Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Ceará, invicto, recebe o Cruzeiro no Castelão

Vozão conta com a melhor defesa do Brasileiro para encarar a Raposa, que também quer a vitória

O Ceará espera ter casa cheia na partida contra o Cruzeiro, neste domingo, às 18h30, no Castelão, para assim manter a vaga no G4 do Campeonato Brasileiro. Já a Raposa viaja para o nordeste querendo não só a vitória, mas também deixar de lado as preocupações extra-campo.

A expectativa é de grande público para a partida em Fortaleza. O Vozão, quarto colocado, ainda está invicto no BR-10, tem a defesa menos vazada e possui a tem um das melhores médias de público da Série A.

Porém, os números não satisfazem plenamente o técnico PC Gusmão. Para ele, o Ceará está no caminho certo, mas ainda precisa de algumas correções e somar o maior número de pontos possíveis antes da pausa para o Mundial na África do Sul.

– A equipe está encaixada e vem fazendo boas partidas. Ainda temos o que melhorar, mas é importante somarmos pontos antes da parada para a Copa do Mundo – afirmou o treinador.

Para o confronto contra a Raposa, PC Gusmão contará com o retorno do volante Heleno, que cumpriu suspensão na partida com o Goiás. Mesmo assim, a volta do jogador ao time titular não está garantida.

– O importante é termos boas opções no elenco e, felizmente, isso vem acontecendo. Todo treinador gosta de uma dor de cabeça boa para definir seu time – ressaltou o técnico.

Quem preocupa é o atacante Washington, que sofreu uma pancada na cabeça durante a partida contra o Goiás, e chegou a ficar em observação em um hospital de Goiânia. Caso não tenha condições de jogo, ele deverá ser substituído por Wellington Amorim.

Cruzeiro vai para Fortaleza em busca da vitória

Cercado de especulações fora de campo, o Cruzeiro tentará esquecer o mundo dos negócios para somar mais três importantes pontos antes da pausa da Copa do Mundo.

Enquanto Fábio é ligado ao futebol português, Kléber ao Palmeiras e Thiago Ribeiro ao alemão, o técnico Adilson Batista poderá repetir a equipe titular que bateu o Botafogo na quarta-feira por 1 a 0.

Sem Diego Renan, com fadiga muscular, a lateral esquerda será ocupada novamente por Fernandinho.

– Meu intuito é voltar a jogar mais vezes e ganhar ritmo de jogo. Mas a gente entende, sabe qual é a exigência dos torcedores. Eles estão acostumados a ganhar, a ver grandes jogos. Mas, às vezes, nem sempre a equipe vai jogar bem. O importante é conquistar os três pontos – afirma Fernandinho.

Além de Diego Renan, a Raposa tem um desfalque no meio de campo. O volante Fabrício não joga e dá lugar ao experiente Fabinho.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ X CRUZEIRO

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data/hora: 30/05/2010, às 18h30 (Horário de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassolis Pegado Cortes (RJ)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (RJ) e Erich Bandeira (PE)

CEARÁ: Diego; Oziel; Fabrício, Anderson e Ernandes; Michel, Heleno, João Marcos e Geraldo; Misael e Wellington Amorim. Técnico: Paulo César Gusmão.

CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Gil, Leonardo Silva e Fernandinho; Fabinho, Marquinhos Paraná, Henrique e Roger; Kléber e Thiago Ribeiro. Técnico: Adilson Batista.

maio 30, 2010 Posted by | Ceará, Cruzeiro | , , , | Deixe um comentário

Líder, Inter recebe o Avaí com time misto

Invicto, Colorado encara o Leão, que ainda não venceu na competição

Inter e Avaí se enfrentam neste domingo (Crédito: Arquivo)

Inter e Avaí se enfrentam neste domingo

LANCEPRESS!

Não é só o Inter completo que vem fazendo bonito. O mistão colorado também. Utilizado em duas das três rodadas, ajudou com seis pontos – dois terços do total – a conquista da liderança do Brasileiro. Para este domingo, o mistão está de novo escalado, agora para recepcionar o Avaí no Beira-Rio. É que vem aí o jogo da volta da semifinal da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Coritiba, no Couto Pereira.

Para ganhar do Palmeiras por 2 a 0, no Beira-Rio, e do Goiás por 1 a 0, no Serra Dourada, o técnico Tite não recorreu a uma mera combinação de titulares e reservas. No primeiro, a certa altura chamou D’Alessandro, Guiñazú e Nilmar, que sentavam no banco. No segundo, liquidou o adversário ao usar Taison nos últimos 35 minutos.

Dessa vez, o procedimento não será diferente: poucos titulares no time, muitos no banco de reservas, para serem utilizados se o tempo fechar.

– Por mim, escalaria força máxima, porque os três pontos poderão fazer falta lá no fim. Mas aqui os médicos passam por cima da vontade do treinador – constatou Tite, conformado.

A base da defesa deve ser a do início contra o Goiás. Talvez apenas com Kleber no lugar de Marcelo Cordeiro. O titular se apresentará à Seleção no dia seguinte e o reserva é o único da posição com que conta o técnico para enfrentar o Coritiba, quarta-feira.

Do meio para a frente, a dúvida é saber quais titulares começarão no banco e quais devem sair no segundo tempo. Guiñazú, que não atuou no meio da semana, é o caso típico. O certo é que D’Alessandro não atuará, pois se recupera de dores musculares. Nem Nilmar. Embora já curado de lesão no quadril, o atacante será preservado para se apresentar inteiro à Seleção, segunda-feira. Quanto a Taison, mistério total.

O confronto com o Avaí servirá para acelerar a recuperação do zagueiro Sorondo. O uruguaio, que vinha de uma parada de oito meses devido a cirurgia no joelho esquerdo, entrou contra o Goiás e produziu atuação irrepreensível em seu forte – o jogo aéreo. Segundo Tite, falta-lhe aprimorar o lance por baixo.

Para o jogo deste domingo o Avaí só terá o desfalque do volante Léo Gago, que continua lesionado. O objetivo da equipe dirigida por Silas é conseguir a primeira vitória na competição e não levar gols bobos durante a partida. E para isso, existe a possibilidade do treinador mudar o esquema do 4-4-2 para o 3-5-2.

O Leão de Santa Catarina ocupa a 13ª colocaçção com 3 pontos dos jogos que empatou antes da quarta rodada. Ao final do dia surgiu uma torcida que pode deixar a torcida do Avaí apreensiva. Silas pode substituir Nelsinho baptista no Sport. O treinador está analisando a proposta do clube pernambucano.

FICHA TÉCNICA

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 31/5/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Nelson Nogueira Dias(PE)
Auxiliares: Josemar José Diniz Moutinho (PE) e Ubiraba Ferraz Jota (PE)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Sorondo, Danny Morais e Kleber; Glaydson, Sandro (Magrão), Guiñazú (Giuliano) e Andrezinho; Talles Cunha e Alecsandro (Leandrão). Técnico: Tite.

AVAÍ: Eduardo Martini, André Turatto, Emerson, Ferdinando e Uendel; Marcos Vinícios, Pingo, Muriqui(Marquinhos) e Caio; Evando e William. Técnico Silas.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 31, 2009 Posted by | Avaí, Internacional | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Invicto, Timão empata sem gols com Bugre

Felipe tem boa atuação, mas Timão perde a segunda colocação

Ronaldo tenta chute, mas não consegue repetir aproveitamento dos últimos jogos (Foto: Ari Ferreira)

Ronaldo tenta chute, mas não consegue repetir aproveitamento dos últimos jogos (Foto: Ari Ferreira)

LANCEPRESS!

A invencibilidade foi mantida, mas a segunda colocação escapou das mãos do Corinthians, que empatou sem gols no jogo contra o Guarani, em Campinas. O time alvinegro, que ficou na igualdade pelo segundo jogo seguido, sofreu com a forte marcação do Bugre, que pressionou durante os 90 minutos.

De bom? Para o Corinthians apenas a invencibilidade que se manteve e agora o Timãoé o único clube do Paulistão que se mantém sem derrotas na competição. Já para o Guarani, o empate sem gols deixou o time na lanterna da competição. Faltando dois jogos para o fim do Estadual, o time de Campinas deve voltar à Série A2 em 2010.

A proposta do Guarani foi clara logo na escalção do time: apenas um zagueiro e seis jogadores no meio-de-campo. Talvez por isso, o Corinthians tenha demorado tanto para conseguir encaixar suas primeiras jogadas no setor ofensivo.

O lance que gerou maior perigo foi aos 17 minutos da etapa inicial, quando Souza e Ronaldo trocaram passes no ataque. O camisa 50 por sinal, mostrou-se bastante empenhado em fazer uma dupla com o R9 e durante o primeiro tempo tentou diversas tabelas de perigo. Mas só empenho não adianta e o jogador não deixou saudades quando saiu de campo aos 30 minutos do segundo tempo para a entrada de Marcelinho.

Mesmo com a retranca armada, o Guarani conseguiu jogadas de perigo principalmente nos minutos iniciais do jogo. Chutes de fora foram as grandes armas do Bugre, que por falta de qualidade técnica não conseguiu concluir na meta corintiana.

O segundo tempo não contou com muitas mudanças, apesar das tentativas dos dois técnicos. O Corinthians não conseguia furar a marcação forte e cerrada do Guarani. Já o adversário de Campinas sufocou a defesa do Timão, que acabou ficando apenas com grandes ameaças no setor ofensivo.

No último lance do jogo, o Bugre ainda teve chance de marcar quando Diego atrasou mal e Felipe teve que dividir Cléverson para salvar o gol. A bola ainda sobrou para Fernando Gaúcho, que mesmo sem goleiro bateu na zaga corintiana.

Os dois times ainda reclamaram das atuações dos dois assistentes Carlos Alberto Funari e Mauricio Helder Luiz Alexandrino que marcaram impedimentos de Ronaldo, do Corinthians e Fernando Gaúcho, ambos mal assinalados.

Na próxima rodada, penúltima desta primeira fase de classificação do Campeonato Paulista, o Corinthians enfrentará o Ituano, em casa, na terça-feira, às 21h50. Já o Guarani, recebe no mesmo dia o Mirassol, às 19h30.
FICHA TÉCNICA:
GUARANI 0 X 0 CORINTHIANS

Estádio: Brinco de Ouro, Campinas (SP)
Data/hora: 28/3/2009 – 21h10 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Roberto dos Santos Jr. (SP)
Auxiliares: Carlos Alberto Funari (SP) e Mauricio Helder Luiz Alexandrino (SP)
Renda/Público: 14.110 pagantes
Cartões amarelos: Andrezinho, Maurício (GUA); Alessandro, Fabinho e Saci (COR)
GOLS:

GUARANI: Douglas, Maurício, Cássio e Walter; Maranhão (Fabinho Romão 46′/2ºT) , Glauber, Rincón, Mário Cesar (Fabinho 44′/2ºT), Danilo Rios (Cleverson, 35′/2ºT) e Andrezinho; Fernando Gaúcho. Técnico: Cidinho.

CORINTHIANS: Felipe, Alessandro, Chicão, Diego e André Santos; Fabinho, Elias, Boquita (Tulio, 22/2ºT) e Douglas (Saci, intervalo); Souza (Marcelinho, 30′/2ºT) e Ronaldo. Técnico Mano Menezes.

março 28, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

De novo com time misto, Inter estreia Alecsandro contra o Caxias

Equipe grená tem remotíssimas chances diante do já classificado Colorado

Ampliar Foto Agência/VIPCOMM Agência/VIPCOMM

Alecsandro: um gol em jogo-treino

O Internacional vai entrar em campo mais uma vez com um time misto neste domingo, quando recebe o Caxias, no Beira-Rio, às 16h (de Brasília), pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Já garantido com o primeiro lugar da Chave 1, com 17 pontos, invicto, o Colorado apenas espera o adversário das quartas-de-final. A grande atração no Gigante será a estreia do atacante Alecsandro com a camisa colorada.

Do outro lado, com remotas chances, o time grená precisa vencer e torcer para que o Grêmio perca seus dois próximos jogos, que o Canoas só conquiste um ponto dos dois compromissos que ainda tem, e que o São José não ganhe do Veranópolis.O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Veja a classificação do Campeonato Gaúcho

O técnico Tite preferiu não usar o termo “revezamento” que foi adotado pelo vice-presidente de futebol Fernando Carvalho, para explicar a equipe mista que empatou sem gols com o Ypiranga na última rodada.

– Isso desvaloriza o grupo de jogadores. Eu falo em oportunidades que estou dando a outros jogadores. O grupo é muito forte – declarou após o treino desta sexta.

A crise com o meia Alex, que andou insatisfeito com as recentes substituições, parece ter estacionado. Tite até elogiou a camisa 10 nos treinos, mas não confirmou se ele estará na equipe domingo.

A novidade fica por conta da estréia do atacante Alecsandro, que deve atuar ao lado de Nilmar, um dos titulares do mistão. Na quinta, o recém-contratado marcou um dos gols da vitória dos reservas colocados por 3 a 0 sobre o Cruzeiro de Porto Alegre.

– Não estou trabalhando apenas para esse jogo de domingo. Se eu tiver a oportunidade de jogar no domingo, vou ficar feliz, mas se não, vou ficar feliz do mesmo jeito – disse o atacante.

No Caxias, parece que a recuperação vai ficar mesmo para o segundo turno. Após a derrota por 1 a 0 para o Avenida, em plano estádio Centenário, seis jogadores foram dispensados: o goleiro Fernando, o lateral-direito Schneider, o zagueiro Emerson, o volante uruguaio Mathias Riquero, o atacante Juliano e o volante e meia Leo Mineiro, a maior surpresa da lista. O técnico Argel disse que já está com reforços em vista.

Ficha do jogo

INTERNACIONAL CAXIAS
Lauro; Bolivar, Índio, Álvaro e Marcão; Sandro, Guiñazu, Magrão e Taison; Alecsandro e Nilmar. Juninho; Tiago Henrique, Zacarias (Ciro), Santín e Aelson; Roberto, Mika, Marielson e Marcus Vinícius; Júlio Madureira e Marcos Denner.
Técnico: Tite. Técnico: Argel.
Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Data: 15/02/2009. Árbitro: Fabrício Neves Corrêa. Auxiliares: Cristiano Arlei Hennig e Carlos Alberto dos Santos Bittencourt.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.

Primeiro turno – oitava rodada (horário do Brasília)
Domingo, 15/02
16h – Avenida x Grêmio
16h – Internacional SM x Santa Cruz
16h – Esportivo x Canoas
16h – Novo Hamburgo x Sapucaiense
16h – Veranópolis x São José POA
16h – Internacional x Caxias
16h – Juventude x São Luiz
20h30m – Brasil de Pelotas x Ypiranga

fevereiro 14, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário