Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com time reserva, Grêmio empata com a Ulbra

Tricolor faz péssimo primeiro tempo e só atua melhor após a entrada do argentino Maxi López e de Douglas Costa

Grêmio peca no primeiro tempo, sofre o gol, mas empata e resultado satisfazGrêmio peca no primeiro tempo, sofre o gol, mas empata e resultado satisfaz (Crédito: Ricardo Rimoli)

LANCEPRESS!

Com a cabeça no jogo pela Libertadores esta semana, o Grêmio escalou um time reserva para encarar a Ulbra e apenas empatou por 1 a 1, neste domingo, no Complexo Esportivo Ulbra.

A dupla de ataque formada por Herrera e Reinaldo não rendeu o esperado e os jogadores gremistas não se encontraram em campo no primeiro tempo. Somente após a entrada de Maxi López e Douglas Costa o time de Celso Roth dominou a partida.

Em um momento de desatenção, o Grêmio foi surpreendido com um gol no primeiro minuto da partida. Mesmo com três zagueiros e após uma tentativa de linha de impedimento equivocada do Tricolor, um cruzamento de Lê, pela esquerda, chegou nos pés de Tatá, que abriu o placar. Se os atacantes do Grêmio não ameaçavam o goleiro André, o mesmo não se podia dizer dos homens de frente da Ulbra.

Depois de sair na frente, o time de Canoas adotou a postura de se fechar na defesa e usar os contra-ataques, que se tornavam perigosos a cada jogada. Tatá e Lê infernizavam a defesa tricolor, enquanto Herrera, que reclamou de um possível pênalti sofrido aos 13 minutos, e Reinaldo se destacam por faltas desnecessárias e por um cartão amarelo recebido por cada.

Longe de fazer uma boa primeira etapa, o Grêmio viu a Ulbra jogando de forma praticamente perfeita. Apenas aos 47 minutos, o goleiro da Ulbra, André, trabalhou. Reinaldo pela esquerda cruzou bem para Herrera, que perdeu o tempo da jogada, mas o camisa 1 saiu bem e Makelelê não alcançou a bola no rebote.

No intervalo, Celso Roth trocou Reinaldo por Maxi López e Orteman pelo jovem Douglas Costa e culpou a falta de entrosamento dos reservas pelo placar adverso. As mudanças surtiram efeito e o Grêmio foi outra equipe nos 45 minutos finais apesar de aparentar cansaço perto do fim.

Douglas entrou bem e, aos cinco minutos, recebeu lançamento da direita, limpou o lance e tentou bater cruzado, colocado. Mas a bola passou ao lado do gol. Bem melhor, o Grêmio chegou ao empate com Makelelê. Mas méritos para a jogada de Maxi López, que fez a parede, o giro e um ótimo cruzamento.

Depois do empate, o Grêmio ainda teve algumas chances de empate, mas os jogadores pareceram cansados, talvez por não atuarem juntos, e a Ulbra se mostrou conformada com o empate. O placar pareceu bom para os dois lados e assim ficou: 1 a 1 no Complexo Esportivo Ulbra.

if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x10’);}
if (!(dominioparceiro)){OAS_AD(‘x11’);}

blog Divino comenta o futebol gaúcho

março 18, 2009 Posted by | Grêmio | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário