Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Desesperada, Lusa encara o tranqüilo Sport no Canindé

Uma derrota em casa pode significar o retorno dos paulistas à Série B. Já o Leão joga apenas para cumprir tabela.

Ampliar Fotoarte/GLOBOESPORTE.COM arte/GLOBOESPORTE.COM

Lusa precisa de uma vitória sobre o Sport

Em situação dramática, a Portuguesa precisa desesperadamente dos três pontos diante do Sport, pela 37ª rodada do Brasileiro, neste domingo, às 17h, no Canindé. Com apenas 37 pontos, na penúltima colocação do campeonato, a equipe paulista corre sério risco de voltar à Série B. Já o Sport navega em águas tranqüilas. Já classificado à Libertadores por ter vencido a Copa do Brasil, o Leão está na 11ª colocação, com 48 pontos, e não tem mais pretensões na competição nacional. Portanto, a responsabilidade é toda da equipe lusitana. Uma derrota em casa pode significar a queda.

No primeiro turno, o Sport derrotou a Portuguesa por 2 a 0 na Ilha do Retiro, gols de Roger e Bruno Rodrigo (contra).

O PORTAL FUTEBOL acompanha todos os lances dessa partida em Tempo Real, com vídeos exclusivos. O Premiere transmite para todo o Brasil, em sistema de pay-per-view.

Ediglê volta à zaga da Lusa

Para o duelo decisivo contra o Sport, o técnico rubro-verde Estevam Soares pretende manter praticamente toda a equipe que empatou em 0 a 0 com o Goiás na rodada anterior. A única mudança fica por conta da volta do zagueiro Ediglê, que se recuperou de uma contusão muscular, no lugar de Aderaldo.

No meio-de-campo, Estevam manteve Héverton ao lado de Fellype Gabriel. Edno, que foi poupado do treinamento desta sexta-feira, é presença garantida no ataque da Lusa contra os pernambucanos.

Jogando com a “corda no pescoço”, o meia Héverton pediu calma ao grupo da Lusa. Segundo ele, o momento é difícil, mas não requer desespero.

– Muita gente está torcendo contra a gente, mas o momento é de ter a cabeça no lugar, jogar com calma e paciência para fazer as coisas corretas – diz.

No Leão, Carlinhos Bala é mantido

Garantido na Libertadores de 2009 e não ameaçado de rebaixamento, o Sport vai enfrentar a Portuguesa sem grandes mudanças no time. No treino de quinta-feira, quem surpreendeu foi o atacante Carlinhos Bala, que, ameaçado de esquentar o banco para o garoto Ciro, fez os dois gols do coletivo e garantiu a sua escalação na partida com a Portuguesa deste domingo.

Curiosidade: o atacante fez os dois gols do treino que terminou empatado em 1 a 1. No primeiro tempo, Nelsinho escalou o time titular com Ciro ao lado de Roger no ataque: 1 a 0 para os reservas com gol de Carlinhos Bala. Veio a etapa final do treinamento e o técnico colocou o preterido Bala no lugar de Ciro: 1 a 1 – gol de Carlinhos Bala para os titulares. Resultado: no ataque do time titular, Nelsinho Baptista vai mandar Bala contra a Portuguesa.

A única mudança no time será a escalação de Elias na zaga no lugar de Igor, que se contundiu na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, na última rodada. Vetado pelo departamento médico do clube, onde está se tratando de uma contratura muscular, Igor não jogará mais neste Campeonato Brasileiro. O treinador vai manter o esquema com três zagueiros, mas ainda não se decidiu entre Fumagalli ou Márcio Goiano no meio-de-campo.

PORTUGUESA SPORT
Gottardi, Patrício, Bruno Rodrigo, Ediglê e Athirson; Rai, Erick, Héverton e Fellype Gabriel; Jonas e Edno. Magrão, César, Elias e Durval; Sidny, Sandro Goiano, Fábio Gomes, Fumagalli (Márcio Goiano) e Dutra; Carlinhos Bala e Roger.
Técnico: Estevam Soares. Técnico: Nelsinho Baptista.
Estádio: Canindé. Data: 30/11/2008. Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO). Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Flavio Gilberto Kanitz (GO).
Transmissão: O Premiere, pelo sistema pay-per-view, mostra para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha.

novembro 29, 2008 Posted by | Portuguesa, Sport | , , , , | Deixe um comentário