Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Bicho-papão da Taça GB, Fla encara o novato Resende por vaga na decisão

Rubro-negro venceu seis das últimas dez edições da competição e levou o título Estadual em todas elas. Rival está pela primeira vez na semifinal

Ampliar Foto Editoria de Arte/Globo Esporte Editoria de Arte/Globo Esporte

Duelo de atacantes: Bruno Meneghel tem seis gols, enquanto Obina não fez nenhum

Diz a história recente do Campeonato Carioca que o campeão da Taça Guanabara geralmente leva por tabela o título da competição. Isso aconteceu em oito das últimas dez edições da competição, seis com o Flamengo. Prato cheio para o supersticioso Cuca se cercar de cuidados e valorizar ainda mais o encontro de sábado, às 16h, no Maracanã, contra o Resende, pela semifinal da competição.

Dono da melhor campanha da primeira fase, com 17 pontos, e único invicto no Estadual, o Flamengo foi o líder do Grupo B e tem pela frente uma equipe acostumada a transformar em realidade missões impossíveis. Com apenas 1% de chance de classificação na última rodada, o Resende despachou o Americano em casa, somou 10 pontos, foi o beneficiado com a perda de pontos do Vasco no TJD e papou o segundo lugar no Grupo A. O sonho agora é impedir a terceira decisão consecutiva de Taça GB do rival.
Respeito para espantar a zebra

Ampliar Foto Cezar Loureiro/AGÊNCIA O GLOBO Cezar Loureiro/AGÊNCIA O GLOBO

No último treino antes da semifinal, Cuca relaxou e participou do recreativo ao lado de Josiel

O retrospecto surpreendente do time do Sul do estado ligou o alerta na Gávea, e Cuca foi objetivo ao vetar o clima de já ganhou. Depois de acompanhar de longe a frustração dos rubro-negros com as “vitórias certas” em 2008, o treinador falou grosso:

– Temos que ser realistas. O Resende vai fazer o jogo da vida. Não adianta pensar que vai ser barbadinha e ganhar tranquilo. Nossa grande arma vem da arquibancada e a atitude tem que ser melhor do que tem sido. Além de muita humildade – alertou.

Calejado com as zebras que atrapalharam o Flamengo na última temporada, Juan reforçou as palavras do comandante e cobrou atenção total durante os 90 minutos.

– O Resende não chegou na semifinal à toa. Temos que estar ligados e respeitar o adversário. Sabemos o que fazer dentro de campo.

O lateral-esquerdo, por sinal, é a grande novidade na equipe rubro-negra. Recuperado da lesão na coxa esquerda que o afastou das últimas cinco partidas da Taça GB, ele entra no lugar de Egídio. Outra cara nova no setor defensivo é Thiago Sales, que substitui o lesionado Ronaldo Angelim.

No Resende, a ordem é acreditar até o último minuto

Ampliar Foto Jorge William/AGÊNCIA O GLOBO Jorge William/AGÊNCIA O GLOBO

Roy trabalhou a parte psicológica do Resende

Em ritmo de carnaval, o Resende vai no embalo do “sonhar não custa nada”, famoso samba da Mocidade Independente de Padre Miguel, e trabalha o lado psicológico para despachar o Flamengo em pleno Maracanã. Segundo o técnico Roy, a maior arma da equipe do Sul fluminense será manter a auto-confiança.

– Temos que acreditar sempre. Trabalhei bastante o lado emocional. O time tem que marcar forte e não deixar o Flamengo jogar. Vamos tomar a iniciativa do jogo também. Lógico que existe o favoritismo por se tratar de um clube grande, mas não podemos ficar o tempo todo lá atrás.

Artilheiro do Estadual com seis gols, Bruno Meneghel sonha calar o Maracanã com um gol e mostra ansiedade.

– Quero fazer um gol no Flamengo. Pensei nisso a semana toda. Não estou conseguindo nem dormir. Fico feliz por fazer parte dessa história e por mostrar meu valor no Resende.

Sem os meias Vinícius, suspenso, e Bruno Reis, machucado, e com Beto e Fábio Azevedo ainda sem condições de ficarem em campo por 90 minutos, o Resende mudou o esquema tático e encara o Flamengo no 3-5-2.

FLAMENGO RESENDE
Bruno, Airton, Fábio Luciano e Thiago Sales; Leo Moura, Willians, Marcelinho Paraíba, Ibson e Juan; Zé Roberto e Obina. Cléber, Leandro, Naílton e Breno; Bruno Leite, Márcio Gomes, Fred, Léo e Marquinhos; Bruno Meneghel e Fabiano.
Técnico: Cuca. Técnico: Roy.
Estádio: Maracanã. Data: 21/02/2009. Horário: 16h. Árbitro: Felipe Gomes da Silva. Auxiliares: Eduardo da Souza Couto e Rodrigo Pereira.
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 15h45m (de Brasília).

window.google_render_ad();

fevereiro 20, 2009 Posted by | Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário