Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Em jogo sem gols, Palmeiras pula para 3º

Mesmo com o empate, Verdão conta com tropeços de rivais e decide vaga no Palestra

Romildo de Jesus/Lancepress!)Kléber ganha jogada da defesa do Vitória durante o jogo no Barradão (Foto: Romildo de Jesus/Lancepress!)


Apesar de ter perdido várias chances e não ter feito nenhum gol, o Palmeiras conseguiu o que queria: chegará na última rodada dentro do G4. O Verdão contou com tropeços de Cruzeiro e Flamengo e com o empate por 0 a 0 com o Vitória, neste domingo, no Barradão, em Salvador, pulou para a terceira posição do Brasileirão com 65 pontos.

O Alviverde terá tudo para consolidar a sua classificação à Libertadores 2009, pois, no próximo domingo, atuará em casa, no Palestra Itália, contra o Botafogo, sem ambições no Brasileirão.

Já Vitória foi aos 49 pontos. No próximo domingo, o time se despede da temporada encarando o Vasco, que luta contra o rebaixamento, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Na partida, o time paulista teve a sua primeira grande chance logo aos 5 minutos. Kléber fez bela jogada pela direita, cortou o zagueiro Marcelo Batatais e chutou no canto esquero para grande defesa de Viáfara. Na sobra, Evandro não alcançou e a bola saiu pela linha de fundo. Com o esquema 3-6-1 do Verdão, o Gladiador, apesar de estar isolado no ataque, era quem mais buscava jogo.

Apesar de estar jogando em casa, o Vitória jogou mais buscando o contra-ataque, já que o Palmeiras, superior tecnicamente, ia para cima do time baiano, que apenas aos 22 minutos levou perigo real ao gol de Marcos. Jackson recebeu sozinho na área, dominou bem e chutou de canhota no canto. O pentacampeão mundial fez excelente defesa.

No lance seguinte, Kléber apareceu mais uma vez. Após confusão na área, ele rolou para Diego Souza. O contestado meio, finalizou rasteiro e Viáfara fez linda defesa.

Já contratado pela Traffic para jogar no Palmeiras em 2009, o meia Marquinhos teve a chance de marcar um gol no seu futuro time. Porém, ele sentiu a pressão e em falta perigosa, na meia-lua, chutou por cima do gol de Marcos, sem perigo.

A segunda etapa começou com o Vitória indo com tudo para o ataque. Aos 2 minutos, Willians cruza da esquerda, Marquinhos ganhou de dois zagueiros, mas cabeceou sem força. No lance seguinte, após bola lancaçada por Marquinhos, Willians caiu em disputa com Marcos e o Vitória ficou pedindo pênalti.

Como já havia acontecido durante o intervalo, a torcida palmeirense presente ao Barradão entrou em conflito com a polícia na arquibancada nos primeiros minutos do segundo tempo. Felizmente, a confusão foi contornada.

Alheio ao que acontecia fora de campo, aos 13, Willians desviou cruzamento da direita e Marcos fez ótima defesa, saltando para pegar a bola em cima da linha.

Passados 15 minutos e com o time baiano melhor em campo, Luxemburgo fez duas modificações. Trocou Jumar por Léo Lima e promoveu a entrada do antigo titular Alex Mineiro, que entrou no lugar de Evandro e fez o Palmeiras voltar a jogar com dois atacantes.

Sempre brigador no ataque, Kléber dividiu bola com Viáfara e o goleiro levou a pior. Sentiu uma lesão na perna esquerda e aos 19 foi substítuido por Gléguer.

Melhor em campo após as mudanças, o Palmeiras ganhou volume de jogo e passou a criar bons momentos no ataque. Entretanto, o time pecava na hora de finalizar.

O juiz Giulianno Bozzano que passava despercebido causou polêmica em dois lances em que poderia ter dado pênalti, um para cada time. No primeiro, aos 31 Diego Souza foi derrubado por Vanderson na área. No segundo, aos 34, Marcos derrubou Marcelo Cordeiro. Os dois times e as torcidas reclamaram muito.

Depois, até o final do jogo, os dois times pouco criaram e o empate persistiu.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 0 X 0 PALMEIRAS

Estádio: Barradão, Salvador (BA)
Data/hora: 30/11/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Giulliano Bozzano (DF)
Auxiliares: Cesar Augusto de Oliveira (DF) e Nilson Alves Carrijo (DF)

Público e renda: não disponível
Cartões amarelos: Fabinho Capixaba, Alex Mineiro e Martinez (PAL)

VITÓRIA: Viáfara (19’/2ºT – Gléguer), Marco Aurélio, Marcelo Batatais, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Marquinhos e Willians (31’/2ºT – Marco Antônio) ; Jackson e Ricardinho (30’/2ºT – Adriano). Técnico: Vágner Mancini.

PALMEIRAS: Marcos; Gustavo, Jéci, Martinez; Fabinho Capixaba, Jumar (15’/2ºT -Léo Lima), Sandro Silva, Evandro (17’/2ºT – Alex Mineiro), Diego Souza e Jefferson (30’/2ºT – Denílson); Kléber. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

novembro 30, 2008 Posted by | Palmeiras, Vitória | , , | Deixe um comentário