Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com gol de Ortigoza, Verdão bate o Sport

Equipe agora tem a vantagem de jogar por um empate na partida de volta, semana que vem na Ilha

Ortigoza faz seu primeiro gol na Libertadores (Crédito: Reginaldo Castro)

Ortigoza faz seu primeiro gol na Libertadores (Crédito: Reginaldo Castro)

O Palmeiras não vencia o Sport em casa desde 2003. Além disso, o Alviverde tinha vencido apenas uma vez dentro Palestra Itália nesta Libertadores, contra a LDU, do Equador. Mas, quando o empate parecia certo, o paraguaio Ortigoza resolveu roubar a cena e fez o gol da vitória do Verdão, que bateu a equipe pernambucana por 1 a 0, nesta terça-feira, no Palestra Itália, pela primeira partida das oitavas-de-final da Libertadores.

No sufoco, como tem sido durante toda a competição sulamericana, os comandados de Vanderlei Luxemburgo venceram, conseguiram uma importante vantagem e, de quebra, ainda quebraram uma escrita. O Palmeiras não vencia uma partida de mata-mata contra equipes brasileiras na Libertadores desde 2001, quando bateu o São Caetano, também pelas oitavas.

Vanderlei Luxemburgo esperou até poucos minutos antes da partida para divulgar a escalação de sua equipe. Quando os nomes foram revelados, surpresas: Além da confirmação de Pierre, que era dúvida, três atacantes, com Marquinhos e Willians fazendo companhia a Keirrison.

No campo, no início da partida, as surpresas ficaram um pouco de lado e o que se viu foi a mesma ansiedade de sempre do Verdão em decidir o lance, fato que vem prejudicando o Palmeiras quando atua em sua casa.

Marquinhos, a maior surpresa, não surpreendia ao errar um passe atrás do outro. Aos cinco minutos, Keirrison até que tentou fazer diferente de seus últimos jogos. Mas a finalização na trave mostrou a mesma falta de sorte que tem acompanhado o atacante.

Apesar de ter começado melhor, como de costume, o Palmeiras deixou o adversário crescer. Em cobranças de faltas, Paulo Baier levou perigo em duas oportunidades e o Sport passou a ficar mais tempo com a bola.

No segundo tempo não foi diferente. Com Willians e Marquinhos pouco inspirados, cabia a Keirrison, raramente, e a Diego Souza tentar criar alguma jogada, sempre sem sucesso. Na melhor delas, o camisa 9, inteligentemente, roubou bola na intermediária e cruzou para trás. Diego Souza chegou chutando de primeira e mandou por cima.

Mas foi aí que a maior surpresa da partida entrou em cena. Aos 19 minutos, Luxa colocou Ortigoza em campo, junto com Mozart, estreante da noite.

Em uma de suas primeiras participações, o paraguaio ganhou na corrida de Hamilton e sofreu falta feia, que causou a expulsão do jogador. Na cobrança, Cleiton Xavier levantou na área e quando a zaga do Sport parecia que cortaria mais uma vez, Ortigoza, para a surpresa do palmeirense, desviou de cabeça. A bola morreu no canto esquerdo de Magrão.

Depois do gol, o Verdão continuou no ataque e se preocupou para que o Sport não surpreendesse. A pressão resultou em uma cabeçada de Diego Souza, que, caprichosamente, acertou a trave.

Agora, o Palmeiras precisa de um empate na Ilha do Retiro. O torcedor palmeirense ainda guarda na lembrança os 2 a 0 da fase de grupos. Já os pernambucanos lembram dos 4 a 1 pela Copa do Brasil no ano passado.

Promessa de jogão na próxima terça-feira, em Recife.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 0 SPORT
Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 05/05/2009, às 21h15 horas
Árbitro: Sergio Pezzota (ARG)
Assistentes: Francisco Rocchio e Horacio Herrero (ARG)
Renda/público: R$ 1.246.726,24 / 23.991 pagantes
Gols: Ortigoza, 29′/2ºT
Cartões amarelos: Danilo, Pierre (PAL); Hamilton, Paulo Baier, Wilson (SPO)
Cartões vermelhos: Hamilton, 28′/2ºT

PALMEIRAS: Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Armero (Jefferson, 34′/2ºT); Pierre, Cleiton Xavier, Diego Souza e Marquinhos (Mozart, 19′/2ºT); Willians (Ortigoza, 19′/2ºT) e Keirrison. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SPORT: Magrão; Igor, César, Durval; Moacir, Hamilton, Daniel Paulista (Luciano Henrique, 20′/2ºT), Paulo Baier e Dutra: Wilson (Andrade, 31′/2ºT) e Vandinho (Ciro, 18′/2ºT). Técnico: Nelsinho Baptista

maio 6, 2009 Posted by | Palmeiras, Sport | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário