Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Contra o Grêmio, Bota espera continuar no encalço dos líderes

Alvinegro quer vitória em casa. O Tricolor espera dias melhores no Brasileiro

A briga no G4 continua acirrada neste Campeonato Brasileiro. A fim de continuar no encalço dos líderes Fluminense e Corinthians, o Botafogo recebe o Grêmio neste sábado, às 18h30,com transmissão em tempo real pelo LANCENET!, em busca de mais três pontos na tabela de classificação.

Atualmente na quarta colocação, o Glorioso espera fazer valer o fator casa. No Engenhão, o Bota está invicto neste Brasileiro e terá na última rodada do primeiro turno um adversário que ainda não venceu fora de seu campo, o Olímpico.

Para o confronto Joel Santana que, já não conta com Jobson desde a última partida devido uma lesão, pode ter outra baixa importante: Somália, com uma lesão na coxa direita, está praticamente fora do jogo.

– Quando ele sentiu uma contusão no pé, eu ia tirá-lo, mas ele disse que ia ficar. Faltando cinco minutos teve a lesão muscular – lamentou Joel Santana.

No último treino antes da partida, na manhã desta sexta-feira, o técnico do Bota ainda não revelou o substituto do camisa 10, mas, ao que tudo indica, Fahel e Renato Cajá brigam pelo lugar do volante.

O Grêmio está em situação delicada no Campeonato Brasileiro (16º, primeiro time fora da zona de rebaixamento), mesmo assim, Joel não espera jogo fácil contra os gaúchos.

– É um time com camisa e de tradição. Tem um treinador que conhece o Rio, já foi meu jogador. Eles estão lá em baixo, mas não é o lugar deles. Querem se recuperar, tanto que chegaram ao Rio primeiro que o Botafogo – alertou Joel.

Se o Bota tem problmes com o departamento médico, no Grêmio não é diferente. O Tricolor perdeu seu principal articulador para a partida: Douglas, com lesão no púbis. Outros dois jogadores saíram com dores musculares da partida de quarta-feira contra o Guarani, no Olímpico: o meia Leandro e o centroavante Borges, que, se forem escalados, não irão inteiros.

Outro problema: o Grêmio ainda não venceu como visitante neste Brasileiro – aliás, prolongando a uruca de 2009, quando só ganhou do Náutico nessa condição.

Esse é o temor. O temor de que, no Engenhão, o time não tenha forças para dar nitidez ao esboço de reação verificado nas duas rodadas mais recentes. Nelas, o Tricolor saiu da zona de rebaixamento ao empatar com o Atlético-PR na Baixada e vencer o Guarani em casa.

A luz de alerta está acesa. “Se bobear, volta”, admitiu o técnico Renato Gaúcho, pedindo atenção total no Engenhão.

Mas todos os jogadores afirmam que a vitória sobre o Guarani devolveu a auto-estima e a confiança. “Já podemos jogar com naturalidade, a bola não queima mais”, garante o atacante Jonas, autor do único gol da partida contra o Guarani.

Na ausência de Douglas, Souza deverá centralizar as jogadas de meio-campo. A antiga função do próprio Souza será executada por Leandro ou Maylson. No ataque, a opção para Borges será André Lima, ex-Botafogo, um atacante tecnicamente inferior porém mais raçudo.

Na defesa, o lateral-direito Gabriel fará sua terceira partida e o zagueiro Vilson, a quarta. O setor ainda carece de entrosamento. Com um time em transformação, Renato Gaúcho conclui:

– Vai ter que ser no suor, na entrega. E tenho certeza que o Botafogo vai nos respeitar.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO X GRÊMIO

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 04/09/2010 – 18h30 (Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Marcio Eustáqio Sousa Santiago (MG) e Enio Ferreira de Carvalho (DF)

BOTAFOGO: Jefferson, Antônio Carlos, Leandro Guerreiro e Fábio Ferreira; Alessandro, Fahel (Renato Cajá), Marcelo Mattos, Maicosuel e Marcelo Cordeiro; Herrera e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

GRÊMIO: Victor, Gabriel, Vilson, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Fábio Rochemback, Leandro (Maylson) e Souza; Jonas e Borges (André Lima). Técnico: Renato Gaúcho.

setembro 4, 2010 Posted by | Botafogo, Grêmio | , , | Deixe um comentário

Contra o Grêmio, Atlético-PR pensa alto

Após a vitória contra o Prudente, Furacão já pensa no G4; Tricolor segue lutando para escapar da degola

Embalado com as duas vitórias consecutivas, que o fizeram abrir cinco pontos da zona do rebaixamento, o Atlético-PR recebe o Grêmio, neste domingo, às 18h30, na Arena da Baixada, visando a parte de cima da tabela.

Uma vitória sobre o Tricolor gaúcho pode colocar o Furacão até oito pontos longe da zona da degola e aproximá-lo do G4 (no momento, a diferença é de quatro pontos). Além disto, seria a primeira vez na temporada que o clube venceria três partidas consecutivas na competição.

Para ajudar o bom momento, o técnico Paulo César Carpegiani pode ter apenas um desfalque. O volante Chico recebeu uma proposta do Bétis (ESP) e, caso aceite, viaja neste final de semana para a Europa. Por outro lado, o armador Paulo Baier, recuperado de dore no joelho, está de volta. E, assim, quem pode ficar fora é o atacante Guerrón.

– Cheguei a testar o Paulo Baier como segundo volante, mas isto está descartado. Ele vai entrar no lugar de um dos atacantes, que pode ser o Guerrón, o Bruno Mineiro ou o Maikon Leite. Vai depender – declarou o treinador, abindo mão do 4-3-3 para voltar ao 4-4-2, com Branquinho permanecendo entre os titulares.

Grêmio

Com o Grêmio demorando a sair da zona de rebaixamento (é 17º, com 15 pontos), o técnico Renato Gaúcho age como quem troca pneus com o carro andando: promove a estreia tão logo o reforço desembarca.

Quarta-feira, contra o Santos, no Olímpico, escalou Vilson dois dias depois da apresentação do ex-zagueiro do Vitória. Neste domingo, mandará a campo o lateral-direito Gabriel, ex-Panathinaikos (GRE).

E o lateral-esquerdo Gilson, ex-Paraná, poderá reaparecer num gramado de Curitiba três dias depois de ter-se mudado para Porto Alegre.

Renato age assim porque tem um problema grave: sua defesa vaza por todos os lados. É a quinta pior, com 23 gols tomados. Contra o Santos, foi uma tragédia: o Tricolor perdeu de virada levando gol nos descontos, quando já festejava a saída da zona de degola.

Assim, nem a volta ao esquema de três zagueiros está descartada. Entre as várias experiências no coletivo da sexta-feira, esteve a do zagueiro Neuton entrando junto a Vilson e Rafael Marques.

– No 3-5-2, nossa zaga fica mais alta, mais protegida, e ao mesmo tempo mantemos jogadores suficientes para chegar ao ataque -justificou Renato, citando a única vitória do Grêmio sob seu comando, o 2 a 0 sobre o Goiás.

Ele esqueceu que o time perdeu para o Ceará por 1 a 0, no último sábado em Fortaleza, utilizando os três zagueiros. De qualquer forma, a definição só sairá pouco antes do jogo. E é pouco provável que a fórmula seja utilizada.

No meio de campo, o técnico não contará com o volante Willian Magrão pelas próximas três semanas. Contra o Santos, quarta-feira, Magrão sofreu estiramento na coxa esquerda. Menos mal que a saída do jogador coincidiu com o retorno de Adilson, também volante. A zaga poderá ficar melhor protegida. Mas Renato não excluiu a possibilidade de utilizar Lúcio na função, embora este seja lateral-esquerdo.

A articulação de jogadas deverá continuar com Souza e Douglas e o ataque terá Jonas e Borges. Um quarteto de respeito. O problema, como sempre, será equilibrar tudo com um bom sistema defensivo.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR X GRÊMIO

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data/hora: 29/8/2010, às 18h30 (de Brasília).
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (RJ).
Auxiliares: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (ES) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ).

ATLÉTICO-PR: Neto, Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico (Deivid), Olberdam, Branquinho e Paulo Baier; Maikon Leite e Bruno Mineiro.

agosto 29, 2010 Posted by | Atlético-PR, Grêmio | , , | Deixe um comentário

Roth apresenta novidades no time do Galo

Marcos Rocha e o recém-contratado Jonílson treinam entre os titulares

Ampliar Foto Bruno Cantini/Esporte Press Bruno Cantini/Esporte Press

Jonílson foi apresentado no início da semana e já pode aparecer no time titular contra o Grêmio

Após o empate por 2 a 2 com o Avaí, na estreia do Campeonato Brasileiro, o técnico Celso Roth planeja mudanças no time do Atlético-MG para o segundo jogo na competição, neste sábado, às 18h30m, contra o Grêmio, no Mineirão. Prova disso foi o coletivo comandado pelo treinador na manhã desta quinta-feira, que teve o lateral-direito Marcos Rocha e o volante Jonílson como novidades.

O time iniciou o treino com Édson, Marcos Rocha, Leandro Almeida, Welton Felipe e Thiago Feltri; Jonílson, Renan, Carlos Alberto e Júnior; Éder Luis e Diego Tardelli. No decorrer da segunda etapa da atividade, Marcos Rocha foi substituído por Élder Granja.

O volante Márcio Araújo, que se recupera de um edema na região posterior da coxa direita, não sente mais dor no local e já realizou trabalho físico nesta quinta-feira, correndo em volta do campo. Já o volante Fabiano, em tratamento de dores na coxa direita, ainda está sob observação no departamento médico.

A preparação para o jogo contra o Grêmio terminará na manhã desta sexta-feira.

As informações são do site oficial do clube

<!–
window.google_render_ad();
// –>

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 14, 2009 Posted by | Atlético-MG | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Rodrigo Souto não enfrenta o Grêmio

Volante ainda não está totalmente recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, e Mancini acha melhor poupá-lo

Ampliar Foto Adilson Barros/GLOBOESPORTE.COM Adilson Barros/GLOBOESPORTE.COM

Rodrigo Souto não joga desde o dia 11 de abril, quando se machucou

O volante Rodrigo Souto, do Santos, está fora da primeira rodada do Brasileirão, domingo, contra o Grêmio, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. O jogador participou do treinamento coletivo comandado pelo técnico Vagner Mancini, nesta sexta-feira, no CT Rei Pelé, mas no time reserva. Ele ainda não está totalmente recuperado de uma lesão muscular na coxa direita, que sofreu no primeiro jogo da semifinal do Paulistão, contra o Palmeiras, dia 11 de abril.

Segundo o treinador, Souto ainda não está se sentindo à vontade em campo, pois a lesão incomoda. Por isso, seria arriscado escalar o jogador.

– O Rodrigo Souto tem tido uma evolução, mas precisamos aguardar um pouco mais. Ele ainda sente um desconforto. Com isso, deve ficar fora desse jogo – informa Mancini.

Com isso, Germano segue formando dupla com Roberto Brum.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

maio 9, 2009 Posted by | Santos | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Casa cheia para Universidad do Chile x Grêmio

Time da casa espera contar com o apoio de 40 mil torcedores

LANCEPRESS!

O Universidad de Chile, que tem menos torcida do que o Colo-Colo porém bem mais do que a Universidad Católica, espera o apoio de 40 mil pessoas em sua partida de quarta-feira, contra o Grêmio, pelo Grupo 7 da Libertadores.

A procura por ingressos é intensa em Santiago. Embora não considere a vitória fundamental para a classificação, o técnico Sérgio Markarian diz que seu time tem todas as condições de saltar dos 7 para os 10 pontos ganhos, igualando-se ao Grêmio na liderança.

O Universidad é vice-líder também do campeonato nacional, o Apertura, que não conquista desde 2004. Mas dá mais valor à Libertadores. Sábado, contra o Santiago Morning, escalou dez reservas – de titular, só o goleiro Miguel Pinto – e perdeu por 3 a 1.Sem crise. Todos compreendem que o time a ser batido é o Grêmio.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

abril 13, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , | Deixe um comentário