Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Sem Felipão, Palmeiras enfrenta o Avaí em SP

Embalado, Palmeiras recebe o agonizante Avaí para encerrar sina

LANCEPRESS!

O Palmeiras enfrenta o Avaí, na próxima quinta-feira, no Pacaembu, às 21h, sem o seu treinador. Felipão foi suspenso por dois jogos pelo STJD, por causa da expulsão durante o clássico contra o São Paulo. Quem vai comandar a equipe é o auxiliar Murtosa, braço-direito de Scolari, e o técnico garante que fica tranquilo porque o amigo é mais calmo e conhece bem o esquema que ele está acostumado a usar.

– É normal que na semana que transcorre essa situação, ele participe mais do treinamento, porque vai tomar atitudes que eu não estarei presente. Ele vai ter maior participação e vai definir algumas situações de acordo com o pensamento dele, tem autonomia total – afirmou o treinador.

Além da ausência do técnico, o Palmeiras ainda faz mistério para quem vai ocupar a vaga de Tinga, lesionado. São duas opções: Rivaldo e Lincoln. O primeiro foi escalado na última partida, contra o Santos, mas não fez um bom primeiro tempo e foi substituído por Patrik. Já Lincoln, foi escalado durante o treinamento de terça-feira.

No lugar do suspenso Danilo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida do último domingo, Felipão testou o zagueiro Leandro Amaro, mas quem deve atuar na partida é Fabrício que, por ser canhoto, conseguirá ocupar melhor o lado esquerdo da zaga, onde Danilo costuma jogar.

Do lado do Avaí os desfalques são maiores. Por um jogador, o time não está desfalcado inteiro: dez são as baixas do Leão para a partida desta quinta contra o Palmeiras. Desses, nove estão entregues ao departamento médico. São eles: os volantes Marcinho Guerreiro e Rudnei, os meias Diogo Orlando, Leandro Bonfim e Valber, o zagueiro Rafael, o lateral-esquerdo Eltinho, e o atacante Vandinho.

O último fora do jogo, o meia Jéferson, ex-Vasco, foi liberado para viajar ao Rio de Janeiro, devido a morte de seu avô. Apesar de tantos problemas, o técnico alviceleste, Edson dos Santos, não fez mistério e divulgou a escalação da equipe antes da viagem a São Paulo.

Na verdade, o time inicial montado por Edson tinha Diogo Orlando como titular no meio de campo. Mas o jogador voltou a sentir dores no joelho direito e foi vetado pelos médicos do clube. Rodrigo Thiesen ganhou a vaga. Em contrapartida, o treinador avaiano poderá contar com a volta do meia Caio e do zagueiro Emerson, recuperados de lesão e confirmados entre os onze.

A uma posição e três pontos do Atlético-GO, primeiro dentro da zona de rebaixamento, o Avaí não vence há duas rodadas, quando goleou o Ceará por 5 a 0. Bater o Palmeiras, que vem numa crescente, ainda mais no Pacaembu, será um desafio e tanto.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X AVAÍ

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 6/10/2010 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Claúdio Francisco Lima e Silva (SE)
Auxiliares: Ivaney Alves de Lima (SE) e Edmo Oliveira Santos (SP)

PALMEIRAS: Deola, Vitor, Maurício Ramos, Fabrício (Leandro Amaro) e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Márcio Araújo e Lincoln (Rivaldo); Valdivia e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

AVAÍ: Zé Carlos, Patric, Emerson, Gabriel e Pará; Bruno, Rodrigo Thiesen, Caio e Davi; Robinho e Roberto. Técnico: Edson dos Santos.

outubro 7, 2010 Posted by | Avaí, Palmeiras | , , , , , , , | Deixe um comentário

PC faz mistério sobre escalação: ‘Na quarta, às 21h, todos saberão’

Técnico vascaíno não revela se irá escalar Felipe, Carlos Alberto e Nunes no jogo contra o Botafogo

PC Gusmão aproveita a volta de Felipe, Carlos Alberto e Nunes para fazer misstério sobre a escalação do Vasco para a partida desta quarta-feira, contra o Botafogo. O treinador sequer revelou se os jogadores devem entrar no início do duelo ou durante o jogo.

– Escalação? Na quarta, às 21h, todos saberão. É bom ter eles de volta. Alguns ainda precisam de um trabalho especial, mas é bom estar com eles no grupo – disse, sem querer nem revelar quem ainda precisaria desse trabalho especial.

Mesmo sem dizer se os jogadores irão atuar, o técnico confirmou que os três estão escalados. A princípio, Nunes deve ser titular do ataque, porque vinha treinando há mais tempo e, inclusive, já jogou contra o Palmeiras depois de se recuperar de lesão. Felipe deve ser guardado para o segundo tempo. Já Carlos Alberto pode começar no lugar de Fellipe Bastos ou ficar no banco para ser opção até para substituir Nunes no segundo tempo.

– Isso ainda vai ser decidido. Vamos sentar e conversar sobre o assunto com cada um dos atletas. Muita coisa vai ser levada em conta na escalação. Temos que ver a melhor forma de montar essa equipe.

O clássico carioca está marcado para esta quarta-feira, no Engenhão. O jogo tem início às 21h (horário de Brasília).

Fonte:globoesporte.com

setembro 21, 2010 Posted by | Vasco da Gama | , , | Deixe um comentário

Vasco recebe o Ceará, no Maracanã

Jogo envolve times que brigam na topo da tabela

LANCEPRESS!

Após um jogo conturbado e disputado em Taguatinga, contra o Brasiliense, o Vasco trouxe na mala problemas para o técnico Dorival Júnior. Aloísio, que substituiu Elton na terça-feira, sofreu um traumatismo craniano, seguido de interrupção das vias respiratórias – causada por um chiclete -, não joga. O atacante passa bem, mas fica fora por uma semana. Carlos Alberto, com uma entorse no tornozelo direito, também desfalca o time. É assim, modificado, que o Vasco enfrenta o Ceará, nesta sexta-feira, às 21h, no Maracanã.

O Gigante da Colina continua na liderança da Série B, com 42 pontos, três a mais que o Atlético-GO, e firme no caminho do acesso à Primeira Divisão. Embalado também está o Ceará. No G4, o time do técnico PC Gusmão, tem 34 pontos, na quarta colocação.

Montar a equipe que entra em campo a cada rodada não tem sido tarefa fácil para Dorival Júnior. Agora, como se não bastasse a ausência de Elton, que recebeu um pisão no pé direito, na partida contra o Ipatinga, o treinador não conta com o substituto imediato, Aloísio. Carlos Alberto, rotineiramente caçado pelos marcadores, emfim sucumbiu à uma lesão. Em vista da situação do setor ofensivo, Adriano começa jogando e, pela primeira vez, será o protagonista do ataque cruzmaltino. Em nove jogos pelo Vasco, ele já marcou quatro gols. Ao seu lado, entra Alan Kardec, que volta de três jogos preparatórios da Seleção Brasileira sub-20, visando ao Mundial do Egito.

– Teremos um jogo dificílimo, daqueles que valem seis pontos para buscarmos a classificação. Espero que o nosso torcedor compareça, acredite e, acima de tudo, apoie – pediu o comandante Dorival Júnior.

Problemas na frente, mudança na defesa. Ramon, que voltou a ser o jogador importante do começo do ano, marcando inclusive o gol da vitória contra o Brasiliense, dá luga a Ernani.

O Ceará vai ao Maracanã tentar defender sua posição no G4 e, apesar de pegar o líder da competição, o técnico PC Gusmão não se intimida com o palco do jogo.

– Sabemos da nossa qualidade e temos condições de nos manter no G-4, por isso o time está focado no nosso objetivo, que é chegar no Maracanã e conseguir um resultado positivo. Estamos acostumados a enfrentar grandes jogos e o objetivo das duas equipes será o mesmo, que é a vitória – disse o técnico do Vovô, ao site oficial do clube.

Vindo de um empate ruim em casa com o Juventude, o Ceará contará com a volta de Lopes e Careca, que cumpriram suspensão automática na rodada passada. Já Michel segue em tratamento no departamento médico.

FICHA TÉCNICA:
VASCO x CEARÁ


Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 28/8/2009 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Devarly Lira do Rosário (ES)
Auxiliares: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (FIFA – ES)
Antônio Carlos de Oliveira (ES)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ernani; Mateus, Souza, Enrico e Alex Teixeira; Adriano e Alan Kardec. Técnico: Dorival Júnior.

CEARÁ: Lopes, Boiadeiro, Erivelton, Anderson e Fábio Vidal; João Marcos, Jorge Henrique, Careca e Geraldo; Wellington Amorim e Mota. Técnico: PC Gusmão

agosto 27, 2009 Posted by | Ceará, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Botafogo encara Cruzeiro no Engenhão

Equipes vivem momentos distintos no Campeonato Brasileiro

LANCEPRESS!

Em duelo atrasado da 11ª rodada do primeiro turno, Botafogo e Cruzeiro se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h, no Engenhão, lutando por objetivos distintos. Enquanto o Glorioso luta para fugir da zona do rebaixamento, o time mineiro quer provar que tem força e elenco para subir na tabela e lutar pelo menos por uma vaga na Libertadores do ano que vem.

No Botafogo, o técnico Estevam Soares sabe que a força de seu time, que vem atuando bem fora de casa, mas vacilando em seus domínios, continua no ataque e por isso chegou a cogitar a possibilidade de atuar com três atacantes. Porém, o treinador deve mesmo montar a equipe em um 4-4-2 com Michael na lateral e Batista no meio de campo. Reinaldo, que chegou a treinar como titular deve começar no banco.

Estevam Soares lembrou que sempre respeitou o Botafogo no Engenhão e que se o time estiver bem, pode acabar vencendo o Cruzeiro.

– Sempre respeitei o Botafogo nas vezes que vim jogar aqui e não acho que o Cruzeiro pense diferente. Eles pensam que será um jogo difícil. Há partidas que o Botafogo não joga bem no Engenhão, mas quando você joga fortalecido, você começa a jogar bem. Pode jogar no Engenhão, Maracanã, em Wembley, você irá jogar bem e terá chances de vencer. Quando o time está forte, acaba vencendo – disse Estevam.

Pelo lado do Cruzeiro, após uma semana de grande mistério em relação a saída ou não do Gladiador Kléber, o time mineiro volta as suas atenções para manter o bom momento no Brasileirão, com a presença do camisa 30.

A missão celeste é conquistar a terceira vitória seguida na competição para continuar mirando os primeiros lugares. Para isso, Adilson contará com um velho conhecido do Engenhão no ataque, Wellington Paulista, e uma defesa precavida. O capitão Leonardo Silva está em alerta para as bolas paradas do time carioca.

– A gente tem que ficar sempre atento, sempre próximo, para roubar a bola sem falta, porque eles têm jogadores que têm uma excelente cobrança de falta e levam perigo sempre, em qualquer cobrança. Temos que estar sempre preparados e espertos para não cometer essas faltas – afirma Leonardo Silva.

Adilson Batista tem o desfalque de Gil na zaga. Thiago Heleno retorna ao time titular. O volante Fabinho, com uma virose, também ficou em Belo Horizonte. Jonathan segue machucado e Jancarlos veste novamente a camisa 2.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO X CRUZEIRO

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 27/08/09 – 21h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Auxiliares: Gilson Bento Coutinho (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro, Juninho, Emerson e Michael; Leandro Guerreiro, Fahel, Batista e Lucio Flavio; Victor Simões e André Lima. Técnico: Estevam Soares.

CRUZEIRO: Fábio, Jancarlos, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Fabricio, Marquinhos Paraná, Henrique e Gilberto; Kléber e Wellington Paulista. Técnico: Adilson Batista.

agosto 27, 2009 Posted by | Botafogo, Cruzeiro | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Disposto a manter tabu, Santos recebe o Internacional

Colorado nunca venceu o Santos na Vila Belmiro

Disposto a manter tabu, Santos recebe o Internacional. (Crédito: Montagem)

Disposto a manter tabu, Santos recebe o Internacional. (Crédito: Montagem)

LANCEPRESS!

O Santos entra em campo nesta quarta-feira contra o Internacional, às 21h, com transmissão em tempo real pelo LANCENET! , na Vila Belmiro, ciente de que a vitória na partida tornou-se vital para manter vivo o sonho de classificação à Copa Libertadores. O Colorado, por sua vez, espera findar o tabu de nunca ter vencido o Peixe no Alçapão e voltar ao G4.

Com uma vitória, o Alvinegro, que é o atual 11º colocado, com 28 pontos, começa a ficar mais colado no pelotão da frente e terá a seu favor uma sequência de jogos dentro de casa que pode facilitar essa aproximação.

– Muita coisa pode acontecer ainda. Vamos disputar 15 pontos, 12 deles em casa e só três fora. A força de nossa torcida será importante para conseguirmos esses pontos dentro de casa – afirmou o técnico Vanderlei Luxemburgo.

A principal novidade na equipe santista é o retorno do lateral-esquerdo Léo. Recuperado de uma contratura muscular na coxa esquerda, o ala completará no duelo seu jogo de número 300 pelo Peixe.

– Fico muito feliz. Estou preparado. Tive uma lesão, mas evoluí bem. É uma marca importante e fico muito feliz de completar. Mas o mais importante é o Santos conquistar os três pontos para tentarmos uma arrancada no campeonato – garantiu Léo.

Além de Léo, a outra alteração já confirmada pelo treinador santista é a entrada do meia Róbson na vaga do volante Germano. Sem condicionamento físico ideal, o volante Emerson seguirá no banco de reservas.

Para o Inter, hoje quinto colocado com 33 pontos, o duelo representa um duplo desafio: em primeiro lugar, o Colorado nunca venceu na Vila, embora tenha derrotado o Santos em outras cidades paulistas; além disso, o time precisa recuperar a confiança abalada pelos fracassos nos dois últimos jogos – contra o Corinthians, em casa, e Palmeiras, fora.

– Podemos entrar para a história – afirmou o centroavante Alecsandro, que acredita que o fato de o Inter ainda não ter conhecido vitória na casa do alvinegro serve como um estímulo.

Quanto à confiança, Tite crê que ela voltará naturalmente. Em sua opinião, o Inter não teve queda de rendimento nas derrotas para Corinthians e Palmeiras, que se seguiram a três vitórias consecutivas sobre Barueri, Sport e Santo André.

– Só nos faltou precisão nos arremates – disse o técnico colorado.

E sobrou insegurança na defesa. Contra o Timão, Kleber esteve ausente;
contra o Verdão, Bolívar fez falta. Ambos estarão na Vila. Dessa vez, o
lateral-direito Danilo, suspenso, será o desfalque. Tite confiará a posição ao
garoto Daniel, de apenas 18 anos.

Ainda sem poder contar com Indio, lesionado, Fabiano Eller e Edu, sem condicionamento físico, e D’Alessandro, suspenso, o Inter ganha um alento com a volta de Magrão, recuperado de uma crise de cálculos renais. O volante ficará no banco de reservas.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS X INTERNACIONAL

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/hora: 26/08/2009 – 21H (de Brasília)
Árbitro: Luiz Antônio dos Santos (RJ)
Auxiliares: Marco Aurélio dos Santos Pessanha (RJ) e Wagner de Almeida do Santos (RJ).

SANTOS: Felipe; George Lucas, Fabão, Eli Sabiá e Léo; Rodrigo Mancha, Rodrigo Souto, Róbson, Paulo Henrique Ganso e Madson; Kléber Pereira. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

INTERNACIONAL: Lauro; Daniel, Bolívar, Sorondo e Kleber; Sandro, Guiñazú, Giuliano e Andrezinho; Alecsandro e Taison. Técnico: Tite.

agosto 26, 2009 Posted by | Internacional, Santos | , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Brasiliense e Vasco se enfrentam na Boca do Jacaré

Em jogo, liderança para cariocas e aproximação no G4 para donos da casa

LANCEPRESS!

Finalmente líder da Série B, o Vasco conseguiu o que perseguia rodadas a fio. Agora, como dizem, o mais difícil é permanecer no topo. É pensando nisso que o time carioca vai à Brasília, encarar o Brasiliense, pela primeira rodada do returno. A partida acontece nesta terça-feira, às 21h, na Boca do Jacaré, com o visitante tentando manter a diferença de três pontos para o segundo colocado, o Atlético-GO. O Brasiliense, com 27 pontos, ocupa a 10ª posição na tabela, e se vencer pode se aproximar do G4.

No jogo de abertura do campeonato, para os dois clubes, o Vasco derrotou o Brasiliense por 1 a 0, em São Januário, com gol de Rodrigo Pimpão, que pode ser relacionado para o compromisso desta terça. De certo, o time entra em campo com Aloísio, enfim titular, em virtude de uma lesão do atacante Elton – o jogador tem um trauma no pé direito. No entanto, Dorival tem alguns problemas. Carlos Alberto, com dores abdominais, não tem presença garantida, depende de uma avaliação médica para jogar. Na lateral-direita, nada de contusões, mas uma opção tática para o treinador fazer: Paulo Sérgio ou Fagner. O segundo treinou, nesta segunda-feira, entre os titulares e deve ganhar uma chance. No banco, o desfalque é Nilton, indisponível devido à uma gastrite.

– Vamos lutar o máximo possível para manter essa regularidade daqui para frente. O Vasco vai precisar de uma capacidade muito maior para se manter na liderança – analisou, friamente, o técnico Dorival Júnior.

Envolvido em um início de crise, o Brasiliense tenta vencer o líder e embalado Vasco em casa para se aproximar da zona que classifica os quatro primeiros colocados para a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro. Mais do que armar a equipe para bater o Gigante da Colina, o técnico Heriberto da Cunha se vê obrigado a lidar com alguns problemas fora de campo.

Na semana passada, o técnico tirou o meia Iranildo do time, alegando que o jogador estaria fora de forma. A atitude causou reações do atleta. Iranildo alegou que vinha jogando desde o início do ano sem que fosse questionado por ninguém. Para piorar a situação, Éder, apoiador que ficou com a incumbência de armar as jogadas do time goiano, afirmou no intervalo do jogo contra o Vila Nova que o Brasiliense sente a falta de Iranildo.

No mesmo jogo, Éder foi substituído no segundo tempo e saiu de campo sem falar com Heriberto. O foco de toda a confusão, Iranildo, sabe que não enfrentará o Vasco, mas fez questão de exaltar o trabalho dos seus companheiros.

– Sei que vou continuar de fora. É uma opção dele. Mas vou continuar torcendo pelo Brasiliense e acredito que o time tem todas as condições de conseguir subir para a Primeira Divisão – afirma o meia.

Assim, o treinador pode seguir com o mesmo esquema que foi utilizado contra o Vila Nova: três volantes e apenas Éder fazendo a ligação entre o meio e o ataque. Ou colocar Rodriguinho no lugar de Didão e jogar com dois meias de armação. Juninho levou o terceiro cartão amarelo contra o Vila Nova e cumpre suspensão automática. Moacir deve entrar no lugar dele.

A boa notícia é que o atacante Abuda volta de suspensão e deve reforçar o ataque do Brasiliense.

FICHA TÉCNICA:
BRASILIENSE X VASCO

Estádio: Boca do Jacaré, Taguatinga (DF)
Data/hora: 25/8/2009 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (PR – FIFA)
Auxiliares: Moisés Aparecido de Souza (PR)
Bruno Boschilia (PR)

BRASILIENSE: Guto, César Gaúcho, Aílson, Moacri e Edinho; Pedro Ayub, Flávio, Didão(Rodriguinho) e Éder; Abuda e Gustavo. Técnico: Heriberto da Cunha

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Paulo Sérgio), Vilson, Gian e Ramon; Mateus, Souza, Enrico e Alex Teixeira; Carlos Alberto (Adriano) e Aloísio. Técnico: Dorival Júnior.

agosto 25, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em ritmo de virada, Fla e Cruzeiro duelam por returno bem melhor

Ambos decepcionaram até aqui e buscam início de redenção no Maracanã

LANCEPRESS!

Campeões estaduais, Flamengo e Cruzeiro chegaram com pinta de favoritos ao menos a duas das vagas para a Libertadores do ano que vem. Só que, agora, na virada do turno, a realidade é diferente. Por isso, o duelo, desta quinta-feira, às 21h, no Maracanã, tem gostinho de vida nova para ambos os clubes, em 10º e 14º, respectivamente.

Inconstante, o Rubro-Negro, comandado por Andrade, já esteve cotado para entrar no G4, já encheu o estádio algumas vezes e, mesmo que em raras ocasiões, deu bom espetáculo. Nada disso foi suficiente para que embalasse na competição, culminando com a goleada sofrida pelo Grêmio, por 4 a 1, no domingo.

– O Flamengo vem jogando bem, criando oportunidades, mas de vez em quando falha atrás. É normal por conta das mudanças, mas temos que acabar com isso. Temos saído atrás em muitos jogos e isso acaba dificultando, pois é um desgaste fisico e emocional grandes – analisa o técnico rubro-negro.

Em campo, como lembrou Andrade, são muitos desfalques. No meio-de-campo não haverá nenhum titular. Léo Moura, Willians, Kleberon, Pet e Juan estão fora. Com isso, jovens como Everton Silva e Lenon precisam se firmar. A única dúvida foi elucidada nesta quarta. Fabrício entra na zaga e empurra Aírton para o meio.

O Cruzeiro encara o returno do Brasileiro como a oportunidade final para tentar se recuperar de vez da perda da Libertadores e conseguir uma vaga na competição do ano que vem. O time de Adilson Batista tentará a segunda vitória seguida fora de casa. A Raposa, até o momento, somou apenas sete pontos longe de seus domínios.

Os jogadores estão atentos com o artilheiro do Brasileirão. O zagueiro Leonardo Silva pediu atenção de toda a defesa e, por ora, descarta travar um duelo particular contra o Imperador, que já marcou dez gols na competição.

– Acho que vai ser um grande jogo, Adriano é um jogador que vamos ter a máxima atenção, pela característica, por ser um jogador finalizador, de muito perigo dentro da área. Mas acho que o duelo maior vai ser entre Cruzeiro e Flamengo – frisou o cruzeirense.

Sem confirmar o time, Adilson Batista testou uma formação com três atacantes entre os reservas. O treinador, porém, não terá Guerrón que não foi regularizado na CBF a tempo de embarcar com a delegação ao Rio de Janeiro. O companheiro de ataque de Kléber deverá ser Thiago Ribeiro, jogador tem as características de velocidade que agradaram a Adilson.

Henrique também retornará ao meio-de-campo que terá Gilberto como armador, assim como foi no duelo contra o Santos, no domingo passado. O time aposta na velocidade para bater os rubro-negros em casa.

– Os dois laterais do Flamengo apóiam bastante, o Kléberson, quando estava, atacava bastante. O Íbson atacava bastante. O Flamengo joga dessa forma, é o estilo do Flamengo – analisou Kléber.


FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO X CRUZEIRO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 20/8/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho(Fifa-SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

FLAMENGO: Bruno, David, Fabrício, Ronaldo Angelim; Everton Silva, Aírton, Lenon, Fierro, Everton; Emerson e Adriano – Técnico: Andrade

CRUZEIRO: Fábio, Fabinho, Leonardo Silva, Thiago Heleno, Diego Renan; Fabrício, Marquinhos Paraná, Henrique, Gilberto; Thiago Ribeiro e Kléber – Técnico: Adilson Batista

agosto 20, 2009 Posted by | Cruzeiro, Flamengo | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG recebe Avaí e quer reencontrar vitórias

Caterinenses e mineiros lutam pelo G-4 do Brasileiro

Galo e Avaí se enfrentam nesta quinta, no Mineirão (Crédito: Allex Ximenes)

Galo e Avaí se enfrentam nesta quinta, no Mineirão

LANCEPRESS!

Em busca de voltar ao G-4, o Atlético-MG recebe o Avaí nesta quinta-feira, às 21h, no Mineirão, com transmissão em tempo real pelo LANCENET!. O Galo vem de duas partidas sem derrotas e saiu do G-4 após brigar pela ponta com o Palmeiras. Já os catarinenses vivem grande fase no Brasileiro e querem seguir na parte de cima da tabela de classificação.

Para tentar reencontrar o caminho das vitórias, o técnico Celso Roth terá novamente de buscar novas soluções para o time. O treinador não poderá contar com os titulares Márcio Araújo e Aranha e ainda sofre com a ausência de Bruno, Serginho, Diego Tardelli e Renan.

Sem contar com Aranha e Bruno para o gol, o Atlético-MG recorre a Edson para segurar as pontas da meta alvinegra. Após ficar como terceiro goleiro do time, o camisa 20 volta aos gramados e quer agarrar a nova chance.

– Na verdade, se você conseguir tudo fácil na vida as coisas vão embora facilmemte. A gente tem de aprender a dar a volta por cima. Eu tomei muita porrada aqui no Atlético e agora já chega. Está na hora de conseguir colher bons frutos aqui no Atlético e dar a volta por cima – disse Edson.

Após uma arrancada impressionante, o Avaí tenta manter o bom nível conseguido no fim do primeiro turno. Apesar da expectativa, os jogadores sabem que a dificuldade aumentará na segunda metade da competição. Segundo o zagueiro Emerson, será preciso muita vontade para suportar o grande número de desafios.

– O segundo turno vai ser muito mais difícil, a gente sabe que vai ser muito mais pegado e sabemos que temos de entrar com muito mais garra, determinação, tranquilidade, com toda a atenção. Contra o Atlético será um jogo muito difícil porque sabemos que a equipe é muito forte – afirmou Emerson.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO X AVAÍ

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 20/8/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes-PR (FIFA) Auxiliares: Erich Bandeira-PE (FIFA) e Bruno Boschilia-PR

ATLÉTICO-MG: Edson, Marcos Rocha, Welton Felipe, Werley e Thiago Feltri; Jonilson, Carlos Alberto, Tchô e Renan Oliveira; Éder Luís e Rentería. Técnico: Celso Roth

AVAÍ: Eduardo Martini; Rafael, Emerson e Augusto; Luís Ricardo, Léo Gago, Marcus Vinicius, Marquinhos e Eltinho; Muriqui e William. Técnico: Silas

agosto 20, 2009 Posted by | Atlético-MG, Avaí | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Atlético-MG põe ingressos para jogos contra Avaí e Sport à venda

Catarinenses e recifenses serão os próximos rivais do Galo no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro

Já estão à venda os ingressos para as duas próximas partidas do Atlético-MG no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro. No dia 20 de agosto, o Galo recebe o Avaí, às 21h, pela 20ª rodada da competição.

No dia 30, é a vez do Sport desembarcar em Belo Horizonte para enfrentar o time do técnico Celso Roth.

Os ingressos podem ser adquiridos na Sede de Lourdes, Labareda, Class Club Sion, Class Club Buritis, Loja do Galo Betim e Loja do Galo Barreiro. Não há venda aos domingos.

Confira os preços dos ingressos

Setor Inteira Meia
Cadeira Especial (Portões 1 e 14) R$ 50 R$ 25
Cadeira Superior Central (Portão 7A) R$ 20 R$ 10
Cadeira Superior Lateral (Portões 3, 6, 9 e 12) R$ 20 R$ 10
Cadeira Inferior Central (Portões 7 e 8) R$ 20 R$ 10
Cadeira de Setor (Portão 13) R$ 20 R$ 10
Geral (Portões 4, 5, 10 e 11) R$ 2 R$ 1
* Torcida adversária (Portão 2) R$ 20 R$ 10

agosto 13, 2009 Posted by | Atlético-MG | , , , , | Deixe um comentário

Vasco e América se enfrentam em Natal

Time carioca busca liderança isolada da Série B

LANCEPRESS!

Passada a euforia da estreia de Aloísio, é hora de concentrar novamente os holofotes na campanha da Série B, propriamente dita. Para tanto, o Vasco visita o América-RN, em Natal, nesta terça-feira, às 21h, em busca do quarto triunfo seguido na competição. O clube da Colina ocupa a segunda colocação na tabela, com os mesmos 32 pontos do líder Atlético-GO, mas uma vitória a menos. O time potiguar está em 11º, com 21.

Embalado pela boa sequência e a ascenção na classificação, o Vasco ainda tem três rodadas para tentar fechar o turno na liderança, e, quem sabe, superar, parcialmente, a campanha do Corinthians na Série B, em 2008. Ano passado, na mesma fase da competição, o Timão estava com 35 pontos, apenas três a mais do que o Vasco.

Para escalar o time, Dorival ainda tem alguns problemas que persistem. Os laterais Paulo Sérgio e Fagner, além do zagueiro Titi seguem lesionados. Por outro lado, Nilton volta de suspensão automática e está à disposição. Aloísio começará no banco e Adriano será titular. Diante desse cenário, o treinador pode sacar Enrico, já que Nilton é considerado nome certo desde o início.

– Teremos uma partida muito difícil contra o América, que contará com o apoio da torcida. Mesmo assim, esperamos vencer para alcançarmos a liderança isolada o quanto antes – disse o treinador.

O América-RN ganhou fôlego extra ao interromper uma série de cinco derrotas no último sábado, quando surpreendeu o Figueirense, no Orlando Scarpelli, e venceu por 1 a 0. O resultado positivo animou a equipe potiguar, que conta com o fator casa para confirmar a reabilitação na Segundona.

Porém, o América-RN terá dois desfalques para a partida. O zagueiro Leandro Silva e o volante Jackson levaram o terceiro cartão amarelo, em Santa Catarina, e cumprirão suspensão. Thoni e Helinho estão de volta e estarão à disposição do técnico Roberto Fonseca.

O zagueiro Adalberto, de 21 anos, encara o confronto como uma verdadeira decisão.

– Essa é uma chance de me projetar para o futebol e também de se firmar como titular do América, por isso, não posso vacilar – disse.

FICHA TÉCNICA:
AMÉRICA-RN X VASCO

Estádio: Machadão, Natal (RN)
Data/hora: 11/8/2009 – 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Nilson de Souza Monção (SP) e João Bourgalber Nobre Chaves (SP)

AMÉRICA-RN: Weverton, Vanderlei, Adalberto e Edson Rocha; Thoni, Somália, Ricardo Oliveira, Fábio Neves e Tita; Tiago Silvy e Lúcio. Técnico: Roberto Fonseca

VASCO: Fernando Prass, Vilson, Amaral e Gian; Alex Teixeira, Souza, Nilton (Enrico), Carlos Alberto e Ramon; Adriano e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

agosto 11, 2009 Posted by | America-RN, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após título no Japão, Inter recebe o Sport

Colorados querem se manter no G4, local de onde ainda não saíram

LANCEPRESS!

Único dos 20 concorrentes do Brasileirão a ter frequentado sempre o G4 ao fim de cada rodada, o Internacional se manteve nessa faixa mesmo ausente das duas últimas – pois disputou (e venceu) a Copa Suruga, no Japão. E tem tudo para se manter nela: nesta segunda-feira, fechando a 18ª rodada, receberá no Beira-Rio o lanterna do campeonato, o Sport.

– Os resultados nos beneficiaram, mas não adiantará nada se não fizermos a nossa parte – disse o técnico Tite.

O Inter voltou na sexta-feira do Japão, numa viagem de 43 horas. Estará cansado? Assunto a conferir. A verdade é que a equipe reduziu o ritmo no segundo tempo dos últimos jogos – no Brasil ou no Japão.

Treinos foram marcados para sábado e domingo. Taison e Alecsandro, que acusaram dores musculares no jogo contra o Oita Trinita, se recuperaram. Outro titular à disposição de Tite é o goleiro Lauro, que ficara em Porto Alegre em tratamento para
um estiramento muscular. Magrão e D’Alessandro continuarão de fora, à espera de definição do futuro. Dois titulares entrarão pendurados: Sorondo e Kleber.

No Sport o técnico Péricles Chamusca, que estreia nesta segunda-feira, terá três desfalques: César e Durval, suspensos, e o volantes Andrade, machucado.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL X SPORT

Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 10/8/9 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho (SP-Fifa)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP-Fifa) e José Hamilton Pontarolo (PR)

INTERNACIONAL: Lauro, Bolívar, Índio, Sorondo e Kleber; Sandro, Guiñazú, Giuliano e Andrezinho; Taison e Alecsandro. técnico: Tite.

SPORT: Magrão, Elder Granja, Juliano, Igor, Dutra; Sandro Goiano, Hamilton, Fabiano, Fumagalli (L.Henrique); Wilson e Ciro.
T: Péricles Chamusca

agosto 10, 2009 Posted by | Internacional, Sport | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Palmeiras recebe o pior visitante Grêmio

Enquanto Verdão tenta disparar na liderança, Grêmio pretende triunfar pela primeira vez fora do Olímpico

Com melhor campanha em casa, o Verdão enfrenta o pior visitante Grêmio (Foto: Montagem)

Com melhor campanha em casa, o Verdão enfrenta o pior visitante Grêmio (Foto: Montagem)

LANCEPRESS!

O confronto desta quinta-feira entre Palmeiras e Grêmio, pela 17ª rodada do Brasileirão, às 21h, no Palestra Itália é marcado pelo ótimo desempenho do mandante e por uma péssima performance do visitante.

Para atingir 34 pontos e isolar-se ainda mais na liderança do Brasileirão, o Alviverde quer manter a invencibilidade nos seus domínios (seis vitórias e dois empates) e não deixar o Tricolor gaúcho triunfar pela primeira vez longe do Olímpico na competição. Com 24 pontos, o time de Paulo Autuori tem o melhor aproveitamento em casa (85,5%), mas e detém o pior índice fora de seu estádio (4,8%).

Depois de duas partidas sob o comando de Muricy Ramalho, que tem 100% dos pontos conquistados à frente da equipe depois de duelos e a manutenção do elenco garantida pela diretoria até o final do ano, o Verdão parece ter incorporado o estilo pragmático do tricampeão brasileiro.

– O Palmeiras é um time compacto, ataca e defende muito bem. O importante no final de tudo é ganhar. O espetáculo é bom, se o time jogar bem e perder todo mundo vai cobrar. O importante é permanecer na liderança como a gente está – sentenciou o goleiro Marcos.

Apesar de ter apenas um desfalque para o duelo com os gaúchos, Armero, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Muricy fechou o último treinamento, na véspera do jogo. Ele deve escalar Jefferson no lugar do colombiano e manter a equipe no 4-4-2.

Até agora, ninguém no Tricolor gaúcho deu uma explicação convincente para essa bipolaridade: no Olímpico, sete vitórias e dois empates; fora, um empate e seis derrotas.

– Sem o calor de nossa torcida, a confiança parece diminuir, mas não sei por quê – confessa o volante Adilson.

Para o técnico Paulo Autuori, em algumas dessas derrotas houve “displicência”. Mas ele próprio tenta colocar o assunto em segundo plano. Acha que o problema cresce na proporção em que é abordado.

– Não adianta criar um clima de ansiedade. Quando formos competentes para aproveitar nossos melhores momentos como visitantes, vamos vencer – diz ele, defendendo a idéia de que, longe do Olímpico, seu time só a\tuou mal na derrota para o Avaí.

O atual retrospecto só é melhor do que o de 1991, quando o Grêmio perdeu seus nove jogos fora de casa e caiu para a Segundona pela primeira vez.

Para tentar quebrar o novo tabu, Autuori mexerá na estrutura do time: em vez de dois atacantes, escalará um, Maxi López. O outro, Jonas, dará lugar ao meia Douglas Costa, configurando um 4-5-1.

FICHA TÉCNICA:
PALMEIRAS X GRÊMIO

Estádio: Palestra Itália, São Paulo (SP)
Data/hora: 5/8/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)

PALMEIRAS: Marcos; Wendel, Maurício Ramos, Danilo e Jefferson; Pierre, Edmílson, Cleiton Xavier, Diego Souza; Ortigoza (Willians) e Obina. Técnico: Muricy Ramalho.

GRÊMIO: Victor ; Thiego, Leo, Réver, e Fábio Santos; Adilson, Túlio, Tcheco e Souza; Douglas Costa e Maxi López. Técnico: Paulo Autuori.

agosto 6, 2009 Posted by | Grêmio, Palmeiras | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Flu encara o Sport para tentar se reerguer

Photocâmera

Diante da torcida, Tricolor busca a reabilitação no Brasileiro

LANCEPRESS!

Há 11 jogos sem vencer e na lanterna do Campeonato Brasileiro, o Fluminense tenta diante do Sport, nesta quinta-feira, às 21h, no Maracanã, sua reabilitação na competição para espantar a crise que teima em não sair das Laranjeiras.

Para o importante confronto, o técnico Renato Gaúcho faz mistério na escalação. Com o zagueiro Edcarlos e o volante Diguinho suspensos, o comandante tricolor deve colocar Digão e Marquinho respectivamente, mantendo o 3-5-2. Porém, durante o treino desta quarta, ele ainda testou uma formação no 4-4-2, sem Digão e com Diogo formando a dupla de volantes com Wellington Monteiro.

– Tem que colocar na cabeça que temos que respeitar o adversário, mas jogando em casa temos que nos impôr – disse o goleiro Fernando Henrique.

O técnico interino do Sport, Levi Gomes, indicou que deve mudar o esquema do time para o confronto contra o Fluminense. Assim como o Tricolor das Laranjeiras, o Rubro-Negro amarga a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e espera usar o 3-6-1 para surpreender o Fluminense no Maracanã.

– Sabemos que a nossa necessidade de vitória é grande, mas sabemos o que estamos fazendo. Creio que não tem problema em entrar no 3-6-1, pois o nosso time vem criando chances nela. O que precisamos mesmo é concretizar as chances que estamos tendo em gols – afirmou Levi Gomes.

Sem pode contar com três dos seus titulares, já que Hamilton, Sandro Goiano e Dutra estão suspensos, Levi pode até promover a estreia do recém-chegado Renan. O interino chegou a treinar o Sport durante a semana no 4-4-2, mas tudo indica que o sistema tático será alterado, mesmo com o mistério que Levi faz em torno da escalação do Sport.

FLUMINENSE X SPORT

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 06/8/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (DF)
Auxiliares: Roberto Braatz(Fifa-PR) e Eremilson Xavier Macedo (DF)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Digão (Diogo), Luiz Alberto e Dalton; Ruy, Wellington Monteiro, Marquinho, Conca e Dieguinho; Roni e Kieza. Técnico: Renato Gaúcho.

SPORT: Magrão, Igor, César Lucena e Durval; Elder Granja, Andrade, Moacir, Fabiano, Luciano Henrique e Bruno Teles; Ciro 11. Técnico: Levi Gomes.

agosto 6, 2009 Posted by | Fluminense, Sport | , , , , , , , , | Deixe um comentário

São Paulo encara Botafogo no duelo da recuperação

Equipe paulista não perda há cinco jogos e time carioca há sete

LANCEPRESS!

O São Paulo recebe o Botafogo nesta quarta-feira, às 21h, no Morumbi, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, no duelo entre os dois times que estão em plena recuperação na competição. O time da casa não perde há cinco jogos e conta com algumas estreias. Enquanto os cariocas não sabem o que é uma derrota há sete partidas.

O time paulista tem alguns reforços importantes para enfrentar o Botafogo. Os dois reforços estrangeiros, o lateral-direito, Adrián González, e o zagueiro Nelson Saavedra, já constam no Boletim Informativo Diário da CBF (BID) e já ficam à disposição de Ricardo Gomes para serem escalados. Além disso, voltam ao time após cumprirem suspensão, Washington (o artilheiro da equipe na temporada), e o zagueiro Miranda. Os desfalques ficam por conta de Bosco, que se recupera de uma contusão no osso da face, e Eduardo Costa, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Desde que Ricardo Gomes assumiu o São Paulo, o time já derrubou algumas escritas importantes. Após quatro meses, o time voltou a vencer fora de casa e derrubou o melhor mandante do Brasileiro em 2009, o Vitória, que não perdia em casa há sete jogos. Se vencer o Botafogo, o time chega a quatro vitórias consecutivas.

– A gente precisa vencer, independentemente desta marca ser inédita ou não. Ainda estamos no prejuízo pelo nosso começo ruim e jogando em casa não tem outro resultado que nos interesse que não seja a vitória – disse o zagueiro capitão.

Para tentar supreender o Tricolor, o técnico Ney Franco escalou a equipe alvinegra em um 3-6-1, promovendo a estreia de Michael na ala esquerda e Thiaguinho na direita. a surpresa ficou por conta da ausência de Reinaldo. O atacante sentiu dores no tornozelo direito e foi vetado. Sem poder contar com André Lima, suspenso, a expectativa era a de que o ataque fosse formado por Victor Simões e Reinaldo.

– O pensamento era começar com Reinaldo. Fomos surpreendidos pelo departamento médico. Conversei com o jogador, nesse momento não posso pedir nada além de paciência. Queria muito utilizá-lo, não posso expor um atleta assim. Já deixei claro que conto com ele. Vencer o São Paulo no Morumbi significa chegar a oito jogos consecutivos somando pontos. E mostrará que temos elenco para brigar lá em cima – disse Ney Franco.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO X BOTAFOGO

Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 05/08/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Cunha (Asp.Fifa/GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho (GO) e Cristhian Passos Sorence(GO)

São Paulo: Denis, André Dias, Renato Silva e Miranda; Jean (A. González), Hernanes, Richarlyson, Jorge Wagner e Júnior César; Dagoberto e Washington. Técnico Ricardo Gomes.

Botafogo: Castillo, Wellington, Juninho e Eduardo; Thiaguinho, Leandro Guerreiro, Batista, Renato, Lucio Flavio e Michael; Victor Simões. Técnico: Ney Franco

agosto 5, 2009 Posted by | Botafogo, São Paulo | , , , , , , , | 1 Comentário

Fla tenta embalar contra o Atlético, que está no topo

Rubro-Negro, ainda com Andrade, espera encerrar farra do Galo

LANCEPRESS!

Depois de quebrar um jejum de 33 anos sem vitórias na Vila Belmiro, o Flamengo recebe o Atlético Mineiro nesta quinta-feira, às 21h, no Maracanã, buscando embalar no Campeonato Brasileiro sob o comando de Andrade. O Galo, por sua vez, almeja terminar a rodada com a liderança consolidada.

Ainda sem treinador definitivo, o Rubro-Negro vai a campo com a equipe que começou jogando contra o Santos., no último domingo. O esquema de três zagueiros foi mantido e ainda terá a proteção de Willians e Toró na marcação.

Convocado para a Seleção Brasileira pela segunda vez consecutiva, Kleberson, que jogará mais adiantado, terá a missão de municiar os atacantes Emerson e Adriano.

A baixa fica por conta do lateral-esquerdo Juan. O camisa 6 já está recuperado das dores que vinha sentindo no joelho direito, mas ainda busca a melhor condição física. Enquanto isso, Everton quebra o galho em sua posição.

Mesmo derrotado na última rodada, o Atlético-MG entra em campo empolgado. Os dois principais motivos são a manutenção da ponta da tabela e a convocação de Diego Tardelli, principal jogador do time na temporada 2009. O atacante já marcou 31 gols no ano, sendo oito no Brasileirão.

Para a partida desta quinta, o técnico Celso Roth já confirmou o time e repetirá os mesmos 11 jogadores que enfrentaram o Goiás, domingo passado, no Mineirão. O treinador segue sem poder contar com Carlos Alberto, que se recupera de um problema na coxa. Outro desfalque será o atacante Alessandro, que se machucou durantes os treinamentos da semana e não viajou para o Rio de Janeiro.

Os jogadores atleticanos esperam uma partida aberta no Maracanã e estão vendo a situação como positiva para o Galo. O time mineiro perdeu apenas uma partida fora de casa e costuma se dar bem contra adversários ofensivos. Para o volante Márcio Araújo, o jogo contra o Flamengo será complicado, mas o Galo pode vencer longe do Mineirão e seguir brigando pela primeira posição.

– É possível, sim. Mas sabemos que será um jogo muito difícil pela situação que eles estão vivendo, de troca de treinador, de terem vencido o Santos fora. Os jogadores que estavam desacreditados, com a moral baixa, vão ser apoiados pelos torcedores. É uma torcida parecida com a nossa, que vai ao estádio. Mas nossa equipe estará preparada para fazer um grande jogo na quinta – disse.

FICHA TÉCNICA:
FLAMENGO X ATLÉTICO MINEIRO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/07/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba (Fifa-RS)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Paulo Ricardo da Silva Conceição (RS)

FLAMENGO: Bruno, Welinton, Aírton e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Toró, Willians, Kleberson e Everton; Emerson e Adriano. Técnico: Andrade.

ATLÉTICO MINEIRO: Aranha; Márcio Araújo, Werley, Welton Felipe e Thiago Feltri; Renan, Jonílson, Serginho e Júnior; Éder Luís e Diego Tardelli. Técnico: Celso Roth.

julho 30, 2009 Posted by | Atlético-MG, Flamengo | , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Vasco tenta voltar para o G4 contra o Fortaleza

Equipe terá retorno de capitão Carlos Alberto na partida em São Januário

LANCEPRESS!

Vasco e Fortaleza se enfrentam nesta terça-feira, às 21h, em São Januário, pela 14ª rodada da Série B. O Cruzmaltino, preocupado após a derrota para o Bahia, faz de tudo para recuperar uma vaga entre os quatro primeiros da tabela de classificação. Já o time cearense, com apenas 14 pontos e uma posição acima da zona de rebaixamento, tenta fugir da crise.

Na Colina Histórica, as esperanças de resultado positivo são depositadas em dois pontos capazes de desequilibrar uma partida. A expectativa é de casa cheia, uma repetição do caldeirão lotado que empurrou o Vasco na vitória sobre o ABC, duas rodadas atrás. Além disso, a volta do apoiador Carlos Alberto para o time titular também deixa o Cruzmaltino ainda mais perto de uma vitória.

– Quando estamos em dificuldade, temos de buscar ainda mais força, nos dedicar ainda mais. Dentro do G4, você tem a preocupação de não se acomodar. Temos uma partida difícil pela frente, mas temos totais condições de voltar para o G4 o quanto antes – disse o camisa 19.

O técnico Dorival Júnior terá o desfalque do atacante Elton, suspenso com três cartões amarelos. Adriano vai substituí-lo. Robinho, que não teve boa atuação contra o Bahia, perde a vaga para a entrada de Carlos Alberto.

O Fortaleza também vem de uma derrota, só que em casa, para o Bragantino, por 2 a 1, e está na 16ª posição da tabela. Para fugir da zona da degola e tentar surpreender o Vasco em São Januário, o técnico Giba faz mistério e só revelerá a escalação do Tricolor de Aço momentos antes da partida.

A boa notícia para os torcedores do Leão é a volta do zagueiro Silvio, que cumpriu suspensão automática na rodada passada. A delegação do Fortaleza já está no Rio de Janeiro e fez nesta segunda o último treino no Engenhão antes da importante partida contra o Vasco.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X FORTALEZA

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 27/7/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e José Amilton Pontarolo (PR)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Souza e Alex Teixeira; Carlos Alberto e Adriano. Técnico: Dorival Júnior.

FORTALEZA: Alexandre Fávaro; Maisena, Silvio, Edson e Jaílson; Júlio, Cristian, Coutinho e Eusébio; Luiz Carlos e Marcelo Nicácio. Técnico: Giba

julho 27, 2009 Posted by | Fortaleza, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Coritba recebe o Sport para manter invencibilidade em casa

Equipe alviverde não perde no Couto Pereira há três partidas

LANCEPRESS!

O Coritiba recebe o Sport nesta quinta-feira, às 21h, no Couto Pereira, com transmissão em tempo real pelo LANCENET!, querendo manter o bom retrospecto em casa. Nas últimas três partidas, foram três vitórias. E para continuar com essa sequência, o técnico René Simões conta com o apoio da torcida que, segundo ele, vem fazendo a diferença.

– O Brasileirão é extremamente difícil. Temos que jogar de maneira mais compacta possível. Vamos jogar em casa e isso é bom, o time está gostando. Temos que fazer prevalecer o mando de campo. A torcida faz o diferencial, faz os jogadores se sentirem bem, bota pressão no adversário. Ela levanta os jogadores quando as coisas não estão indo muito bem. Isso é bom porque o jogador se sente confiante – afirmou René, que terá problemas para escalar a equipe.

Os zagueiros Felipe, que deixou o hospital segunda-feira passada após sentir dores no abdômen, e Cleiton, com uma lesão muscular, seguem fora da equipe. O atacante Ariel, que sofreu uma lesão no joelho esquerdo no Atle-Tiba, também é desfalque. Bruno Batata fica com a vaga no ataque ao lado de Marcelinho Paraíba.

Por outro lado, o zagueiro Jeci pode fazer sua reestreia com a camisa alviverde caso seu nome apareça no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. Se não for regularizado, Dirceu é quem formará a dupla de defesa, ao lado de Demerson.

No Sport, o treinador Emerson Leão resolveu os desfalques sem precisar improvisar nas posições, ao contrário da partida passada, quando pôs o volante Fabiano no ataque. Desta vez, Vandinho e Guto formarão a dupla de frente, já que Weldon foi negociado para o Benfica, de Portugal, e Ciro está na Seleção Brasileira Sub-20.

– Estamos vivendo uma situação complicada, mas não adianta nos afobarmos. Temos que manter a calma e tentar vencer o Coritiba. Quero entrar bem e aproveitar as chances de gols que aparecerem. Se mantivermos o controle, poderemos voltar ao Recife com um grande resultado – disse Guto.

O discurso do atacante só terá realmente sentido caso o Sport volte com os três pontos, o os primeiros fora casa neste Brasileirão. O único desfalque entre os titulares é o zagueiro César, suspenso. No seu lugar, Juliano está confirmado. O volante Hamilton, que voltou de suspensão, volta na vaga de Dudé.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA X SPORT

Local: Couto Pereira, Paraná (PR)
Data/Hora: 23/07/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Cléber Welington Abade (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)

CORITIBA: Vanderlei, Rodrigo Heffner, Dirceu (Jeci), Demerson e Douglas Silva; Leandro Donizete, Jaílton, Pedro Ken e Carlinhos Paraíba; Marcelinho Paraíba e Bruno Batata. Técnico: René Simões.

SPORT: Magrão, Juliano, Igor e Durval; Elder Granja, Hamilton, Sandro Goiano, Fabiano e Dutra; Vandinho e Guto.
Técnico: Emerson Leão.

julho 23, 2009 Posted by | Coritiba, Sport | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em meio ao desmanche, Timão pega o Vitória

Depois de perder jogadores, Corinthians busca o G4

(Crédito: Allex Ximenez)

LANCEPRESS!

O Corinthians recebe o Vitória nesta quinta-feira, no Pacaembu, às 21h, com trasmissão em tempo real pelo LANCENET!, para buscar uma vaga no G4. Entretanto, a equipe de Mano Menezes está aos pedaços devido à onda de transferências que atingiu o clube.

Base do sistema defensivo do time, Cristian foi vendido ao Fenerbahçe, da Turquia, e deixa o Corinthians sem seu melhor marcador, além de ter uma ótima saída de bola. Junto com ele vai André Santos, a força do ataque pelo flanco esquerdo. Douglas deve embarcar para os Emirados Árabes nos próximos dias, mas contra o Vitória entrará em campo.

Com seu time se desconstruindo, Mano Menezes tenta manter o equilíbrio no Corinthians e tranquiliza a torcida através de seu twitter.

– Estamos trabalhando para fazermos reposição com qualidade. E assim seguiremos sonhando com o Brasileirão – afirmou o treinador.

O volante Edu, que chegou recentemente, já treinou com bola, entre os reservas, porém só poderá estrear em agosto, por ter vindo do exterior. Com isso Jucilei será mantido no time titular, agora com a vaga de Cristian. Para jogar no lugar de André Santos, Mano improvisará Diego.

Além das perdas sofridas para o mercado, Mano ainda conta com desfalques na defesa. Alessandro e William, se recuperando de lesão não estão disponíveis. Diogo e Jean entram nas vagas respectivamente.

O atacante Ronaldo não terá vida fácil no confronto contra o Vitória. Isso porque a equipe pernambucana terá o retorno de seu quarteto defensivo: Vanderson, Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins.

Ao contrário dos três zagueiros, que estão confirmados no time titular, o técnico Paulo César Carpegiani não escalará o volante Vanderson, que cumpriu suspensão imposta pelo STJD. Assim, a dupla Uelliton e Magal segue junta pela quinta vez no Brasileirão.

Com uma virose, Roger não participou do treino desta quarta-feira, mas garante que estará em campo para seguir disputando a artilharia do campeonato. Em excelente fase, o atacante já tem 8 gols e promete complicar a vida do Fenômeno para ser artilheiro.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS X VITÓRIA

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 23/07/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Nelson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moises (FIFA-RJ) e Ubirajara Ferraz Jota (PE)

CORINTHIANS: Felipe, Diogo, Chicão, Jean e Diego; Jucilei, Elias e Douglas (Morais); Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo. Técnico: Mano Menezes

VITÓRIA: Viáfara, Wallace, Victor Ramos, Anderson Martins; Apodi, Uelliton, Magal, Leandro Domingues, Leandro; William e Roger.

julho 23, 2009 Posted by | Corinthians, Vitória | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Galo e Flu fazem duelo dos distintos

Enquanto Atlético (MG) tenta manter liderança, Tricolor quer espantar crise

LANCEPRESS!

O Mineirão será palco, nesta quinta-feira, às 21h, de um duelo de extremos na tabela do Campeonato Brasileiro. Enquanto o Atlético Mineiro curte a boa fase e tenta manter a liderança da competição, o Fluminense, com a estreia de Renato Gaúcho, luta para fugir da zona de rebaixamento e da crise que atormenta o clube.

Após a dura partida em Salvador, o técnico Celso Roth contará com o retorno do atacante de Diego Tardelli, que não enfrentou o Vitoria, domingo passado.

O goleador atleticano já balançou redes em sete oportunidades no Brasileirão e quer manter a boa fase na partida desta quarta-feira. Uma das maiores fontes de inspiração do jogador tem sido a Massa do Galo. Segundo ele, a afinidade com a torcida tem sido fator predominante no momento vivido.

– Nossa torcida é sensacional. Sou até suspeito para falar, já que para mim é muito bom. Tenho um ótimo relacionamento com os torcedores e estou apaixonado pela torcida do Atlético. Tenho uma identificação muito boa com o torcedores atleticanos – disse.

Roth terá também a volta de Júnior. O meia sentiu dores musculares na coxa direita antes do jogo contra o Vitória, mas treinou sem nenhuma limitação física.

No Fluminense, a chegada do técnico Renato Gaúcho é encarada como o primeiro ponto para a mudança de ares no clube. Em penúltimo lugar na tabela, o Tricolor vai para Belo Horizonte em busca dos três pontos que podem tirá-lo da zona do rebaixamento.

Para o confronto, Renato fez logo grandes alterações na equipe. No gol, Fernando Henrique volta no lugar de Ricardo Berna, na zaga, a opção é por três zagueiros. Já no ataque, Leandro Amaral será afastado até que recupere 100% de sua forma. Tartá, que não vinha sendo aproveitado por Parreira, preenche a vaga, porém, como apoiador.

– Todos os jogos são difíceis a partir de agora. Temos que enfrentar todo mundo sempre buscando a vitória. A obrigação de vencer é do Atlético, que é o líder do campeonato. Vai ser um jogo super difícil.

ATLÉTICO MINEIRO X FLUMINENSE

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 23/7/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP)

ATLÉTICO MINEIRO: Aranha, Marcos Rocha, Werlton Felipe, Alex Bruno e Thiago Feltri; Renan, Jonílson, Márcio Araújo e Júnior; Diego Tardelli e Éder Luís. Técnico: Celso Roth.

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Edcarlos, Cássio e Luiz Alberto; Ruy, Wellington Monteiro, Diguinho, Tartá, Conca e João Paulo; Fred. Técnico: Renato Gaúcho.

julho 23, 2009 Posted by | Atlético-MG, Fluminense | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco, com nova energia, recebe o cambaleante ABC-RN

Gigante da Colina, em quinto, busca G4; time potiguar é penúltimo

Vasco recebe o ABC nesta sexta-feira, em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro (Crédito: LANCENET!)

Vasco recebe o ABC nesta sexta-feira, em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro

LANCEPRESS!

O Vasco entra em campo nesta sexta-feira, às 21h, em São Januário, pela 12ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, de energia renovada por duas vitórias seguidas e com roupa nova para enfrentar o ABC-RN, renovado e de técnico novo.

O ânimo nos dois clubes reflete o momento na tabela de classificação. Enquanto o Cruzmaltino é o quinto colocado, com 20 pontos, e busca voltar ao G4, o time portiguar está em penúltimo lugar, com apenas sete pontos.

O Vasco, após jejum de seis jogos sem vencer na Série B, reencontrou o caminho e ganhou suas duas últimas partidas. Nesta sexta, o Gigante da Colina entra em campo com uniforme novo, após a assinatura do patrocínio com a Eletrobrás.

Dentro de campo, sem o atacante Robinho, expulso, e sem o lateral-direito Fagner, lesionado, o técnico Dorival Júnior escala, respectivamente, Magno e Paulo Sérgio. Por outro lado, conta com a volta do lateral-esquerdo Ramon, que estava suspenso.

No ABC-RN, o técnico Flávio Lopes estreia e cobra mudança, principalmente de atitude, do elenco. Ele reintegrou cinco jogadores que foram afastados pelo antigo técnico, Arturzinho: o volante Rogério e os atacantes Fábio Silva e Ricardinho, além dos jovens Jonata e Thiaguinho.

Em relação ao jogo passado – derrota por 4 a 0 para o São Caetano – sete alterações: no gol, Paulo Musse, lesionado, dá lugar a Cardoso; na zaga, entra Fabiano e sai Gaúcho; na ala esquerda, Sandro e Chiquinho disputam o lugar de Roque; no meio, saem Fausto e Rafael, entrando Audálio e Erandir; no ataque, Ivan e Fabiano Silva substituem Nonato e João Paulo.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X ABC-RN

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 17/7/2009 – 21h
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO)
Auxiliares: Marcos Antonio Moreira Collodetti (ES) e Jose Ricardo Maciel Linhares (ES)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Souza e Alex Teixeira; Magno e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

ABC-RN: Tiago Cardoso, Fabiano, Ben-Hur e Leonardo; Bosco, Audálio, Erandir, Alex Oliveira e Sandro (Chiquinho); Ivan e Fábio Silva. Técnico: Flávio Lopes.

julho 17, 2009 Posted by | ABC de Natal, Vasco da Gama | , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Galo x Sampa: Líder contra o atual campeão

Equipes vivem momentos distintos na tabela. O Tricolor não vence a equipe mineira desde 2003 no Mineirão

LANCEPRESS!

Atlético-MG e São Paulo se enfrentam nesta quinta-feira no Mineirão, às 21h, em partida que colocará frente a frente o líder do Campeonato Brasileiro deste ano contra o campeão das três últimas edições da competição.

O São Paulo tem se consagrado nos últimos anos muito em função da qualidade de seus zagueiros. Para encarar os defensores do Tricolor, o Atlético conta com dois atacantes que vivem um momento iluminado. Éder Luís e Diego Tardelli são as principais apostas do Galo para conquistar mais uma vitória e se consolidar na liderança do Campeonato Brasileiro.

Juntos, os dois já marcaram 45 dos 70 gols do clube na atual temporada, sendo responsáveis por 64% das bolas na rede. Consideradas as principais duplas de ataque do país, eles também estão na frente. O dueto que consegue chegar mais próximo aos atleticanos é formado por Nilmar e Taison, do Internacional, que perdem por dois gols.

Além dos bom retrospecto geral em 2009, Éder e Tardelli também confirmam a boa fase no Campeonato Brasileiro. Cada um marcous seis gols nas dez primeiras rodadas.

– Eu e Tardelli estamos muito bem nesta temporada. O entrosamento cresce a cada partida. E nós sabemos que o Atlético precisa muito de nós dois. Vem dando muito certo, nos damos muito bem dentro e fora de campo e quem ganha com isso é o Atlético e o torcedor – comentou Éder Luís.

Já o Tricolor visa superar uma escrita que dura desde que o Brasileiro começou a ser disputado em pontos corridos: não vence o Galo no Mineirão desde 2003. Como visitante, em 2004, o São Paulo goleou o Atlético por 5 a 0, porém o jogo foi realizado no estádio da Independencia. Em 2006, o Galo não disputou a série A do nacional.

Líder do Brasileiro em 2009, o Galo surge como o grande time deste início de campeonato com dez jogos e seis vitórias, tendo 11 pontos acima do São Paulo. Para Ricardo Gomes, o Atlético-MG é considerado pelo um time rápido e leve. Ele ressaltou a importância de vencer o líder do campeonato.

– Vamos jogar contra o melhor time, mas vitória nos deixa em posição excelente. Atlético vive melhor momento, mas o São Paulo tem um passado que deixa jogadores, comissão técnica e torcedores com muita confiança – disse o comandante.

Para a partida, Gomes não poderá contar com o zagueiro Renato Silva, expulso na última partida contra o Flamengo. O volante Richarlyson voltou aos treinos nesta quarta-feira, mas ainda não deve ser liberado para a partida. A maior dúvida do técnico, então, segue sendo o meio-de-campo. Durante a semana, ele barrou Hernanes e testou Jorge Wagner em seu lugar.

No último treino antes da partida, Gomes fez mistério e, pela primeira vez, fechou a atividade para a imprensa. Além do meio, o treinador precisa definir o companheiro de Borges no ataque. Com Washington em má fase, Dagoberto surge como opção, de volta à equipe após cumprir suspensão contra o Flamengo.


FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG X SÃO PAULO

Estádio: Mineirão, Minas Gerais (BH)
Data/hora: 16/7/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva (Fifa-RS)
Auxiliares: Antônio Chaves Franco Filho (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS).

ATLÉTICO-MG: Aranha, Werley, Welton Felipe, Alex Bruno; Carlos Alberto, Jonilson, Serginho, Júnior e Thiago Feltri; Éder Luis e Diego Tardelli. Técnico: Célso Roth.

SÃO PAULO: Denis, Zé Luis, André Dias, Miranda e Júnior César, Jean, Eduardo Costa, Jorge Wagner (Hernanes) e Marlos; Hugo (Dagoberto) e Borges. Técnico: Ricardo Gomes

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

julho 16, 2009 Posted by | Atlético-MG, São Paulo | , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco recebe o Bragantino para voltar a vencer

Equipe carioca vem de uma derrota e quatro empates na Série B

O Vasco recebe o Bragantino nesta terça-feira em São Januário (Crédito: LANCENET!)

O Vasco recebe o Bragantino nesta terça-feira em São Januário

LANCEPRESS!

Vasco e Bragantino se enfrentam nesta terça-feira, às 21h, em São Januário, pela nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro buscando reencontrar o rumo do grupo dos quatro primeiros da competição.

Para isso, precisam vencer. O Gigante da Colina não conquista os três pontos há cinco rodadas (uma derrota e quatro empates), enquanto a equipe paulista vem de duas derrotas consecutivas.

Em sexto lugar com 13 pontos, o Vasco vai manter o time que iniciou a partida contra o Figueirense, no sábado passado. Desta forma, o atacante Elton, que cumpriu suspensão automática, fica no banco de reservas.

– Conversei com ele (Elton) e falei que gostei muito da formação que utilizamos no último jogo. Pedi a ele que siga trabalhando porque precisamos muito dele. Ele precisa mostrar que pode voltar ao time – declarou o técnico Dorival Júnior.

O treinador cruzmaltino, aliás, entrou em uma possível lista de substitutos de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras – ao lado de Muricy Ramalho e Abel Braga -, mas se recusou a falar sobre o assunto.

E o confronto pode marcar a despedida do meia Carlos Alberto da Colina. Seu contrato de empréstimo se encerra nesta terça-feira, dia 30 de junho, e a negociação com o Werder Bremen (ALE) para a ampliação não teve seu resultado definido.

Já o Bragantino, que com dez pontos ocupa a 13º colocação, ainda não está definido. O técnico Marcelo Veiga somente vai confirmar a escalação antes do time entrar em campo em São Januário.

A princípio, o atacante Bill, vice-artilheiro da Série B com sete gols, fica no banco de reservas, mas fará avaliação médica nesta terça para saber vai ou não para a partida, podendo aparecer entre os 11.

Além disso, o jogo contra o Vasco pode ser o último do atacante pela equipe de Bragança Paulista. Ele estaria se transferindo para o Corinthians.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X BRAGANTINO

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 30/6/2009 – 21h
Árbitro: Carlos Eugenio Simon (Fifa-RS)
Auxiliares: Katiuscia Mayer Berger Mendonça (Fifa-ES) e Jose Javel Silveira (RS)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Titi e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Alex Teixeira; Carlos Alberto e Robinho. Técnico: Dorival Júnior.

BRAGANTINO: Gilvan, Tiago Almeida, Kadu e Marcelo Godri; Carlinhos, Jair, Paulinho, Juninho e Magrão; Leo Jaime e Diego Macedo. Técnico: Marcelo Veiga.

junho 29, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco x Duque de Caxias: Rio se enfrenta na Série B

De um lado estreia a joia Coutinho; do outro, o artilheiro da disputa

Vasco e Duque de Caxias se enfrentam nesta sexta-feira, em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro (Crédito: LANCENET!)

Vasco e Duque de Caxias se enfrentam nesta sexta-feira, em São Januário, pela Série B do Campeonato Brasileiro

LANCEPRESS!

Vasco e Duque de Caxias são os dois times do Rio de Janeiro na Série B do Campeonato Brasileiro e se enfrentam nesta sexta-feira, às 21h, em São Januário, pela sétima rodada, com muitos detalhes os aproximando e outros tantos os afastando.

O Cruzmaltino não vence na disputa há três jogos (uma derrota e dois empates) e está em quarto lugar, com onze pontos. Já a equipe da Baixada Fluminense, goleou o América-RN por 4 a 1 na rodada passada e ocupa a sexta posição, um ponto atrás.

O Vasco não terá Carlos Alberto, suspenso, e o atacante Rodrigo Pimpão, com dores no joelho esquerdo. Substitui o primeiro Jeferson. E, no lugar do segundo, estreará os profissionais a promessa Philippe Coutinho, de 17 anos.

– Desde o início do ano espero esta oportunidade. Em campo vou procurar fazer o que sempre fiz nas categorias de base para buscar tranquilidade – afirmou o jovem meia, desde o meio de 2008 negociado com a Inter de Milão (ITA).

Fora de campo, a diretoria passada do Vasco ajudou (com atletas e profissionais) no crescimento do Duque de Caxias, que subiu para a Primeira Divisão estadual em 2007 e da Série C para a Série B nacional em 2008.

Com a mudança no comando vascaíno, que passou às mãos da então oposição há cerca de um ano, diversos profissionais dispensados assumiram cargos na equipe da Baixada Fluminense.

Um exemplo é o seu atual técnico, Rodney Gonçalves, com passagem pelas divisões de base do Vasco. Inclusive, participou da formação do estreante da noite, Philippe Coutinho.

– É sempre bom ver um atleta do qual participamos da formação despontando. Mas, neste momento, priorizo os meus jogadores – resumiu o treinador do time fluminense, que tem apenas o desfalque do volante Silva, suspenso.

Para movimentar ainda mais o confronto, de um lado, está a melhor defesa da Série B, a do Vasco, com três gols sofridos, e, no outro, o melhor ataque (ao lado de Brasiliense e Ipatinga), com 12 marcados, e o artilheiro da competição, Edivaldo – oito gols.

FICHA TÉCNICA:
VASCO X DUQUE DE CAXIAS

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 19/6/2009 – 21h (de Brasília)
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Auxiliares: Jackson Massarra dos Santos (RJ) e Eduardo de Souza Couto (RJ)

VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Gian, Vilson e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Jeferson; Philippe Coutinho e Elton. Técnico: Dorival Júnior.

DUQUE DE CAXIAS: Vinícius, Oziel, Zé Carlos, Santiago e Paulo Rodrigues; Roberto Lopes, Mancuso, Thiaguinho, Clayton e Geovani; Edivaldo. Técnico: Rodney Gonçalves.

junho 19, 2009 Posted by | Vasco da Gama | , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Vasco recebe o São Caetano em São Januário

Cruzmaltino saiu da Copa do Brasil; Azulão quer subir na tabela

Vasco e São Caetano se enfrentam pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro (Crédito: LANCENET!)

Vasco e São Caetano se enfrentam pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro LANCEPRESS!

Para curar uma ressaca, nada melhor do que um adversário que traz boas lembranças. Neste sábado, às 21h, o Vasco encara o São Caetano com duas recordações na memória: a desclassificação na semifinal da Copa do Brasil, quarta-feira passada, e a conquista do tetracampeonato brasileiro em cima do adversário desta noite, nove anos atrás.

Depois da derrota diante do Paraná, sábado passado, e a eliminação no Pacaembu, o Vasco se vê obrigado a partir para cima do Azulão. Com apenas a Segunda Divisão no horizonte, o técnico Dorival Júnior colocará em campo o que tem de melhor. Apesar do cansaço, nenhum titular será poupado do jogo deste sábado. Preocupado em voltar o quanto antes para o topo da tabela – o time ocupava a terceira colocação, com nove pontos, no início da rodada -, o zagueiro Vilson destacou a importância dos três pontos em cima do São Caetano. – O grupo está bastante motivado para fazer uma boa campanha na Série B. O São Caetano perdeu o último jogo e será um jogo difícil, já que eles têm um elenco forte – disse. Para deixar a décima sexta colocação, com apenas três pontos, o Azulão terá novo comando contra o Vasco. Antônio Carlos Zago, ex-zagueiro da Seleção Brasileira e com passagens pelos quatro maiores clubes de São Paulo, iniciou o seu trabalho no clube na terça-feira e busca reaproximar a equipe dos primeiros colocados. Para isso, Zago terá à disposição o atacante Luan, um dos destaques da equipe, já recuperado da lesão na parte posterior da coxa direita que o tirou dos últimos jogos. – É ruim ficar fora. Não pude atuar no último jogo (contra o América-RN) porque estava em fase final de recuperação. Mas agora que já estou 100%, quero voltar a jogar e dar meu melhor para, junto com a equipe, conquistar a vitória no Rio – disse o atacante. Segundo o novo treinador, que ocupava o cargo de diretor de futebol do Corinthians até o início deste ano, Luan é um jogador que não pode ficar de fora do time. – Desde que eu estava no Corinthians, vinha analisando o atleta, que é uma das jovens revelações do futebol brasileiro. Assim que cheguei, ele treinou bem e esperamos que ele entre em campo no seu melhor e que nos ajude a conquistar os três pontos – comentou.

FICHA TÉCNICA: VASCO X SÃO CAETANO

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ) Data/hora: 6/6/2009 – 21h (de Brasília) Árbitro: André Luiz Martins Dias Lopes (MG) Auxiliares: Jair Albano Félix (MG) e Marcos Vinícius Gomes (MG) VASCO: Fernando Prass, Paulo Sérgio, Vilson, Gian e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima e Carlos Alberto; Rodrigo Pimpão e Elton. Técnico: Dorival Júnior. SÃO CAETANO: Luiz; Iran, Marcelo Batatais, Artur (Everaldo) e Everton Ribeiro; Dias, Ademir Sopa, Marcinho e Roger ; Luan e Marinho. Técnico: Antônio Carlos Zago.

junho 6, 2009 Posted by | São Caetano, Vasco da Gama | , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ingressos para jogo contra o Volta Redonda estão à venda nesta terça

Bilhetes para partida desta quinta-feira começam a ser comercializados das 10h às 18h em cinco pontos do Rio de Janeiro

A partir desta terça-feira, das 10h às 18h, o torcedor do Botafogo poderá comprar ingressos para o jogo contra o Volta Redonda, que acontece nesta quinta, às 21h, no Engenhão, pela quarta rodada da Taça Guanabara. Antes do confronto principal, as duas equipes se enfrentam pelo Estadual de Juniores, a partir das 18h.

Vale lembrar que o torcedor poderá circular livremente pelos setores Norte, Sul e Leste do Engenhão, sem precisar entrar pelo portão específico de cada local. Além disso, há bilheterias dentro do edifício garagem do estádio (localizado na Rua das Oficinas), facilitando a compra de bilhetes para aqueles que forem de carro e optarem por parar seus veículos neste local.

PREÇOS DOS INGRESSOS

Setores Norte, Sul e Leste – R$ 25 (inteira) e R$ 12 (meia)
Setor Vip (Oeste Inferior) – R$ 35 (inteira) e R$ 17 (meia)
Obs: venda exclusiva pelo site www.futebolcard.com.br

PONTOS DE VENDA (das 10h às 18h)

General Severiano, Caio Martins, Marechal Hermes, Engenhão (portão Sul) e Citibank Hall

fevereiro 3, 2009 Posted by | Botafogo | , , , , , , , , , , | 1 Comentário