Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Barueri x Grêmio: para encostar nos primeiros colocados

Coincidentemente, equipes têm a mesma pontuação no Campeonato Brasileirão

(Crédito: Ricardo Ciantar)

LANCEPRESS!

Após quebrar um jejum de quatro partidas sem vencer, ao golear o Vitória por 4 a 0, o Barueri já se prepara para outro difícil compromisso pelo Brasileirão. Neste domingo, recebe o Grêmio, na Arena Barueri, às 18h30, no “confronto dos Grêmios”.

A partida é decisiva para as duas equipes, ambas com 25 pontos na tabela, para que não terminem o primeiro turno longe do bloco dos primeiros colocados. Para o técnico Estevam Soares, mesmo com o adversário tendo conquistado apenas dois dos 24 pontos disputados longe de Porto Alegre, as dificuldades serão muitas.

– O Grêmio é um dos candidatos ao título, apesar da diferença de pontos do líder. Será mais um jogo difícil – disse.

Para a partida, Soares terá o retorno do volante Ralf, após cumprir suspensão. Lesionado, o atacante Val Baiano, um dos artilheiros do campeonato com nove gols, segue desfalcando a equipe. Assim, Luís deve seguir como o camisa 9 do time paulista.

– O Grêmio é um dos maiores times do Brasil e já foi campeão mundial. Temos de respeitar, mas não nos intimidar. Vamos entrar em campo com seriedade para tentar conquistar uma vitória – disse o atacante, autor de dois gols do Grêmio Barueri contra o Vitória.

No outro Grêmio, por mais que desvie a conversa, não se consegue evitar que se fale em seu pífio aproveitamento fora de casa – dois empates, seis derrotas e nenhuma vitória. A diferença contra o Barueri é que o Tricolor vem de uma atuação muito convincente como visitante, no 1 a 1 com o Palmeiras.

Mais do que o empate, ficou a lembrança do melhor desempenho fora do Olímpico neste Brasileiro. O que aumentou o otimismo.

– Se repetirmos o segundo tempo do Palestra Itália, o tabu acaba neste domingo – aposta Souza.

O Grêmio terá dois desfalques na defesa: o zagueiro Réver, que levou uma pancada na cabeça contra o Palmeiras e seguirá em repouso, e o lateral-esquerdo Fábio Santos, que na mesma partida sofreu uma fratura no pé esquerdo.

Thiego, substituído por Rafael Marques no intervalo, recupera lugar na zaga; Jadílson, de atuação superior à que Fábio Santos vinha tendo, continua na lateral.

O rendimento geral da equipe contra o Palmeiras, cresceu no segundo tempo, quando Paulo Autuori aderiu ao 3-5-2: substituiu Thiego, então na lateral-direita, pelo zagueiro Rafael Marques, e deu ao volante Túlio as funções de ala-direita. Autuori, no entanto, não admite que tenha adotado aquele esquema tático, usado pelo Grêmio antes de sua chegada – prefere falar em “variações do 4-4-2”.

Contra o Barueri, o técnico espera que seu time mantenha a eficiência defensiva. No programa “Arena SporTV” desta sexta-feira, ele enfatizou que o fato de seu time ter cometido apenas 14 faltas contra o Palmeiras comprovou essa qualidade.

– Cometer faltas é sinal de preguiça de marcar. Meu time se reagrupa rápido quando perde a bola- explicou.

FICHA TÉCNICA

BARUERI X GRÊMIO

Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Data/hora: 9/8/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Alberto S. Bites (GO)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ).

BARUERI: René; Xandão, André Luis e Leandro Castán; Marcos Pimentel, Ralf, Everton, Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Luís. Técnico: Estevam Soares

GRÊMIO: Victor; Thiego, Leo, Rafael Marques e Jadílson; Túlio, Adilson, Souza e Tcheco; Maxi López e Douglas Costa. Técnico: Paulo Autuori.

agosto 9, 2009 Posted by | Grêmio, Grêmio Prudente | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com show de Val Baiano, Barueri goleia o Náutico

Atacante marcou os quatro gols da partida

LANCEPRESS!

O Barueri bateu o Náutico por 4 a 0 na noite deste domingo, na Arena Barueri, com quatro gols do atacante Val Baiano, e chegou aos 21 pontos na competição, permanecendo na quinta posição. Com a vitória, a equipe da Grande São Paulo chega a marca de nove partidas sem derrota. Essa é a segunda maior série invicta do Campeonato, ficando atrás apenas do Palmeiras, que não perde há dez rodadas. Já o Timbu chegou ao seu oitavo jogo seguido sem vencer e amarga a lanterna da Séria A com apenas nove pontos ganhos.

A primeira oportunidade clara de gol apareceu somente aos 19 minutos do primeiro tempo. Fernandinho fez linda jogada e chutou na trave. A bola sobrou para Val Baiano, com o gol o livre. O centroavante chutou e o zagueiro Asprilla tirou em cima da linha, com a mão e foi expulso. Na cobrança do pênalti o próprio Val Baiano bateu com força e abriu o placar para o time da casa.

Em seguida, o Barueri teve mais duas chances com o volante Márcio Hã. Em chute de fora da área ele assustou o goleiro Eduardo e na outra apareceu livre na área, mas cruzou na mão do arqueiro.

A pressão da equipe da Grande São Paulo era grande. O atacante Fernandinho, que realizou excelente partida, chutou de fora da área e Eduardo buscou no ângulo. No escanteio em seguida, Val Baiano cabeceou para mais uma boa defesa do adversário.

Aos 36, a primeira oportunidade do Timbu. Jhonny cruzou rasteiro da esquerda e Gilmar tocou antes da zaga. A bola passou raspando a trave.

Três minutos mais tarde o Barueri chegou ao seu segundo gol. O lateral Franciscatti apareceu livre na direita e cruzou para área. Novamente Val Baiano apareceu livre e, de cabeça, aumentou a vantagem dos mandantes.

No segundo tempo o Náutico voltou melhor mas quem criou a primeira oportunidade foi o adversário. Fernandinho driblou dois zagueiros, o goleiro e cruzou para o artilheiro da partida. Ele recebeu com o gol livre, dentro da pequena área, mas tentou fazer de bicicleta e acabou chutando fora, perdendo chance incrível.

Aos 25, em nova jogada do atacante, ele tocou por cima do goleiro e Val Baiano foi puxado por Eduardo Erê. O árbitro assinalou pênalti corretamente. Mais uma vez o matador foi para cobrança e fez o seu sétimo gol na competição, assumindo a artilharia da equipe.

Sete minutos mais tarde ele marcou mais um. Fernandinho cruzou da esquerda, a zaga se atrapalhou e a bola sobrou para o novo artilheiro do campeonato, que empurrou para o fundo das redes, anotando o seu quarto na partida, dando números finais ao marcador.

Na próxima rodada, o Barueri vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Flamengo, quarta-feira, às 19h30, no Maracanã. Já o Náutico recebe o Botafogo, no estádio dos Aflitos, no mesmo dia, às 21h50.

FICHA TÉCNICA:
BARUERI 4 X 0 NÁUTICO

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 19/7/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e Helberth Costa Andrade (MG)
Renda/público: R$ 19.365,00 / 1.868 pagantes
Cartões amarelos: Xandão, Diego (BAR); Gladstone, Eduardo Erê (NAU)
Cartões vermelhos: Asprilla, 18’/1ºT (NAU)
GOLS: Val Baiano, 19’/1ºT (1-0); Val Baiano, 39’/1ºT (2-0); Val Baiano, 25’/2ºT (3-0);Val Baiano, 32’/2ºT (4-)

BARUERI: Renê, André Luis, Xandão (Daniel Marques, 27’/2ºT), e Diego; Franciscatti, Marcio Hã, João Vitor (Otacílio Neto, 36’/1ºT), Thiago Humberto e Bruno Ribeiro; Fernandinho (Emiliano, 37’/1ºT) e Val Baiano. Técnico: Estevam Soares.

NÁUTICO: Eduardo, Vágner, Asprilla e Gladstone; Sidny (Eduardo Erê, 20’/2ºT), Galiardo, Derlei , Dinda (Juliano, intervalo) e Jhonny; Gilmar e Carlinhos Bala.
Técnico: Geninho.

julho 19, 2009 Posted by | Grêmio Prudente, Náutico | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Barueri recebe o líder do Brasileirão: Atlético-MG

Partida tem como atrativo o duelo entre artilheiros

LANCEPRESS!

O sétimo colocado Barueri, com dez pontos conquistados, recebe o líder isolado Atlético-MG, que soma 17, na Arena Barueri, neste sábado, às 16h10, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois clubes chegam para esta partida embalados por duas vitórias consecutivas. Os donos da casa bateram Avaí e Cruzeiro. Já o Galo triunfou diante de Náutico e Santos.

Além disso, a Arena Barueri receberá três dos principais artilheiros da atual edição do Brasileiro. Pedrão, anfitrião da tarde e goleador da competição com seis gols, e Éder Luís e Diego Tardelli, ambos do Atlético-MG, com quatro.

O técnico Estevam Soares conta com o atacante Basílio, recuperado de lesão. Já Celso Roth, promove a estreia do zagueiro Alex, além de sacar Thiago Feltri, recolocar Júnior na ala esquerda e escalar novamente o meia Evandro.

O confronto é especial para o zagueiro Leandro Castan, do Barueri. O jogador começou a carreira ainda garoto, nas categorias de base do Atlético-MG, chegando ao clube de Belo Horizonte com apenas 16 anos.

– Cheguei às categorias de base do Atlético em 2003, aos 16 anos. Devo tudo o que aprendi no futebol e na vida a este clube. Cheguei lá menino e saí homem, por isso terei sempre um carinho enorme por ele – comentou Castan.

Já para o goleiro Aranha, o confronto representa um reencontro. No Paulistão, o arqueiro defendia a Ponte Preta, que foi goleada por 5 a 2. Já na decisão do título do interior, Aranha e a Macaca levaram a melhor sobre a Abelha.

– Nós tivemos a felicidade de sair campeão do interior. Agora é outra história, outro clube, mas a dificuldade é a mesma. Muita gente não conhece o time do Barueri, mas quem já jogou em São Paulo sabe que é um clube muito bem estruturado, um estádio belíssimo e um time muito bom – comentou o goleiro.

FICHA TÉCNICA:
BARUERI X ATLÉTICO-MG

Local: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/Hora: 27/6/2009 às 16h10
Árbitro: Pericles Bassols P. Cortez (RJ)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (RJ) e Jackson l Massarra dos Santos (RJ)

BARUERI: Renê, Xandão, André Luiz e Leandro Castan; Éder, Ralf, Everton, Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Pedrão.
Técnico: Estevam Soares.

ATLÉTICO-MG: Aranha, Carlos Alberto, Alex, Werley e Júnior; Jonilson, Renan, Márcio Araújo e Evandro; Éder Luís e Diego Tardelli.
Técnico: Celso Roth.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 27, 2009 Posted by | Atlético-MG, Grêmio Prudente | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Barueri vence de virada e deixa o Avaí na lanterna do Brasileirão

Placar de 3 a 1 na Arena Barueri tira a equipe paulista da zona de rebaixamento. Time catarinense ainda não ganhou uma

Pedrão fez um dos gols da vitória do Barueri sobre o Avaí

Barueri e Avaí entraram em campo, neste domingo, na Arena Barueri, como os dois únicos times sem vitória no Campeonato Brasileiro. Após 90 minutos de futebol, só os catarinenses continuam com a sina. O placar de 3 a 1, de virada, tirou o Barueri da zona de rebaixamento – é o 15º colocado – e deixou o Avaí com a lanterna.

Na próxima rodada o Avaí receberá o Fluminense, sábado, em Florianópolis, enquanto o Barueri vai até Belo Horizonte enfrentar o Cruzeiro no domingo.

Gol no início

A rede balançou logo aos sete minutos de jogo. Marquinhos cobrou falta, mas a bola saiu sem direção. Só que Xandão e Renê trataram de ajudar o meio-campista do Avaí. O zagueiro, na tentativa de desviar, colocou novamente na rota do gol. E o goleiro também colaborou, ao não conseguir parar um lance que parecia fácil de ser evitado.

O time do Sul continuava melhor. Aos 31, Muriqui teve chance de ampliar, mas foi atrapalhado pelo árbitro Willian Marcelo Souza Nery. Após jogada de Michel e Luís Ricardo, pela direita, a bola foi rolada para o meio da área. Quando Muriqui se preparava para completar, o juiz passou na sua frente. Aí, quando tentou retomar o lance, perdeu o domínio.

O Barueri tinha dificuldade para sair jogando. Com os alas Éder e Márcio Careca apoiando pouco, a equipe da casa se via limitada a arriscar subidas pelo meio-de-campo. Aos 36 minutos, o Avaí teve um jogador expulso. Émerson derrubou Fernandinho na entrada da área e recebeu cartão vermelho. Depois de muita discussão, Ewerton bateu forte, mas a bola foi em cima de Eduardo Martini.

Com um a mais em campo, o Barueri tentou compensar a superioridade que era do Avaí. Apesar de ter mais posse de bola, o time paulista pouco criava. Isolado no ataque, Pedrão precisou sair da área para buscar jogo. Aos 46, o camisa 9 arriscou de longe, mas sem muito sucesso.

Barueri faz três gols no segundo tempo

Na volta do intervalo, com duas substituições, o Barueri continuou pressionando. Marcos Pimentel e João Vitor, que entraram nas vagas de Éder e Xandão, melhoraram o futebol do time de Estevam Soares. Silas, com um a menos, trocou Michel por Ânderson. Aos 9, Marcos Pimentel quase empatou, mas Eduardo Martini se esticou todo para defender.

Aos 17, porém, o goleiro do Avaí não segurou. João Vítor achou Ewerton livre dentro da área. Ele só teve o trabalho de dominar, girar e mirar para igualar o marcador.

O gol serviu para animar o Barueri. Após mais pressão, a virada veio aos 38. Fernandinho avançou pela ponta esquerda e cruzou. A zaga do Avaí se atrapalhou, e Pedrão completou para a rede. No minuto seguinte, Marcos Pimentel recebeu de Ewerton, invadiu a área e tocou sem chance para Eduardo Martini: 3 a 1. Vitória de bom tamanho.

junho 14, 2009 Posted by | Avaí, Grêmio Prudente | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Verdão pega Barueri de olho na Libertadores

Palmeirenses querem vitória por mais confiança

LANCEPRESS!

O Palmeiras vive um momento difícil nesta temporada. Há quatro jogos sem vencer, dois pela Copa Libertadores e dois pelo Brasileirão, a equipe visitará neste domingo o Grêmio Barueri, às 18h30, na Arena Barueri, e necessita da vitória se quiser subir na tabela da competição nacional.

A preocupação se torna ainda maior já que o atacante Keirrison está ao mesmo tempo sem marcar gols, o último foi na estreia do Verdão pelo Campeonato Brasileiro, contra o Coritiba, no dia 9 de maio.

Dessa forma, Obina pode se tornar a atração principal. Já fez seu primeiro jogo diante da torcida (contra o Nacional-URU) e foi bastante aclamado. Não foi um jogo perfeito, mas o jogador deu mostras que pode ser esperança de gol.

O técnico Vanderlei Luxemburgo terá apenas um desfalque: o zagueiro Maurício Ramos foi expulso contra o São Paulo e não jogo neste domingo. Fora isso, o comandante contará com todos os jogadores, já que o próximo jogo decisivo do Verdão será só no próximo dia 17. Logo, a força máxima deve estar em campo.

– Para a confiança elevar para a Libertadores, o Palmeiras tem de entrar forte no Brasileiro e vencer esses jogos para ir para o Uruguai com o moral lá em cima – declarou Pierre, um dos líderes do Verdão.

Já o adversário do Alviverde, encontra-se em uma posição pior que a do Verdão, ainda não venceu no Brasileirão.

Para o zagueiro Leandro Castan, o time ainda não engrenou na competição por conta da escassez de gols marcados. Até agora, o Barueri balançou a rede apenas duas vezes.

– Nesses três jogos nossa equipe criou, teve oportunidades, mas marcou poucos gols e acabamos castigados. Agora temos que ter cabeça fria para que os gols aconteçam – analisou o zagueiro.

Sobre o adversário, Castan afirma que sua equipe está preparada para encarar o Verdão de igual para igual.

– Trabalhamos bastante durante a semana e agora vamos buscar nossa primeira vitória no campeonato – acredita.

A grande novidade no time do Barueri deve ser a estréia do zagueiro André Luiz, que entra no lugar do volante Leanderson. Com isso, Estevam Soares passa a armar seu time no 3-5-2. Será a primeira grande mudança que o treinador fará no time desde o início do Brasileirão. Outro que pode perder a vaga no time titular é o lateral Marcos Pimentel, que deve dar lugar a Eder.

FICHA TÉCNICA:
BARUERI X PALMEIRAS

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 31/5/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Auxiliares: Marcio Luiz Augusto (SP) e Vicente Romano Neto (SP)

BARUERI: Rene; Daniel Marques, Leandro Castan e André Luiz; Éder, Ralf, Everton, Thiago Humberto e Márcio Careca; Fernandinho e Pedrão. Técnico: Estevam Soares

PALMEIRAS: Marcos; Wendel, Danilo, Marcão e Pablo Armero; Souza, Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza; Keirrison e Obina. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

maio 31, 2009 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Santos empata e pode se complicar no Paulista

Em partida parelha, nem Neymar conseguiu furar a zaga do Barueri

Kléber Pereira tenta furar o bloqueio do Barueri no empate deste sábado (Foto: Eduardo Viana)

Kléber Pereira tenta furar o bloqueio do Barueri no empate deste sábado (Foto: Eduardo Viana)

LANCEPRESS!

Dessa vez nem Neymar conseguiu dar a vitória ao Santos que saiu apenas com um empate sem gols com o Barueri, na casa do adversário. A velocidade e rapidez dos jogadores ofensivos do Peixe não conseguiram embalar no gramado ruim e molhado da Arena Barueri.

Mesmo depois de perceber que a boa oportunidade seria através de chutes para surpreender o rival, a equipe santista não conseguiu o resultado positivo. E agora? O Peixe se mantém na briga pela quarta colocação do Campeonato Paulista e terá na penúltima rodada do Estadual a chance de passar de fase já que terá o confronto direto com a Portuguesa, atualmente na quinta colocação, empatada em número de pontos com o Santos, mas que ainda entra em campo neste domingo contra o Marília.

O ínicio do primeiro tempo contou com muita vontade do Barueri e mais movimentação do Santos, que se aproveitou da equipe leve e técnica para chegar com mais perigo ao gol do adversário. Foi dessa forma que Neymar conseguiu uma bela falta a favor do Peixe e saiu o gol santista, mas foi anulado pelo bandeirinha que assinalou Fabiano Eller impedido, mesmo não estando na saída da cobrança, já que quem originou o segundo lance foi o próprio jogador do Barueri.

O Barueri também teve um lance duvidoso, Fernandinho sofreu pênalti, mas o juiz Rodrigo Guarizo não marcou e ainda deu um cartão amarelo para o atleta, indicando que ele teria induzido a marcação da penalidade.

Nenhuma das equipes saíram satisfeitas. E os jogadores de ambos os times reclamaram do campo molhado e da dificuldade em chegar à meta adversária.

– O time está bem mais precisa chutar mais ao gol para surpreender o goleiro já que o campo está molhado – advertiu Madson após o término da primeira etapa de jogo.

Assim como já vem se tornando uma rotina nos jogos do Santos, o segundo tempo contou com a melhora do Santos que teve o domínio dos ataques na partida. Mesmo assim o técnico Vagner Mancini não gostou do elenco e tentou movimentar mais o time colocando primeiramente pará pela direita, já que Luizinho pouco subiu ao ataque. Depois foi a vez de sacar o Kléber Pereira, que muito bem marcado, não ajudou o setor ofensivo santista. Por último foi vez do comandante santista ouvir os pedidos da torcida: Molina, que substituiu o garoto Paulo Henrique.

A pressão adiantou mas o resultado não saiu e quem saiu perdendo foi o Santos que batalhou pela vitória para chegar ao G4 do Paulistão. Agora o Peixe torcerá por um tropeço da Portuguesa e tentará definir na próxima rodada contra a Lusa, a vaga para a fase seguinte da competição. O próximo encontro do Santos será na quinta-feira, na Vila Belmiro, às 15h45, contra a Portuguesa. Já o Barueri visita o Santo André, às 21h30, também na quinta-feira.
FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO BARUERI 0 X 0 SANTOS

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 28/03/2009 – 16h10 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Auxiliares: Rafael Luiz da Silva e David Botelho Barbosa
Renda/público: não divulgado
Cartões amarelos: Fernandinho, Esley, Leanderson e Everton (BAR) ; Roni (SAN)

GRÊMIO BARUERI
: Renê; Leanderson, Daniel Marques, Leandro Castan e Márcio Careca; Ralf, Esley (Basílio aos 15’/2ºT), Everton (Júnior aos 37’/2ºT) e Thiago Humberto; Fernandinho e Pedrão (Luís aos 14’/2ºT). Técnico: Estevam Soares.

SANTOS: Fabio Costa; Luizinho (Pará aos 19’/2ºT), Fabão, Fabiano Eller e Triguinho; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Paulo Henrique (Molina aos 27’/2ºT) e Madson; Neymar e Kléber Pereira (Roni aos 24’/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

março 28, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

No rodízio, São Paulo encara Barueri

Muricy esperará até o último minuto para definir escalação do Tricolor

Ampliar Foto Wander Roberto/VIPCOMM Wander Roberto/VIPCOMM

Muricy estuda quem entra no rodízio agora

Depois da correria no empate com o Independiente (COL), pela Libertadores , na última quarta-feira, o São Paulo , ainda cansado, volta as atenções para o Paulistão . O desafio deste sábado é contra o Grêmio Barueri, na Arena Barueri, às 18h30. Sabendo que seus jogadores ainda estão se recuperando da batalha pela competição continental, o técnico Muricy Ramalho vai continuar com o rodízio.

O São Paulo tem 17 pontos e começa a nona rodada na terceira posição. O Barueri tem 13, está em sétimo lugar e tenta usar a partida contra o forte oponente para se recuperar da derrota em casa para o Mirassol na última rodada.

O fato de o Tricolor utilizar um time mesclado torna as coisas mais fáceis para o Barueri? Toninho Moura, um dos três técnicos da equipe, acha que não. Luís Carlos Goiano e Diego Cerri são os outros comandantes do anfitrião.

– O São Paulo é uma grande equipe, com um elenco de qualidade. Não importa quem joga sábado, se titular ou reserva, será um jogo muito duro. Contra o Corinthians eles entraram com uma equipe mista e deram muito trabalho. Mesmo assim também sabemos do nosso potencial e acreditamos numa vitória – ressaltou o confiante Toninho Moura.

Muricy também não poupa elogios ao adversário. Mas o são-paulino não fala apenas sobre a qualidade do clube em campo. Também ressalta a estrutura do Barueri.

– Mostrou que é um clube organizado, porque para subir da Terceira para a Primeira Divisão rapidamente tem que ter organização. Os times têm que seguir esse exemplo. É legal ver um time assim, fazendo as coisas sérias – elogiou o comandante tricolor.

Escolhas em cima do laço

Ampliar Foto Wander Roberto/VIPCOMM Wander Roberto/VIPCOMM

Jean jogou todas e está pronto para outra

A parte física será o principal elemento a ser considerado na escalação do São Paulo neste sábado, garantiu Muricy, Por isso mesmo, o treinador não deu pistas de quem joga. Ele quer esperar até o último minuto possível para ver a recuperação dos jogadores após o jogo da Libertadores.

Jean, que já foi elogiado pelo treinador pela resistência física, deve continuar como titular. Ele foi o único a jogar todas as partidas da temporada. Ceni está recuperado clinicamente, mas não foi relacionado. Bosco será o titular.

– O Rogério está melhorando muito, e no momento que ele e médicos acharem que está na hora, ele volta normalmente. Tem que ter paciência e se preparar bem – resumiu o treinador.

Sem problemas para o duelo

Ampliar Foto Agência/Estado Agência/Estado

Pedrão merece atenção, ressalta Bosco

No Barueri, o trio de técnicos não tem problemas para escalar a equipe. Com todos os jogadores à disposição, o time da casa deve atuar no 4-4-2, com a presença confirmada de Pedrão. O atacante é o artilheiro do Paulistão, com sete gols. E deve ser acompanhado de perto pelo adversário.

– O Pedrão está se destacando e merece atenção especial. Se está marcando gols é porque tem qualidade. O Barueri é um time certinho, joga em casa, no campo que conhece. O Muricy está estudando o conjunto, pois não é só o Pedrão que pode fazer a diferença – analisou Bosco, goleiro do São Paulo.

GRÊMIO BARUERI SÃO PAULO
Renê; Bruno Ribeiro, Daniel Marques, Leandro Castan e Márcio Careca; Leanderson, Ralph, Flávio e Flavinho; Thiago Humberto e Pedrão. Bosco, André Dias, Rodrigo e Miranda; Zé Luis (Joilson), Jean, Arouca, Hernanes (Richarlyson) e Junior Cesar; Dagoberto (Borges) e André Lima (Washington).
Técnico: Toninho Moura. Técnico: Muricy Ramalho.
Estádio: Arena Barueri. Data: 21/02/2009. Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa/SP). Auxiliares: Maria Eliza Correia Barbosa e João Bourgalber Nobre Chaves
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo. O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 18h30m (de Brasília).

fevereiro 21, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário