Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Papo motivacional antecede treinamento do Fogão

Ney Franco e André Silva lembraram ao grupo que já levaram um título e que empate ficou para trás

Adepto do papo com seu grupo, Ney Franco já fez virar rotina a resenha antes dos treinamentos que sucedem às partidas, sobretudo quando o Botafogo vacila, caso de quarta-feira, contra o Americano, no Engenhão. O zagueiro Juninho explicou qual foi o teor da conversa desta vez, que também teve a presença do vice de futebol, André Silva.

– Lembramos que o foco já é todo no clássico, e o momento é até melhor, já que temos a Taça Guanabara. Ney frisou que é fundamental mantermos a confiança um no outro e que dependemos somente de nós para nos classificarmos. Sabemos que a cobrança surge pelo que já produzimos, então é só ter calma – revelou o capitão.

Segundo o goleiro Renan, que admitiu o vacilo no primeiro gol do time de Campos, não houve bronca nos cerca de 30 minutos de papo, até pelo estilo do treinador.

– O jeitão mineiro do Ney fala mais alto nessas horas. Ele age da mesma maneira, mesmo mostrando que não gostou e sendo claro sobre o que quer – afirmou o camisa 1, que tem a mesma opinião do craque Maicosuel.

– Foi mais para motivar e seguirmos em frente mesmo. Todos têm autocrítica, não há porque haver grandes mudanças. O que aconteceu é até normal, o Americano veio com uma proposta e a pôs em prática com perfeição. Ney é um grande pai do grupo – lembrou.

março 27, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Com a cabeça na Taça Rio, vascaínos esquecem eliminação na Taça GB

No primeiro turno, time da Colina saiu da competição após perder seis pontos no TJD por ter escalado o meia Jéferson de forma irregular

Ampliar Foto Cezar Loureiro/Ag. O Globo Cezar Loureiro/Ag. O Globo

Ramon diz que grupo esqueceu eliminação da Taça Guanabara

Os jogadores do Vasco parecem ter esquecido a eliminação da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Classificados no campo após finalizarem a fase de classificação, o time acabou fora das semifinais por ter escalado o meia Jéferson de forma irregular na estreia da competição, contra o Americano, no dia 24 de janeiro. Julgado no Tribunal de Justiça Desportiva, o clube acabou perdendo seis pontos.

Para o lateral-esquerdo Ramon, a eliminação já faz parte do passado. Segundo o jogador, o primeiro turno passou.

– Ficamos tristes por causa da perda dos pontos na Taça Guanabara, mas tudo já passou, bola para frente. A gente sabe que poderia chegar à final e até mesmo ganhar o título, mas acabou. Agora é um novo desafio, um novo começo. O grupo conversou muito e superou essas dificuldades – afirmou o lateral.

Os jogadores do Vasco tomaram conhecimento da eliminação na semana que antecedeu as semifinais da Taça GB. Na ocasião do julgamento, o grupo estava retornando ao Rio de Janeiro após a goleada por 4 a 1 sobre o Flamengo-PI, pela primeira fase da Copa do Brasil.

março 6, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco esquece a eliminação da Taça GB e goleia o Fla-PI na Copa do Brasil

Time faz dois gols em cada tempo e garante a classificação sem a necessidade do jogo de volta

Reprodução/SporTV

Jogadores comemoram um dos gols do Vasco contra o Flamengo-PI

Com uma bela atuação do meia Jéferson, pivô da eliminação do Vasco da Taça Guanabara por ter sido escalado de forma irregular na estréia do time no Estadual, contra o Americano, no dia 24 de janeiro, o Vasco deu a volta por cima e fez o seu papel no Albertão, em Teresina. Jogando com os seus titulares, os cariocas venceram o Flamengo-PI por 4 a 1, em jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time da Colina eliminou a necessidade de realizar a partida de volta, no dia 4, em São Januário. Na próxima fase, o adversário vai ser o Ceará ou o Central-PE.

Na última quinta-feira, o pleno do Tribunal de Justiça Desportiva confirmou a perda dos seis pontos na Taça Guanabara. Com isso, o Vasco foi eliminado da competição. Mesmo assim, o departamento jurídico do clube carioca promete entrar com um recurso nesta sexta-feira no Superior Tribunal de Justiça Desportiva. Visivelmente abalados com a situação, os jogadores do time cruzmaltino aproveitaram a chuva que caiu no Albertão para lavar a alma e golear o Flamengo-PI.

Jéferson e Elton marcam, mas cariocas relaxam no fim da etapa inicial

O jogo começou movimentado. Logo com um minuto, o lateral-direito Tote foi advertido com um cartão amarelo por fazer falta dura em Carlos Alberto. Dois minutos depois, o Vasco perdeu a sua primeira chance de abrir o marcador. Rodrigo Pimpão fez bela jogada pelo lado direito e cruzou para Elton. O atacante se antecipou ao zagueiro e tocou de leve tentando tirar do goleiro Robson, que fez uma bela defesa.

Não demorou para o Vasco abrir o marcador. Aos nove minutos, Jéferson acertou uma bomba da intermediária e acertou o ângulo do goleiro Robson, que nada pôde fazer para evitar o gol. Elton quase fez o segundo aos 22. O atacante recebeu a bola dentro da área e chutou. A bola passou à esquerda da meta do Flamengo-PI.

Aos 25, Elton não desperdiçou uma segunda oportunidade. Paulo Sérgio fez um belo lançamento em profundidade para o atacante, que driblou o goleiro e empurrou para a rede para ampliar o marcador. Rodrigo Pimpão perdeu uma ótima chance de marcar o terceiro. Aos 33, após receber ótimo cruzamento de Carlos Alberto, o jogador cabeceou fraco para Robson defender.

Dois minutos depois, Amaral arriscou de fora da área e o goleiro Robson quase engoliu um frango, espalmando a bola para escanteio. Aos 38, Pimpão cruzou da direita na cabeça de Jéferson, que apenas tocou para desviar do camisa 1 rubro-negro. A bola passou à esquerda da trave. No último minuto da etapa inicial, Joniel fez uma bela jogada e iminuiu o marcador.

Paulo Sérgio garante a vaga antecipada dos cariocas em Teresina

O segundo tempo começou igual, com as duas equipes buscando o gol. O Vasco tentava acertar os contra-ataques, e o Flamengo-PI queria se organizar para buscar o empate. A primeira chance clara da etapa final aconteceu aos quatro minutos. Após uma rebatida da zaga, Ramon acertou uma bomba, mas a bola passou por cima do gol de Robson.

O jogo ficou tenso logo nos primeiros minutos do segundo tempo. Carlos Alberto levou o cartão amarelo por reclamação. Minutos depois, Michel foi advertido por causa de uma entrada dura no zagueiro Titi. Aos 19, o técnico Dorival Júnior optou sacar o camisa 19 e apostar na entrada de Alex Teixeira.

Aos 24, o Vasco voltou a abrir dois gols de vantagem. Paulo Sérgio cobrou falta da entrada da área com perfeição e ampliou o marcador para o time carioca. No lance seguinte, aos 25, Pimpão recebeu pelo lado direito da grande área e soltou uma bomba. A bola estourou na trave do goleiro Robson.

A partir do terceiro gol, o time vascaíno voltou a dominar a partida, pressionando para marcar mais gols. O time piauiense tentava de forma desordenada diminuir o marcador para forçar o jogo de volta, em São Januário, no dia 4.

Aos 43, Elton deu três pedalas na frente do zagueiro, deu um tapa para o lado e acertou um belo chute para marcar o quarto gol e selar a vitória vascaína. Após garantir o triunfo, o time carioca tocou a bola e deixou o tempo passar.

Ficha técnica:

FLAMENGO-PI 1 x 4 VASCO
Róbson; Jouber, Serginho e Wildinho (Zuza); Tote (Batata), Célio, Alessandro, Michel (Jonnierick) e Niel; Roni e Joniel. Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Jéferson (Mateus) e Carlos Alberto (Alex Teixeira); Elton e Rodrigo Pimpão (Faioli).
Técnico: Paulo Moroni. Técnico: Dorival Júnior.
Gols: Jéferson, aos 9 minutos, Elton, aos 25 minutos, e Joniel, aos 45 minutos do primeiro tempo; Paulo Sérgio, aos 24, e Elton, aos 42 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Tote, Michel (Flamengo-PI); Jéferson, Titi, Carlos Alberto (Vasco). Cartão vermelho: Não houve
Estádio: Albertão. Data: 18/02/2009. Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE). Auxiliares: Marcos Antônio da Silva Brígido (CE) e Francisco Carlos Feitosa da Silva (CE).

fevereiro 19, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Carlos Alberto já está liberado para jogar

Documentação pendente do Werder Bremem (ALE) chega a São Januário e meia pode enfrentar o Americano no sábado

Carlos Alberto não tem nenhuma pendência para jogar no sábadoCarlos Alberto não tem nenhuma pendência para jogar no sábado (Crédito: Cléber Mendes)

LANCEPRESS!

A diretoria do Vasco recebeu na tarde desta quarta-feira a documentação necessária para deixar Carlos Alberto em condições de estrear pelo Vasco no primeiro jogo do Campeonato Estadual. O Werder Bremen (ALE), clube detentor dos direitos federativos do apoiador, enviou um fax liberando o meia para jogar pelo Cruzmaltino neste sábado, contra o Americano.

O diretor executivo de futebol do Vasco, Rodrigo Caetano, confirmou a chegada do documento mas se mostrou apreensivo com a liberação dos outros atletas que vieram do exterior.

– A libetração do Carlos Alberto chegou mas a dos outros três ainda não – disse o dirigente.

Além de Carlos Alberto, o lateral-direito Fágner e os meias Enrico e Fernandinho estariam dependendo deste documento para poder jogar no sábado. O diretor executivo de futebol espera que isso não seja problema. Afinal, os três já estão inscritos na Federação Carioca de Futebol, mas só dependeriam desta liberação de seus antigos clubes.

– Só estamos esperando a confirmação da Federação para liberar os atletas nestas condições. A princípio, está tudo certo – finalizou Rodrigo Caetano.

Apesar da documentação de Carlos Alberto já estar regularizada, o apoiador teve um pequeno contratempo no treino desta quarta-feira. Ele saiu do recreativo com uma suspeita de fratura na mão direita, após um choque com o zagueiro Fernando. Apesar do problema, o jogador deve ser titular da partida de sábado, em São Januário.

janeiro 22, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , | Deixe um comentário