanetti; Quaresma (Figo, 17’/2ºT), Mancini (Adriano, 37’/2ºT) e Ibrahimovic. Técnico: José Mourinho.

setembro 17, 2008 Posted by | Futebol Europeu | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário