Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Felipe, C. Alberto e Nunes participam de jogo-treino e podem pegar o Bota

Jogadores, que ainda se recuperam de lesão, têm bom rendimento em campo

O Vasco, enfim, deve poder contar com seus principais jogadores juntos. Liberados para participar do jogo-treino desta segunda-feira, Carlos Alberto, Felipe e Nunes devem ficar à disposição de PC Gusmão para a partida desta quarta, contra o Botafogo. Os três jogadores tiveram uma boa participação no duelo contra o Craque Sports, mas foi nítido que ainda sentem falta de ritmo de jogo.

Dos três, o que mais mostrou desenvoltura em campo foi Nunes. O atacante se movimentou bastante e até marcou um gol. Contudo, o destaque da partida foi o outro atacante. Jonathan anotou dois tentos para o Gigante da Colina.

O time que disputou o jogo contra o Inter fez um trabalho leve. Os jogadores fizeram exercícios na academia e correram em torno do gramado.

setembro 21, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , | Deixe um comentário

Vasco lança uniforme e homenageia campeões brasileiros de 74

Felipe, Carlos Alberto, Prass, Tiago e Adilson participam do evento. Camisa estreia no clássico deste domingo, contra o Fla, no Maracanã

O Vasco lançou nesta sexta-feira, em um evento no Forte de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, sua nova linha de uniformes. Com a presença dos apoiadores Felipe e Carlos Alberto e dos goleiros Fernando Prass, Tiago e Adilson, os modelos foram exibidos para cerca de 200 pessoas que se aglomeravam em um auditório da organização militar. Inspirados no período entre 1974 e 1977, as camisas serão utilizadas pela primeira vez no clássico deste domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os principais detalhes são a gola clássica e o bordado branco em volta da Cruz de Malta, que dá um contraste e destaque ao escudo. O novo uniforme tem como ideia fazer uma releitura moderna da camiseta do primeiro título brasileiro, em 1974. Nele, há a frase mais entoada nas arquibancadas de São Januário: “O Vasco é o time da virada”.

A Penalty lançou ainda um adereço para colocar no braço no melhor estilo dos jogadores da NBA, a liga de basquete americana. A ideia é que as crianças vascaínas possam usar a segunda pele, já que não costumam colocar tatuagens nos braços. Felipe e Carlos Alberto utilizaram a peça durante o desfile.

No evento, a diretoria do Vasco ainda aproveitou para homenagear os campeões de 1974. O auxiliar Gaúcho, o técnico dos juniores, Galdino, o bicampeão do mundo Amarildo, e André Portela, filho do ex-jogador e funcionário do clube Alcir Portela, foram as presenças marcantes do evento. Todos receberam a nova camisa das mãos do presidente Roberto Dinamite.

– Essa geração vitoriosa de 1974 acredita muito no sucesso da equipe atual. Esperamos que as conquistas apareçam – afirmou o presidente Roberto Dinamite, que recebeu a camisa 10 das mãos do capitão Carlos Alberto.

Marketing espera superar venda do uniforme anterior

A expectativa da diretoria do Vasco é de dobrar as vendas de camisas do Vasco com o passar do tempo e a inauguração das novas lojas. O diretor executivo de marketing, Marcos Blanco, comentou as perspectivas cruzmaltinas.

– A expectativa é bater o recorde do uniforme anterior. A presença de ídolos é uma forma direta de aumentar as vendas – afirmou Blanco.

Lojas Gigante da Colina

A diretoria ainda anunciou a inauguração das novas lojas do Vasco, batizadas de Gigante da Colina. As franquias serão abertas em várias cidade do Brasil. A expectativa é de que o clube possa arrecar até 6 milhões por ano em royalties.

julho 30, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , | Deixe um comentário

Apenas Ronaldo e Elias não viajam a MS

Mano Menezes leva nove dos 11 titulares que enfrentaram o São Paulo para jogo da Copa do Brasil

Ronaldo e Elias treinam no Parque São Jorge

Ronaldo e Elias treinam no Parque São Jorge

LANCEPRESS!

Que mistão que nada! Mano Menezes parece disposto a vencer o Misto por dois gols de diferença e eliminar o confronto de volta, pela segunda fase da Copa do Brasil.

O treinador levará 20 jogadores para viagem a Campo Grande (MS), que acontece nesta terça-feira, às 8h30min, no aeroporto de Cumbica. Dos jogadores relacionados para o clássico com o São Paulo, apenas Ronaldo e Elias não viajarão. Não é certo que todos os outros que disputaram o Majestoso começarão a partida, mas estão confirmados na delegação.

Com isso, Felipe, Alessandro, Chicão, William, André Santos, Cristian, Douglas, Jorge Henrique e Dentinho viajarão nesta terça de manhã para a capital sul mato-grossense.

À tarde, no estádio Morenão, o grupo corintiano realiza o último treinamento antes da partida contra o Misto. A atividade, no mesmo local do jogo, será realizada na parte da tarde.

Corinthians x Misto se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h50 (horário de Brasília).

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

abril 13, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com Ronaldo no camarote, Timão testa sua nova força contra o Estudiantes

Timão apresenta elenco à torcida neste sábado, mas ainda não terá o Fenômeno em campo. Partida começa às 16h20m, no Pacaembu

Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

Ronaldo vai apenas ‘desfilar’ no Pacaembu

Ronaldo ainda não estará em campo, mas a Fiel terá neste sábado
uma amostra do que será o Corinthians 2009.
Depois de atropelar na Série B do Campeonato
Brasileiro e regressar à elite com louvor, o Timão abre a
temporada com um amistoso diante do Estudiantes, vice-campeão da
Copa
Sul-Americana, às 16h20m, no Pacaembu. A Rede Globo
transmite a partida. Você acompanha também, em Tempo Real, no GLOBOESPORTE.COM.

A partida servirá para que a diretoria apresente
oficialmente os jogadores à torcida. O Fenômeno estará no
gramado, acenará para as arquibancadas, porém, assistirá o duelo
das tribunas, ao lado do presidente Andrés Sanches. Túlio, Jorge
Henrique, Souza e Jean, os outros reforços, estão relacionados.
O argentino Escudero ainda é aguardado, já que o clube tem até o
dia 20 para pagar a primeira parcela do negócio.

– Já deixamos bem claro que o Ronaldo não vai
participar como jogador. Ele será apresentado, como vai
acontecer com todo o grupo. Estamos em uma fase de preparação. O
resultado agora não é importante – disse o técnico Mano Menezes,
que poderá fazer cinco alterações durante o jogo.

Apesar do clima festivo, o Corinthians promete
levar a sério. Mais do que um adversário argentino, o Timão terá
pela frente um jogador que está nos planos da diretoria ainda
para 2009: Verón. O Alvinegro tentou contratá-lo no final do
ano, mas recebeu um não como resposta pelo interesse do jogador
em disputar a Libertadores pelo Estudiantes. Novas conversas vão
acontecer nos próximos meses. O contrato dele termina no final
de abril.

– É sempre uma grande satisfação ver um jogador do
nível do Verón em campo. Mas não podemos ter coração mole neste
momento. É um amistoso, mas queremos ganhar. E eles também –
acrescentou o treinador.

Três estreiam pelo Timão contra os hermanos


Ampliar Foto
Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

Marcos Ribolli/GLOBOESPORTE.COM

Túlio e Jorge Henrique treinam em Itu

Mano Menezes, aliás, já escalou o Corinthians para o confronto.
Do time que venceu a Série B, as únicas baixas são o atacante
Herrera, devolvido ao Gimnasia-ARG, e o meia Morais, suspenso
por 120 dias pelo STJD. Já a defesa é exatamente a mesma que
conquistou a Segundona.

Desde o início da preparação, em Itu, interior de
São Paulo, o técnico não fez mudanças no time titular. Túlio
ganhou a posição no meio-de-campo para formar a dupla de
marcadores com Cristian. Assim, Elias foi adiantado para a
armação, com Douglas. No ataque, sem Dentinho, com a seleção
brasileira sub-20, e Ronaldo, em recuperação, Mano escalou os
recém-contratados Jorge Henrique e Souza.

– A equipe está bem madura sobre o comportamento
que deve ter agora. Sabemos que não temos o entrosamento
necessário. Por isso, quero tranquilidade para manter a posse de
bola – lembrou.

Assim como o Timão, o Estudiantes também está em
fase de preparação para o Campeonato Argentino. A idéia do
técnico Leonardo Astrada é utilizar as cinco substituições para
fazer alguns testes na base da equipe que encerrou a temporada
perdendo a Copa Sul-Americana para o Internacional.


CORINTHIANS

ESTUDIANTES-ARG
Felipe, Alessandro, Chicão,
William e André Santos; Cristian, Túlio, Elias e
Douglas; Jorge Henrique e Souza.
Andújar, Angeleri, Alayes,
Desábato e Cellay; Pérez, Sánchez, Verón e
Benítez; Fernández e Calderón.
Técnico: Mano Menezes. Técnico: Leonardo Astrada.
Estádio: Pacaembu.
Data: 17/01/2009.
Árbitro: Rodrigo Bragheto.
Auxiliares: Giovani Canzian e
Matheus Camolesi.
Transmissão: Rede Globo
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM
acompanha a partir de 16h20m (de Brasília).

janeiro 16, 2009 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Juventude pode entrar com ação contra Felipe

Goleiro do Corinthians garantiu ter sido ofendido por torcedores gaúchos

O departamento jurídico do Juventude esteve reunido nesta terça-feira para analisar as medidas que podem ser tomadas contra o goleiro Felipe, do Corinthians, que acusou a torcida do time gaúcho de ter sido preconceituosa durante o jogo entre as equipes no dia 12 de novembro.

Em comunicado oficial, o clube afirma que teve sua imagem manchada por uma acusação irresponsável de Felipe, que, até o momento, não apresentou prova alguma que comprove a acusação.

Os advogados do clube estão coletando o maior número de provas possíveis para interpelar judicialmente Felipe para que ele se retrate publicamente. Se isso não ocorrer ou a retratação não for satisfatória, o clube deverá ingressar com uma ação na Justiça contra o goleiro.

Por entender que além do clube, a cidade também teve sua imagem arranhada, ainda nesta terça-feira, o clube encaminhou à Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, material que a imprensa publicou nos últimos dias com acusações de Felipe, que afirmou ter sofrido ofensas raciais.

novembro 19, 2008 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Timão acha tempero e cozinha Bahia: 3 a 0

Com goleada, equipe pode subir no próximo jogo e quebra jejum de vitórias

Nas partidas anteriores, o Corinthians estava sem sal e não
conseguia mais vencer. Bastou ir para a Bahia, terra de famosas
pimentas e do forte óleo de dendê, para reencontrar o tempero que
faltava: aproveitar as suas chances de gol e, não dar muito espaço para
o adversário trabalhar a bola e notar que não é impossível empatar ou
até vencer o líder da Série B do Campeonato Brasileiro. Assim, debaixo
de um forte calor em toda partida, o Timão cozinhou o Bahia e venceu
por 3 a 0, neste sábado, no Estádio Jóia da Princesa, em Feira de
Santana (BA).

A vitória levou o Timão aos 67 pontos e o aguardado
retorno à Série A pode acontecer de forma antecipada, já na próxima
semana, contra o Ceará, sábado, no Pacaembu. Se o Vila Nova-GO não
vencer a Ponte Preta ou o Grêmio Barueri não pontuar contra o Paraná, o
Corinthians subirá se bater os cearenses.

O Timão vinha de
três empates seguidos (São Caetano, Marília e Santo André) e não
ganhava um jogo desde a vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, no dia 20
de setembro, no Pacaembu, em São Paulo. Além de quebrar a seqüência sem
triunfos, o clube ratificou a sua condição de estrela da Série B ao
alcançar o seu 14º jogo seguido sem derrota.

A conquista do
triunfo também teve sabor especial para o time do técnico Mano Menezes.
Mesmo que vingança seja um prato que se coma frio, algo difícil de
acontecer na Bahia. Ao lado do Vila Nova-GO, o clube baiano é a única
equipe que venceu o Corinthians na Série B. A derrota no dia 19 de
julho, em pleno Pacaembu, acabou com uma invencibilidade de 11 jogos da
equipe na competição.

Sob um forte sol, nada melhor do que uma
bola parada para abrir o placar. Aos oito minutos, Cristian bateu
escanteio e o baixinho Morais desviou de cabeça para o fundo do gol. Os
visitantes fizeram 1 a 0 e o meia o seu segundo gol em 12 partidas pelo
time do Parque São Jorge.

Aos 14 minutos, o zagueiro Fábio
Ferreira quase marcou de cabeça o segundo gol. Depois desse lance, o
time paulista perdeu o sal e passou a cozinhar a bola, jogando em ritmo
desacelerado pelo miolo do campo.

Acostumado com todo tipo de
gramado ou clima, o veterano atacante Marcelo Ramos ignorou o sol que
queimava sua cabeça aos 29 minutos de jogo e quase marcou um belo gol
após arrematar de primeira, dentro da área. A bola passou perto do
travessão de Felipe, que, aliviado, enxugou o rosto.

Substituto
de Herrera, Bebeto quase marcou no último lance do primeiro tempo.
Elias rolou a bola para o atacante, que, dentro da área, chutou cruzado
à direita do gol baiano.

A segunda etapa começou com os dois
times curtindo uma leseira, típica na região. O Bahia até tentava
pressionar, mas parava na boa marcação do Timão no bico da área.
Entretanto, aos 11 minutos, Dentinho resolveu mexer no caldeirão de
emoções da torcida corintiana. Wellington Saci cruzou na área, Bebeto
escorou de cabeça e a bola sobrou para o camisa 31, que só teve o
trabalho de tocar no canto direito de Darci para marcar o seu 12º gol
na Série B e aumentar a sua condição de artilheiro do Corinthians.

Algoz
alvinegro no primeiro turno, o Bahia por muito pouco não tirou uma
casquinha do rival aos 21. Mais uma vez o rodado Marcelo Ramos levou
perigo ao gol, após chutar forte uma bola que tirou tinta da trave
direita.

O Bahia bem que tentava furar o bloqueio corintiano e
arriscava alguns chutes contra a meta de Felipe. Só que a pouco
criatividade dos baianos esbarrava na determinação dos marcadores
corintianos, que despachavam a bola para Douglas e Morais que tentavam
articular jogadas para o ataque formado por Dentinho e Otacílio Neto,
que entrou no lugar de Bebeto. Aos 33 minutos, uma dessas bolas sobrou
para Dentinho, que arriscou da entrada da área e contou com falha do
goleiro Darci para decretar o terceiro do Corinthians e o seu 13º na
Série B.

Nos minutos finais, o Timão protegeu a bola e, apesar
do cansaço, teve fôlego para comemorar o reencontro da vitória e a
certeza de que no próximo ano vai saborear gramados melhores e
adversários mais qualificados na Série A do Brasileirão.

A
Fiel também pôde voltar a ver a equipe atuando com o uniforme roxo. Ele
foi utilizado apenas pela terceira vez desde o seu lançamento no início
do ano. Jamais foi usado em derrota. A primeira vez foi na vitória por
2 a 0 ante o Fortaleza, pela Copa do Brasil, em abril, no Morumbi, e, a
segunda vez, aconteceu no empate por 1 a 1 com o Brasiliense, na Série
B, no dia 16 de setembro, em Taguatinga (DF).

O Corinthians volta
a jogar daqui a uma semana, ante o Ceará, no Pacaembu. Já o Bahia
jogará fora de casa contra o São Caetano, também no próximo sábado.

FICHA TÉCNICA:
BAHIA 0 X 3 CORINTHIANS

Estádio: Jóia da Princesa, Feira de Santana (BA)
Data/hora: 18/10/2008 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento Valente (ES)
Auxiliares: Gelson Pimentel Rodrigues (ES) e Geraldo Pimentel Rodrigues (ES)

Público e renda: não informados
Cartões amarelos: Alisson e Émerson Cris (BAH) e Bebeto (COR)
Cartão vermelho: Fulano, 12’/1ºT (NIT)
GOLS: Morais, 8’/1ºT (0-1); Dentinho, 11’/2ºT (0-2); Dentinho, 33’/2ºT (0-3)

BAHIA:
Darci, Alison (19’/2ºT – Fábio), Cléber Carioca, Rogério e Luciano
Baiano (12’/2ºT – Caio); Fausto, Emérson Cris (31’/2ºT – Willames),
Danilo Cruz e Avine; Paulo Roberto e Marcelo Ramos. Técnico: Ferdinando
Teixeira.

CORINTHIANS: Felipe, Alessandro, Fábio Ferreira,
William e Wellington Saci; Cristian, Elias, Morais e Douglas (43’/2ºT –
Diogo Rincón); Dentinho (41’/2ºT – Lulinha) e Bebeto (18’/2ºT –
Otácilio Neto). Técnico: Mano Menezes.

outubro 18, 2008 Posted by | Bahia, Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Felipe explica sua situação no Náutico

Atacante afirma que continuará honrando o Timbu

Depois de anunciar sua decisão de não renovar contrato com o Náutico, que vence dezembro deste ano, o atacante Felipe explicou como anda sua situação no clube. Justificou, ainda, para a torcida alvirrubra, o seu desempenho nas oito rodadas restantes do Campeonato Brasileiro.

– Quero que a torcida alvirrubra entenda que vou mesmo deixar o clube no fim do ano, mas continuarei honrando a camisa do Náutico. Não estou fazendo corpo mole e continuarei dando o melhor de mim, sendo titular ou não até o fim do Brasileiro. Também quero adiantar que ninguém do Sport me procurou – revelou Felipe.

O atacante referiu-se aos boatos que repercutiram nesta semana, em que ele, o lateral-direito Ruy e o volante Hamilton estariam trocando os Aflitos pela Ilha do Retiro. Sobre isso, o treinador do Náutico, Roberto Fernandes, mostrou-se confiante quanto a atuação de seus comandados.

– Teremos o clássico com o Sport e tenho certeza que Hamilton, Felipe e Ruy vão dar o máximo de si neste jogo. São atletas experientes e têm a cabeça no lugar. O torcedor do Náutico pode ficar tranqüilo quanto à isso – limitou-se a dizer Roberto Fernandes.

O Náutico está em 15º colocado na tabela do Brasileirão, com 30 pontos, e jogará contra o Sport no domingo, dia 19. O jogo da 30ª rodada será na Ilha do Retiro, às 16h. Ambos os times não vencem há quatro rodadas.

outubro 12, 2008 Posted by | Náutico | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Felipe busca recorde histórico no Corinthians

Goleiro alvinegro está a dois jogos e oito minutos de bater recorde de tempo sem levar gols no Pacaembu

Caro corintiano, você sabe quem foi o último jogador capaz de fazer um gol no goleiro Felipe, no Pacaembu? Sabe onde ele está hoje e quando isso aconteceu?

Difícil, né? Faz tempo!!! Tanto tempo que Elias, meia que decretou a vitória do Bahia sobre o Corinthians, em 19 de julho, já foi até negociado com o Fluminense. Sim, aquele foi o último gol…

De lá para cá, Felipe acumula oito jogos sem ser vazado – considerando que o gol de Elias aconteceu aos nove minutos do primeiro tempo, já são 801 minutos!

A marca é tão considerável que ele está a apenas dois jogos e oito minutos de se tornar o goleiro do Timão que mais tempo ficou sem sofrer gol no estádio nos quase 98 anos de história do clube.

O recordista, por enquanto, ainda é Carlos, que se manteve invicto pelo Corinthians por dez jogos (988 minutos) no Pacaembu, entre julho e outubro de 1986.

Para entrar para a história, Felipe não poderá sofrer gol contra Santo André e Ceará, marcados para 11 e 25 de outubro, respectivamente. Também terá de ficar os primeiros oito minutos diante do Paraná, em 1 de novembro, sem ser vazado.

Falta pouco e o goleiro sabe disso. E acha que a marca vai ajudá-lo a resgatar a idolatria da Fiel, que foi abalada por causa de algumas polêmicas – o pedido de aumento salarial no início do ano; a falha na final da Copa do Brasil, que ele ainda não admite; o afastamento por ordem do técnico Mano Menezes…

– É normal em um clube grande como o Corinthians acontecerem alguns problemas e polêmicas, mas depois disso tudo fiquei mais tranqüilo. Estou evitando entrevistas coletivas e trabalhando mais, porque é disso que a torcida gosta. E espero que o carinho que o torcedor tinha por mim no ano passado possa retornar um dia – afirma o Paredão do Paca.

setembro 27, 2008 Posted by | Corinthians | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário