Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Porto Alegre vermelha: mais de 15 mil colorados marcham ao Gigante

Multidão, acompanhada de ídolos do passado, caminha por mais de uma hora entre a primeira e a atual sede do Inter

Edu Rickes /Globo Esporte Edu Rickes /Globo Esporte

Porto Alegre vermelha

Muitos colorados acordaram cedo. Outros tantos sequer dormiram. E milhares deles resolveram comemorar o centenário do Internacional com uma caminhada de mais de uma hora, sob forte sol, na manhã deste sábado, data que marca os 100 anos de vida do clube. A marcha colorada reuniu uma multidão no local da primeira sede do Inter, espaço agora batizado de Praça Sport Club Internacional.

Segundo estimativas da Brigada Militar, pelo menos 15 mil pessoas acompanharam um carro de som até o Beira-Rio.

Veja as imagens do dia colorado

Porto Alegre está pintada de vermelho. A cidade entrou em clima similar ao do dia em que o Inter retornou do Japão, após a conquista do Mundial. Durante toda a madrugada, buzinaços e fogos de artifício avisavam que este sábado, 4 de abril, seria um dia diferente. Cedo na manhã, os colorados começaram a se reunir na esquina das ruas Sebastião Leão e Jornal do Brasil. Lá, um carro de som animava a galera à espera do início do marcha. Aos poucos, também chegaram craques do passado, como Nena, Valdomiro e Claudiomiro. Uma neta de um dos fundadores do clube, os irmãos Poppe, esteve no local e foi homenageada com uma placa. A torcida agradeceu a ela com gritos de “muito obrigado”, em uníssono.

A preparação para a caminhada e todo o percurso da marcha foram marcados por cantos, comemorações de gols históricos e muita festa. As avenidas viraram um mar vermelho. Parecia o Beira-Rio em dia de grande jogo.

– Eu nunca me esquecerei dos dias que passei contigo, Inter! Colorado é coração, trago, amor e paixão, ô, meu Inter! – cantavam os torcedores.

No trajeto, colorados acenavam dos prédios, com as janelas dos apartamentos cobertas por bandeiras do Inter. No Beira-Rio, a multidão irá para a arquibancada superior, de onde assistirá a um show da banda Ataque Colorado. A comemoração atravessará o dia e só será encerrada à noite, com jantar para 3 mil sócios no Gigantinho.

Edu Rickes /Globo Esporte

Multidão, acompanhada de ídolos do passado, caminha por mais de uma hora até a sede

Edu Rickes /GLOBOESPORTE.COM

Pequena torcedora se destaca da multidão de colorados

abril 4, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Gre-Nal: esgotados ingressos para os colorados

Clássico decide quem avança para semifinais do returno do Gauchão

Torcida colorada lotará sua parte no Beira-Rio

Torcida colorada lotará sua parte no Beira-Rio (Crédito: Ricardo Rimoli)

LANCEPRESS!

O Gre-Nal de número 376, que acontece neste domingo, no Beira-Rio, pelas quartas-de-final do returno do Gauchão estará com a sua parte de torcedores colorados lotada.

O site oficial do Inter informa que os ingressos para o clássico já estão esgotados. Todos os 12 mil bilhetes colocados à venda para a torcida do Colorado foram vendidos.

Neste sábado, o Beira-Rio recebe uma multidão de apaixonados pelo Inter. Isso porque o clube comemora cem anos de fundação e muitos festejos ocorrerão por todo o dia em Porto Alegre.

abril 4, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inter se prepara para o Gre-Nal com treinos fechados no Passo D’Areia

Beira-Rio está sendo preparado para as comemorações do Centenário


Ampliar Foto
Agência/Vip.com

Agência/Vip.com

Tite prepara Inter para o Gre-Nal de domingo

O técnico Tite comandará o treino do Inter nesta
sexta-feira no Estádio Passo D’Areia, na zona norte de
Porto Alegre, pensando no clássico Gre-Nal de domingo, pelas
quartas-de-final da Taça Fábio Koff. O Beira-Rio foi vetado para
os trabalhos em função da preparação para as comemorações do
Centenário.

O treino desta tarde começa às 15h30m. No sábado,
o grupo volta a trabalhar a partir das 9h30m, também no Passo
D’Areia. Ambos os treinos serão com portões fechados para
imprensa e torcida.

O principal desfalque colorado para o clássico é o
meia D’Alessandro, que segue em recuperação de uma lesão
muscular na coxa. Depois da passagem pela Seleção Brasileira, o
lateral-esquerdo Kleber volta a ficar à disposição. Tite deve
escalar o que tem de melhor para enfrentar o Grêmio, embora o Inter
tenha compromisso pela Copa do Brasil na próxima quarta contra o
Guarani, em Campinas. O time provável tem: Lauro; Bolívar,
Índio, Álvaro e Kleber; Sandro, Magrão, Guiñazu e Andrezinho;
Taison e Nilmar.

abril 3, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Um centenário para emocionar: clube transforma o Gigantinho para a festa

Ginásio ganha decoração nas cores do Inter e imagens de ídolos históricos. Beira-Rio também passa por mudanças para os dois dias de comemorações

Ampliar Foto Eduardo Rickes/GLOBOESPORTE.COM Eduardo Rickes/GLOBOESPORTE.COM

Gigantinho se arruma para a grande festa

Vem aí uma festa digna dos 100 anos de vida do Internacional. O clube cuida dos últimos detalhes para as comemorações do centenário. A festa começa na sexta-feira, mas o ponto alto será no sábado. Os colorados que participarem do jantar no Gigantinho certamente ficarão boquiabertos com o que o clube preparou.

O ginásio foi transformado em salão de festas. As mesas ficarão dispostas em um segundo plano, acima do nível da quadra. Assim que olhar para cima, o torcedor dará de cara com painéis de ídolos históricos do Inter. São 23 imagens de heróis como Figueroa, Falcão e Fernandão.

A decoração é toda nas cores do clube. Até o teto do Gigantinho foi pintado de vermelho. Há seis telões espalhados pelo local. Em duas paredes, foram colocadas imagens antigas do clube. A produção do evento criou dois palcos. Em um deles, o principal, acontecerá uma apresentação com temática circense. A trilha sonora terá referências ao Inter. No centro do ginásio, um palco menor parece guardar uma surpresa. A dúvida é quem pisará ali. Na festa de um ano do título mundial, o destaque máximo foi Adriano Gabiru. Talvez aconteça o mesmo agora.

O evento terá a presença de 3 mil sócios, que serão tratados com todo o carinho desde a chegada ao estádio para o jantar das 20h (de Brasília). Eles devem acessar o Beira-Rio pelo Portão 8. De lá, serão conduzidos pelo vestiário profissional até o gramado do Beira-Rio, de onde rumarão para o Gigantinho.

Veja a galeria de fotos com imagens da preparação da festa

Eduardo Rickes/GLOBOESPORTE.COM

O palco da festa começa a ficar pronto no Gigantinho

Mais festa

Não é só o ginásio que ganha cara nova para a festa do centenário. Todo o complexo Beira-Rio passa por mudanças. Algumas delas já puderam ser vistas no jogo da seleção brasileira, como a nova pintura nas muretas, que agora lembram os 100 anos de vida do clube e celebram o título mundial de 2006.

As comemorações ganham força já na sexta-feira. Às 18h, um desfile no Shopping Iguatemi apresenta a coleção do centenário do Inter, que inclui o lançamento do terceiro uniforme, mantido em sigilo pela diretoria. Às 19h30m, acontece uma missa, seguida de queima de fogos, na Praça da Matriz, centro de Porto Alegre. Às 23h30m, a expectativa é de que cerca de 5 mil torcedores estejam presentes no Beira-Rio para a virada colorada, com a contagem regressiva para a chegada do dia 4.

No sábado, as festividades começam com uma caminhada que parte às 9h30m da Praça Sport Club Internacional (esquina das ruas Sebastião Leão com Jornal do Brasil) em direção ao Beira-Rio. Assim que a chamada Marcha Colorada chegar ao Gigante, os torcedores serão encaminhados à arquibancada superior, onde assistirão ao show da banda Ataque Colorado, com a participação de outros artistas identificados com o Inter.

A festa no Gigantinho encerrará os dois dias de celebrações, mas haverá novos eventos ao longo do ano. O clube promete lançar o documentário que conta a história do Inter, inaugurar o novo museu e promover um show para até 100 mil pessoas, com bandas e músicos nacionais e estrangeiros.

Edu Rickes /Globo Esporte

Expectativa é de que cerca de 5 mil torcedores estejam presentes no Beira-Rio

abril 3, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tite avisa que Inter voltará a ter três volantes

Formação na partida contra o União não agradou ao treinador

Tite quer escalar meio-de-campo com Sandro, Guiñazu e e MagrãoTite quer escalar meio-de-campo com Sandro, Guiñazu e e Magrão (Crédito: Divulgação)

LANCEPRESS!

O Internacional voltará a usar Sandro, Guinãzu e Magrão no meio-de-campo, com D’Alessandro mais à frente. A fórmula utilizada contra o União, nesta quarta-feira – com o meia Andrezinho no lugar de Sandro -, não agradou ao técnico Tite. Após a vitória que garantiu a classificação do Colorado para a próxima fase da Copa do Brasil, o treinador comentou sobre a “nova” formação da equipe.

— A equipe tinha se estabilizado com três médios. Mantive o Andrezinho por causa da grande atuação no Gre-Nal e porque queria um time mais ofensivo, mas voltaremos à fórmula antiga como regra – disse Tite depois do sofrido 2 a 0.

No entanto, a meio-de-campo desejado pelo treinador não poderá ser escalado sábado, contra o Veranópolis, na primeira rodada do segundo turno do Gauchão: Guiñazu e Magrão cumprirão suspensão pelo terceiro cartão amarelo e não jogarão.

Tite creditou a atuação inconvincente na partida desta quarta-feira ao desgaste emocional e físico do Gre-Nal, disputado domingo passado.

— E, antes, tivemos o estresse da decisão das quartas e das semifinais do Gauchão. Mais: entramos na pressão, hoje (quarta-feira), devido à derrota por 1 a 0 no jogo de ida. Não jogamos bem, é verdade, mas cumprimos a obrigação – analisou.

Diante das perguntas sobre a ansiedade de jogadores rodados, coisa que não se vira no clássico, Tite explicou:

— Vocês veem isso também na Seleção Brasileira, quando se reúnem às pressas grandes jogadores. Não tem a ver com idade ou experiência. O Inter mudou bastante. Então, a ansiedade em jogos difíceis se dissipará quando esses jogadores passarem por experiências negativas e positivas juntos. O Gre-Nal? Bem, clássico é diferente. A naturalidade é maior, porque a responsabilidade de vencer é das duas equipes.

março 5, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Magrão convoca torcida para a Copa do Brasil

Inter precisa da vitória por dois ou mais gols de diferença para avançar

Magrão foi peça fundamental na vitória sobre o Grêmio no domingo passadoMagrão foi peça fundamental na vitória sobre o Grêmio no domingo passado (Crédito: VIPCOMM)

LANCEPRESS!

O Internacional tem a difícil missão de vencer o União-MT, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, por dois ou mais gols de diferença para avançar para a próxima fase – perdeu o primeiro jogo por 1 a 0. O volante Magrão, autor do gol que deu ao Inter o título do primeiro turno do Gauchão, o desafio pode ser vencido com a ajuda da torcida.

– Vai ser complicado, mas com o torcedor fazendo do Beira-Rio um caldeirão novamente, temos de tudo para conseguir a classificação. Fica aqui o meu pedido para que a torcida compareça com a mesma motivação do Gre-Nal – disse ao site oficial.

Caso o placar da primeira partida se repita, a equipe classificada será conhecida na cobrança de pênaltis. Vitórias por 2 a 1, 3 a 2, 4 a 3 e assim por diante classificam o União.

A preparação para o duelo da Copa do Brasil começou nesta segunda-feira, quando os jogadores que atuaram no clássico deste domingo permaneceram no vestiário se recuperando fisicamente. O restante do grupo treinou com bola no campo suplementar do Beira-Rio e, nesta terça, o técnico Tite definirá o time e D’Alessandro deve retornar após cumprir suspensão automática.

março 3, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cauteloso, Tite tem medo da euforia colorada

Depois da vitória no Gre-Nal, treinador quer a vaga na Copa do Brasil

Tite prega cautela no InterTite prega cautela no Inter (Crédito: Vip.com)

LANCEPRESS! A euforia no vestiário do Inter após a vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio neste domingo, deu espaço para a preocupação demonstrada pelo técnico Tite em relação ao próximo compromisso colorado. O treinador cobra mobilização já para quarta-feira, quando a equipe decide a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil diante do União Rondonópolis, do Mato Grosso.

– Estou com medo sim. Não tem jogo jogado. Vim do interior. No interior niguém se dá por vencido – confessou Tite, natural de Caxias do Sul.

No primeiro jogo, em Rondonópolis, o Inter foi surpreendido e perdeu por 1 a 0. No jogo de volta, o time gaúcho precisa vencer por dois gols de diferença para passar de fase. Na quarta-feira, o Inter poderá contar com a volta de D´Alessandro, que ficou fora do Gre-Nal por causa do terceiro cartão amarelo.

março 2, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Jogadores do Inter vão correr por dirigente

Fernando Carvalho já avisou que não entregará taça ao Grêmio

Andrezinho será o provável substituto de D'AlessandroAndrezinho será o provável substituto de D’Alessandro (Crédito: VIPCOMM)

LANCEPRESS!

O vice de futebol do Internacional, Fernando Carvalho, revelou que não quer entregar a taça de campeão do primeiro turno ao Grêmio caso o rival se classifique para a final nesta sexta-feira, quando encara o Veranópolis. E no que depender dos colorados, o dirigente terá o pedido atendido. O meia Andrezinho compara o possível clássico à uma final de Copa.

– Será uma final de Copa do Mundo. Não queremos que o Fernando Carvalho entregue a taça ao Grêmio. Vamos lutar muito para evitar que isso aconteça – comentou ao site oficial do clube.

O meia será o provável substituto de D’Alessandro, que cumprirá suspensão. Na vitória por 2 a 0 sobre o Novo Hamburgo, nesta quinta-feira, o argentino foi punido com o terceiro cartão amarelo.

fevereiro 27, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inter inicia venda de ingressos para os sócios

Colorado espera a definição do adversário na final nesta sexta-feira

Torcida do Inter deve lotar o Beira-Rio na decisão do primeiro turnoTorcida do Inter deve lotar o Beira-Rio na decisão do primeiro turno (Crédito: Divulgação)

LANCEPRESS!

Depois de garantir vaga na final do primeiro turno do Gauchão nesta quinta-feira, quando venceu o Novo Hamburgo por 2 a 0, no Beira-Rio, o Internacional inicia a venda de ingressos para a decisão, que ocorre no domingo, nesta sexta-feira.

No entanto, por enquanto, apenas os sócios podem comprar seus bilhetes. As vendas começaram a 24h nas bilheterias do Beira-Rio.

Os torcedores comuns só poderão adquirir ingresso após a partida entre Grêmio e Veranópolis, nesta sexta, quando o Colorado conhecerá seu adversário. O vice-presidente de administração do Inter, Décio Hartmann, explica o motivo.

– No ingresso para torcedor comum, vai o símbolo do adversário. Como não sabemos ainda quem sairá vencedor, não podemos disponibilizar para compra. No caso dos sócios, o cartão é recarregado, portanto, não há problema nenhum. É só chegar na bilheteria e garantir a entrada – disse ao jornal Zero Hora.

A venda para os torcedores comundo começa neste sábado, a partir das 10h, também no Beira-Rio. Foram separados 3 mil ingressos para a torcida do Grêmio caso o maior rival se classifique.

– No último Gre-Nal, destinamos 2,8 mil ingressos para os gremistas, mas pensamos em aumentar um pouco. Ainda vou conversar com os dirigentes do Grêmio para acertar esse número – comentou ao jornal Zero Hora.

fevereiro 27, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Tite evita polêmica com D’Alessandro

Ao ser substituído, argentino saiu de campo sem falar com o treinador

(Crédito: Agência EFE)

LANCEPRESS!

Na derrota do Internacional por 1 a 0 para o União Rondonópolis, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, o meia D´Alessandro saiu de campo visivelmente contrariado ao ser substituído por Alecsandro, aos 26 minutos do segundo tempo. O argentino passou em frente ao banco de reservas sem olhar para o técnico Tite.

No momento da troca, o jogo ainda estava 0 a 0. Tite explicou a substituição, dizendo que o time precisava de mais força no ataque.

– Eu precisava de um jogador de bola aérea para mudar a característica do jogo, pois os dois da frente (Taison e Nilmar) eram de velocidade. E o Alecsandro é de retenção também – declarou Tite, frisando também as constantes reclamações de D´Alessandro com a arbitragem.

– Ele é um jogador que vai ser sempre visado pelo nome e pela experiência que tem. Ele está instruído e tem a consciência de que cabe ao árbitro fazer as avaliações. Tem que saber que às vezes vai ter marcação individual e vai ter que jogar, esquecendo o árbitro – alfinetou Tite.

fevereiro 19, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Zebra da rodada, União-MT tira invencibilidade do Internacional

‘Diogol’ marca para o time de Rondonópolis para tristeza da equipe gaúcha

O União-MT não tomou conhecimento do rival e tirou a invencibilidade do Internacional na temporada 2009. Considerado um dos favoritos para conquistar o título e, consequentemente, a vaga na Libertadores do ano que vem, o Colorado perdeu por 1 a 0 para o time de Rondonópolis, na noite desta quarta-feira, no estádio Luthero Lopes. Diogo, conhecido como “Diogol”, fez o gol da vitória para delírio da torcida mato-grossense, coroando a estreia do técnico Zé Humberto, que teve apenas um dia para treinar a equipe.

O jogo de volta está marcado para o dia 4 de março, no Beira-Rio. O Colorado precisa vencer por dois gols de diferença. O time de Rondonópolis joga pelo empate ou até mesmo por uma derrota por um gol de diferença, desde que faça um gol em Porto Alegre. Se ganhar de 1 a 0, o Inter leva a decisão para os pênaltis.

O Inter agora volta as suas atenções para o Campeonato Gaúcho, que entra na fase de mata-mata a partir deste sábado. No domingo de carnaval, às 16h (de Brasília), o Colorado recebe um adversário ainda não definido no Beira-Rio: São Luiz, Santa Cruz ou Canoas. O União agora busca uma reação no Campeonato Mato-Grossense a partir de sábado, quando visita o Jaciara. A equipe está em sexto lugar no seu grupo.

Dificuldade na armação

Sem a presença de Alex, o Inter encontrou dificuldade na articulação das jogadas. O primeiro real lance de perigo só aconteceu aos 13 minutos do primeiro tempo, com Bolívar tabelando com Magrão e mandando na área para Taison desperdiçar. Em seguida, Magrão recebeu na área livre, mas foi desarmado pelo recém-contratado zagueiro Odvan, ex-Vasco.

Aos 22, Taison fez uma bonita jogada individual driblando três jogadores na entrada da área, mas na hora do arremate, chutou para fora. O União pevou perigo no minuto seguinte, mas Lauro fez linda defesa em chute à queima-roupa de Clodoaldo. O lateral Kleber arriscou uma bomba aos 26, mas o goleiro Paulo Sérgio também mostrou habilidade ao mandar para escanteio. D’Alessandro tirou tinta do travessão aos 28. Aos 39, os jogadores anfitriões reclamaram de um suposto toque de mão de Guiñazi dentro da área. O árbitro Sandro Meira Ricci nada marcou.

Tite mexe, mas nada acontece

A etapa final recomeçou com Taison, como de hábito, fazendo as jogadas mais ofensivas e perigosas. Aos três, ele bateu da meia-lua à esquerda do goleiro de Rondonópolis. Aos nove, o guri colorado mandou uma bomba, que Paulo Sérgio se esticou para defender. Aos 12, foi a vez dos colorados chiarem com o árbitro, em uma trombada de NIlmar com um zagueiro mato-grossense. Sandro mandou seguir o lance.

Vendo as dificuldades do Interm o técnico Tite trocou Andrezinho por Giuliano, que logo de cara criou uma boa chance. Ele avançou pela direita e cruzou para D’Alessandro completar rente à trave, mas para fora. Aos 26, o colorado campeão sul-americano pela seleção brasileira sub-20 invadiu a área e bateu truncado na defesa, e a bola foi para fora.

Diogol é o nome da fera

O treinador colorado resolveu partir para cima, tirando D’Alessandro para a entrada de Alecsandro, deixando três jogadores ofensivos na equipe. Irritado, o argentino saiu de campo sem olhar para o técnico. A coisa descambou para o time gaúcho de vez. Aos 34, Guiñazu evitou um gol praticamente em cima da linha. Em seguida, Diogo aproveitou um bate-rebate após cobrança de escanteio e botou para dentro, confirmando a sua fama de artilheiro. Na comemoração, exagerou e levou amarelo.

O Inter quase empatou aos 42, com Marcelo Cordeiro, que entrou na vaga do cansado Kleber, achando Nilmar na área. O camisa 9 cabeceou com perigo para Paulo Sérgio defender e completar a festa em Rondonópolis.

Ficha técnica:

UNIÃO-MT 1 x 0 INTERNACIONAL
Paulo Sérgio; Alex Mineiro, Odvan e Rodrigão; Richard, Rocha (Rafael), Wender, Jonas (Dilmar) e Maciel (Cleidir); Diogo e Clodoaldo. Lauro, Bolívar, Índio, Álvaro e Kleber (Marcelo Cordeiro); Magrão, Guiñazu, Andrezinho (Giuliano) e D’Alessandro (Alecsandro); Nilmar e Taison.
Técnico: Zé Humberto. Técnico: Tite.
Gol: Diogo, aos 34 minutos do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Jonas, Richard, Wender, Diogo e Odvan (União); Álvaro, Magrão e Bolívar (Internacional).
Estádio: Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT). Data: 18/02/2009. Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF). Auxiliares: Marrubson Melo Freitas (DF) e Eremilson Xavier Macedo (DF).

fevereiro 19, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Inter já disputa ‘final’ na Copa do Brasil

Colorado prepara esquema de decisão para enfrentar o União-MT

LANCEPRESS!

No ano de seu centenário, em vez de estar disputando a Libertadores, como sonhava, o Internacional terá de se contentar com a luta pelo título da Copa do Brasil. A conquista desse torneio, que apenas adiaria o sonho, seria um grande consolo, e para tanto o Colorado não medirá esforços. Já para a estreia, nesta quarta-feira, contra o União, em Rondonópolis (MT), o time faz preparação de final.

A delegação viajou nesta terça-feira em voo fretado para essa cidade do interior mato-grossense com 190 mil habitantes. Com isso, o time ganhará um dia de descanso. Numa viagem convencional, a um custo de R$ 45 mil, teria embarcado segunda-feira. O voo fretado custará R$ 150 mil.

O time não terá Alex, poupado devido a dores musculares na perna direita. Em compensação, terá o retorno de D’Alessandro, que não atuou nas duas últimas partidas do Gauchão devido a problema semelhante. O argentino fará a função de Alex – jogando mais atrás, centralizado –, enquanto Andrezinho continuará na armação pela direita.

O time está em grande fase: faz a melhor campanha do Estadual, com seis vitórias e dois empates. A qualidade do elenco colorado é indiscutível, e além disso alguns jogadores estão em fase fulgurante. São os casos do atacante Taison, de seu parceiro Nilmar, do volante Magrão e do meia D’Alessandro, além do próprio Alex.

Por isso, os colorados apostam numa vitória por diferença de dois gols ou mais, o que eliminaria o segundo jogo.

Apesar do clima de festa, o União passa por momento complicado. Zé Humberto, novo técnico da equipe, desembarca em Rondonópolis apenas na tarde desta terça-feira. O treinador avisou que não fará mudanças no time, comandado na última partida pelo gerente de futebol do clube, Sidney Ferreira.

A partida marcará a estreia do veterano zagueiro Odvan pelo União. O jogador estava sem clube desde o fim do ano passado, quando foi rebaixado com o Vasco para a Segundona do Brasileirão.
FICHA TÉCNICA:
UNIÃO-MT X INTERNACIONAL-RS

Estádio: Luthero Lopes, Rondonópolis (MT)
Data/hora: 18/2/2009 – 21h50min (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (DF)
Auxiliares: Marrudson Melo Freitas e Eremilson Macedo (DF)

UNIÃO: Paulo Sérgio, Alex Mineiro, Ataliba e Odvan; Richard, Rocha, Wender, Jonas e Maciel; Diogo e Lucas. Técnico: Zé Humberto.

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Indio, Álvaro e Kleber; Magrão, Guiñazú, Andrezinho e D’Alessandro; Nilmar e Taison. Técnico: Tite

fevereiro 17, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Novo uniforme será lançado na quarta

Estreia deve acontecer na quinta, contra o Canoas, no Beira-Rio

Richard Souza/Globo Esporte

O novo escudo colorado será usado nos novos uniformes do clube

Na próxima quarta-feira, o Internacional vai conhecer o uniforme que será usado no ano do centenário do clube. A nova linha de material esportivo do Colorado será lançada, às 20h, na Loja InterSport, no Beira-Rio. O novo uniforme contará com a modificação no escudo do clube. A estreia deve ocorrer na quinta-feira, contra o Canoas, em casa, ou no primeiro Gre-Nal do ano, em Erechim, dia 8.

janeiro 30, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Advogado prepara defesa dos meias D’Alessandro, Alex e do Inter

Jogadores serão julgados no TJD/RS por expulsões contra o São José. Colarado pode perder mandos de campo

Ampliar Foto Lucas Uebel/VIPCOMM Lucas Uebel/VIPCOMM

Entrevista de Alex será usada pela defesa

A próxima quarta-feira será decisiva para o Internacional fora de campo. Os meias D’Alessandro e Alex serão julgados no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul pelas expulsões na vitória sobre o São José, no domingo passado. Ambos foram denunciados no artigo 253, agressão física. A pena prevista para Alex é de 120 a 540 dias de suspensão, e a de D’Alessandro, de 60 a 270. A denúncia do argentino é combinada com o artigo 157, inciso II (tentativa de agressão). Se forem punidos, os dois podem ficar fora do primeiro Gre-Nal de 2009, marcado para o próximo dia 8 , no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

O Inter também vai a julgamento. O clube pode ser punido devido aos objetos atirados no gramado pela sua torcida na expulsão de Alex. A pena é multa de R$ 10 mil a R$ 200 mil e perda do mando de campo de um a dez jogos.

Responsável pela defesa do atletas, o advogado Rogério Pastl pretende utilizar a entrevista de Alex para a imprensa logo que deixou o campo depois de receber o cartão vermelho do árbitro Ânderson Daronco.

– Ele disse que foi uma questão interpretativa, pois estava tentando reiniciar a partida rapidamente após uma falta, e o jogador do São José se intrometeu. A gente fica um pouco perplexo com a justificativa dada pela Procuradoria de agressão – comentou o advogado, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Pastl vai usar as imagens da televisão para tentar absolver D’Alessandro.

– O jogador do São José agarra pelas costas e ele tenta se desvencilhar para retomar o contra-ataque que até resultou no gol do Inter. Acho que, entre os três julgamentos, é o mais provável que seja absolvido – opinou.

janeiro 30, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Golaços de Taison garantem a primeira vitória do Inter no Gauchão

No sufoco, time derrota o São José por 3 a 1, e o garoto é o herói do jogo

Ampliar Foto Agência/Agência Estado Agência/Agência Estado

Taison (à esq.) entrou no segundo tempo e fez os dois primeiros gols do Inter contra o São José

Ninguém do Inter esperava moleza no Campeonato Gaúcho, principalmente no início da competição, mas os adversários parecem dispostos a incomodar o time no ano do centenário colorado. Depois do empate sem gols na estreia com o Santa Cruz, a equipe sofreu para derrotar o São José, por 3 a 1, neste domingo, na Zona Norte de Porto Alegre. Taison, que entrou no segundo tempo, fez dois belos gols e Marcelo Cordeiro completou para garantir os três pontos suados.

O Inter fica com quatro pontos na Chave 1. O São José ainda não pontuou na Chave 2. Os dois times voltam a campo, pela terceira rodada do Gauchão, na quarta-feira. O Colorado visita o São Luiz, às 22h, em Ijuí. Já o São José recebe o Esportivo, às 20h30m, no Passo d’Areia, em Porto Alegre.

Veja a classificação do Campeonato Gaúcho

Jogo truncado, e Inter amarrado
Depois de fazer muito mistério, Tite lançou Rosinei no lugar de Guiñazu, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo na estreia, e optou por uma formação com o meio-de-campo um pouco mais defensivo. Talvez por isso o time tenha ficado “preso” no início do jogo e sem criatividade no ataque.

A primeira chance foi do São José. Aos 3 minutos, Fabiano, ex-atacante do Inter, foi lançado na área, cruzou, e Bolívar apareceu para cortar. Sem muito espaço no acanhado estádio Passo d’Areia, o Colorado chegou com um pouco mais de perigo nas tentativas de Alex. Aos 7, ele chutou de fora da área, e Luiz Müller defendeu em dois tempos. Cinco minutos depois, mesmo bem marcado, o camisa 10 tentou mais uma de longe, e a bola subiu muito.

Ainda bem que o Inter tinha Lauro atento. Aos 17, Júnior Paulista recebeu na área, bateu cruzado, e o goleiro defendeu parcialmente. No rebote, o camisa 1 conseguiu evitar o gol do Zequinha.

Bola aérea vira opção Sem conseguir fazer o jogo fluir, o Colorado tentou na bola parada. Alex cobrou falta para a área, e o capitão Bolívar apareceu para surpreender, aos 29, mas a conclusão não foi boa. Aos 31, uma jogada de outro ex-jogador do Inter. Sandro Sotili tabelou com Fabiano, tentou receber na área, mas não alcançou.

Dois minutos mais tarde, a melhor chance do Inter no primeiro tempo. D’Alessandro cobrou escanteio, Marcão subiu bem para cabecear, mas Diego Botim salvou quase sobre a linha do gol.

Os astros colorados estavam sumidos, mas o talento de Alex apareceu, aos 38. O meia deixou D’Ale na cara do gol, o argentino bateu colocado, e Luiz Müller fez bela defesa.

Mas, em seguida, o Zequinha quase abriu o placar em ótimo chute de fora da área de Enciso, aos 41. Sandro Sotili chegou a balançar a rede para os visitantes, de cabeça, mas a arbitragem assinalou impedimento.

Aos 47, D’Alessandro foi corrigir o posicionamento da barreira do São José e se desentendeu com Sandro Sotili, que empurrou o argentino. O árbitro puniu os dois com cartão amarelo. Na cobrança, Alex passou perto.

Sem mudanças, mas com disposição
Mesmo com o desempenho ruim do time no primeiro tempo, o técnico Tite optou por manter a escalação na etapa final. Mas o Colorado voltou diferente. Logo no primeiro minuto, Alex tentou fazer um gol olímpico. A bola tocou na trave, e o goleiro Luiz Muller tirou com um soco. O duelo teria o último capítulo. Aos 7, o camisa 10 se livrou da marcação e bateu firme. O goleirão pegou mais uma.

Quando o Inter jogava melhor, e a torcida incentivava, Alex foi expulso pelo árbitro Ânderson Daronco. O jogador do Inter tentou cobrar uma falta com rapidez e chutou a bola sobre a adversário. Na saída do campo, o meia mostrou tranquilidade, mas discordou da arbitragem.

– Ele ficou sobre a bola, fui tocar para o Magrão, se não me engano, e o jogador fez teatro. È uma questão de interpretação e não tem o que fazer – disse, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Um grupo de torcedores colorados começou a atirar objetos em campo, e o policiamento foi acionado.

Taison tem estrela? Deve ter uma constelação
Com um jogador a menos, a equipe de Tite não se intimidou e continuou no ataque. Aos 17, Nilmar fez fila na entrada da área e foi derrubado. D’Alessandro não aproveitou a cobrança de falta, mas o lance gerou a expulsão do zagueiro Samuel.

Depois deste lance, o Inter finalmente conseguiu fazer o primeiro gol no ano do centenário, aos 22. Taison, que entrou no lugar de Rosinei, recebeu a bola no meio-campo, arrancou com velocidade e acertou um belo chute: 1 a 0 e explosão colorada no Passo d’Areia.

A alegria do Inter durou apenas quatro minutos. Aos 26, Sandro Sotili fez bela jogada pela direita e cruzou para Júnior Paulista empatar com facilidade: 1 a 1. Logo na sequência, D’Alessandro cruzou na primeira trave, Nilmar tentou o desvio, mas não conseguiu tocar na bola.

Aos 35, Sotili quase aprontou. Após cruzamento para a área, ele cabeceou na cara do gol, mas Lauro fez uma defesa espetacular. Quando a pressão era toda do São José, Taison apareceu mais uma vez para decidir. Aos 42, o garoto fez fila na área, chutou duas vezes e conseguiu um gol chorado, mas que vale os primeiros três pontos para o Inter no Gauchão.

Depois do lance, D’Alessandro e Jonas se desentenderam e foram expulsos. Tite reclamou da arbitragem e também foi excluído do jogo. O São José tentou chegar à igualdade, mas já era tarde.

Aos 53 minutos, Marcelo Cordeiro fechou o placar do jogo. O jogador recebeu na entrada da área do Zequinha, avançou com a bola e bateu no canto do goleiro.

Ficha técnica:

SÃO JOSÉ 1 x 3 INTERNACIONAL
Luiz Müller, Enciso, Samuel e Ari; Diego Botim (Vitor), Daril (Jonas), Carlos Alberto, Júnior Paulista (Dênio) e Pedro Carmona; Fabiano e Sandro Sotili. Lauro, Bolívar, Danny Morais, Álvaro e Marcão (Marcelo Cordeiro); Maycon, Magrão, Rosinei (Taison) e D’Alessandro; Alex e Nilmar (Gustavo Nery).
Técnico: André Luís. Técnico: Tite.
Gols: Taison, aos 22 minutos do segundo tempo; Júnior Paulista, aos 26; Taison, aos 42 minutos, e Marcelo Cordeiro, aos 53.
Cartões amarelos: Rosinei, D’Alessandro e Taison (Internacional), Samuel, Sotili e Enciso (São José) Cartão vermelho: Alex e D’Alessandro (Internacional), Samuel e Jonas (São José).
Estádio: Passo d’Areia, em Porto Alegre (RS). Data: 25/01/2009. Árbitro: Ânderson Daronco. Auxiliares: José Franco Filho e José Inácio de Souza.

GAÚCHO
Primeiro turno – segunda rodada (horários de Brasília)
Sábado, 24/01
Grêmio 5 x 0 Esportivo
Canoas 0 x 0 Juventude
Domingo, 25/01
São José POA 1 x 3 Internacional
Ypiranga 2 x 0 Veranópolis
Santa Cruz 3 x 1 Avenida
Caxias 4 x 2 Internacional SM
São Luiz 0 x 0 Novo Hamburgo

janeiro 25, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Fã de Vampeta e Redondo, Glaydson se apresenta como volante moderno

Jogador, ex-São Caetano, é o quinto reforço do Colorado para a temporada

Ampliar Foto Richard Souza/GLOBOESPORTE.COM Richard Souza/GLOBOESPORTE.COM

O novo reforço colorado diz que pode jogar como primeiro ou segundo volante

Depois de uma negociação difícil, como conta o próprio jogador, o Internacional anunciou neste sábado o quinto reforço para 2009. O volante Glaydson, ex-São Caetano, está em Bento Gonçalves para trabalhar na pré-temporada do time. Ele foi emprestado pelo Azulão até o fim do ano.

Ao vestir a camisa colorada pela primeira vez, o jogador de 29 anos comemorou a chance de defender um clube de expressão internacional. Pare ele, é o melhor momento da carreira.

– É uma sensação indescritível. Fui muito bem recebido por todos e estou muito à vontade. Vou procurar ajudar o Inter nas seis competições que teremos neste ano. Sem dúvida é o grande momento da minha carreira. Qualquer jogador gostaria de estar no meu lugar. Vou procurar trabalhar com humildade e fazer o meu melhor – disse.

O Colorado disputará em 2008 o Campeonato Gaúcho, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro, a Copa Sul-Americana, a Recopa e o Torneio Suruga.

Glaydson se define como um volante de boa técnica e marcação, mas que também sabe chegar ao ataque e até arriscar chutes ao gol.

– Já fiz as funções de primeiro e segundo volante sem dificuldade. Vou procurar fazer o melhor na opção que o Tite escolher. Na Série B do ano passado, fiz quatro gols, inclusive um contra o Juventude. O volante moderno precisa ser assim e ir ao ataque também – afirmou.

O jogador é tratado como possível substituto do capitão Edinho, que tem proposta do Lecce, da Itália. A negociação está perto do fim.

– Não sei como anda a situação do Edinho, mas vou buscar o meu espaço, com ele saindo ou não – avisou.

Jogador garante: ‘Estou bem fisicamente’

De fala mansa, Glaydson parece ser tranquilo, mas é fã de um ex-jogador falastrão e polêmico.

– Quando comecei, me inspirava no Vampeta, naquela fase boa no Corinthians. Gostava muito do Redondo, da Argentina. Mas nem me comparo a eles (risos) – comentou.

O mais novo volante colorado diz que não terá problemas para entrar no ritmo do grupo na pré-temporada.

– Fiquei de férias depois da Série B, me reapresentei ao São Caetano no dia 2 de janeiro, fiz todos os testes e estou bem fisicamente. Não vou ter dificuldades – avaliou.

Ficha técnica:

Nome: Glaydson Marcelino Freire

Nascimento: 20/06/1979

Cidade: Contagem-MG

Altura: 1,78m

Peso: 72 kg

janeiro 10, 2009 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Certo com o Inter, Alecsandro tenta liberação

Atleta viaja aos Emirados Árabes para negociar com o Al Wahda

Alecsandro pode ser o homem-gol do Inter em 2009Alecsandro pode ser o homem-gol do Inter em 2009 (Crédito: André Brant)

LANCEPRESS!

O empresário Oldegard Filho confirmou nesta terça-feira que viajará com o atacante Alecsandro para os Emirados Árabes no próximo fim de semana. Lá, os dois tentarão junto ao Al Wahda a liberação do jogador, para que este assine contrato com o Internacional.

Alecsandro já teria acertado os salários com o clube gaúcho, que se dispõe investir em seu empréstimo ou mesmo na compra de parte do vínculo.

Oldegard não quis dar detalhes sobre a negociação, mas admitiu que, com Alecsandro, tudo está bem encaminhado.

– Conversamos sobre o assunto, mas não podemos acertar detalhes sem antes conseguir a liberação – disse o empresário.

dezembro 30, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Comentários desativados em Certo com o Inter, Alecsandro tenta liberação

Reformulação do Beira-Rio deve começar antes do centenário do Inter

Vice de patrimônio Emídio Ferreira diz que estádio sediará jogos na Copa

Ampliar Foto Alexandre Alliatti/GLOBOESPORTE.COM Alexandre Alliatti/GLOBOESPORTE.COM

Beira-Rio vai ganhar cobertura

Falta pouco para os torcedores do Internacional começarem a conviver com as obras que tornarão o Beira-Rio um estádio qualificado para receber a Copa do Mundo de 2014. A reformulação do complexo terá início antes de 4 de abril, dia em que o Inter completa 100 anos, conforme garante o primeiro vice-presidente do clube, Pedro Affatato.

– As obram começam no primeiro semestre. Pode ser em fevereiro ou março. Vamos começar antes do aniversário do Inter, com certeza – diz o dirigente.

A primeira realização do projeto de reformulação é a cobertura do Beira-Rio, algo sonhado há tempos pela torcida. Após esta etapa, será realizada a mudança nas arquibancadas inferiores, aproximando a torcida do campo, ocupando o espaço da antiga “coréia”, setor em que as pessoas assistiam ao jogo de pé e que já não existe mais. Affatato garante ainda que nenhuma destas obras impedirá a realização de partidas no estádio.

– Nos preocupamos em fazer uma estrutura, principalmente a cobertura, que não comprometa o estádio para eventos. Demoraremos um pouco mais, mas chegamos a um modelo de estrutura que permite fazer a implantação sem interferir na parte funcional do Beira-Rio – explicou o dirigente.

A aprovação do projeto colorado passará na próxima semana pela Câmara dos Vereadores de Porto Alegre. Sendo aprovado, o Inter abrirá um edital para a venda do Estádio dos Eucaliptos, avaliado em cerca de R$ 17 milhões.

– A cobertura é um projeto que depende da venda dos Eucaliptos. Se o estádio for vendido em janeiro, as obras começarão em fevereiro. Mas esses recursos não são suficientes para fazer toda a cobertura. A idéia do presidente é vender de 30 a 40 suítes para completar grande parte da estrutura – explicou o vice de patrimônio Emídio Ferreira.

Emídio disse que as obras estarão finalizadas antes da Copa do Mundo de 2014. O dirigente ainda garantiu que, caso Porto Alegre seja escolhida como uma das sedes, o Beira-Rio será o estádio dos jogos.

– A Arena do Grêmio, no máximo, servirá para apoio ou treinamento dos times. O estádio indicado pela Fifa é o Beira-Rio – enfatiza o dirigente.

Já em relação ao projeto Gigante para Sempre, o clube está em busca de investidores para a construção do hotel e do centro de convenções.

– A construção dos hotéis não depende da Copa do Mundo. Mas sendo Porto Alegre escolhida como sede, não faltarão investidores – finaliza Emídio.

dezembro 25, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Alecsandro pode reforçar o Inter

Diretoria não confirma, mas também não nega. Jogador, ex-Cruzeiro, está no Al-Wahda, dos Emirados Árabes

Ampliar Foto Nelson Coelho/Diário de SP/Agência Globo Nelson Coelho/Diário de SP/Agência Globo

Alecsandro faz exercícios no São Paulo

Alecsandro pode ser o atacante procurado pelo Inter no exterior. O atleta, ex-Cruzeiro e Vitória, tem 27 anos e está no Al-Wahda, dos Emirados Árabes. Ele quer voltar ao Brasil. Seu empresário, Oldegard Filho, diz que prefere não falar em propostas. A diretoria do Inter não confirma a negociação, mas também não nega.

– Combinei com o Fernando (Carvalho, vice-presidente de futebol do Inter) que não vamos falar em nomes, porque a imprensa fica cogitando, descarta alguns e acaba acertando. Isso prejudica a negociação – diz Giovanni Luigi, assessor de futebol do Colorado.

O dirigente diz que o atleta não está necessariamente na Europa – caso de Alecsandro, que atua no Oriente Médio. Luigi também esclarece que nunca utilizou o termo “extra-classe” para designar o jogador que interessa ao clube. Segundo o assessor colorado, é um atleta “pronto”, que chega em condições de jogar, mas desde que esteja bem fisicamente e mostre qualidade nos treinamentos. Uma coisa é certa: trata-se de um jogador experiente.

A negociação deve evoluir nos próximos dias. Talvez ele possa ser anunciado ainda este ano.

dezembro 23, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Giuliano se apresenta ao Inter e fica impressionado com quadro do Mundial

Antes de assinar contrato de cinco anos com Colorado, meia de 18 anos olha para a parede e se imagina campeão pelo novo clube

Ampliar Foto Divulgação/Divulgação Divulgação/Divulgação

Giuliano: ‘Fiquei maravilhado’

Giuliano estava há menos de um minuto no Beira-Rio, na tarde desta segunda-feira, quando olhou fixamente para a parede da entrada da sala do departamento de futebol do Inter. Lá estava um quadro com o grupo campeão do mundo em 2006. O meia de 18 anos, que em seguida assinaria contrato de cinco anos com o Internacional, deixou a imaginação viajar ao ver a imagem. Ele já pensa em viver situação semelhante.

– Fiquei me imaginando naquele quadro, cercado de jogadores felizes pela conquista. Me senti uma criança pensando que um dia o mesmo pode acontecer comigo – afirma o novo jogador colorado.

Giuliano Victor de Paula, nascido em Curitiba, tem 1,72m e 68kg. Ele estava no Paraná e chega ao Beira-Rio respaldado pela confiança da diretoria colorada, que vê nele a promessa de um jogador diferenciado. Trata-se de um meia armador canhoto de habilidade e visão de jogo. E que parece disposto a louvar o novo clube.

– É o maior campeão sul-americano do Brasil. Ganhou Recopa, Libertadores, Sul-Americana… É um clube que está crescendo e vem projetando jogadores. A estrutura é sensacional. Fiquei maravilhado – diz o atleta.

O meia vem sendo observado pelo Inter desde que estava nas categorias de base do Paraná. É um sonho nascido há mais de um ano. O clube acredita que ele possa ser o substituto de Alex em uma eventual negociação do meia-atacante com o exterior.

– Admiro muito o Alex e o D’Alessandro pela maneira de jogar. Meu futebol é inspirado neles e especialmente no Kaká, pelo futebol e pela pessoa que é.

Giuliano se reapresenta à seleção brasileira sub-20 no dia 2 de janeiro para a disputa do Sul-Americano da categoria, na Venezuela. Ele volta em definitivo ao Beira-Rio no fim do mês, quando estiver encerrada a participação do Brasil na competição.

Ficha de Giuliano

Nome: Giuliano Victor de Paula
Nascimento: 31/05/1990, em Curitiba (PR)
Altura e peso: 1m72 e 68 kg
Clubes: Categorias de base do Paraná

dezembro 22, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

River faz sondagem para ter o ‘torcedor’ Guiñazu em 2009

Procurador de ‘El Loco’ admite contato de empresário, mas pede documento oficial do clube argentino. Família quer o meia lá

Felippe Costa/GLOBOESPORTE.COM

Guiñazu participa do Prêmio Craque Brasileirão

O River Plate volta a pensar em ter Guiñazu no elenco. Um empresário ligado ao clube portenho manteve contato com Régis Marques, procurador de ‘El Loco’, para sondar o atleta. Na Argentina, um site não-oficial do clube de Nuñez, intitulado “La Pagina Millionaria”, apresenta matéria com familiares do jogador, a quem eles classificam como “o mais fanático” torcedor do River na família.

Por enquanto, não há proposta oficial. O procurador de Guiñazu espera um comunicado formal para passar à diretoria do Inter.

– O que acontece é que um empresário da Argentina ligou diretamente para o jogador falando de um interesse do River. Depois, ligou para mim. Pedi que, se houver interesse, mande algo concreto, porque quem negocia é o Internacional. Há um começo de uma conversa – diz Marques, em entrevista para a Rádio Bandeirantes.

É improvável que o Inter negocie Guiñazu, ídolo máximo da torcida colorada no momento. Outros atletas, como Índio, Edinho, Alex e Nilmar, têm mais chances de sair do que “El Loco”.

dezembro 11, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Orozco, Ângelo e Ricardo Lopes são dispensados pelo Colorado

Atletas tinham contrato com o Internacional até o fim deste ano


Ampliar Foto
Lucas Uebel/VIPCOMM

Lucas Uebel/VIPCOMM

Orozco é um dos dispensados pelo Inter

Fim de temporada, início de dispensas e contratações. O Internacional
já se prepara para 2009 reformulando o elenco. Os primeiros
jogadores a deixarem o clube são o zagueiro Orozco e os laterais
Ângelo e Ricardo Lopes. A saída dos três foi confirmada nesta
terça-feira. Os atletas tinham contrato até o fim deste ano.

Orozco chegou ao Beira-Rio em agosto de 2007,
atuou em 39 partidas e marcou um gol. Ângelo chegou à equipe em
junho deste ano, participou de 12 jogos e marcou um gol. Ricardo
Lopes foi apresentado ao Inter em abril deste ano, esteve
presente em 22 jogos e não marcou gols.

dezembro 9, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

No sufoco, Internacional fatura a Sul-Americana

Colorado é o primeiro clube brasileiro que levanta taça da competição

Está certo que a Sul-Americana não tem o mesmo glamor da Libertadores, mas o Internacional provou nesta-quarta, no Beira-Rio, que não faltam mais títulos: 38 gáuchos, três Brasileiros, uma Copa do Brasil, uma Libertadores, um Mundial, uma Recopa, e por fim, uma Sul-Americana. E conforme diz o hino: “Segue tua sendas de vitórias”. Depois da vitória sobre o Estudiantes na Argentina por 1 a 0, a festa da metade vermelha de Porto Alegre veio com um empate suado na prorrogação.

Enquanto a Guarda Popular Colorada entoava uma paródia de Creedence Clearwater Revival ( “Vamo Inter, vamos temos que vencer”), dentro de campo, Alex recebia marcação tripla cada vez que tocava na bola. A solução que o Inter encontrou foi colocar D’Alesasandro e Nilmar aberto pelas pontas e tentar lançamentos de longa distância para os dois. O argentino buscou jogo o tempo todo e criou as melhores chances do time do Rio Grande do Sul.

A partida foi truncada, nervosa e repleta de divididas. A perigosa equipe argentina tentava alçar bolas aéreas, mas a defesa do Inter tinha o mesmo comportamento da partida na Argentina, se antecipando bem e evitando matar os torcedores colorados de susto.

Com as duas equipes jogando de forma muito cuidadosa, o empate acabou sendo justo no primeiro tempo, mas Andrezinho teve a faca e o queijo para deixar o Colorado na frente, mas Andujár fez uma defesa de cinema.

Na segunda etapa, o Internacional começou com tudo. Jogando junto com a torcida, os primeiros minutos foram de pressão total. A música da vez foi então uma paródia de “Brasília Amarela”, dos Mamonas Assassinas (“Inter, estaremos contigo. Tu és minha paixão. Não importa o que digam Sempre levarei comigo”).

O empate parcial era perigoso. Depois de uma bobeira da defesa colorada, o Inter passou um momento delicado. Depois de uma cobrança pela direita, Alayes apareceu sozinho e completou para o gol. O gol deixou o time da casa nervoso e dando espaços para o Estudiantes.

Com Alex sumido, Tite optou por Taison justamente para coloocar fogo no jogo, já que o Inter, passivo demais, andava em campo. Mas nada dava certo. Não havia criação e os gaúchos, cautelosos demasiadamente, quase não chegavam à meta de Andujar. Para piorar, o goleiro reserva Agenor conseguiu ser expulso por reclamação.

Na prorrogação, o Inter tentou reascender a chama. Andújar, o nome do jogo até então, fez outra defesa expetacular em conclusão de Nilmar. O jogo continuava complicado porque o Estudiantes se defendia bem e saiu com muito perigo nos contra-ataques. A pressão continuou na segunda etapa, o momento foi colorado, mas faltou um homem de área para colocar a bola para dentro.

O alívio e a redenção veio aos oito da segunda etapa. Após bate-rebate, o predestinado Nilmar completou de cabeça e garantiu a festa da metade colorada de Porto Alegre.

Decerto que ao lembrar de 2008, o torcedor Colorado terá na memória as defesas de Lauro, a segurança do general Bolivar, a habilidade de Nilmar, a inteligência de D’Alessandro, a pontaria de Alex, a raça do guerrilheiro Guiñazú e sobretudo o conjunto colorado.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 1 ESTUDIANTES

Estádio: Beira-Rio (Porto Alegre, RS)
Data-hora: 3/12/2008 – 22h (de Brasília)
Árbitro: Jorge Larrionda (URU)
Auxiliares: Pedro Fandiño (URU) e Walter Rial (URU)
Renda e público: 46.276 pagantes
Cartão Amarelo: Alayes, Benítez, Braña (EST); Magrão, Bolívar, Gustavo Nery, Lauro (INT)
Cartão Vermelho: Agenor, 44’/2ºT (INT); Braña, 13’/2ºT (EST); Boselli
Gols: Alayes, 20’/2ºT (0-1); Nimar, 8’/2ºT Prorrogação (1-1)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Danny Morais, Álvaro e Marcão; Edinho, Magrão, Andrezinho (Gustavo Nery, 19’/2ºT
)e D’Alessandro; Nilmar e Alex. Técnico: Tite.

ESTUDIANTES: Andújar, Angeleri, Alayes, Cellay e Desábato; Braña, Iberbia (Perez, 19’/2ºT), Veron (Moreno 7’/1ºT Prorrogação) e Benítez; Boselli e Fernandez (Calderon, 25’/2ºT). Técnico: Leonardo Astrada.

dezembro 3, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , | 1 Comentário

Para ser definitivamente internacional, Colorado decide a Sul-Americana

Inter joga por empate contra o Estudiantes para conquistar último caneco que falta no ciclo de títulos estrangeiros

De visual novo, Nilmar é esperança de gol

Só falta uma taça para a coleção ficar completa. Só a Sul-Americana, nada mais. O Colorado vai a campo às 22h desta quarta-feira, no Beira-Rio, contra os argentinos do Estudiantes, para completar o ciclo de conquistas iniciado em 2006 e se tornar o único clube brasileiro a conquistar todos os torneios estrangeiros à disposição. Libertadores, Mundial, Recopa, tudo isso o Inter já tem. Só falta uma taça. Só a Sul-Americana, nada mais.

Caso consiga, será a primeira equipe do futebol pentacampeão do mundo a conquistar o torneio, até hoje dominado por argentinos. O time de Tite também pode ser pioneiro na invencibilidade. Até agora, ninguém ganhou a Sul-Americana sem sofrer pelo menos uma derrota. O Inter, com quatro empates e cinco vitórias na competição, está quase lá.

Como venceu a partida de ida, em La Plata, por 1 a 0, o Colorado joga até pelo empate no Gigante para soltar o berro de campeão. O Estudiantes, para garantir o caneco no tempo normal, precisa de dois gols de diferença. Se fizer só um de vantagem, a decisão vai à prorrogação e, caso seja necessário, aos pênaltis. Não há saldo qualificado na final.

O GLOBOESPORTE.COM, como fez durante toda a Sul-Americana, acompanha a decisão em Tempo Real, com vídeos. A TV Globo e o SporTV mostram ao vivo para todo o Brasil, incluindo o Rio Grande do Sul. Não há mais ingressos para a finalíssima. O Gigante estará lotado exclusivamente por sócios, em outro feito inédito no futebol brasileiro.

Pés no chão: nada está ganho

A grande batalha do Inter desde a vitória na Argentina é contra o salto-alto. Dirigentes, comissão técnica e jogadores admitem que a vantagem conquistada no Ciudad de La Plata é grande, mas alertam que nada está decidido. A idéia é deixar a euforia exclusivamente com o torcedor.

– É normal a torcida estar confiante, mas nós, jogadores, precisamos estar concentrados. Se repetirmos o que estamos fazendo nos últimos jogos, fica mais fácil conquistar o título – comenta o lateral-esquerdo Marcão.

O Inter irá a campo sem o jogador mais adorado pela torcida. Guiñazu, expulso em La Plata, está fora da final. Ele será substituído por Andrezinho. Índio, com entorse no tornozelo direito, também não joga. Danny é o escolhido para entrar no lugar dele.

A partida é a última do ano no Beira-Rio e pode marcar a despedida de jogadores que estão gravados na história do clube. Atletas como Índio, Edinho e Alex têm grandes chances de deixar o Inter no fim do ano. Podem sair com o orgulho de ter conquistado a Libertadores, o Mundial, a Recopa e, para fechar o ciclo, também a Sul-Americana.

Estudiantes ainda confia

O Estudiantes não jogou a toalha. Os argentinos sabem que têm uma missão complicada, mas não desistem do título. O técnico Leonardo Astrada, ex-jogador do Grêmio, exige uma atuação superior à da semana passada, em La Plata.

– Temos que jogar mais do que jogamos em casa. Sabemos da qualidade dos nossos jogadores. É difícil, mas não impossível – afirma.

O clube argentino deve ter modificações na comparação com o duelo de ida. Braña entra no meio. O mesmo pode acontecer com Moreno y Fabianesi. Na zaga, Cellay tem chances de ser escalado para tentar segurar a velocidade de Nilmar. Fernández é candidato a desbancar Salgueiro no ataque.

dezembro 3, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Indio pode desfalcar o Inter na decisão

Zagueiro se machucou no treino desde segunda. Danny Morais pode jogar

(Crédito: Lucas Uebel)

LANCEPRESS!

Um sério desfalque ameaça o Internacional em cima da decisão da Sul-Americana: o zagueiro Indio faz tratamento intensivo para um torção no tornozelo direito e dificilmente terá condições de disputar a partida contra o Estudiantes, nesta quarta-feira, no Beira-Rio.

Indio sofreu a lesão numa disputa de bola com o atacante Guto, no treino fechado desta segunda-feira. Ninguém da imprensa ficou sabendo no dia.

– Saltei com o Guto e, na queda, pisei na coxa dele e o pé virou – explicou o zagueiro ao sair do departamento médico nesta terça-feira. À tarde, ele voltaria para continuar o tratamento.

O médico Carlos Poisl, que cuida do caso, disse que Indio tem alguma chance de disputar a decisão.

– O certo é que essa coisa de entrar no sacrifício não existe – acrescentou.

Indio, de 33 anos, um dos remanescentes da Libertadores e do Mundial de 2006, mostrava abatimento.

– Que zebra, né? Passei o ano todo sem lesão e acontece isso logo em cima do jogo mais importante. Ainda dói, mas vamos ver, talvez eu melhore a tempo – disse.

Se o titular de fato não jogar, o mais cotado para substituí-lo é Danny Morais. Uma alternativa menos provável seria o deslocamento de Bolívar para a zaga e a entrada de Ricardo Lopes na lateral direita.

dezembro 2, 2008 Posted by | Internacional | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário