Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

No sufoco, misto-quente do Palmeiras elimina os peruanos do Sport Áncash

Com muita chuva e o gramado encharcado, o Verdão teve dificuldades para criar e furar o bloqueio defensivo da equipe peruana

Foi um sufoco! Com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, marcado por Jumar,  o Palmeiras eliminou o modesto Sport Áncash, do Peru, com uma vitória suada por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Palestra Itália, e garantiu a classificação para as quartas-de-final da Copa Sul-Americana. O Verdão, que havia empatado sem gols no estádio Nacional, em Lima, no Peru, ainda escalou cinco titulares no primeiro tempo, e aproveitou outros dois na etapa final.

Nas quartas-de-final da Copa Sul-Americana, o Palmeiras enfrentará o Argentinos Juniors, que eliminou o San Luís, do México. As datas e horários daos confrontos entre brasileiros e argentinos será divulgada posteriormente pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol).

Verdão entra em campo com cinco titulares

Além da estréia de Roque Júnior, que futuramente será titular da zaga no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras foi a campo para encarar o Sport Áncash com cinco jogadores da equipe principal: Gustavo, Martinez, Pierre, Sandro Silva e Leandro. E ficaram no banco o meia Diego Souza e o atacante Kléber.

Com mais posse de bola e melhor qualidade técnica, o Verdão ditou o ritmo de jogo. Aos 13 minutos, após cobranças de escanteio de Denílson, Gustavo cabeceou, e Ubillos salvou o gol quase em cima da linha. Mas, apesar da ótima drenagem, as fortes chuvas que castigaram a cidade de São Paulo deixaram o gramado do Palestra Itália encharcado, impedindo o toque de bola.

O Sport Áncash optou pela marcação forte, principalmente no meio-campo, e tentou explorar apenas os contra-ataques. Com dificuldades para criar jogadas ofensivas, o Verdão passou a arriscar chutes de fora da área. Denílson e Martinez arriscaram petardos de longa distância, mas não tiveram êxito.

A melhor chance de gol do Palmeiras aconteceu aos 40 minutos. Roque Júnior se mandou para o ataque e cruzou, na medida, para a cabeçada de Maicosuel. O goleiro Vegas fez grande defesa, à queima-roupa, e espalmou a bola, que sobrou limpa para Jumar, no rebote, desperdiçar grande oportunidade.

Mais dois titulares no segundo tempo

Com Diego Souza e Kléber nas vagas de Maicosuel e Thiago Cunha, respectivamente, o Palmeiras voltou pressionando o Sport Áncash. Tanto que Kléber e Roque Júnior levaram perigo ao gol de Vegas nos três minutos iniciais.  Porém, aos cinco minutos, Sandro Silva deu uma entrada violenta, com o pé no peito de Martínez, e foi expulso merecidamente.

Mesmo com um a menos, o Palmeiras continuou partindo para o ataque. E o Áncash seguiu no mesmo ritmo, ou seja, explorando apenas os contra-ataques, demonstrando claramente satisfação com o empate. Aos 21, Martinez, de fora da área, levou perigo ao gol de Vegas. No minuto seguintes, Calheira, de cabeça, assustou Bruno.

O Áncash criou a sua melhor chance de gol na partida aos 36, quando Calheira chutou da entrada da área e Bruno fez ótima defesa, espalmando a bola para escanteio. O Palmeiras respondeu aos 38, após cobrança de escanteio de Leandro, Gustavo cabeceou, o goleiro espalmou, a bola bateu no travessão, e Diego Souza, no rebote, perdeu o gol.

Aos 40, após nova cobrança de escanteio de Leandro, Gustavo, de cabeça, exigiu boa defesa de Vegas. O Palmeiras continuou pressionando e foi premiado aos 44 minutos, com um golaço de Jumar.

Ficha técnica:

PALMEIRAS 1 x  0 SPORT ÁNCASH
Bruno; Gustavo, Roque Júnior e Martinez; Jumar, Pierre, Sandro Silva, Maicosuel (Diego Souza) e Leandro; Thiago Cunha (Kléber) e Denílson (Evandro). Vegas; Villanueva, Cartagena, Martínez e Ubillos; Sotelo (Garcia), Ruíz, Dástes (Rodriguez), Collantes; Carty (Ribeiro) e Calheira.
Técnico: V. Luxemburgo. Técnico: A. Alzamendi.
Gol: Jumar, aos 44 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Gustavo e Jumar (Palmeiras) e Cartagena, Martínez, Ubillos e Collantes (Sport Áncash). Cartão vermelho: Sandro Silva (Palmeiras).
Estádio: Palestra Itália (SP). Data: 01/10/2008. Árbitro: Martín Vasquez (Uruguai). Auxiliares: Walter Rial e Mauricio Espinosa, ambos do Uruguai.

outubro 2, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , | Deixe um comentário