Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Seleção Brasileira realiza atividade leve

Jogadores foram pouco exigidos no primeiro treino na Granja Comary

A Seleção realizou nesta terça-feira, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), o primeiro treino para os próximos compromissos pelas Eliminatórias para a Copa-2010, contra Venezuela e Colômbia, nos dias 12 e 15, respectivamente. Os jogadores foram divididos em dois grupos e realizaram apenas atividades leves.

O primeiro grupo foi formado pelos atletas que defenderam seus clubes no sábado. Gilberto Silva, Adriano, Alexandre Pato, Kleber, Juan, Daniel Alves, Alex Silva, Mancini, Alex, Lucas, Thiago Silva, Juan Maldonado e Maicon participaram de treino físico-técnico.

Kaká, Lúcio, Robinho, Elano, Jô e Josué, que entraram em campo no domingo, realizaram trabalho de musculação e depois correram no gramado. Já os goleiros Júlio César e Doni treinaram à parte com o preparador da Seleção, Wendell Ramalho.

O próximo treinamento dos brasileiros está previsto para a manhã de quarta-feira, por volta das 9h. No mesmo dia à tarde, há outra atividade programada para as 16h.

outubro 8, 2008 Posted by | Seleção brasileira. | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ex-lateral, Mancini comemora chance como atacante na seleção

Surpresa na lista de Dunga, jogador reconhece que não marcava bem

Acostumado a ser convocado como lateral-direito, Mancini está de volta à seleção brasileira. Agora, como atacante, posição em que faz sucesso no futebol italiano. Depois de se destacar no Roma, o ex-jogador do Atlético-MG foi negociado com o Inter de Milão nesta temporada.

– Já tive varias passagens pela seleção. Sub-20, Olímpica, Copa América de 2004… É um momento maravilhoso na minha vida retornar à seleção agora, na minha posição, como atacante. São cinco anos e meio na Itália jogando como atacante – diz Mancini ao programa “Arena” no SporTV.

O atleta explicou que após ser vendido pelo Atlético-MG para o Roma, deixou de atuar como lateral e reconheceu que nunca foi bom na marcação, o que facilitou sua adaptação à nova posição em campo.

– No meu último ano no Galo eu joguei no 3-5-2, com o Geninho, que pedia para eu atacar muito. No Roma, o Fabio Capelo me colocou pela direita, avançado, e marquei dez gols. Nos últimos três anos no Roma, fui para a esquerda e me saí bem também. Fiz mais de 60 gols pelo clube. Sempre fui ofensivo, era um lateral que não marcava muito bem – conclui.

setembro 25, 2008 Posted by | Seleção brasileira. | , , , , , , , , | Deixe um comentário