Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Seleção Brasileira bate Egito com gol ‘no grito’

Árbitro quase deixa passar pênalti da vitória por 4 a 3

Kaká comemora o primeiro gol na vitória sobre o Egito (Crédito: EFE)

Kaká comemora o primeiro gol na vitória sobre o Egito

LANCEPRESS!

“No grito”, a Seleção espantou a zebra e venceu o Egito por 4 a 3, nesta segunda-feira, em Bloemfontein, na estreia na Copa das Confederações. O gol da vitória saiu nos minutos finais, em pênalti corretamente marcado após pressão dos brasileiros.

Kaká (duas vezes), Luís Fabiano e Juan marcaram os gols da Seleção. O Egito descontou com Shwanky e Zidan, que marcou duas vezes, assim como o quase xará francês Zidane na final da Copa do Mundo de 1998.

Com a vitória, o Brasil assumiu a liderança do Grupo B da competição, com três pontos. A primeira rodada terá ainda o duelo entre Itália e Estados Unidos, também nesta segunda.

A Seleção volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta os Estados Unidos, em Pretoria, às 11h (de Brasília). Horas depois, o Egito encara a Itália, em Johanesburgo.

O JOGO

O Egito surpreendeu por sua postura em campo: sem a bola, não deixou espaços; com ela, teve velocidade nos passes e levou perigo. Principalmente nas bolas cruzadas na área, os africanos assustaram a defesa brasileira.

Ainda assim, o Egito não conseguiu parar Kaká. Logo aos cinco minutos, o apoiador deu dois chapéus dentro da área e bateu colocado: golaço com a assinatura do novo craque do Real Madrid.

O gol não abalou o adversário, que chegou ao empate em jogada de contra-ataque, aos nove. Aboutrika recebeu na direita e cruzou para área. Juan falhou na marcação e Zidan completou de cabeça.

O Brasil, no entanto, deu o troco na mesma moeda. Dois minutos depois, Elano levantou a bola na área e Luís Fabiano, com uma bela cabeçada, marcou. Juan, desta vez após cobrança de escanteio, fez o terceiro em boa jogada ensaiada.

Mesmo em vantagem, a Seleção teve dificuldades para chegar ao ataque. Diante do bom sistema defensivo do Egito, as melhores opções saíram em lances de bola parada. Atrás, os brasileiros também se complicaram.

Rápidos no ataque, os africanos chegaram ao empate no início do segundo tempo. Aos oito, Shwanky bateu firmemente da entrada da área, após boa troca de passes. Em contra-ataque, Zidan fez o terceiro no minuto seguinte.

Dunga mexeu na equipe para tentar dar mais presença de área ao ataque, com Alexandre Pato no lugar Robinho. Ramires também entrou, na vaga de Elano. No entanto, as mudanças não deram resultado.

Na garra, a Seleção pressionou no fim e chegou à vitória em lance polêmico. Aos 43, Lúcio bateu para o gol e El Mohamadi tirou com o braço. O árbitro hesitou, mas acabou marcando o pênalti após ser avisado pelos brasileiros. Kaká cobrou bem e evitou o tropeço.


FICHA TÉCNICA:

BRASIL 4 X 3 EGITO

Estádio: Free State Stadium, Bloemfontein (AFS)
Data/hora: 15/6/2009 – 11h (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Auxiliares: Peter Kirkup (ING) e Michael Mullarkey (ING)

Cartões amarelos: Moawad (EGY)
Cartões vermelhos: El Mohamadi, 44’/2ºT (EGY)
GOLS: Kaká, 5’/1ºT (1-0); Zidan, 9’/1ºT (1-1); Luís Fabiano, 11’/1ºT (2-1); Juan, 36’/1ºT (3-1); Shwanky, 8’/2ºT (3-2); Zidan, 9’/2ºT (3-3); Kaká, 45’/2ºT (4-3)

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Lúcio, Juan e Kleber (André Santos, 37’/2ºT); Gilberto Silva, Felipe Melo, Elano (Ramires, 17’/2ºT), Kaká e Robinho (Alexandre Pato, 17’/2ºT); Luís Fabiano. Técnico: Dunga.

EGITO: El Hadary, Hani Said, Gomaa e Ahmed Said; Fathi, Hassan (Ahmed Eid, 5’/2ºT), Shwanky, Hosni (El Mohamadi, 30’/2ºT) e Moawad; Aboutrika e Zidan. Técnico: Hassan Shehata.

junho 15, 2009 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Santistas se divertem com dia de ‘modelo’

Paulo Henrique, Neymar, Madson e Molina mostraram o terceiro uniforme do clube da Baixada

Parte do elenco santista mostrou o novo uniforme da equipe da Baixada (Foto: Ivan Storti)

Parte do elenco santista mostrou o novo uniforme da equipe da Baixada (Foto: Ivan Storti)

LANCEPRESS!

Os jogadores Molina, Neymar, Madson e Paulo Henrique viveram um dia atípico em suas carreiras: foram modelos no lançamento do terceiro uniforme do Santos, nesta segunda-feira, num heliporto em Santos.

rock: Molina, na guitarra; Madson, no vocal; Neymar, na bateria, e Paulo Henrique nos teclados.- Tirei de letra, mas não dá pra seguir carreira – brinca Neymar, que fez até “paradinha” para as câmeras.

O meia Madson também brincou com a experiência inédita. O jogador garante, inclusive, já ter sido “sondado” para outros eventos.

– Vou dar nota 8 pra mim. Isso pela postura, claro. Onde é que você vai encontrar um modelo baixinho que nem eu? Se as empresas quiserem um cara chique, de olho claro e baixinho, é só me chamar – diverte-se o camisa 10 do Peixe.

Ao final do evento, foi a vez de os atletas também se aventurarem como uma banda de

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 1, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , | Deixe um comentário

Paulo Autuori forçou jogadas pelas pontas

Primeiro treino do novo técnico foi aplaudido por torcedores

Autuori inicou os trabalhos no Grêmio

Autuori inicou os trabalhos no Grêmio (Crédito: Ricardo Rímoli)

LANCEPRESS!

Em seu primeiro trabalho como treinador do Grêmio, nesta segunda-feira, realizado no gramado suplementar do Olímpico logo após a entrevista coletiva, Paulo Autuori comandou um treinamento técnico.

Os jogadores podiam dar apenas um toque na bola, na transição da defesa para o ataque. Autuori orientava a chegada dos meias e dos laterais à linha de fundo, de onde saíam os cruzamentos para o arremate dos atacantes dentro da área. Para finalizar, foram montados três times que participaram de um mini-coletivo em campo reduzido.

A movimentação foi acompanhada por aproximadamente 200 torcedores, que aplaudiram o treinador em sua passagem para o gramado. O auxiliar Renê Weber esteve ao lado de Autuori durante todo o tempo. Já o preparador físico Gilvan Santos tem chegada prevista a Porto Alegre para esta terça.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 18, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , | Deixe um comentário

Jornal português dá como certa a transferência de Ramires para o Benfica

‘Record’ dá destaque principal para a notícia. Até o momento, clube mineiro não confirma a negociação

Ampliar Foto divulgacao/divulgacao divulgacao/divulgacao

Manchete do site do jornal ‘Record’

Primeiro foi o jornal português “A Bola”, nesta segunda-feira, dizer que um representante do Benfica estaria no Brasil para contratar Ramires para o Benfica. Agora é a vez do diário “Record”, em sua versão online, dar destaque principal para um suposto negócio fechado, afirmando que o volante do Cruzeiro já é do clube português.

“Ramires já é do Benfica”, estampa o site. De acordo com o Record, Ramires vai ser o substituto de Katsouranis, que está indo para o Hamburgo. Ainda segundo a matéria, é o assessor do Benfica, Paulo Gonçalves, quem está negociando com o Cruzeiro em Belo Horizonte e ele já teria entrado em acordo com o clube brasileiro.

Pelo lado celeste, por enquanto o discurso é de negar a transferência. Ao chegar a Belo Horizonte, retornando de Recife, onde o Cruzeiro enfrentou o Náutico no domingo, o diretor de futebol, Eduardo Maluf, foi enfático:

– O Cruzeiro não teve nenhuma proposta oficial para nada, fomos até pegos de surpresa. O Guilherme (Mendes, diretor de comunicação) que me falou em São Paulo. Não teve nada.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 18, 2009 Posted by | Cruzeiro | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Botafogo domina noite de prêmios do Carioca

Alvinegro teve quatro na seleção do Estadual, Flamengo teve três

O atacante Maicosuel, do Botafogo, foi eleito o craque do Campeonato Carioca

O atacante Maicosuel, do Botafogo, foi eleito o craque do Campeonato Carioca (Crédito: LANCEPRESS!)

LANCEPRESS!

A festa de premiação dos melhores do Campeonato Carioca, nesta segunda-feira, no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, pertenceu ao atacante Maicosuel, do Botafogo. Ele faturou o prêmio de craque do Carioca além de fazer parte da seleção da competição.

Curiosamente, o campeão Flamengo só teve três indicados, um a menos que o Botafogo, o vice. Com baixa adesão dos quatro
grandes clubes do Rio, pois o Vasco se encontra no Nordeste por causa da Copa do Brasil e o Flamengo se preparando para viajar para enfrentar o Fortaleza, também pela competição nacional, a festa reuniu poucas figuras do futebol.

Porém, uma delas, o técnico Cuca, do Flamengo, compareceu ainda demostrando o alívio pela conquista do Estadual. Para ele, a sequência da sua carreira ganhou um caminho menos espinhoso.

– As coisas vão continuar difíceis, porém tirei esse peso das costas. O Estadual também serve de parâmetro para acertarmos o time para o Brasileirão – concluiu Cuca, que explicou a emoção de ser escolhido o melhor técnico:

– Posso até não lembrar de outros títulos, mas essa conquista jamais vou esquecer.

Este ano, foram 14 prêmios no total: goleiro (Bruno, Flamengo), lateral-direito (Leonardo Moura, Flamengo), zagueiros (Juninho, Botafogo e Ronaldo Angelim, Flamengo), lateral-esquerdo (Ramon, Vasco), volantes (Leandro Guerreiro, Botafogo e Nilton, Vasco), meias (Carlos Alberto, Vasco e Maicosuel, Botafogo), atacantes (Bruno Meneghel, Resende e Victor Simões, Botafogo), técnico (Cuca), atleta revelação (Ramon, Vasco), além do melhor árbitro (Péricles Bassols).


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 4, 2009 Posted by | Botafogo, Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Ceni se machuca em treino e preocupa

Médico diz que pode ter havido fratura no tornozelo

LANCEPRESS!

Rogério Ceni é dúvida para o jogo desta quarta-feira, contra o Independiente de Medellín (COL), na Colômbia, pela Copa Libertadores. Em treinamento em campo reduzido, nesta segunda-feira, o goleiro deixou o gramado com muitas dores no tornozelo esquerdo.

As fotos do momento da contusão de Rogério Ceni

– É complicado dizer alguma coisa, temos suspeita, ele foi fazer uma radiografia mas só depois dela poderemos dizer algo. Ele sentiu uma dor muito forte e preocupa. Precisamos definir rápido, se tiver algo ósseo, podemos ver rapidamente – afirmou o médico José Sanchez.

A preocupação inicial é de ser fratura no maléolo lateral (osso do tornozelo) ou então algo ligamentar. Para o médico, a chance maior é de o primeiro problema ser diagnosticado.

– A forma como ele saiu preocupa muito, já que ele tem boa resistência quanto a dor. Mas não vamos antecipar nada para que não se crie nenhum alarde – completou Sanchez.

Este ano, o goleiro já ficou duas vezes no Reffis, ambas por problema de contratura muscular na coxa direita.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

abril 13, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , | Deixe um comentário

Tricolor lança projeto de filme em homenagem ao torcedor

Longa contará a história dos são-paulinos que acompanharam as conquistas no Brasileirão

Página principal do site oficial do Filme "Soberano"Página principal do site oficial do Filme “Soberano”

LANCEPRESS!

O São Paulo, conhecido por seu planejamento e campanhas de marketing, lança, nesta segunda-feira, o projeto do filme “Soberano”. O longa-metragem terá como tema as histórias dos seis títulos do Campeonato Brasileiro conquistados pelo clube, desde o primeiro, em 1977, até o último, em 2008, quando o Tricolor também conquistou o tricampeonato consecutivo.

O filme será dirigido por Carlos Nader, terá o roteiro de Maurício Arruda, que já disputou o Oscar com um de seus documentários sobre futebol, e a trilha sonora ficará a cargo do músico Nando Reis, ex-Titãs e conhecido por ser torcedor fanático do São Paulo. Aliás, ser são-paulino é algo que toda a equipe tem em comum. Além dos três integrantes da produção, estava presente no lançamento o diretor de marketing do Tricolor, José Casares:

– Este filme será diferente do DVD do hexacampeonato, distribuído em bancas após a conquista. Será muito mais complexo e focado na história de vida dos torcedores – explicou Casares.

A idéia é que o documentário mescle os relatos dos principais personagens das conquistas, como Muricy Ramalho, Telê Santana, Raí e Rogério Ceni, com depoimentos de torcedores e suas histórias interligadas às conquistas. Os testemunhos serão escolhidos através do site oficial do filme, www.filmesoberano.com.br, onde os são-paulinos estão convocados a deixar a sua história para fazer parte do roteiro.

Segundo Arruda, os depoimentos são parte essencial do filme, já que o personagem principal da história será os dramas dos torcedores durante as conquistas. Podem ser enviados relatos, fotos e videos:

– Tudo ficará no site para que os outros fanáticos possão ver todas as histórias – afirmou o roteirista.

Casares também falou sobre a provável comparação com o longa-metragem “Fiel”, lançado recentemente pelo Corinthians, também em homenagem a sua torcida, que acompanhou o time durante o rebaixamento para a série B do Campeonato Brasileiro e também a volta para a elite:

– É óbvio que a comparação vai existir. Mas são temas diferentes, propostas diferentes, e além disso, tinhamos este projeto pronto desde a conquista do pentacampeonato brasileiro. Porém, mesmo que a idéia não tivesse sido nossa, não temos problemas em copiar boas idéias de marketing no futebol, porque este tipo de iniciativa só favorece o futebol brasileiro – conclui.

março 9, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ainda surpreso por ter sido barrado no clássico, Miranda pensa na Libertadores

Zagueiro conta que gostaria de ter enfrentado o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, mas elogiou o desempenho do grupo

Ampliar Foto Gaspar Nóbrega/VIPCOMM Gaspar Nóbrega/VIPCOMM

Miranda reforça o Tricolor na Libertadores

O zagueiro Miranda admitiu na reapresentação do elenco do São Paulo, nesta segunda-feira, no Centro de Treinamentos, que ficou surpreso e triste assim que foi informado pelo técnico Muricy Ramalho que não ficaria sequer no banco de reservas no duelo contra o Corinthians, no último domingo, no Morumbi, que terminou empatado por 1 a 1, pelo Campeonato Paulista. Mas, apesar de ter revelado que queria atuar no clássico, ele já pensa exclusivamente na estreia na Libertadores. O Tricolor encara o Independiente Medellín, quarta-feira, às 21h50m, em casa.

– Eu confesso que fiquei surpreso e triste por não ter sido relacionado para enfrentar o Corinthians. Mas me mantive tranquilo, pois temos um elenco de qualidade e suportamos bem o ritmo do clássico – analisou Miranda.

Apesar de lamentar a sua ausência no clássico, o zagueiro do São Paulo afirmou que o duelo na Libertadores será bem diferente. Em sua avaliação, a equipe será mais exigida pelo adversário colombiano e terá de mostrar serviço dentro de casa, onde terá o apoio maciço do torcedor.

– A Libertadores é uma competição diferente. A exigência nos jogos é maior. Não podemos ter a mesma tranquilidade que temos no Campeonato Paulista. É preciso entrar em campo atento, procurando dar um pouco a mais em campo, e sabendo que os jogos exigem mais força física – justificou o zagueiro.

A eliminação do São Paulo na Libertadores do ano passado, quando nos acréscimo do segundo tempo sofreu o terceiro gol do Fluminense, na derrota por 3 a 1, no Maracanã, pelas quarta-de-final, ainda está viva na memória de Miranda. Mas, apesar do sofrimento, ele entende que aquela situação serviu de aprendizado para o elenco, que está consciente de que não pode mais repetir vacilos nos finais das partidas.

– Perder um jogo no último minuto e ser eliminado da Libertadores é muito decepcionante. Erramos em uma cobrança de escanteio. Mas aquilo serviu de aprendizagem. Precisamos ter atenção do primeiro ao último minuto – ressaltou Miranda.

fevereiro 17, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em dia de estrela, Lenny leva dura de Luxa: ‘Ele ainda precisa fazer muito mais’

Treinador não gostou das entrevistas do atacante, autor de três gols contra a Ponte Preta, e prometeu conversa com o jovem de 20 anos

Julyana Travaglia/Globo Esporte Julyana Travaglia/Globo Esporte

Lenny durante o embarque para a Bolívia

Lenny está em alta no Palmeiras. Mesmo sem ser considerado titular da equipe alviverde, o jovem atacante tem sido a estrela neste começo de temporada. Prova disso foi a recepção que teve no aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos, nesta segunda-feira, dia em que o restante da delegação embarcou para a Bolívia. Na quarta, o Verdão encara o Real Potosí, pela primeira fase da Taça Libertadores da América.

Cercado por jornalistas e assediado por fãs, Lenny deu autógrafos, tirou fotos e acenou para algumas pessoas que gritavam em um andar superior pedindo para o atacante olhar. Como a maioria que embarcou nesta segunda era reserva, as atenções foram todas para o camisa 19. A felicidade do atacante, porém, deve durar pouco, porque o técnico Vanderlei Luxemburgo prometeu uma “dura” no jogador.

– Eu vi as entrevistas do Lenny hoje e me assustei com a semelhança em relação ao Lenny de anos atrás, considerado um craque depois de um gol em cima do Cruzeiro (quando ainda atuava pelo Fluminense). Não falei com ele ainda, mas vou falar. Ele tem de continuar cavando barro duro atrás de minhoca – falou o treinador.

Após um 2008 de críticas, principalmente porque o atacante não anotou sequer um gol, Luxa iniciou 2009 dizendo que Lenny devia deixar de ser “criado pelos avós”. Mais tarde, após um bom começo do jovem de 20 anos, o treinador chegou a declarar que ele tinha passado a “filhinho do papai”. No último domingo, após três gols no avante contra a Ponte Preta, o técnico o considerou “moleque de rua”.

– O Lenny fez três gols num jogo só, mas ainda tem de fazer muito mais. Não pode acontecer como da outra vez, que falaram muito dele e depois ficou sumido – acrescentou o comandante alviverde antes do embarque para Bolívia.

Pouco antes das declarações de Luxemburgo no saguão do aeroporto, Lenny havia passado e comentado a importância do técnico na sua evolução – o atacante participou dos cinco jogos do Verdão na temporada e balançou as redes quatro vezes (uma contra o Marília e três diante da Ponte).

– Quando ele (Luxemburgo) falou aquele negócio de eu ser criado pelos avós, sabia que eu gostaria de dar uma resposta dentro de campo. Eu tenho personalidade forte. Quando me batem eu quero bater também. Ele queria que eu voltasse a jogar bem. E não fosse a força que ele fez para eu ficar, não teria ficado – declarou Lenny.

Na partida de quarta-feira, contra o Real Potosí, na Bolívia, o atacante pode continuar na reserva. O ataque titular deve ser Willians e Keirrison. Como venceu no Palestra Itália por 5 a 1, o Palmeiras pode até perder por 3 a 0 que avança para a fase de grupos.

fevereiro 2, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Marcinho é o novo reforço do Furacão

Atacante estava no Japão e encerra ciclo de contratações no clube

Divulgação/Site Oficial do Atlético-PR

Marcinho estava no Kashima Antlers, do Japão

O Atlético-PR tem mais um reforço para o setor ofensivo. O clube anunciou, nesta segunda-feira, a contratação do meia-atacante Marcinho, que estava no futebol japonês, onde foi campeão nacional em 2008, com o Kashima Antlers. Com passagens pelo Cruzeiro, São Caetano, Corinthians e Palmeiras, onde foi vice-artilheiro do Brasileiro em 2005, com 18 gols, o jogador de 27 anos acertou contrato de dois anos com o Furacão.
Apesar da boa temporada no Japão, Marcinho decidiu voltar ao futebol brasileiro e a boa infraestrutura do Atlético-PR pesou para que o atacante optasse pela Arena em seu retornou ao país.
– Estou bastante feliz. Todo o atleta gostaria de jogar no Atlético Paranaense, pela estrutura, pelo projeto e tudo que a equipe oferece – disse o jogador ao site oficial do clube.

O presidente do Conselho Administrativo do clube, Marcos Malucelli, analisou a contratação do meia-atacante e se mostrou muito satisfeito com a nova aquisição do Furacão.
– A vinda do Marcinho atende a uma necessidade que tínhamos de aprimorar ainda mais tecnicamente o time, deixando em condições de lutar pelo título estadual e da Copa do Brasil, que para o Atlético inicia-se em março. Com isso, criamos oportunidade para que o time se entrose para o Campeonato Brasileiro – disse o dirigente.
Marcos Malucelli confirmou, ainda, que o acerto com Marcinho encerra o ciclo de contratações no Atlético-PR.
– Com a chegada desse reforço fechamos o elenco e ficamos na expectativa de que todos correspondam ao que espera a diretoria e comissão técnica. Conforme promessa de campanha, estamos enxugando o elenco e deixando o grupo com mais qualidade – concluiu
Confira a ficha técnica de Marcinho
Nome Completo: Marcio Miranda Rocha da Silva
Posição: Meia-atacante
Nascimento: 20 de março de 1981, em Campinas-SP
Peso: 70 Kg
Altura: 1,71 m
Clubes Anteriores: Paulista de Jundiaí F.C (1996-2001); Corinthians (2002); A.D. São Caetano (2003-2005); Palmeiras (2005-2006); Kashima Antlers (2008); Cruzeiro E.C (2007-2008)
Títulos: Campeão Paulista A2 (2001); Campeão Brasileiro Serie C (2001); Vice-Campeão Brasileiro Série A (2002); Campeão Paulista A1 (2004); Campeão Mineiro (2008); Campeão Japonês – J League (2008)

janeiro 12, 2009 Posted by | Atlético-PR | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário