Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Fernandão é o novo reforço do Goiás

Atacante assina com o Esmeraldino até o final de 2010

Goiás driblou Inter, São Paulo, Santos e Palmeiras e acertou com o atacante (Crédito: VipComm)

Goiás driblou Inter, São Paulo, Santos e Palmeiras e acertou com o atacante

LANCEPRESS!

Em seu site oficial, o Goiás confirmou a contratação do atacante Fernandão, que estava no Al Gharafa (QAT) e fica no Esmeraldino até o final de 2010.

O jogador, que foi campeão estadual por cinco vezes com o clube, será apresentado na próxima quarta-feira, às12h30, na Sala de Imprensa do Estádio da Serrinha.

agosto 3, 2009 Posted by | Goiás | , , , | Deixe um comentário

Fred marca e Flu vence, de virada, o Bangu

Tricolor bate o Alvirrubro por 3 a 1 e mantém os 100% de aproveitamento

Fred comemora seu gol. O terceiro com a camisa do FluminenseFred comemora seu gol. O terceiro com a camisa do Fluminense (Crédito: Júlio César Guimarães)

Mais uma vez coube ao artilheiro Fred decidir o jogo para o Fluminense. Assim como fez em sua estreia, contra o Macaé, o jogador deixou o seu e foi decisivo para a vitória do Tricolor por 3 a 1 sobre o Bangu, no Engenhão. Maurício, Luiz Alberto e Bruno Luiz, para o Alvirrubro, marcaram os outros.

Veja os gols da vitória do Fluminense

O Fluminense iniciou o jogo tentando comandar as ações mas encontrava um Bangu bem postado e que oferecia poucos espaços. O Tricolor tinha dificuldades de penetração na defesa do time de Moça Bonita e Fred ficava muito isolado na frente.

Não demorou muito para a equipe das Laranjeiras começar a errar muitos passes e irritar a torcida. Com isso, o castigo acabou vindo “à cavalo”. Após tentar espanar uma bola, Maurício chutou em cima do adversário banguense e a bola sobrou para Tiano que, da linha de fundo, cruzou para Bruno Luiz abrir o placar para os visitantes.

Confira as melhores fotos da partida!

Após sofrer o gol, o Fluminense acordou e foi para cima. Mariano e João Paulo começaram a ser mais efetivos nas laterais e o Tricolor ganhou fôlego. No fim do primeiro tempo, Thiago Neves cobrou falta da direita com perfeição, na cabeça de Maurício, que empatou a partida.

O segundo tempo começou morno. As duas equipes passaram bastante tempo se estudando e o jogo não teve maiores emoções. Parreira então resolveu apostar em Maicon no lugar de Everton Santos e se deu bem. O jovem atacante fez bela jogada pela linha de fundo e Fred, com seu faro de artilheiro, somente escorou para o fundo das redes, fazendo a virada para o Tricolor.

No fim, ainda deu tempo do zagueiro Luiz Alberto deixar o dele após bate-e-rebate na zaga do Bangu. O 3 a 1 fez o Fluminense chegar aos 12 pontos e permanecer com 100% de aproveitamento na Taça Rio.

BANGU 1 X 3 FLUMINENSE

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 21/03/2009 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Auxiliares: Jackson Lourenço Massarra dos Santos (RJ) e Fabio Torres de Souza (RJ)
Renda/público: R$ 191.239,50 / 11.284 pagantes
Cartões amarelos: Uilian, André Oliveira, Douglas Silva, Tiano (BAN); Jaílton, Marquinho (FLU)
Cartões vermelhos: Não houve.
GOLS: Bruno Luiz, 25’/1ºT (1-0); Maurício, 38’/1ºT (1-1); Fred, 29’/2ºT (1-2); Luiz Alberto, 38’/2ºT (1-3)

BANGU: Diogo, Uiliam, Abílio (Márcio Cleick, 21’/2ºT), Edinho e Rodrigo Melo; Marcão, Douglas Silva (Paulo Roberto, 26’/2ºT), André Oliveira e Tiano (Fábio Saci, 33’/2ºT); Somália e Bruno Luiz. Técnico: Mazolinha.

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Mariano, Cássio, Luiz Alberto e João Paulo; Jaílton, Maurício (Marquinho, intervalo), Conca (Romeu,32’/2ºT) e Thiago Neves; Everton Santos (Maicon, 19’/2ºT) e Fred. Técnico: Parreira.

março 19, 2009 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Felipão é demitido do Chelsea

Clube anuncia em seu site que brasileiro não é mais o técnico do time. Scolari chegou em julho do ano passado aos Blues

Ampliar Foto Reproduçao/Site oficial Reproduçao/Site oficial

Site oficial do Chelsea anuncia a saída do técnico Luiz Felipe Scolari

Luiz Felipe Scolari não é mais técnico do Chelsea. O clube londrino anunciou nesta segunda-feira, em seu site oficial, que o treinador brasileiro está demitido. Felipão chegou aos Blues em julho do ano passado.

Contratado para levar o time a títulos importantes, como a Liga dos Campeões, Scolari caiu após o empate de 0 a 0 com o Hull City, sábado. O resultado acabou com a paciência da torcida, que chegou a fazer a campanha “Fora, Scolari”. O brasileiro deixa a equipe na quarta colocação do Campeonato Inglês, com 49 pontos, sete atrás do líder Manchester United.

Em seu site oficial, o Chelsea agradece a Felipão pelo tempo que ficou no clube e diz que sua passagem “trouxe muitos aspectos positivos” ao clube e que a direção “se sente triste que a relação acabou tão cedo”.

BLOG BRASIL MUNDIAL F.C.: Felipão mereceu ser demitido? Opine!

No comando dos Blues, Scolari não ganhou nenhum clássico: contra o Manchester United, empate de 1 a 1 e derrota de 3 a 0; derrota de 2 a 1 para o Arsenal; e fracassos de 2 a 0 e 1 a 0 para o Liverpool.

Decepcionada com o desempenho de Felipão, contratado após a última Eurocopa, a diretoria diz que a demissão é “para manter o desafio de conquistar os troféus que ainda estamos disputando e sentimos que a única opção era fazer as mudanças agora”.

O Chelsea anunciou ainda que está procurando um novo treinador e que o auxiliar Ray Wilkins ficará no comando temporariamente. A torcida dos Blues já tem um preferido: o italiano Gianfranco Zola, ídolo do clube e atual técnico do West Ham.

Polêmicas em pouco tempo

A passagem meteórica de Felipão pelo futebol inglês foi marcada por polêmicas. Após um início promissor, com uma goleada de 4 a 0 sobre o Portsmouth na estreia da Premier League e sorrisos da imprensa, Scolari começou a ter problemas com os jogadores e o russo Roman Abramovich, dono do clube.

O brasileiro foi apresentado oficialmente no dia 8 de julho de 2008, após ter deixado a seleção portuguesa. De bom humor, Felipão conquistou os jornalistas ingleses e parecia que viveria uma lua-de-mel com a torcida, empolgada com a chegada do técnico campeão do mundo com o Brasil em 2002.

Ampliar Foto Agência/Reuters Agência/Reuters

Felipão ficou com a corda no pescoço após derrotas em clássicos e fracassos em casa

Mas os problemas começaram logo no início, já que o Chelsea perdeu a disputa por Robinho para o Manchester City. Felipão recebeu de Abramovich a promessa de reforços em janeiro, na reabertura do mercado, mas a crise mundial afetou o russo, que deixou Scolari sem opções de contratações. O clube só contratou o português Quaresma, do Inter de Milão, por empréstimo.

As derrotas nos clássicos tiraram a paciência da torcida, assim como o fraco desempenho em casa. O apoio deu lugar a vaias e reclamações. No último jogo, contra o Hull, alguns torcedores levaram faixas de “Fora, Scolari” para as arquibancadas.

Conhecido por conseguir fazer “famílias” onde trabalha, o treinador não obteve a confiança total dos jogadores do Chelsea. Os jornais ingleses divulgaram várias crises de relacionamento entre Scolari e os atletas.

fevereiro 9, 2009 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Goiás, Grêmio, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , , , | Deixe um comentário