Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

São Paulo supera o calor e vence o Botafogo

Tricolor faz 2 a 1 e volta ao G4 do Paulistão; Hernanes faz gol, mas é expulso

Hernanes comemora o seu gol contra o BotafogoHernanes comemora o seu gol contra o Botafogo (Crédito: Célio Messias)

LANCEPRESS!

A qualidade de Hernanes deu a vitória por 2 a 1 ao São Paulo diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, na tarde deste domingo. O camisa dez tricolor apareceu nos momentos mais complicados e, com um gol e uma assistência, garantiu o resultado positivo. A parte negativa é que Hernanes, no final do jogo, recebeu o cartão vermelho. Branquinho, com um belo chute de fora da área, fez o gol dos botafoguenses.

Com a vitória, a equipe de Muricy Ramalho assumiu a terceira posição, com 13 pontos, dois a menos que o líder Palmeiras. O Tricolor ainda pode ser ultrapassado pelo Barueri, que encara o Mogi Mirim, fora de casa, na noite deste domingo. O Botafogo ocupa a 16 colocação, com cinco pontos e espera os resultados das partidas de Mogi Mirim e Guaratinguetá, as duas equipes podem ultrapassá-lo.

O jogo começou em um ritmo lento. As duas equipes sentiram o forte calor de Ribeirão Preto – os termômetros marcavam cerca de 30 graus durante a partida – e pouco utilizaram a velocidade de seus jogadores. São Paulo e Botafogo fizeram do cruzamento uma boa arma na primeira etapa. O atual hexacampeão brasileiro chegou com Jorge Wagner e os mandantes da partida ameaçaram com Calisto. Contudo, os atacantes não conseguiram aproveitar as chances.

A primeira etapa se encaminhava para o 0 a 0, quando Hernanes acertou um belo chute, aos 28 minutos, e abriu o placar para o São Paulo. Este foi o segundo gol do camisa dez tricolor no Campeonato Paulista. O Botafogo não se entregou com o revés e Marco Aurélio, com um remate de longe, aos 38 minutos, quase empata. A primeira etapa acabou com vantagem são-paulina.

No intervalo, o técnico Arthur Neto colocou o atacante Branquinho no lugar do zagueiro Everton. A mudança teve efeito imediato e Branquinho, logo aos seis minutos, após tabela com Thiago Silvy, empatou com um chute forte de fora da área.

O segundo tempo seguiu com uma velocidade maior. O Botafogo seguiu ameaçando com boas tabelas entre Branquinho e Thiago SIlvy, mas o ataque da equipe não estava com o pé calibrado e desperdiçou boas chances. Em umas delas, Thiago Silvy, aos 11 minutos, recebeu na grande área e bateu cruzado. o chute passou perto da meta de Bosco, antes de se perder pela linha de fundo.

A equipe de Ribeirão Preto seguiu apostando na velocidade e, aos 15 minutos, Marco Aurélio avançou com rapidez e cruzou fechado para a área. Thiago Silvy mergulhou, mas não alcançou e a bola entrou no canto direito de Bosco. Porém, o assistente indicou impedimento do atacante, que estava na mesma linha do zagueiro tricolor.

O São Paulo acordou com o susto e, no lance seguinte fez o segundo gol. Hernanes dominou pela esquerda e cruzou com precisão para a área. Washington dominou com liberdade nas costas da zaga e bateu forte na saída do goleiro, sem chances para Paulo Musse.

A partir do gol o São Paulo dominou a partida. Aos 40 minutos, Borges desviou de cabeça escanteio batido por Hernanes, mas errou o alvo por muito pouco. Jorge Wagner também tentou e, após jogada individual bateu forte de dentro da área. Desta vez, Paulo Musse evitou o terceiro gol tricolor.

Sem forças para reagir, o Botafogo não conseguiu o empate e acumulou sua terceira derrota na competição. O São Paulo conseguiu sua quarta vitória e voltou ao G-4. Na terceira posição, o Tricolor Paulista espera o resultado da partida do Barueria, que joga na noite deste domingo contra o Mogi Mirim ,fora de casa e tem chances de assumir o terceiro lugar. O Botafogo permanece com cinco pontos e pode terminar a rodada na zona do rebaixamento, caso Guratinguetá e Mogi Mirim vençam suas partidas.
FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 1 X 2 SÃO PAULO

Estádio: Santa Cruz, São Paulo (SP)
Data/hora: 8/2/2008 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Ferreira
Auxiliares: Rafael Ferreira da Silva e Rogerio Pablos Zanardo

Cartões Amarelos: Everton e Jonilson (BOT), André Dias e Jean (SPO)
Cartão Vermelho: Hernanes (SPO)
GOLS: Hernanes, 28’/1°T (0-1); Branquinho, 6’/2°T (1-1); Washingtom, 16’/2°T (1-2)
Renda/público:

BOTAFOGO: Paulo Musse, Fernando, Everton (Branquinho/intervalo) e Rafael; Marco Aurélio, Augusto Recife, Jonílson, Paulo Santos (Frontini, 38/2°T), Walter Minhoca e Calisto; Thiago Silvy. Técnico: Arthur Neto

SÃO PAULO: Bosco, Zé Luís, André Dias, Miranda e Jorge Wagner; Jean, Richarlyson, Hernanes e Hugo (Júnior César, 27/2°T); Borges e Washington. Técnico: Muricy Ramalho

fevereiro 9, 2009 Posted by | São Paulo | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário