Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Time B do Cruzeiro bate o Avaí

Árbitro ajuda e Raposa consegue os três pontos no sufoco

Reservas do Cruzeiro sofreram com a falta de entrosamento (Crédito: VIPCOMM)

Reservas do Cruzeiro sofreram com a falta de entrosamento

LANCEPRESS!

A vitória magra do Cruzeiro sobre o Avaí por 1 a 0, neste sábado, no Mineirão, foi fiel ao desempenho apresentado em campo. Os reservas da Raposa sofreram com a falta de entrosamento e pouco subiram ao ataque. Valeu o peso da grife Cruzeiro e a ajudinha do juiz, aos 40 minutos do primeiro tempo.

Dudu fez firula dentro da área e simulou que teve a passagem obstruída pelo zagueiro. O árbitro aceitou a pedida do jogador e marcou pênalti. Zé Carlos foi para a cobrança e converteu. E o primeiro tempo se resumiu ao lance.

Na segunda etapa, o ataque do Cruzeiro protagonizou uma jogada que deu esperanças à torcida de que a Raposa poderia imprimir um ritmo mais forte à partida. Aos quatro minutos, Bernardo cruzou para o cabeceio de Anderson. Enquanto a bola sobrevoava a área, o goleiro Eduardo Martini escorregou mas conseguiu se recuperar a tempo e evitou o gol.

Mas os minutos seguintes mostraram que a equipe não seria capaz de superar suas próprias limitações, ditadas pela falta de entrosamento. Dudu chamou a responsabilidade e investiu nas jogadas individuais. Mas nenhuma delas teve êxito e o jogador acabou prejudicando a equipe em alguns lances por segurar demais a bola.

Com isso, o Avaí cresceu na partida e passou a pressionar. Só Eduardo Martini, o goleiro, ficava no campo defensivo. Adilson Batista vendo o mau momento promoveu a entrada de Wagner. Mas não teve jeito, o Avaí continuou melhor.

As melhores oportunidades do Avaí aconteceram em sequência no fim da partida, aos 39 e 40 minutos. Primeiro, em cobrança de falta marcada na entrada da área. Marquinhos bateu mas a bola não passou da barreira.

Logo em seguida, William pegou a bola e na base da força de vontade quase marcou. Coube a Andrey, segurar o placar em 1 a 0, embora o resultado mais justo fosse o empate.


FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 1 X 0 AVAÍ

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/Hora: 27/06/09 – 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Alvaro Rocha De Matos (BA-FIFA) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Gols: Zé Carlos, 40’/1ºT (1-0)
Cartão amarelo: Xaves e Léo Gago (AVA); Andrey (CRU)
Renda/Público: R$ 59.776,72/ 3.435

CRUZEIRO: Andrey, Jancarlos, Anderson, Luisão e Vinícius; Mateus, Henrique, Anderson Uchoa e Bernardo (Diego Renan, 16’/2º); Zé Carlos (Wanderley, 15’/2ºT) e Dudu (Wagner, 33’/2ºT). Técnico: Adilson Batista

AVAÍ: Eduardo Martini, Ferdinando, Emerson, Anderson Luis e Uendel (Eltinho, 34’/1ºT), Xaves (Michel, Intervalo), Léo Gago, Marquinhos e Muriqui; Lima (William, 21’/2º) e Luis Ricardo. Técnico: Silas.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

junho 27, 2009 Posted by | Avaí, Cruzeiro | , , , , , , , , , | Deixe um comentário