Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Futuro do atacante Kléber será decidido somente na primeira semana de janeiro

Jogador desiste da viagem para a
Ucrânia, onde tentaria negociar com o presidente Ihor Surkis. O
dirigente não aceita prorrogar o empréstimo

Reprodução/SporTV

Kléber pretende continuar no Verdão

A diretoria do Palmeiras está com
dificuldades para conseguir prorrogar o empréstimo do atacante
Kléber. O jogador, que embarcaria nesta segunda-feira para a
Ucrânia, onde tentaria negociar com o presidente Ihor Surkis, do
Dínamo de Kiev, sequer viajou. O dirigente não quis recebê-lo e
mandou avisar que ele só continuará atuando no futebol
brasileiro se o clube adquirir em definitivo os seus direitos
federativos, que estão estipulados em US$ 8 milhões
(aproximadamente R$ 18,9 milhões).

Em princípio, a diretoria do Palmeiras já avisou que não tem
dinheiro para bancar a contratação de Kléber em definitivo.
Porém, enquanto o atacante acerta os últimos detalhes para
retirar o seu passaporte italiano, os dirigentes correm atrás de
parceiros para manter o jogador no futebol brasileiro.

– O Kléber tem contrato com o Palmeiras até o próximo dia 31.
Temos a prioridade na sua contratação e estamos negociando com
alguns investidores. Mas acredito que não chegaremos a um acordo
em breve. A negociação deve prosseguir até a primeira semana de
janeiro – explica Genaro Marino, diretor de futebol do Verdão.

De acordo com o dirigente do Palmeiras, assim que Kléber tiver em
mãos o passaporte italiano ficará mais fácil para o clube
conseguir atrair investidores para adquirir em definitivo os
seus direitos federativos.

– Assim que o Kléber tiver cidadania italiana, nós teremos mais
facilidade para negociar com investidores. Entendemos que essa
situação está dentro do planejado, mas sabemos que ela não será
rápida – explica o dirigente.

Kléber admitiu que recebeu duas propostas de clubes europeus. Uma
delas veio do Everton, da Inglaterra. Mas ele não pretende
abandonar o futebol brasileiro para jogar em um time pequeno de
outro país. Voltar para o Dínamo também não faz parte dos planos.

– Quero disputar a Libertadores. É a chance que tenho para ser
lembrado para defender a seleção brasileira. Só não fico no
Palmeiras se a diretoria não conseguir dinheiro para me
contratar – afirma Kléber.

Enquanto o Palmeiras corre atrás de dinheiro, outros clubes
brasileiros que disputarão a Libertadores traçam planos para
contratar Kléber. Grêmio e Cruzeiro estão de
olho no jogador. O Internacional e
o Corinthians,
apesar de não estarem classificados para disputar o principal
torneio sul-americano, também sonham em reforçar o elenco com o
futebol do atacante.

dezembro 15, 2008 Posted by | Palmeiras | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário