Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Sem seus dois craques, Vasco e Timão iniciam briga por uma vaga na final

Carlos Alberto, suspenso, e Ronaldo, machucado, estão fora do confronto. Jeferson entra no time carioca, e Mano mantém a dúvida no paulista

Ampliar Foto Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM

Jeferson e Douglas são duas armas de Vasco e Corinthians para a semifinal desta quarta

Estádio lotado com a torcida cruzmaltina, a presença de mais de oito mil corintianos no Rio de Janeiro e a ausência das duas principais estrelas de Vasco e Corinthians. Esses são os ingredientes do jogo desta quarta-feira, às 21h50m (horário de Brasília), no Maracanã, pelas semifinais da Copa do Brasil. Sem Carlos Alberto, suspenso, e Ronaldo, machucado, as duas equipes iniciam a disputa por uma vaga na decisão. A TV Globo e o SporTV exibem a partida ao vivo.

Ampliar Foto Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM Editoria de Arte/GLOBOESPORTE.COM

Vasco e Corinthians começam a decidir uma vaga na final da Copa do Brasil nesta quarta

Sem suas principais estrelas, as equipes apostam suas fichas em dois meias. Do lado paulista, Douglas é a esperança de criatividade do meio-campo para alimentar um ataque sem o Fenômeno e, provavelmente, com Souza. Na vaga de Carlos Alberto, Jeferson, recuperado de uma entorse no tornozelo esquerdo, volta ao time para tentar municiar Rodrigo Pimpão e Elton, vice-artilheiro da competição, com cinco gols.

Com praticamente todos os ingressos vendidos, o Vasco vai decidir a sua sorte longe de casa, São Januário. Para a comissão técnica e jogadores, um motivo de lamentação. Para a diretoria cruzmaltina, uma chance de colocar alguns reais nos cofres combalidos do clube.

– Fui consultado pela parte técnica. A decisão já está tomada, e se Deus quiser vamos conseguir uma vitória no Maracanã – disse Dorival Júnior.

Sem o seu capitão, líder e principal referência do elenco, Dorival Júnior foi obrigado a forçar o retorno de Jeferson. Sem atuar desde o dia 11 de abril, na derrota por 4 a 0 para o Botafogo, pelas semifinais da Taça Rio, o camisa 10 vai ser a referência do time na noite desta quarta-feira, no Maracanã. O jogador conversou com o treinador e garantiu estar pronto para ser o substituto de Carlos Alberto.

– A vontade de voltar é imensa. Todo mundo fala da falta de ritmo de jogo, mas eu não coloco isso na cabeça. Só vou ter ritmo de jogo se voltar a jogar normalmente e começar as partidas. Independentemente de ser um jogo ou outro, você precisa jogar – analisou o meia cruzmaltino.

Desacostumado a atuar no Maracanã, já que manda os seus jogos em São Januário, o Vasco fez um treino de reconhecimento do campo do estádio para ajudar no desempenho dos jogadores. Para muitos, o fato de atuar no “Maior do Mundo” pode ser uma vantagem para o Corinthians.

– Poucos jogadores do nosso elenco atuaram muitas vezes no Maracanã. Não é como atuar em casa – afirmou Dorival.

O Corinthians não tem sua principal estrela. Ronaldo, com uma contratura na panturrilha direita, está fora. O Fenômeno será preservado também do clássico com o Santos, domingo, pelo Brasileirão, só para estar pronto para o duelo de volta contra os cariocas, dia 3, no Pacaembu.

Para o lugar do craque, Mano Menezes ainda faz mistério. A tendência, porém, é que Souza fique com a vaga. Uma outra solução seria a entrada de Boquita ou Morais no meio-campo. Assim, o jovem Dentinho passaria a atuar como referência no ataque. Quando questionado, o treinador se esquiva.

– O nome, só amanhã (quarta-feira). O Souza é quem tem as características mais parecidas, mas eu também posso usar o Dentinho centralizado e colocar mais um no meio. Temos de compensar a ausência do Ronaldo com mais mobilidade, velocidade e movimentação – despistou o treinador.

Com ou sem Ronaldo, o ótimo retrospecto contra os cariocas na Copa do Brasil anima. Até agora, na história da competição, foram seis encontros, com quatro vitórias do Corinthians e dois tropeços.

Passou por Vasco (semifinal de 1995), Americano (segunda fase de 2002), Botafogo (semifinal de 2008) e Fluminense (quartas de final de 2009). Os tropeços aconteceram para Flamengo (nas quartas de 1989) e Botafogo (oitavas de 2000).

FICHA TÉCNICA:

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Fernando Prass; Paulo Sérgio, Vílson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Jeferson; Rodrigo Pimpão e Elton. Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias e Douglas; Dentinho, Jorge Henrique e Souza.
Técnico: Dorival Júnior. Técnico: Mano Menezes.
Estádio: Maracanã. Data: 27/05/2009. Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR). Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Altemir Hausmann (RS).
Transmissão: TV Globo e SporTV transmitem a partida ao vivo.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h45m (de Brasília).

maio 27, 2009 Posted by | Corinthians, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rivais íntimos, Botafogo e Flamengo fazem primeiro jogo da decisão

Equipes repetem final dos dois anos anteriores, com Rubro-Negro buscando mais um tri e Alvinegro na luta pela redenção

O confronto já deixou de ser novidade. Pelo terceiro ano consecutivo, Botafogo e Flamengo decidem o Campeonato Carioca. Mas o que poderia significar monotonia ganha emoção a cada jogo. Com a rivalidade em alta (a rivalidade sadia, diga-se), as duas equipes fazem neste domingo iniciam mais uma decisão, no Maracanã.

Vencedor das duas últimas edições do Estadual contra o mesmo o Botafogo, o Flamengo busca mais um tri, depois de conquistar a Taça Rio no último domingo fazendo 1 a 0 no Alvinegro, que garantiu a vaga na decisão por ter vencido a Taça Guanabara – primeiro turno do Campeonato Carioca. A segunda partida da decisão acontece no dia 3 de maio, também no Maracanã.

Botafogo tem semana marcada por treinos fechados

Ampliar Foto Agência/O Globo Agência/O Globo

Gabriel será novidade no time titular do Botafogo

O fato de enfrentar um inimigo íntimo fez com que o Botafogo se resguardasse do maior número de cuidados para surpreender o Flamengo. Por isso, o técnico Ney Franco decidiu fechar à imprensa grande parte dos treinamentos da semana. É possível que haja alguma surpresa na escalação, mas o técnico diz que seu principal objetivo foi trabalhar jogadas e dar aos atletas um momento de maior privacidade para conversar sobre o que deu errado na decisão da Taça Rio, quando o Alvinegro atuou de forma apática em alguns momentos e perdeu.

Na Gávea, o clima não é tanto de mistério. Ninguém esconde que a motivação é fazer parte da história de um clube que em quatro oportunidades chegou ao tricampeonato carioca. Além disso, seria a consagração de um grupo que tem como maiores expoentes o goleiro Bruno e os laterais Leonardo Moura e Juan, que conquistaram os títulos de 2007 e 2008.

– Estamos prontos, bem trabalhados em todos os sentidos. Não se pensa em outra coisa aqui que não seja o título. Temos confiança em fazer uma grande partida – afirma Cuca, que foi técnico do Botafogo nas duas decisões anteriores.

Welinton e Everton Silva são candidatos à vaga de Aírton

Ampliar Foto Agência/O Globo Agência/O Globo

Após perder duas decisões do Estadual pelo Botafogo, Cuca está do outro lado

O time de Ney Franco, campeão carioca em 2007 comandando o Flamengo, começou a semana cabisbaixo por causa da derrota e da má atuação na final da Taça Rio. Mas com uma grande dose de alertas de dirigentes e muito bate-papo entre os próprios jogadores, o grupo se diz motivado para acabar com a hegemonia rubro-negra no confronto.

– O Flamengo vai entrar em campo com mais moral porque venceu a Taça Rio, mas o Botafogo não está morto. Está mais vivo do que nunca – avisou o atacante Reinaldo.

Em relação aos times que entram em campo, há dois desfalques certos. No Flamengo, o volante Aírton, machucado, pode dar lugar ao zagueiro Welinton ou ao lateral-direito Everton Silva. No lado alvinegro, Thiaguinho cumpre suspensão e deverá ser substituído pelo lateral-esquerdo Gabriel. Maicosuel, que era dúvida, treinou normalmente neste sábado e vai para o jogo. No entanto, Ney Franco pode reservar surpresas para o meio-campo ou para o ataque.


Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Ficha do jogo:

BOTAFOGO FLAMENGO
Renan, Emerson, Juninho e Leandro Guerreiro; Alessandro, Fahel, Léo Silva, Maicosuel e Gabriel; Reinaldo e Victor Simões. Bruno, Welinton (Everton Silva), Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Willians, Kleberson, Ibson e Juan; Zé Roberto e Emerson.
Técnico: Ney Franco. Técnico: Cuca.
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 26/04/2009. Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá. Auxiliares: Eduardo de Souza Couto e Rodrigo Pereira Joia.
Transmissão: A Rede Globo exibe a partida ao vivo para o Rio de Janeiro.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir das 16h (de Brasília).

abril 26, 2009 Posted by | Botafogo, Flamengo | , , , , , , , , , , , , , | 3 Comentários

Fluminense junta os cacos e enfrenta o Águia Marabá em Belém

Tricolor ainda se recupera da eliminação no Campeonato Carioca, mas mira o bicampeonato da Copa do Brasil

Ampliar Foto Agência/Photocâmera Agência/Photocâmera

Conca sorri no treino do Flu em Belém

Depois de ser eliminado do Campeonato Carioca, com a derrota por 1 a 0 para o Flamengo, na semifinal da Taça Rio, o Fluminense juntou os cacos que restaram e traçou um novo objetivo para o primeiro semestre da temporada: a conquista do bicampeonato da Copa do Brasil. Para que o sonho continue vivo, o Tricolor precisa vencer o Águia Marabá, nesta quinta-feira, às 21h30m (horário de Brasília), no Mangueirão, em Belém do Pará, para deixar encaminhada a classificação para as oitavas-de-final. Uma vitória por dois ou mais gols de diferença classifica o time direto. O SporTV transmite ao vivo para todo Brasil, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

Parreira faz mudanças no time titular

Carlos Alberto Parreira ainda não divulgou a equipe titular, mas a tendência é a de que faça pelo menos quatro mudanças. Os laterais Eduardo Ratinho e João Paulo entram nas vagas de Mariano, lesionado, e Leandro, que não apareceu no clube esta semana e pode ter o contrato rescindido. O volante Fabinho ocupa o lugar do também lesionado Jailton, e Marquinho será mantido como segundo homem no meio.

– Não estou fazendo mistério. Tenho pequenas dúvidas, mas o time já está praticamente escalado na minha cabeça. Quero usar essa vantagem de poder revelar os titulares apenas momentos antes do início da partida – explicou Parreira.

Um dos principais jogadores do elenco do Fluminense, o atacante Fred pede atenção com o adversário.

– O Águia é um time de qualidade e vai nos dar trabalho no Mangueirão. Eles eliminaram o América-MG na primeira fase e mostraram que podem surpreender outros adversários. Precisamos de atenção os 90 minutos para conseguir vencer.

Águia quer levar a decisão da vaga para o Rio

O time paraense tem como principal objetivo a vitória, é claro. Mas, o jogo de volta no Maracanã já será muito bem-vindo . O técnico João Galvão aposta nos gols do atacante Felipe Mamão para tentar surpreender o time tricolor no Mangueirão.

– Felipe vem mostrando que sabe fazer gols e está com muita vontade de vencer. O fato de o jogo ser transmitido para todo o Brasil ajuda a deixar os jogadores ainda mais motivados. Vamos em busca de um bom resultado para provar que o Águia já é uma realidade.

O atacante revelou que se inspira no artilheiro Fred.

– Vou fazer de tudo para deixar a minha marca. Vai ser muito bom enfrentar um jogador como o Fred, que é de seleção brasileira. Procuro me espelhar nele para melhorar as minhas atuações – afirmou Felipe Mamão.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

FICHA TÉCNICA:

ÁGUIA FLUMINENSE
Ângelo; Magrão, Darlan e Adriano; Sinésio, Marabá, Analdo, Flamel e Marcondes; Felipe Mamão e Aleílson. Fernando Henrique; Eduardo Ratinho, Luiz Alberto, Edcarlos e João Paulo; Fabinho, Marquinho, Thiago Neves e Conca; Everton Santos e Fred.
Técnico: João Galvão. Técnico: C.A. Parreira.
Estádio: Mangueirão. Data: 16/04/2009. Horário: 21h30m. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF). Auxiliares: José Antônio Neto (DF) e Renato Miguel Vieira (DF).
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo para todo Brasil.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h15m (de Brasília).

abril 16, 2009 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em sua primeira decisão da semana, Botafogo recebe o Americano

Antes de enfrentar o Flamengo, na final da Taça Rio, Alvinegro tem compromisso importante pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira

Ampliar Foto Alexandre Cassiano/Globo Alexandre Cassiano/Globo

Motivado, Botafogo tenta deixar o Fla de lado para pensar no Americano

Nas conversas entre os torcedores, o assunto dominante é a final da Taça Rio, que acontece neste domingo. Mas antes da partida contra o Flamengo, o Botafogo tem outro duelo para ser encarado como uma decisão. A equipe recebe o Americano, nesta quinta-feira, no Engenhão, no jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, competição que é um dos grandes objetivos do Alvinegro na temporada. O SporTV transmite ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, a partir das 19h30m.

O Botafogo começa com a desvantagem de ter perdido por 2 a 1 o primeiro jogo, em Campos. Por isso, precisa vencer por 1 a 0 para se classificar para as oitavas-de-final. Caso faça 2 a 1, a decisão será nos pênaltis. O vencedor do confronto enfrenta Ponte Preta ou Figueirense na próxima fase.

Botafogo garante foco na Copa do Brasil

Desde o início da semana, o grupo do Botafogo tem se desdobrado para deixar de lado a partida contra o Flamengo e pensar apenas no Americano. O discurso comum dá conta da importância da Copa do Brasil para o futuro do clube, mas sabe-se que é difícil fugir da lembrança de um clássico tão importante, que acontecerá três dias depois.

– A melhor coisa foi haver esse jogo contra o Americano no meio da semana, pois vai tirar muito da nossa ansiedade em relação à final de domingo. É melhor do que falar sobre o Flamengo a semana inteira – explicou o técnico Ney Franco.

É realmente difícil para o Botafogo esquecer o Americano. Até porque o Alvinegro não venceu o adversário nas duas vezes em que o enfrentou na atual temporada. Além da derrota no jogo de ida pela Copa do Brasil, houve empate em 2 a 2 no Engenhão, pelo Campeonato Carioca.

O Botafogo, portanto, quer evitar um novo resultado negativo e assim, ter tranquilidade para trabalhar até a decisão da Taça Rio. Ney Franco reconhece que o ideal seria abrir boa vantagem ainda no primeiro tempo para dosar as energias pensando no Flamengo.

– Vamos impor um ritmo forte desde o início e se tivermos a competência de garantir uma vantagem, vamos administrar. Mas é uma partida em que não se pode errar. Se houver um tropeço, sairemos de forma precoce da competição.

Para fortalecer a ideia de que o Botafogo está com a cabeça apenas na Copa do Brasil, Ney Franco não teve dúvidas em optar por escalar a força máxima. Entrará em campo a mesma equipe que venceu por 4 a 0 o Vasco, no último sábado, na semifinal da Taça Rio. O zagueiro Emerson, que se machucou no jogo de ida contra o Americano, continua fora.

A novidade do Botafogo será Jean Coral. O atacante, recentemente contratado, foi inscrito na Copa do Brasil e ficará no banco de reservas na partida contra o Americano.

Americano naõ vai só defender

Toninho Andrade, técnico da equipe de Campos, garante que o Americano não atuará apenas na defesa. Ele já disse que o ataque do Botafogo não costuma passar em branco, o que obriga o seu time a também fazer gols para se classificar.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)
Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Ficha do jogo:

BOTAFOGO AMERICANO
Renan, Fahel, Juninho e Wellington; Alessandro, Leandro Guerreiro, Léo Silva, Maicosuel e Thiaguinho; Reinaldo e Victor Simões. Jefferson, Elson, Carlão e Anderson; Paulo Henrique, Pirão, Renan, Eberson e Ernani; Diego Sales e Kieza.
Técnico: Ney Franco. Técnico: Toninho Andrade.
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ). Data: 16/04/2009. Árbitro: Djalma Beltrami (RJ). Auxiliares: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Flávio Manoel da Silva (RJ).
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo para todo o Brasil.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 19h30m (de Brasília).

abril 16, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Botafogo tenta manter chama de campeão acesa contra o Dom Pedro

Alvinegro joga em Brasília contra time fundado pelo Corpo de Bombeiros em busca da vaga antecipada para a segunda fase da Copa do Brasil

A conquista da Taça Guanabara, no último domingo, mostrou que o Botafogo é, no momento, a grande força do Rio de Janeiro. Mas a partir desta quinta-feira, o Alvinegro poderá provar que também está entre os melhores no cenário nacional. Motivado pela conquista regional, a equipe enfrenta o Dom Pedro, no Estádio Bezerrão, em Brasília, pela primeira rodada da Copa do Brasil. O SporTV transmite ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, a partir das 21h30m.

Embora a partida seja longe do Rio de Janeiro, o Botafogo sente-se em casa desde o momento em que desembarcou em Brasília. Os jogadores são tratados como ídolos e heróis pelos torcedores, principalmente depois do título da Taça Guanabara. Por isso, não haverá qualquer sentimento de estranheza pelo fato de estar jogando fora do Engenhão ou do Maracanã.

– Aqui, nos sentimos em casa. Sempre que viemos a Brasília sentimos esse calor da torcida. Por isso, nossa motivação é ainda maior – afirmou o capitão Juninho.

Ampliar Foto Gustavo Rotstein/Globo Esporte Gustavo Rotstein/Globo Esporte

Jean Carioca (esq.) descansa após treino em Brasília. Jogador será titular

O Botafogo quer se aproveitar desse fator para garantir em Brasília o seu principal objetivo: vencer o Dom Pedro por uma diferença de, no mínimo, dois gols e evitar a partida de volta, no Rio de Janeiro. A ideia é fazer com que, assim, a equipe tenha mais tempo de se dedicar à Taça Rio, outra meta alvinegra.

Mas isso não significa menosprezo. Escolado por ver o Resende surpreender no Rio de Janeiro, o Botafogo sabe que a Copa do Brasil é pródiga em revelar equipes menos conhecidas. Por isso, promete em campo a mesma atitude demonstrada na final da Taça Guanabara, quando não deu espaços ao adversário.

– O Dom Pedro tem uma equipe bem ajustada, que sai de forma rápida para os contra-ataques. Temos dois jogos para decidir a classificação, mas se estivermos numa noite feliz, vamos forçar o ritmo para vencer por dois gols de diferença – explicou Ney Franco.

O técnico alvinegro decidiu modificar a equipe, depois de observar vídeos de partidas do Dom Pedro. O técnico manterá o esquema 3-5-2, mas com Leandro Guerreiro na zaga. Wellington será substituído pelo volante Léo Silva, e Lucas Silva cede a vaga a Jean Carioca, que terá sua primeira chance como titular. A ausência continua a ser Victor Simões, que se recupera de uma lesão na coxa esquerda. No banco, a novidade será o atacante Júnior, promovido dos juniores.

Com apenas 13 anos de história, o Dom Pedro é atualmente o segundo colocado do Campeonato do Distrito Federal. Há dez anos a equipe ficou conhecida quando enfrentou o Fluminense no Campeonato Brasileiro da Série C, na época que ainda era amador e tinha um time formado por integrantes do Corpo de Bombeiros.

Agora, o Dom Pedro quer mostrar ao Brasil a sua nova fase e levar para o Engenhão a decisão, no dia 19 de março, da vaga na próxima fase.

– Nossa expectativa é a melhor possível, pois vamos enfrentar o campeão do primeiro turno do Rio de Janeiro. É algo que nos motiva muito, já que valoriza o adversário que teremos na partida. Venho estudando o Botafogo há algum tempo, e tenho certeza de que o Dom Pedro está preparado – afirma o técnico Fernando Tonet.

O destaque do time do Dom Pedro é o recém-contratado Renaldo, de 38 anos, artilheiro do Campeonato Brasileiro de 1996 e autor de 30 gols na edição de 2003. O técnico não poderá contar com o lateral-esquerdo Rafinha, que cumpre suspensão relativa à Série C do ano passado. O zagueiro Rodrigo Mello e o meio-campo Maninho, machucados, são dúvida.

Ficha do jogo:

DOM PEDRO BOTAFOGO
Fernando, Léo, Rafael e Rodrigo Mello (Jadir); Júlio César, Taru, Gabriel, Maninho (Kabila) e Maílson; Índio e Renaldo. Renan, Emerson, Juninho e Leandro Guerreiro; Alessandro, Fahel, Léo Silva, Maicosuel e Thiaguinho; Jean Carioca e Reinaldo.
Técnico: Fernando Tonet. Técnico: Ney Franco.
Estádio: Bezerrão, em Brasília (DF). Data: 05/03/2009. Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO). Auxiliares: Marco Antônio de Mello Moreira (GO) e João Patrício de Araújo (GO).
Transmissão: O SporTV exibe a partida ao vivo.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h30m (de Brasília).

março 5, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Reformulado, Glorioso 2009 enfrenta o Boavista de olho em mais uma decisão

Alvinegro dá largada neste sábado à temporada com muitas caras novas no elenco, mas ainda sob o comando do remanescente treinador Ney Franco

O Botafogo inicia neste sábado a luta para chegar à terceira final seguida do Campeonato Carioca. A equipe começa a sua trajetória por Saquarema, onde enfrenta o Boavista, às 16h (de Brasília), pela primeira rodada da Taça Guanabara. O Alvinegro terá uma equipe reformulada, mas ambiciosa. O objetivo será, agora, conquistar o título que deixou escapar nos dois últimos anos. O Premiere transmite a partida ao vivo, e o GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

O jogo deste sábado será o primeiro contato da torcida com um time bem diferente daquele que ela acostumou a ver nos últimos dois anos. Dos que terminaram 2008 como titulares, estarão em campo apenas o goleiro Renan, o lateral-direito Alessandro, o volante Leandro Guerreiro e o meia Lucas Silva. A maioria da equipe principal é composta por caras novas.

Até mesmo o esquema tático mudou. Ney Franco optou por uma formação no 3-5-2, com Leandro Guerreiro atuando como líbero. No meio-campo, ao lado de Lucas Silva, Maicosuel terá a missão de municiar os atacantes Diego e Victor Simões, um dos destaques da pré-temporada que durou duas semanas e aconteceu no Caio Martins, em Niterói.

Ampliar Foto Jorge William/O Globo Jorge William/O Globo

Ney Franco orienta os jogadores que formam o novo Botafogo

É no setor ofensivo, aliás, que o Botafogo terá o seu único desfalque. Reinaldo, um dos principais jogadores do elenco, sofreu um estiramento na coxa direita durante o jogo-treino contra o Olaria, na última quarta-feira. Esse fato gerou frustração, mas não diminuiu o otimismo de Ney Franco. Ele confia na boa atuação da equipe, embora saiba que o entrosamento ainda não é o ideal.

– Peço paciência à torcida, porque são normais as dificuldades neste início de temporada. Ainda buscamos a melhor forma física e técnica, o que acontecerá apenas com a sequência de jogos. De qualquer forma, isso não mudará nosso objetivo, que será sempre o de vitória.

No Botafogo, clube tão apegado à tradição, até mesmo a nostalgia tem gosto de novidade. A partida contra o Boavista também marcará a volta de um velho conhecido. Juninho, que passou o ano de 2008 no São Paulo, estará de volta ao comando da zaga, conquistando o status de capitão.

– Dá um frio na barriga só de pensar em voltar a disputar o Campeonato Carioca. Contamos com o apoio da torcida, e vamos superar a falta de entrosamento com muita garra – prometeu o zagueiro.

Mesmo sem medalhões, Boavista mostra confiança

Ampliar Foto Agência/Globo Agência/Globo

Juninho retorna ao Botafogo após um ano atuando pelo São Paulo

O Boavista também apresenta muitas caras novas para o Campeonato Carioca. Mas algumas das mais famosas, como o zagueiro Gustavo e o volante Cocito (ambos campeões brasileiros pelo Atlético-PR, em 2001), não poderão atuar, pois ainda recuperam a forma física. De qualquer forma, a equipe de Saquarema conta com o alçapão do Estádio Elcyr Resende de Mendonça, onde derrotou o Botafogo em 2007, acabando com as chances do Alvinegro de chegar à semifinal da Taça Guanabara.

O técnico Júlio Marinho tem apenas uma dúvida no time titular. Pessanha, ex-Internacional, e Juan disputam uma vaga na defesa. Mesmo assim, o comandante do Boavista acredita num bom desempenho de sua equipe na primeira rodada e no restante do Campeonato Carioca.

– O jogo de estreia é sempre mais complicado, mas estou confiante de que faremos uma boa partida, principalmente por estarmos jogando no nosso estádio. O Botafogo montou um elenco forte também e será um adversário difícil. Acredito que o ponto forte deles será o conjunto. O que as pessoas podem esperar do Boavista no Campeonato Carioca é um time competitivo e com vontade de vencer – afirmou Júlio Marinho.

BOAVISTA BOTAFOGO
Erivélton, Rogério Rios, Pessanha (Juan), Santiago e Hamilton; Thiaguinho, Alexandre Silva, Bruno Moreno e Têti; Tony e Roberto Santos. Renan, Emerson, Leandro Guerreiro e Juninho; Alessandro, Léo Silva, Lucas Silva, Maicosuel e Eduardo; Diego e Victor Simões.
Técnico: Júlio Marinho. Técnico: Ney Franco.
Estádio: Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema (RJ). Data: 24/01/2009. Árbitro: Marcelo de Souza Pinto. Auxiliares: Jackson Lourenço Massara dos Santos e Marcos Antônio Bastos Júnior.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 16h (de Brasília)

janeiro 24, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário