Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Beneficiado pelo ‘G-6’, Atlético-PR recebe o Flu, que mira a liderança

Último time na zona da Libertadores, Furacão tem o Grêmio na cola e precisa vencer. Já o Tricolor seca o Cruzeiro para reassumir o primeiro lugar

 

Um mira a Libertadores, o outro o título, mas para ambos já é decisão. Povoando a parte de cima da tabela do Brasileirão, Atlético-PR e Fluminense escrevem neste domingo, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba, mais um capítulo de uma história de rivalidade que inclui pancadaria generalizada nas Laranjeiras, em 1996, e disputa de vaga na final do Brasileirão, cinco anos depois. A partida é válida pela 31ª rodada do Brasileirão.

Sexto colocado, com 46 pontos, o Furacão foi o maior beneficiado com o retorno do G-4 ao Campeonato Brasileiro. Como Santos, campeão da Copa do Brasil, e Internacional, vencedor da Libertadores, estão a sua frente, a equipe paranaense tem hoje a última vaga brasileira na maior competição de clubes das Américas. Na sua cola, com a mesma pontuação e uma vitória a menos, porém, está o Grêmio, e despachar o Tricolor em casa é fundamental.

Já o Fluminense busca voltar para a primeira colocação. Com 53 pontos, a equipe de Muricy tem um a menos que o Cruzeiro, e assume temporariamente a liderança em caso de triunfo, uma vez que o rival joga às 18h30m. Para isso, precisa ignorar um jejum de vitórias que já dura quatro partidas.

Atlético-PR: falar em título pode parecer exagero, mas, na sexta colocação, com 46 pontos, o time rubro-negro é o último da zona da Libertadores – onde tentará se manter pelas próximas oito rodadas. Uma vitória é fundamental para o Furacão, já que a equipe paranaense tem Grêmio, Botafogo, São Paulo e Palmeiras em sua cola.

Fluminense: com um ponto a menos que o Cruzeiro, o Fluminense entra em campo para reassumir a liderança do Brasileirão. Nem que seja por algumas horas. Como joga antes da Raposa, a equipe tricolor retoma a ponta em caso de vitória e seca o adversário direto no clássico contra o Atlético-MG, às 18h30m (de Brasília), para se manter nesta posição..

Atlético-PR: a principal novidade no time do Atlético-PR aparece no ataque. Após ficar fora de três jogos, Bruno Mineiro volta à equipe, para formar dupla com o equatoriano Guerrón. No meio campo, Vitor deve atuar ao lado de Chico. Ivan González e Claiton ficam como opções. O Furacão deverá ter: Neto; Élder Granja, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Vítor, Chico, Paulo Baier, Branquinho; Bruno Mineiro e Guerrón.

Fluminense: sem Deco, Fred e Emerson, lesionados, e Mariano, suspenso, o Fluminense perde muitas de suas principais referências ofensivas e fica praticamente refém de Conca. Na vaga do luso-brasileiro, Marquinho permanece na equipe, enquanto Washington e Rodriguinho formam o ataque titular. Já na lateral direita Thiaguinho reaparece. O Flu vai a campo com Ricardo Berna, Thiaguinho, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diogo, Diguinho, Marquinho e Conca; Washington e Rodriguinho.

Atlético-PR: o departamento médico rubro-negro anda ocupado. Raul, Márcio Azevedo, Deivid e Maikon Leite, lesionados, desfalcam o time neste domingo.

Fluminense: Fred, com uma lesão na panturrilha esquerda, Deco, estiramento na coxa direita, Emerson, edema no pé direito, e Mariano, suspenso, são os principais desfalques do Tricolor. Marquinhos, que se recupera de um estiramento na coxa direita, e Equi Gonzalez, estiramento na panturrilha esquerda, também estão vetados.

– Apesar de estar atrás na tabela, o Atlético-PR tem campanha melhor que o Flu no segundo turno do Brasileirão. O Furacão somou 19 pontos e só perdeu duas das últimas 11 partidas disputadas. O Tricolor fez 15, com apenas quatro vitórias em 11 jogos.

– O técnico Sérgio Soares precisou de três partidas para conquistar sua primeira vitória à frente do Atlético-PR – Furacão 2 x 1 Goiás. Antes disso, o time empatou em 0 a 0 com o Vasco e perdeu de 2 a 0 para o São Paulo.

– Na luta para voltar à ponta da tabela, o Fluminense é a equipe que mais vezes apareceu na liderança. O time ocupou o primeiro lugar em 16 das 30 rodadas disputadas, mas não vence há quatro jogos, desde o dia 29 de setembro quando derrotou o Avaí, por 1 a 0, em Volta Redonda.

outubro 24, 2010 Posted by | Atlético-PR, Fluminense | , , , | Deixe um comentário

Atlético-PR e Flu fazem o jogo dos desesperados

Equipes lutam para fugir da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro

Atlético Paranaense e Fluminense se enfrentam em Londrina

Atlético Paranaense e Fluminense se enfrentam em Londrina

LANCEPRESS!

O Campeonato Brasileiro ainda nem chegou na metade, mas o jogo deste domingo entre Atlético Paranaense e Fluminense, em Londrina (PR), já pode ser considerado o chamado jogo dos desesperados. Isso porque até agora as equipes vêm encontrando dificuldades para se livrarem da incômoda zona de rebaixamento.

Tendo que jogar no norte do estado, por ter perdido um mando de campo, o Atlético Paranaense também está sem treinador, após o pedido de demissão de Waldemar Lemos, antes mesmo da derrota por 3 a 0 para o Goiás, na última quinta-feira. Riva de Carli comandará a equipe interinamente

Para piorar a situação, a equipe não contará com os zagueiros Rafael Santos e Manoel, suspensos, e com o atacante Alex Mineiro, com uma contratura muscular. Wallyson, com dores no tornozelo direito, é dúvida. Além deles o lateral-direito Alberto, o zagueiro Antônio Carlos, também suspenso, o volante Zé Antônio, o armador Netinho e o atacante Rafael Moura, estão afastados para aprimorarem a forma física.

Dessa forma, o treinador terá que improvisar. O lateral-direito Nei entra na zaga e o armador Marcinho atuará como atacante.

– Esperamos que a nossa estrela brilhe e com uma vitória damos uma condição melhor para o treinador que chegará. Outras equipes também têm problemas. E nós temos condições de superar todas essas dificuldades para buscar o lugar que é do Atlético Paranaense – disse Riva Carli.

O Fluminense também tem seus problemas para enfrentar o Atlético Paranaense. O lateral-esquerdo João Paulo e o apoiador Marquinho estão suspensos por levarem o terceiro cartão amarelo. Além deles, o atacante Fred segue lesionado e Leandro Amaral continua apurando sua forma.

Ao menos o ala-direito Ruy e o volante Diguinho retornam à equipe. O esquema de jogo será o mesmo que Renato Gaúcho vem utilizando desde sua chegada: o 3-5-2.

– O meu grupo está preparado, não importa se vai ter muita ou pouca gente. O que importa é a minha equipe ter atitude – disse Renato Gaúcho referindo-se ao fato do jogo ser em Londrina.

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-PR X FLUMINENSE

Estádio: do Café, Londrina (PR)
Data/hora: 02/8/2009 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Carlos Berkenbrosck (SC) e José Javel Silveira (RS)

ATLÉTICO-PR: Galatto, Nei, Rhodolfo e Bruno Costa; Raul, Valencia, Paulo Baier, Wésley e Márcio Azevedo; Marcinho e Patrick (Wallyson). Técnico: Riva de Carli

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Edcarlos, Luiz Alberto e Dalton; Ruy, Diguinho, Wellington Monteiro, Conca e Dieguinho; Roni (Maurício) e Kieza. Técnico: Renato Gaúcho.

agosto 1, 2009 Posted by | Atlético-PR, Fluminense | , , , , , , | Deixe um comentário

Furacão recebe Flu em duelo de lembranças

O tricolor Washington e o rubro-negro Antônio Carlos prometem não comemorar gols contra seus ex-clubes

Em um confronto direto para escapar das últimas colocações do Brasileirão, o Atlético-PR recebe o Fluminense, no próximo sábado, na Arena da Baixada, às 18h20. Além da tradicional rivalidade, o duelo também vai trazer muitos reencontros que prometem dar mais emoção ao jogo.

No Atlético-PR, o técnico Geninho utilizará três jogadores que já passaram pelas Laranjeiras: o zagueiro Antônio Carlos e os atacantes Joãozinho e Rafael Moura. Só que destes, o único que marcou o seu nome da história no clube foi Antônio Carlos. Formado nas categorias de base do clube tricolor, o jogador marcou o gol do título no Campeonato Carioca de 2005, quando o Flu bateu o Volta Redonda por 1 a 0, no Maracanã.

– Vários torcedores do Fluminense sempre lembram deste gol e fico muito feliz por isso. É importante marcar a história num clube e hoje tento isso aqui no Atlético. Será uma partida muito disputada, com duas equipes que lutam contra a tabela de classificação. Porém, se marcar, não vou comemorar em respeito ao clube que me formou – disse o zagueiro, que ficou quatro anos no clube.

Para tentar superar o Tricolor carioca, Geninho mudou até o esquema do Furacão. Sacou do time o criticado zagueiro Danilo e promoveu a entrada de Netinho no meio-de-campo. Assim, o Furacão jogará no 4-4-2, mas com o volante Chico fazendo a função também de um terceiro zagueiro quando o Rubro-Negro não estiver com a bola.

O estreante René Simões também já definiu o Fluminense que vai encarar o Atlético-PR: com Fabinho e Everton Santos de volta à equipe titular, a expectativa do técnico é a de ver um Tricolor com mais velocidade e qualidade dentro de campo.

Além da importância que o jogo terá para as pretensões do Fluminense em continuar na elite do futebol nacional, um jogador terá uma emoção a mais. O atacante Washington reencontrará seu ex-clube, que abriu novamente as portas do esporte para ele. A gratidão após se recuperar de uma cirurgia no coração é tanta, que o camisa 9 tricolor promete não comemorar caso faça um gol no Atlético-PR.

– O Atlético deu toda a estrutura que precisava. Morei no CT do Caju e conheço tudo. Treinei sozinho ali várias vezes. Era difícil, mas tinha fé que voltaria a jogar e falava para mim mesmo: Esta é a minha vida – contou o Coração Valente.

Além de Conca, com uma tendinite no tornozelo esquerdo, Washington ainda chegou a dar um susto em René, sendo poupado de dois treinamentos por conta de dores na coxa, mas os dois já foram liberados pelo departamento médico e serão titulares.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR X FLUMINENSE

Estádio: Kyocera Arena, Curitiba (PR)
Data/hora: 11/10/2008 – 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Julio César Rodrigues Santos (RS) e José Javel Silveira (RS)

ATLÉTICO-PR: Galatto, Alberto, Gustavo, Antônio Carlos e Márcio Azevedo; Chico, Valencia, Kelley e Netinho; Joãozinho e Rafael Moura. Técnico Geninho.

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Carlinhos, Edcarlos, Luiz Alberto e Junior Cesar; Fabinho, Romeu, Arouca e Conca; Everton Santos e Washington. Técnico: René Simões.

outubro 10, 2008 Posted by | Atlético-PR, Fluminense | , , , , | Deixe um comentário

FORMULA 1 AO VIVO

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.


outubro 10, 2008 Posted by | Avaí, Criciuma | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Thiago Silva não viajou com o Flu para Itu

O zagueiro Thiago Silva não viajou com a delegação do Fluminense para Itu, interior de São Paulo, em virtude da Seleção Brasileira.

O jogador irá se apresentar nesta terça-feira e não atuará na partida contra o Atlético Paranaense, no fim de semana.

outubro 6, 2008 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Para Geninho, os gols sofridos no início de cada tempo determinaram a derrota

Técnico também não gostou do desempenho da defesa e do ataque contra o Peixe

O técnico Geninho creditou a derrota do Atlético-PR para o Santos por 4 a 0, neste sábado, aos erros da equipe, e principalmente ao fato do time ter sofrido gols no início de cada tempo.

– Os gols sofridos no inicio dos tempos dificultou nosso desempenho na partida. Tomamos o primeiro gol com 50 segundos, e no segundo tempo, o árbitro ainda marcou um pênalti estranho, o que atrapalhou nossa reação na partida. Mas independente disto, nós falhamos bastante, e pecamos muita na parte ofensiva – disse o treinador.

O ataque, e o sistema defensivo receberão atenção especial do treinador nesta semana visando o jogo contra o Fluminense, para que o time não repita os mesmos erros do jogo contra o Peixe.

– Não estamos produzindo no ataque, e a nossa defesa está sofrendo muitos gols. Temos que tentar achar este equilíbrio. O importante é não perder a tranqüilidade, e trabalharmos a semana visando o jogo contra o Fluminense – destaca Geninho.

Já o lateral-esquerdo Márcio Azevedo, apesar de ter apoiado com bastante freqüência o ataque, deverá voltar para o banco de reservas com o retorno de Netinho ao time titular.

– O Márcio Azevedo é muito bom apoiando, mas precisa melhorar seus cruzamentos, e principalmente no setor defensivo. Não adianta ser bom no ataque, e pecar na marcação, é por isso que o Netinho vem atuando como titular – ressalta o técnico.

outubro 6, 2008 Posted by | Atlético-PR | , , , , , , , | Deixe um comentário

Se fizer gol no Atlético-PR, Washington não vai comemorar

Atacante lembra bons momentos vividos no Furacão, mas ressalta importância de ajudar o Fluminense a vencer

As atuações apagadas nas últimas partidas fazem Washington sonhar com a volta por cima. E ela pode acontecer exatamente contra o Atlético-PR, um clube que tem um significado marcante em sua carreira. Foi pelo time paranaense que o atacante sagrou-se artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2004 com 34 gols. Por isso, a partida do próximo sábado será especial para o camisa 9 do Fluminense.

– Será um sentimento diferente, pois o Atlético é um clube que adoro, respeito e a torcida me idolatra. Por isso, se fizer um gol, não vou comemorar em sinal de respeito.

O atacante reconhece que ficará numa situação difícil, mas deixa claro que a vontade de tirar o Fluminense de uma situação complicada no Campeonato Brasileiro falará mais alto a partir do momento que voltar à Arena da Baixada.

– Infelizmente os dois times estão numa situação difícil, mas estou no Fluminense, e vou dar o máximo para que minha equipe vença. Vai ser estranho se eu fizer um gol saber que aquela torcida não vai comemorar.

Washington pretende agora usar todo o seu conhecimento da torcida do Atlético-PR em favor do Fluminense. O atacante afirma que o Tricolor precisará tirar vantagem do atual momento do adversário.

– O Atlético vive um período de instabilidade, e com certeza a torcida vai cobrar. Precisamos aproveitar esse fator.

outubro 6, 2008 Posted by | Fluminense | , , , , , , , | Deixe um comentário

René Simões quer devolver espírito da Libertadores ao Flu

Técnico diz que um dos objetivos da viagem a Itu será resgatar o bom futebol mostrado na competição internacional

René Simões chegou ao Fluminense há menos de uma semana. Mas, de fora, viu o desempenho do Fluminense na Libertadores. Por isso, um de seus objetivos durante a viagem a Itu será resgatar o espírito que a equipe demonstrou na competição na qual chegou à final e perdeu para a LDU no Maracanã.

– O grupo sofreu algumas modificações depois da Libertadores, mas os jogadores não desaprenderam, e o equilíbrio vai trazer isso de volta. Pelo o que aconteceu, parece que o Fluminense foi o último da Libertadores, mas vale lembrar que eles eliminaram São Paulo e Boca Juniors. No entanto, como o time foi muito em cima, a queda é muito grande – analisa.

Além de buscar um conhecimento maior do grupo, o treinador tentará apurar a parte técnica e tática da equipe. Mas ele ainda prefere não antecipar se fará alguma modificação no time do Fluminense para o jogo contra o Atlético-PR, no próximo sábado, em Curitiba.

– Primeiro vamos definir o que queremos e depois descobrir o que podemos fazer. Apenas posso pensar em fazer algo quando souber o que tenho. Por isso, preciso conhecer melhor o grupo – diz.

outubro 6, 2008 Posted by | Fluminense | , | Deixe um comentário

Grupo embarca para Itu em busca de conhecimento e equilíbrio

Técnico René Simões acredita que proximidade com os jogadores fará time reviver seus melhores momentos

O Fluminense embarcou para Itu na noite deste domingo com a esperança de que o período de confinamento, que dura até a próxima quinta-feira, ajude na reação da equipe no Campeonato Brasileiro. Para o técnico René Simões, o grande objetivo da viagem será conhecer melhor e dar equilíbrio ao grupo, que no próximo sábado enfrenta o Atlético-PR em Curitiba.

– Fiz um diagnóstico técnico e tático em cima do que vi e do que me falaram. Agora quero conhecer cada um e equilibrar os jogadores. O time estava muito lá em cima, agora está muito lá embaixo e ainda não conseguiu se levantar.

O treinador ainda deixa claro que a opção de viajar para Itu não significa fugir do ambiente que o Fluminense vive no Rio de Janeiro.

– Se houvesse no Rio um centro de treinamentos em que pudesse ter campo e alojamento juntos, não sairíamos. Existe a Granja Comary, mas está ocupada.

outubro 6, 2008 Posted by | Fluminense | , , | Deixe um comentário

FLUMINENSE X SÃO PAULO AO VIVO

Acesse:

LEIA NOTÍCIAS E ASSISTA JOGOS DO FLUMINENSE

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO FLUZÃO

CLIQUE IMAGEM

TRANSMISSÃO DE JOGOS AO VIVO DO FLUZÃO

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA AO VIVO JOGO DO FLUZÃO

setembro 18, 2008 Posted by | Fluminense | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 20 Comentários