Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Noite gelada, fase quente: Inter 100% faz 2 a 1 no Avaí

Com apenas dois titulares, Colorado confirma ótimo momento e mantém a ponta no Brasileirão. Talles Cunha e Alecsandro marcam, e Lima desconta


Inter Avaí

A fase iluminada do Inter não faz distinções: é vitória com time titular, misto ou reserva, dentro ou fora de casa, com calor de torrar ou frio de congelar. A vítima deste domingo foi o Avaí. Com apenas dois titulares no time que começou a partida, o Colorado fez 2 a 1 em um Beira-Rio que mais parecia um iceberg e manteve 100% de aproveitamento no Campeonato Brasileiro (assista ao vídeo ao lado). São quatro vitórias em quatro jogos, que rendem a liderança isolada da competição ao time gaúcho.

Os gols colorados foram marcados por Talles Cunha e Alecsandro. Lima, de pênalti, descontou no fim. Com 12 pontos, o Inter já abre três de vantagem para o vice-líder, o Vitória. São 24 jogos de invencibilidade na temporada. O Avaí, em contrapartida, conviveu com algo pior do que os cerca de 10ºC em Porto Alegre: o incômodo de manter o jejum no retorno à Séria A. Após três empates, perdeu a primeira. A equipe de Silas é a 16ª colocada.

A próxima missão vermelha é a batalha contra o Coritiba na quarta-feira, valendo vaga na final da Copa do Brasil. O Inter pode até perder por um gol no Couto Pereira. Pelo Brasileirão, o time gaúcho volta a jogar no domingo, em Belo Horizonte, contra o Cruzeiro. Já o Avaí recebe o São Paulo no mesmo dia.

Mais um guri colorado


Talles Cunha quase some na festa vermelha

O Inter não cansa de revelar atacantes rápidos e habilidosos. O próximo da linhagem de Nilmar, Rafael Sobis, Alexandre Pato e Taison pode ser Talles Cunha, que treina com os profissionais desde o ano passado, mas vem recebendo poucas chances como titular. Neste domingo, foi ele que colocou o time colorado na frente do Avaí.

O gol saiu aos 15 minutos do primeiro tempo, um pouco por mérito do Inter, um pouco por bobeada do time de Floripa. Andrezinho bateu falta na direção da área, Danny desviou de cabeça, Bruno errou em bola (incrível: levou um chapéu do gramado) e Talles, pela direita, mandou uma bomba cruzada. Se não tivesse uma rede atrás do goleiro Eduardo Martini, sabe-se lá onde e quando a bola pararia. Belo gol vermelho.

Os reservas do Inter não tiveram a mesma mecânica de jogo dos titulares, mas também souberam criar jogadas vistosas. Em uma delas, quase saiu mais um gol para os gaúchos. Glaydson puxou contra-ataque e rolou para Alecsandro na direita. O centroavante mandou no pé de Talles Cunha, que desta vez errou feio. Perdeu gol imperdível.

O Avaí também deu suas escapulidas ao ataque, mas nada capaz de empolgar os torcedores catarinenses que quase formaram um bloco uniforme de gelo atrás de um dos gols do Beira-Rio. Eles não esperavam tanto frio. O jeito foi pular com chances pouco efetivas mesmo. Caio e Muriqui ficaram perto do gol de Lauro aos 20 e 21 minutos, mas os chutes foram para fora. Muriqui teve repeteco aos 35. O chute foi bom, mas bom também é o goleiro do Inter, que conseguiu segurar sem maiores dificuldades.

O segundo tempo começou sem sal, com as duas equipes reduzindo o jogo ao espaço entre as intermediárias. O jogo voltou a esquentar com as expulsões de Maycon, do Inter, e Emerson, do Avaí, ambas um tanto exageradas. Os visitantes teriam empatado se André Turatto, dentro da pequena área, não tivesse cabeceado por cima do gol de Lauro. Mas ele não fez, e aí Alecsandro deu o golpe de misericórdia.

A jogada saiu aos 14 minutos. Começou com Giuliano, que teve raciocínio rápido para acionar Kleber na esquerda. O lateral-esquerdo, em seu último jogo antes de se apresentar à seleção brasileira, mandou cruzamento preciso para Alecsandro escorar a bola na direção da rede catarinense: 2 a 0.

O Avaí tentou reagir, criou chances, perdeu gols e insistiu até chegar lá com gol de pênalti. Lima caiu na entrada da área, em lance duvidoso que a arbitragem viu como infração. O próprio Lima bateu para descontar.

Sport West - Loja do Grupo Esportes Oeste (Loja Credenciada da Nike.com)

Ficha técnica:

INTERNACIONAL 2 x 1 AVAÍ
Lauro, Danilo Silva, Danny Morais, Sorondo e Kleber; Maycon, Glaydson, Andrezinho (Marcelo Cordeiro) e Giuliano; Talles Cunha (Sandro) e Alecsandro (Leandrão). Eduardo Martini, Ferdinando, Emerson, André Turatto e Uendel; Marcus Vinícius, Bruno (Bruno), Muriqui e Marquinhos; Caio (Luís Ricardo) e Evando (Lima).
Técnico: Tite. Técnico: Silas.
Gols: Talles Cunha, aos 15 minutos do primeiro tempo; Alecsandro, aos 14, e Lima, aos 42 do segundo tempo.
Cartões amarelos: Danilo Silva, Kleber, Maycon, Sandro (Inter); Bruno, Emerson (Avaí). Cartão vermelho: Maycon (Internacional); Emerson (Avaí).
Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Data: 31/05/2009. Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Auxiliares: Jossemar José Diniz Moutinho (PE) Ubirajara Ferraz Jota (PE).

maio 31, 2009 Posted by | Avaí, Internacional | , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário