Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Palmeiras joga para o gasto, vence e avança na Copa do Brasil

Verdão bate o Santo André por 1 a 0 e garante classificação para as quartas de final da competição nacional

O Palmeiras não jogou bem, mas fez o suficiente para vencer o Santo André e garantir a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. Jogando no Pacaembu lotado, o Verdão venceu a equipe do ABC por 1 a 0, com gol de Danilo, e agora volta suas atenções para o Paulistão, onde enfrenta o Mirassol, no domingo.

A classificação já havia sido encaminhada no primeiro jogo, quando a equipe venceu o Ramalhão por 2 a 1, fora de casa. Com a vantagem, o Palmeiras não precisou de muito esforço no jogo desta quinta-feira e mesmo jogando apenas para o gasto, garantiu vaga na próxima fase.

Apesar da vitória, o torcedor palmeirense não deve ter gostado do que viu em campo. O time errou muitos passes, teve dificuldades na criação e não levou muito trabalho ao goleiro Neneca. Além do mau futebol, mais uma vez a equipe desperdiçou um pênalti e novamente com Kleber, que já havia errado duas cobranças no primeiro jogo contra o Ramalhão.

Nas quartas de final o Verdão enfrenta o vencedor de Coritiba e Caxias. O mais provável é que o Palmeiras pegue o Coxa, que na primeira partida contra os gaúchos goleou por 4 a 0.

O JOGO

Na bela e ensolarada tarde de sol da capital paulista, a torcida palmeirense aproveitou o feriado de Tiradentes e lotou o Pacaembu, esperando assistir não só a classificação palmeirense para as quartas de final, como também uma boa atuação do Verdão. Entretanto, o primeiro tempo de jogo foi frustrante.

O Palmeiras tinha dificuldades na armação e criava muito pouco. Os erros de passe no meio de campo dificultava a chegada da bola para Kleber e Luan, que apesar de se esforçarem bastante, quase não apareceram na primeira etapa.

Do outro lado, o Ramalhão apresentava o mesmo futebol do Campeonato Paulista, no qual encerrou a sua campanha na lanterna e foi rebaixado para a Série A2. O Ramalhão cometia erros de fundamento e, mesmo buscando o ataque, já que precisava de uma vitória por dois gols para se classificar, quase não levava perigo ao gol de Deola.

A partida também começou nervosa. Com as duas equipes marcando muito e tendo problemas para atacar, alguns jogadores perderam a paciência e deram trabalho para o árbitro Raphael Claus, que só nos 45 minutos iniciais teve que distribuir seis cartões amarelos.

Com o jogo trucado, o Verdão quase não levou perigo ao gol de Neneca. A principal oportunidade apareceu aos 23 minutos, quando Cicinho fez ótima jogada pela direita e cruzou, na medida, para Luan, que marcado pelo zagueiro Alex Silva, não conseguiu concluir. Entendendo que Alex havia cometido falta, os jogadores alviverdes pediram a marcação do pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Na etapa final, os erros persistiram, mas a primeira chance clara de gol foi do Ramalhão. Aos 2 minutos, Gilberto pegou o rebote da zaga e cruzou para Célio Codó, que de frente para o gol, cabeceou forte. Deola fez grande defesa, salvando o Palmeiras.

Apoiado pela torcida, o Verdão tentou sair mais para o jogo e aproveitou o cansaço do Santo André. Contudo, mesmo passando a maior parte do segundo tempo no campo de ataque, a equipe não conseguia transformar as chances em gol.

Porém, aos 31 minutos, finalmente o gol do Verdão saiu. Marcos Assunção cobrou escanteio pela direita, Danilo subiu mais alto que a zaga adversária e deu um leve desvio de cabeça, no primeiro posto, para abrir o placar.

O gol deu tranquilidade ao Palmeiras, que passou a trocar passes ao som de olé. A atitude irritou o zagueiro Anderson, que deu carrinho violento em Valdívia e foi expulso.

Com um a mais e o jogo sob controle, o Verdão ainda se deu ao luxo de perder um pênalti. Aos 39, Kleber foi derrubado dentro da área e ele mesmo cobrou, mas mandou no travessão.

Assim, o placar persistiu em 1 a 0, o suficiente para o Alviverde avançar na Copa do Brasil.

O Palmeiras volta à campo no próximo domingo, contra o Mirassol, às 18h30, no Pacaembu, em confronto válido pelas quartas de final do Paulistão. Já pela Copa do Brasil, o duelo contra o vencedor de Caxias e Coritiba deve ser apenas no dia 4 de maio.

PALMEIRAS 1 X 0 SANTO ANDRÉ

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 21/4/2011 – 16h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Carlos Nogueira (SP) e Anderson Coelho (SP)
Público e renda: 33.614 pagantes / R$985.018,00
Cartões amarelos: Luan, Thiago Heleno, Valdívia (PAL); Alex, Mario Jara, João Paulo, Magno, Neneca (STA)
Cartões Vermelhos: Anderson, 36’/2ºT (STO)
Gols: Danilo, 31’/2ºT (1-0)

PALMEIRAS: Deola; Cicinho (João Victor, 22’/2ºT), Danilo, Thiago Heleno (Leandro Amaro, Intervalo) e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção, Tinga (Wellington Paulista, 32’/2ºT) e Valdivia; Luan e Kleber. Técnico: Felipão.

SANTO ANDRÉ: Neneca; Alex Silva, Anderson e Sandoval; João Paulo, Gilberto (Borebi, 10’/2ºT), Magno, Mario Jara (Chiquinho, 28’/2ºT) e Célio Codó (Luciano Fonseca, 23’/2ºT); Aloísio e Rychely. Técnico: Sandro Gaúcho

abril 21, 2011 Posted by | Palmeiras, Santo André | , | Deixe um comentário

Reservas decidem e Corinthians vence Santo André por 2 a 0

Gols de Paulo André e Edno mantêm Timão na terceira colocação da primeira fase; adversário agora é o Oeste

Se o time titular não vinha mostrando um bom futebol, o “mistão” alvinegro, ao menos, apresentou o mesmo estilo de jogo eficiente, mas longe de empolgar o corintiano. Com uma equipe recheada de reservas, Corinthians venceu o Santo André por 2 a 0, jogando no estádio Bruno José Daniel, no ABC paulista, na tarde deste domingo, e se despede da primeira fase do Campeonato Paulista com vitória. 

Os gols foram marcados por dois reservas de Tite: Paulo André e Edno. Com o resultado, o Corinthians chega aos 38 pontos, e mantém a terceira colocação. O Santos, que venceu o Paulista por 3 a 0 e tem os mesmos 38 pontos do rival, não passa o Timão por causa do critério de saldo de gols (20 contra 21 do Corinthians).

O próximo adversário do Corinthians nas quartas de final do Paulista será o Oeste, que terminou a primeira fase na 6ª colocação. O Alvinegro paulista tem a vantagem do mando de campo, em partida única, mas não a vantagem do empate. Na primeira fase, o confronto entre as duas equipes acabou em 3 a 0 para o Timão, em jogo disputado no Pacaembu, pela 15ª rodada. 

O Ramalhão, por outro lado, termina a primeira fase do Campeonato Paulista na lanterna, com 15 pontos. A equipe do ABC, rebaixada para a série A2 desde a última rodada, agora volta as atenções para o duelo com o Verdão pela Copa do Brasil, na próxima quinta-feira, no Pacaembu. O jogo de ida, na última quarta-feira, terminou em 2 a 1 para o Palmeiras, no ABC. Agora, o Ramalhão precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para chegar às quartas de finais da competição continental. O empate dá a vaga ao Palmeiras; uma vitória simples dos andreenses por 1 a 0 também, pelo critério dos gols fora de casa (o Verdão fez 2 no ABC). 

LEVE E SOLTO

Como o Timão entrou em campo com uma equipe recheada de jogadores reservas, os “novos titulares” tiveram a oportunidade de mostrar a Tite que podem se firmar no time. O primeiro a mostrar serviço foi Edno. Mas o lance não saiu do jeito que o atacante gostaria: aos 16 minutos, após boa troca de passes entre Danilo e Ramírez, o camisa 9 ficou na cara de Neneca e viu boa defesa do goleiro adversário. 

E o Timão estava animado! Sufocando o Santo André no campo de defesa, o Corinthians não dava chances para ser surpreendido por uma equipe já rebaixada. Danilo, outro reserva a ganhar oportunidade neste domingo, também queria jogar bem sob os olhos de Tite. Bruno César, seu companheiro na armação, por pelo menos duas vezes assustou o gol do Ramalhão, seu ex-time, com perigosos chutes de longe.

Mas a estrela que brilhou mesmo foi de Paulo André, recuperado de lesão no joelho esquerdo e voltando ao time depois de 196 dias afastado. O zagueiro foi oportunista ao aproveitar cruzamento de Willian na esquerda e, de cabeça, mandar no contrapé de Neneca, aos 21 minutos da primeira etapa.

O gol deu tranquilidade ao Timão, mas acendeu a inquietude do Ramalhão, que perdeu a timidez e se lançou ao campo de ataque. Aos 34 minutos, um pênalti poderia ser marcado em Rychely, após contato de Moradei, mas o lance exigia interpretação do árbitro, e Aurélio Sant’anna Martins não marcou.

Para a segunda etapa, o Corinthians voltou ainda mais empolgado, mas faltava maior capricho no passe final. Bruno César, por exemplo, deu bom passe para Marcelo Oliveira, mas não forte o suficiente para que o lateral-esquerdo, outro “reserva” em campo, ganhasse a dividida com Iran. Em seguida, Ramírez fez boa jogada e Edno dominou de canela, para desespero de Tite e da torcida corintiana que compareceu em peso no ABC.

1 a 0? Placar magro. O Corinthians queria mais. A superioridade era tão latente que realizou até uma blitz com seis homens rondando a zaga andreense, aos 17 minutos. Depois de muita troca de passes, Danilo foi o responsável por furar a muralha adversária ao dar um corte no marcador e servir Willian, mas o camisa 7 não conseguiu a finalização.

Mas quando teve a bola limpa para arriscar o arremate, Willian não fez feio. Aos 27, o atacante, que vinha sendo titular com Tite, dividiu com a zaga e chutou com efeito, à esquerda da trave de Neneca.

Mas os donos da casa, diante de tamanha superioridade corintiana, não tinham “sangue de barata”. Depois de ver, em menos de uma semana, ser consumado o rebaixamento para a série A2 e uma derrota em casa para o Palmeiras na Copa do Brasil, o Santo André intensificou as tentativas para marcar o gol de empate. Aos 18 minutos da etapa final, Aloísio recebeu na área e chutou torto. Seis minutos depois, foi a vez do ex-corintiano Anderson quase marcar de cabeça. Por fim, aos 39 minutos, Célio Codó tocou com estilo e tirou tinta da trave de Rafael Santos.

Para os poucos torcedores do Santo André presentes no estádio Bruno Daniel poderia ser a chance de redenção do Ramalhão, mas a tarde era mesmo corintiana.

Já no fim da partida, Bruno César cruzou na cabeça de Edno, que não vinha fazendo bom jogo. O camisa 9 se redimiu e desviou de Neneca de cabeça. 2 a 0 e fim de papo no ABC paulista.

A vitória dá confiança ao Timão, que mostra que mesmo os reservas podem dar conta do recado. O duelo com o Oeste ainda não tem data definida. 

FICHA TÉCNICA:
SANTO ANDRÉ 0X2 CORINTHIANS

Estádio: Bruno José Daniel, Santo André (SP)
Data/hora: 17/4/2011 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Aurélio Sant’anna Martins
Auxiliares: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Osny Antonio Silveira

Renda/público: Não divulgados
Cartões amarelos: – (STA); – (COR)
Cartões vermelhos: – 
GOLS: Paulo André, 21’/1ºT (0-1); Edno, 43’/2ºT (0-2)

SANTO ANDRÉ: Neneca; Iran, Anderson, Sandoval e Dênis; Magno, Walax (Mika 32’/2ºT), Juan Felipe (Edílson 27’/2ºT) e Aloísio; Rychely e Borebi (Célio Codó 18’/2ºT). Técnico: Sandro Gaúcho.

CORINTHIANS: Rafael Santos; Moacir, Wallace, Paulo André e Marcelo Oliveira; Moradei, Luis Ramírez, Danilo e Bruno César 
(Nenê Bonilha 46’/2ºT); Edno e Willian. Técnico: Tite.

abril 17, 2011 Posted by | Corinthians, Santo André | | Deixe um comentário

Verdão afasta fantasma e encaminha classificação na Copa do Brasil

Kleber tarda, mas não falha! Gladiador desperdiça dois pênaltis mas se redime e marca os dois da vitória sobre o Santo André, por 2 a 1

Quando os torcedores palmeirenses conheceram seu adversário nas oitavas da Copa do Brasil, as quartas de final da mesma competição em 2004 vieram logo à mente. Na ocasião, dois empates contra o mesmo Santo André eliminaram o Verdão e aumentaram a lista de “zebras” que superaram o clube nos últimos anos. A partida desta quarta-feira, no Bruno José Daniel, no entanto, foi para afastar quaisquer más lembranças. Com um futebol envolvente e dois gols marcados por Kleber, o Palmeiras venceu o Ramalhão, por 2 a 1, e deixou encaminhada a classificação às quartas de final.

Apesar de perder dois pênaltis, o Gladiador redimiu-se rapidamente. Na primeira defesa de Neneca, marcou logo no rebote. No segundo gol, o goleiro fez boa defesa e espalmou para escanteio. Na cobrança. o Gladiador antecipou-se à marcação e ampliou. Em boa atuação, Valdivia comandou o meio de campo e além de Mago, foi o maestro da equipe antes de ser substituído para a estreia de Wellington Paulista.

Com somente oito gols sofridos no ano antes da partida, a defesa palmeirense vinha mostrando mais uma vez porque tem a melhor média de gols sofridos dentre todas no mundo. O gol de honra de Santo André, no entanto, saiu após falha na marcação de Thiago Heleno, que vinha muito bem no jogo. Anderson subiu livre para diminuir.

Para o Ramalhão, que tentava se reerguer do vergonhoso rebaixamento sofrido no Paulistão um ano após o vice-campeonato estadual, a classificação ficou difícil, mas as esperanças e a lembrança de 2004 é inspiração… O jogo de volta está marcado para a próxima quinta-feira, às 16h, no Pacaembu.

O jogo

Antes mesmo do início da partida no Bruno José Daniel, em Santo André, os jogadores do Palmeiras e o técnico Luiz Felipe Scolari perceberam que além dos onze adversários andreenses, o péssimo gramado e a má iluminação no Bruno José Daniel também teriam de ser superados pela vaga. De volta à equipe titular, o Mago Valdivia tinha a responsabilidade de municiar os atacantes e manter a boa média de 3,6 gols por jogo do Verdão na Copa do Brasil.

E num primeiro tempo em que que só o Palmeiras jogou, o Mago foi o maior destaque da equipe. Carregando a bola com tranquilidade e abusando dos dribles (efetivos), Valdivia adotou uma postura ofensiva e Kleber e Luan foram acionados com frequência. Com tamanho domínio do jogo, não demorou para que o time abrisse o placar…

Aos 20 minutos, Kleber invadiu a área do Ramalhão pela esquerda e foi derrubado pelo zagueiro Marcelo Godri quando tentava o corte. Pênalti marcado, gol tranquilo, certo? Quase. Na cobrança, Kleber bateu mal e o goleiro Neneca espalmou para o alto. No rebote, o Gladiador foi mais rápido e completou para o fundo da rede.

Abusando das faltas, o Santo André já tinha quatro jogadores pendurados com o amarelo antes mesmo do intervalo. Valdivia chegou a mancar após uma dividida no início, mas estava tudo bem. A vantagem tranquilizou ainda mais o Verdão, que controlou o resultado até descer ao vestiário.

Nos primeiros minutos da segunda etapa, um acontecimento inexplicável paralisou o jogo por cinco minutos. Para dispersar alguns torcedores que assistam à partida pendurados em árvores próxima ao estádio, policiais usaram gás lacrimogêneo e o odor invadiu o gramado. Com os atletas e a torcida atordoados, o árbitro não tinha outra opção a não ser paralisar a partida.

Com bola rolando, a marcação do Palmeiras afrouxou e o Santo André começou a trabalha e valorizar a posse de bola. A falta de qualidade da equipe, no entanto, ficou evidente e a zaga do Verdão continuava eficiente. Após belo lançamento de Tinga, aos 18 minutos, Luan recebeu em ótima condições mas chutou em cima de Neneca.

Alguns minutos depois, o goleiro do Ramalhão quase se tornou um dos nomes do jogo… Aos 22, Luan invadiu a área e foi derrubado por Sandoval, que deu carrinho por trás. Outro pênalti, outra chance para o Gladiador. Mais uma vez, Kleber bateu e o goleiro Neneca defendeu, desta vez sem rebote. Para azar dos jogadores do Santo André, a alegria durou pouco…

Logo no lance seguinte, Assunção cobrou escanteio e Thiago Heleno cabeceou firme. Neneca fez linda defesa mas deu rebote… Como de costume, Kleber apareceu, antecipou-se à marcação e tocou a bola para marcar o segundo e ampliar a vantagem alviverde. O Gladiador tarda, mas não falha!

Já no fim, o Mago deixou o campo cansado e Wellington Paulista pôde fazer sua estreia com a camisa do Palmeiras, mas o tempo foi curto e o atacante pôde fazer. Numa falha da “quase intransponível” zaga do Verdão, Aloísio cobrou falta na área, Thiago Heleno falhou na marcação e Anderson subiu livre para diminuir, sem maiores prejuízos ao resultado favorável ao Palmeiras. Vitor Hugo ainda conseguiu ser expulso aos 50 minutos da segunda etapa.

Antes da partida de volta, em pleno feriado de Páscoa, o Verdão volta a campo neste domingo, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, pela última rodada da primeira fase do Paulistão.

FICHA TÉCNICA:
SANTO ANDRÉ 1 X 2 PALMEIRAS

Estádio: Bruno José Daniel, Santo André (SP)
Data/hora: 13/4/2011 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Cereta de Lima
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Márcio Luiz Augusto
Renda e público: R$ 221.220,00 / 7.635 pagantes/
Cartões amarelos: Magno, Marcelo Godri, Alex Silva, Dênis, Borebi, Sandoval (STA); (PAL)
Cartões vermelhos: Vitor Hugo, 50’/2°T
GOLS: Kleber, 22’/1°T (0-1); Kleber, 24’/2°T (0-2); Anderson, 43’/2°T (1-2)

SANTO ANDRÉ: Neneca, Marcelo Godri, Sandoval e Aderson; Alex, Magno (Vitor Hugo, Intervalo), Walax, Aloísio e Dênis (Juan Felipe, 24’/2°T); Igor (Borebi, Intervalo) e Richely. Técnico: Sandro Gaúcho.

PALMEIRAS: Deola, Cicinho, Danilo, Thiago Heleno e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção (Chico, 40’/2°T), Tinga e Valdivia (Wellington Paulista, 34’/2°T); Kleber (João Vitor, 46/2°T) e Luan. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

abril 14, 2011 Posted by | Palmeiras, Santo André | | Deixe um comentário

Com a volta do G4, nove times buscam vaga na Libertadores

LNET! mostra caminho das equipes para a classificação à competição continental

O disputado G4 (grupo dos quatro times classificados para a Libertadores) do Campeonato Brasileiro voltou. Nesta segunda-feira, a Conmebol aprovou mais uma vaga para times brasileiros no torneio, permitindo ao quarto colocado do Brasileirão se classificar para a competição continental. Como Santos e Internacional já estão classificados, nove equipes entram na briga pela vaga a partir de agora.

A decisão reavê a medida tomada no mês passado, quando a entidade retirou uma das vagas do Brasil na competição por conta de o campeão da edição de 2010 ter sido um clube brasileiro (Internacional).

Com isso, a briga por um lugar no torneio sul-americano deve pegar fogo. Times como Cruzeiro, Fluminense e Corinthians, que ocupam as primeiras posições neste momento, terão maiores chances matemáticas de classificação. A Raposa tem 97% de chance de se participar do torneio, e o Tricolor Carioca possui 95%. Já o Timão tem 78% de chances de disputar a Libertadores pelo segundo ano seguido. Outras equipes que estão na intermediária também ganham mais fôlego por uma vaga, como o Palmeiras e o São Paulo.

Se o Brasileiro acabasse hoje, a quarta vaga ficaria com o Atlético-PR, time que ocupa a sexta posição atrás de Internacional e Santos, que estão garantidos na Libertadores por conta dos títulos conquistados esse ano (Libertadores e Copa do Brasil, respectivamente). No entanto, o Grêmio (40%) tem mais chances de se classificar do que o Furacão (36%), segundo dados do matemático Tristão Garcia.

Confira aqui os últimos jogos de todos os candidatos a uma vaga na Libertadores de 2011 e a situação de cada um no Campeonato Brasileiro, além das chances matemáticas de cada equipe:

1º – CRUZEIRO – 54 pontos
Chances de classificação: 97%

Próximos jogos

24/10 – Atlético-MG – João Havelange
30/10 – Grêmio-PP – Eduardo José Farah
3/11 – São Paulo – João Havelange
7/11 – Vitória – Barradão
14/11 – Corinthians – Pacaembu
21/11 – Vasco – João Havelange
28/11 – Flamengo – Engenhão
5/12 – Palmeiras – João Havelange

Mesmo com a derrota para o Grêmio, no domingo, o Cruzeiro vive a sua melhor fase no Brasileirão. É líder da competição a duas rodadas e tem um dos melhores jogadores da competição: o argentino Montillo. Dificilmente ficará de fora da Libertadores do ano que vem.

2° – FLUMINENSE – 53 pontos
Chances de classificação: 95%

Próximos jogos

24/10 – Atlético-PR – Arena da Baixada
28/10 – Grêmio – Engenhão
3/11 – Internacional – Beira-Rio
7/11 – Vasco – Engenhão
14/11 – Goiás – Engenhão
21/11 – São Paulo – Morumbi
28/11 – Palmeiras – Pacaembu
5/12 – Guarani – Engenhão

Liderou o campeonato durante muito tempo, mas as lesões de Emerson, Fred e Deco diminuíram o aproveitamento do time. No domingo, tinha a chance de chegar na liderança novamente com a derrota do Cruzeiro, mas empatou com o Botafogo. Com o G4 novamente, deve ficar com uma das vagas.

3° – CORINTHIANS – 50 pontos
Chances de classificação: 78%

Próximos jogos

24/10 – Palmeiras – Pacaembu
27/10 – Flamengo – Engenhão
3/11 – Avaí – Pacaembu
7/11 – São Paulo – Morumbi
14/11 – Cruzeiro – Pacaembu
21/11 – Vitória – Barradão
28/11 – Vasco – Pacaembu
5/12 – Goiás – Serra Dourada

Até sete rodadas atrás era o favorito ao título, mas as lesões de jogadores como Jorge Henrique e Chicão, além da saída do técnico Adilson Batista resultaram em um jejum de vitórias que dura até hoje. Com isso, o clube entrou em crise, e a torcida que apoiou o time no ano todo, protestou contra vários jogadores. Com o G4, fica com chances enormes de classificação.

4° – SANTOS – 48 pontos
CLASSIFICADO (Campeão da Copa do Brasil)

Próximos jogos

24/10 – Grêmio Prudente – Vila Belmiro
30/10 – Internacional – Beira-Rio
3/11 – Vitória – Vila Belmiro
7/11 – Atlético-MG – Sete Lagoas
14/11 – Grêmio – Vila Belmiro
21/11 – Goiás – Serra Dourada
28/11 – Avaí – Ressacada
5/12 – Flamengo – Vila Belmiro

Passou por uma grande turbulência após a saída de Dorival Júnior, mas retornou a briga com o interino Marcelo Martelotte. Porém, já tem a vaga para a Libertadores garantida por causa do título da Copa do Brasil.

5° – INTERNACIONAL – 47 pontos
CLASSIFICADO (Campeão da Libertadores 2010)

Próximos jogos

24/10 – Grêmio – Olímpico
30/10 – Santos – Beira-Rio
3/11 – Fluminense – Beira-Rio
7/11 – Atlético-GO – Serra Dourada
14/11 – Avaí – Beira-Rio
21/11 – Botafogo – Engenhão
28/11 – Vitória – Beira-Rio
5/12 – Grêmio Prudente – Eduardo José Farah

Corre por fora na briga pelo título. No entanto, já conquistou a Libertadores esse ano, o que lhe garante a vaga do torneio continental de 2011. No final deste ano, ainda disputa o mundial em Dubai.

6° – ATLÉTICO-PR – 46 pontos
Chances de classificação: 36%

Próximos jogos

24/10 – Fluminense – Arena da Baixada
28/10 – São Paulo – Arena Barueri
4/11 – Palmeiras – Arena da Baixada
7/11 – Flamengo – Engenhão
14/11 – Grêmio Prudente – Arena da Baixada
24/11 – Grêmio – Olímpico
28/11 – Ceará – Castelão
5/12 – Avaí – Arena da Baixada

Cresceu de um tempo para cá e já está colado nos primeiros colocados. É muito forte jogando em casa, mas não mantém a regularidade longe de Curitiba. Com o G4, se torna um candidato forte também.

7° – GRÊMIO – 46 pontos
Chances de classificação: 40%

Próximos jogos

24/10 – Internacional – Olímpico
28/10 – Fluminense – Engenhão
4/11 – Goiás – Serra Dourada
7/11 – Ceará – Olímpico
14/11 – Santos – Vila Belmiro
21/11 – Atlético-PR – Olímpico
28/11 – Guarani – Brinco de Ouro
5/12 – Botafogo – Olímpico

O Grêmio cresceu depois da chegada do técnico Renato Gaúcho. O time, que estava beirando a zona de rebaixamento do campeonato, arrancou na tabela e já começa a colar nos líderes. Com a vitória sobre o Cruzeiro, no domingo, empatou em número de pontos com o Atlético-PR. Tem duelos diretos e em casa, o que pode ajudar a classificar para a Libertadores.

8° – BOTAFOGO – 45 pontos
Chances de classificação: 21%

Próximos jogos

23/10 – Vitória – Engenhão
30/10 – Atlético-MG – Arena da Jacaré
3/11 – Atlético-GO – Engenhão
7/11 – Avaí – Ressacada
14/11 – Ceará – Castelão
21/11 – Internacional – Engenhão
28/11 – Grêmio Prudente – Engenhão
5/12 – Botafogo – Olímpico

O Botafogo também esteve flertando com a liderança até algumas rodadas atrás, no entanto, uma sequência de empates fez com que o time caísse na tabela. Ainda está vivo na briga pela Libertadores.

9° – SÃO PAULO – 44 pontos
Chances de classificação: 16%

Próximos jogos

24/10 – Ceará – Castelão
28/10 – Atlético-PR – Arena Barueri
3/11 – Cruzeiro – João Havelange
7/11 – Corinthians – Morumbi
14/11 – Vasco – São Januário
21/11 – Fluminense – Morumbi
28/11 – Atlético-GO – Serra Dourada
5/12 – Atlético-MG – Morumbi

Como acontece nos últimos, reacordou na reta final do Brasileirão após uma crise intensa. Desde a chegada de Paulo César Carpegiani o time se reencontrou e vem mantendo boas atuações. Domingo, quebrou um jejum de vitórias sobre o Santos e é um dos candidatos fortes a uma vaga na Libertadores.

10° – PALMEIRAS – 44 pontos
Chances de classificação: 14%

Próximos jogos

24/10 – Corinthians – Pacaembu
30/10 – Goiás – Arena Barueri
4/11 – Atlético-PR – Arena da Baixada
7/11 – Guarani – Arena Barueri
14/11 – Atlético-GO – Serra Dourada
21/11 – Atlético-MG – Pacaembu
28/11 – Fluminense – Pacaembu
5/12 – Cruzeiro – João Havelange

Embora desminta publicamente, o Palmeiras já pensa sim em participar da Libertadores do ano que vem. O time não perde a sete jogos e cresceu muito de qualidade nas últimas rodadas. No entanto, não tem elenco suficiente. Sem Kleber, Valdivia e Marcos Assunção, a equipe fica sem peças de reposição. Talvez consiga a vaga por causa da Sul-Americana, já que Felipão é tradicionalmente um técnico copeiro.

11° – VASCO – 41 pontos
Chances de classificação: 2%

Próximos jogos

24/10 – Flamengo – Engenhão
30/10 – Vitória – Barradão
3/11 – Grêmio Prudente – São Januário
7/11 – Fluminense – Engenhão
14/11 – São Paulo – São Januário
21/11 – Cruzeiro – João Havelange
28/11 – Corinthians – Pacaembu
5/12 – Ceará – São Januário

É o time que tem menos chances. Empatou em muitos jogos que poderia ter vencido, como contra o Grêmio, em São Januário, semana retrasada. A tabela também não ajuda, já que enfrenta equipes do porte de Fluminense, Cruzeiro, São Paulo e Corinthians.

*Números do matemático Tristão Garcia

outubro 18, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

FOTOS – Musas da Copa: Larissa Riquelme do Paraguai

CLIQUE NA FOTO E VEJA O ENSAIO COMPLETO

outubro 2, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Canais em espanhol, Ceará, Classificação Serie A, classificação serie b, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Outros Esportes, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Radio ao vivo, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Após indisciplina, Mano Menezes deixa Neymar fora da Seleção

Treinador prefere não chamar o atacante do Santos para os dois próximos amistosos após problemas com o técnico Dorival Júnior

O projeto de renovação da Seleção Brasileira visando à Copa de 2014, no Brasil, ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. O técnico Mano Menezes divulgou os 23 jogadores convocados para dois amistosos na Europa. A principal ausência da lista do treinador é o atacante Neymar, do Santos. O treinador da Seleção Brasileira preferiu deixar o jogador do Peixe fora após a confusão que causou a demissão de Dorival Júnior. As grandes surpresas foram o goleiro Neto, do Atlético-PR, o lateral Mariano, do Fluminense, o apoiador Giuliano, do Internacional. Elias, do Corinthians, e Wesley, ex-jogador do Peixe e atualmente no Werder Bremen, são outras novidades.

– Não queremos ser mais realistas do que ninguém, e nem mais duros do que ninguém. O futebol brilhante dos últimos meses deve ser a marca fundamental de um jogador talentoso como o Neymar. Se isso voltar a ser a regra, ele será novamente chamado. A volta do Neymar vai depender dele. Espero mesmo que seja circunstancial essa fase  – disse Mano Menezes, que chamou o atacante Nilmar (Villarreal), um dos remanescentes da última Copa do Mundo, pela primeira vez em sua gestão.

Os adversários dos amistosos em solo europeu não foram divulgados pela CBF, porém os jogos já estão acertados (serão realizados entre os dias 6 e 13 de outubro). De acordo com a entidade, que encontrou dificuldades para encontrar rivais por conta das eliminatórias para a Eurocopa 2012, na Polônia e na Ucrânia, o anúncio ainda não foi feito por conta de questões contratuais.

Neymar fez parte da lista de convocados de Mano Menezes para a primeira partida da Seleção após a disputa da Copa do Mundo na África do Sul e se tornou um dos símbolos do processo de renovação apresentado pelo treinador. O jogador, inclusive, foi um dos destaques da equipe que venceu os Estados Unidos por 2 a 0, em Nova Jersey. Naquela ocasião, o atacante do Santos deixou a sua marca, e Alexandre Pato fez o outro.

O problema de Neymar com Dorival Júnior aconteceu no dia 15 de setembro durante a partida contra o Atlético-GO, no Serra Dourada. O jogador ficou irritado por ter sido preterido na cobrança de um pênalti (assista no vídeo ao lado) e acabou se desentendendo com o treinador, soltando vários palavrões. Para não perder o comando, o comandante do Santos afastou o atleta por tempo indeterminado, deixando o fora do jogo diante do Guarani, no último fim de semana. Porém, na última terça-feira, o Dorival foi demitido por não relacionar o garoto para o clássico contra o Corinthians.

Seis jogadores têm idade olímpica: o goleiro Neto, o volante Sandro, os meias Giuliano e Phillippe Coutinho, os atacantes André e Alexandre Pato. A CBF também divulgou a contratação do técnico Ney Franco, do Coritiba, para ser o novo coordenador das categorias de base e o treinador da Seleção Brasileira sub-20, a partir de dezembro, logo após a participação do seu time na Série B do Campeonato Brasileiro, que se encerra em 27 de novembro.

Ney Franco, que foi indicado pelo técnico da Seleção principal, Mano Menezes, dirigirá o time sub-20 no Campeonato Sul-Americano que será disputado em janeiro de 2011, no Peru. Esta competição classificará duas equipes para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e quatro para o Mundial da categoria, também em 2011, na Colômbia.

Confira a lista de convocados de Mano Menezes

Goleiros

Victor (Grêmio)
Jefferson (Botafogo)
Neto (Atlético-PR)

Laterais

Daniel Alves (Barcelona)
Mariano (Fluminense)
André Santos (Fenerbahçe)
Adriano Correia (Barcelona)

Zagueiros

David Luiz (Benfica)
Alex (Chelsea)
Thiago Silva (Milan)
Rever (Atlético-MG)

Volantes

Lucas (Liverpool)
Ramires (Chelsea)
Sandro (Tottenham)
Elias (Corinthians)

Meias

Carlos Eduardo (Rubin Kazan)
Philippe Coutinho (Inter de Milão)
Wesley (Werder Bremen)
Giuliano (Internacional)

Atacantes

Alexandre Pato (Milan)
Robinho (Milan)
André (Dínamo de Kiev)
Nilmar (Villarreal)

setembro 23, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Brasileirão 2010 só classificará três times para a Taça Libertadores 2011

Conmebol anuncia que título da Libertadores não garante mais um posto para o país. Vaga ficará para o campeão da Copa Sul-Americana

O G-4 virou G-3. Foi isso que aconteceu, na prática, após o anúncio da Conmebol nesta quarta-feira. Segundo a entidade, o título da Libertadores não abrirá mais uma vaga extra ao respectivo país da equipe campeã. Como o Internacional é o atual dono do troféu, isso significa que o Brasileiro deste ano só classificará três times para a próxima Libertadores, em vez de quatro.

A mudança se deve ao fato de que a Copa Sul-Americana passou a valer uma vaga para a Libertadores. Assim, a única possibilidade de um país ter um representante a mais no torneio é conquistando a Sul-Americana. Neste momento, quem perderia a vaga na mais importante competição do continente é o Botafogo, que tem 38 pontos e está em quinto – o Inter, em quarto lugar, já está assegurado.

Além do Colorado, o Brasil já tem outro representante classificado, o Santos. O Peixe está garantido por ter conquistado a Copa do Brasil. A única possibilidade, portanto, de o Brasil ter seis times na próxima Libertadores é se Atlético-MG, Avaí, Goiás ou Palmeiras conquistar a Sul-Americana deste ano.

setembro 22, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Radios AO VIVO











setembro 14, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Cheio de polêmica, ‘rachão’ no Barça atiça rivalidade entre Benfica e Porto

David Luiz diz que Hulk só ganha ‘roubado’. Atacante, por sua vez, recebe elogios de Robinho e tira sarro do zagueiro

Após três dias de treinamentos fortes em Barcelona, os jogadores da Seleção Brasileira participaram nesta segunda-feira de um treino recreativo depois de um trabalho tático comandado por Mano Menezes. No polêmico “rachão”, que por tradição acontece nas vésperas de jogos e sempre com muita rivalidade, os times foram divididos em cinza e branco. A informação é do site oficial da CBF.

Logo no começo do jogo, o branco abriu 4 a 1 no primeiro tempo, com gols de Sandro, André Santos (dois) e Adriano. Robinho descontou para o cinza.

No segundo tempo, Hulk, Hernanes e Robinho empataram o placar: 4 a 4. Nos últimos minutos, Pato marcou mais um e virou o jogo, que teve seu placar empatado já no lance seguinte, com gol de André Santos. O último lance do jogo foi um gol de Robinho, o da vitória do time cinza por 6 a 5.

Aí começou a polêmica. Os jogadores do time branco não aceitaram o placar e disseram que para eles o jogo havia terminado empatado. Em tom de brincadeira, o zagueiro David Luiz colocou a culpa em Hulk, que é seu rival no futebol português (o defensor atua pelo Benfica, enquanto o atacante defende o Porto).

– Empatou! Os caras querem ganhar roubado. O Hulk é sempre assim. Ganha roubado aqui, ganha roubado em Portugal – disse, aos risos, David Luiz.

Hulk, por sua vez, tirou sarro do compatriota. O jogador foi apontado por Robinho como o capitão do time cinza, o suposto vencedor.

– Eu escolhi um time bom para vencer e mostrar ao David que nem aqui o Benfica ganha do Porto – brincou Hulk, que recebeu rasgados elogios de Robinho.

– Joga muito. (Tem) Força na canhota e se deixar ele chutar é meio gol na certa – disse o ex-santista.

O time cinza foi formado por Gabriel, Rafael, Hernanes, Henrique, Alex, Lucas, Philippe Coutinho, André, Alexandre Pato, Robinho e Hulk. A equipe branca com Diego Alves, Daniel Alves, Carlos Eduardo, Fernandinho, Ramires, Douglas Costa, Adriano, David Luiz, Sandro, André Santos e Thiago Silva.

Nesta terça-feira, a Seleção realizará um jogo-treino com os reservas do Barcelona B. Sem amistosos marcados, Mano preferiu reunir a equipe – sem jogadores que atuam no futebol brasileiro – apenas para treinamentos na Espanha.

setembro 6, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

CBF divulga calendário de 2011

Brasileirão da Série A, que vai do dia 22 de maio a 4 de dezembro, não será paralisado por conta da Copa América da Argentina, de 3 julho a 24 de julho

A CBF divulgou nesta terça-feira o calendário de futebol de 2011. O Campeonato Brasileiro da Série A, que vai de 22 de maio a 4 de dezembro, não será paralisado por conta da Copa América da Argentina, de 3 de julho a 24 de julho. No calendário, há 12 datas FIFA reservadas para jogos da Seleção.

A próxima temporada terá início com os campeonatos estaduais, dos dias 16 de janeiro a 15 de maio. Um mês depois tem início a Copa do Brasil, do dia 16 de fevereiro a 8 de julho. A Taça Libertadores começa em 26 de janeiro e termina em 22/06. A Série B do Brasileirão tem início no mesmo dia da Primeira Divisão, 22 de maio, e termina uma semana antes, no dia 27 de novembro.

A Série C será disputada de 17 de julho a 20 de novembro. Já a Série D vai de 18 de julho a 13 de novembro. A Copa do Brasil de Futebol Feminino será disputada de 31 de agosto a 2 de novembro.

Data Campeonato
16/01 a 15/05 Campeonatos estaduais
26/01 a 22/06 Taça Libertadores
16/02 a 08/07 Copa do Brasil
22/05 a 04/12 Série A do Campeonato Brasileiro
22/05 a 27/11 Série B do Campeonato Brasileiro
17/07 a 20/11 Série C do Campeonato Brasileiro
18/07 a 13/11 Série D do Campeonato Brasileiro
24/08 a 07/12 Copa Sul-Americana
31/08 a 02/11 Copa do Brasil de Futebol Feminino

agosto 31, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

PROMOÇÃO EXCLUSIVA PARA O PORTAL FUTEBOL!!

Sem  título-3chfghfdydsqweeERGYDRTTRTTETERTETETERTEVASCO

CLIQUE NA IMAGEM E ASSINE AGORA POR APENAS R$ 0,56 CENTAVOS DIA

Promoção para os 100 primeiros leitores do portal futebol , garanta agora sua senha.

agosto 30, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Canais em espanhol, Ceará, Classificação Serie A, classificação serie b, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Outros Esportes, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Radio ao vivo, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , , , , , | Deixe um comentário

Mano chama três estreantes para treinos da Seleção

Philippe Coutinho ganha primeira chance com a Amarelinha. Grupo se reunirá na Europa entre os dias 30 de agosto de 9 de setembro

O técnico Mano Menezes convocou nesta sexta-feira 22 jogadores que atuam no exterior para período de treinos da Seleção na Europa, entre os dias 30 de agosto e 9 de setembro. O treinador chamou três estreantes: os meias Douglas Costa (Shakhtar), Fernandinho (Shakhtar) e Philippe Coutinho (Internazionale).

A Seleção tinha disponível duas datas da Fifa para amistosos oficiais em setembro, nos dias 4 e 8. No entanto, a CBF não encontrou adversários para o time de brasileiro, que realizará apenas treinamentos.

A possibilidade já havia sido admitida por Mano durante evento de um dos patrocinadores da Seleção, na segunda-feira.

Não temos a condição ideal na Granja (Comary, em Teresópolis). Visitei as dependências e passei isso para as pessoas da CBF. Se não for para nos reunirmos na Granja, não há sentido fazer em outro lugar do Brasil. Estaríamos nos atrapalhando mais do que ajudando.

Esta foi a segunda convocação de Mano à frente da Seleção. A primeira aconteceu no fim de julho, para o amistoso contra os Estados Unidos, há dez dias. O jogo, disputado em Nova Jersey, terminou com vitória brasileira por 2 a 0.

Confira a relação de convocados:

GOLEIROS:
Gomes (Tottenham)
Diego Alves (Almería)

LATERAIS:
Daniel Alves (Barcelona)
Rafael (Manchester)
André Santos (Fenerbahçe)
Marcelo (Real Madrid)

ZAGUEIROS:
Alex (Chelsea)
David Luiz (Benfica)
Henrique (Racing Santander)
Thiago Silva (Milan)

VOLANTES:
Hernanes (Lazio)
Ramires (Benfica)
Sandro (Tottenham)
Lucas (Liverpool)

MEIAS:
Carlos Eduardo (Hoffenheim)
Douglas Costa (Shakhtar)
Fernandinho (Shakhtar)
Philippe Coutinho (Internazionale)

ATACANTES:
Alexandre Pato (Milan)
Robinho (Manchester City)
André (Dínamo de Kiev)
Hulk (Porto)


agosto 20, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Futebol é alegria! Novo Brasil ataca forte e vence os Estados Unidos

No primeiro amistoso da era Mano Menezes, Seleção Brasileira fez 2 a 0, em Nova Jersey. Neymar e Alexandre Pato marcaram os gols do triunfo

Velocidade, dribles, pedaladas, alegria… Os ingredientes que faltavam à Seleção Brasileira estão de volta. Pelo menos no primeiro amistoso da era Mano Menezes foi assim. Bem organizado defensivamente e ofensivo como nos bons tempos, o Brasil não teve trabalho para fazer 2 a 0 nos Estados Unidos nesta terça-feira.

O estádio New Meadowlands, em Nova Jersey, lotado de fãs da Seleção Brasileira teve espaço até mesmo para gritos de olé. Não poderia ser diferente com Paulo Henrique Ganso, Neymar e Robinho em campo. O trio que brilhou no Santos no primeiro semestre ainda estava reforçado por Alexandre Pato.

Foram dele e de Neymar, cotados para formarem a dupla em 2014, os primeiros gols do Brasil na era Mano. O santista, por sinal, se junta a outros craques brasileiros que marcaram em sua estreia com a camisa amarela, como Pelé, Zagallo, Jairzinho, Zico e Rivaldo. Apenas para citar os mais importantes deles.

A série de amistosos visando a Copa do Mundo de 2014 no Brasil tem mais dois capítulos em setembro. A CBF ainda não divulgou os adversários, mas nos dias 3 ou 4 e 7 ou 8, o time de Mano Menezes fará mais duas partidas. Se as atuações forem iguais à dessa noite, o torcedor terá muito que comemorar.

Os primeiros minutos da Seleção Brasileira de Mano Menezes foram de susto. Aos dois, Donovan recebeu bom passe de Buddle, driblou David Luiz e saiu na cara do gol. André Santos, porém, chegou para cortar. Em seguida, Daniel Alves errou dois passes seguidos e tomou uma leve bronca do treinador.

Aqueles mais pessimistas até poderiam achar que o Brasil estava nervoso. Mas não deu tempo de a desconfiança ganhar espaço. Com cara de futebol brasileiro, a Seleção foi para cima dos Estados Unidos. Esses, sim, ficaram assustados. Toques rápidos e objetividade marcaram o primeiro tempo verde e amarelo.

Com Ganso comandando o meio de campo, o Brasil ganhou muita qualidade para construir jogadas. Até porque Neymar e Robinho se posicionaram muito bem pelas pontas e ganharam o apoio dos laterais Daniel Alves e André Santos. Tanto que foi em uma jogada de linha de fundo que saiu o primeiro gol da Seleção Brasileira (veja o vídeo acima).

Aos 28 minutos, Robinho deu belo passe para André Santos. O lateral apareceu bem na linha de fundo e cruzou na medida para Neymar abrir o placar de cabeça. Na comemoração, o atacante do Santos ajoelhou no gramado, apontou para o céu e ganhou um caloroso abraço coletivo dos outros companheiros.

Entregue ao futebol ofensivo do “novo Brasil”, os Estados Unidos não levavam perigor. Do outro lado, Howard cansou de ver os atacantes brasileiros em boa condição. E aos 45, ele evitou o segundo gol. Ganso tocou para Ramires, que colocou Pato na cara do gol. O atacante driblou o goleiro e rolou para a rede (assista abaixo).

Bolas na trave e olé
A seleção norte-americana voltou para o segundo tempo com três alterações. Já o Brasil de Mano Menezes optou por retornar com a mesma formação. E também com a mesma postura. Logo no primeiro minuto, Robinho fez ótima jogada pela esquerda e colocou Pato na cara do gol. Mas o atacante perdeu chance incrível.

Solto em campo, o Brasil quase marcou o terceiro aos sete minutos. Daniel Alves avançou e cruzou para o meio da área. Pato fez o corta luz e Neymar bateu em cima da zaga. No rebote, Robinho bateu de primeira, deslocando o goleiro e os zagueiros, mas a bola bateu caprichosamente na trave.

Aproveitando alguns erros de passe do Brasil, os Estados Unidos conseguiram mais espaços. Chegaram até a marcar aos 11 minutos, mas Bradley estava impedido quando cabeceou para o fundo do gol. Rapidamente, porém, o time verde e amarelo retomou o comando do jogo e viu a torcida gritar “olé”.

Aos 28 minutos, uma nota triste. Ederson, que havia acabado de entrar no lugar de Neymar, se machucou em seu primeiro lance. Após receber a bola na direita, ele tentou um drible e sentiu lesão muscular. Ao forçar o cruzamento caiu no chão e não teve condições de continuar. Foi substituído por Carlos Eduardo.

A etapa final do amistoso não foi tão empolgante como a primeira, mas ao menos o Brasil acertou duas bolas na trave, com Robinho e Paulo Henrique Ganso. E a torcida, empolgada, calou os norte-americanos com “olé” e gritos de “Brasil, Brasil, Brasil”. Poderiam, no entanto, ter gritado mais gols, não fosse o festival de gols perdidos pelo time de Mano no final.

ESTADOS UNIDOS 0X2 BRASIL
Howard (Guzan); Spector, Bocanegra (Goodson), Bradley e Gonzalez; Donovan (Findley), Bedoya (Gomez), Bornstein e Buddle (Altidore); Edu e Benny Feihaber (Kljestan). Victor; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Ramires (Hernanes) e Ganso (Jucilei); Robinho (Diego Tardelli), Neymar (Ederson) (Carlos Eduardo) e Alexandre Pato (André).
Técnico: Bob Bradley. Técnico: Mano Menezes.
Gols: Neymar, aos 28, e Alexandre Pato, aos 45 minutos do primeiro tempo;
Cartões amarelos: David Luiz (BRA)
Público: 77.223 pagantes.
Data: 10/08/2010. Estádio: New Meadowlands, em Nova Jersey, Estados Unidos. Árbitro: Silviu Petrescu (CAN). Auxiliares: Joe Fletcher (CAN) e Daniel Belleau (CAN).

agosto 10, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

‘Tailgate’ agita o pré-jogo de Brasil e Estados Unidos em Nova Jersey

Tradição norte-americana de fazer churrasco no estacionamento do estádio toma conta dos arredores do New Meadowlands. Partida será às 21h11m

CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O JOGO AO VIVO

Os jornais não deram muito espaço, é verdade, mas a torcida está bastante empolgada com o amistoso de daqui a pouco entre Estados Unidos e Brasil, no estádio New Meadowlands, em Nova Jersey. A prova disso é a festa que está sendo feita no estacionamento por norte-americanos e brasileiros.

“Tailgate” é o nome dessa tradição. Os torcedores abrem os porta-malas dos carros, colocam o som alto, esticam suas bandeiras e preparam uma bela refeição. A preferência da maioria é por churrasco, mas há aqueles que levam também saladas, maioneses, pratos típicos de países sul-americanos, entre outros.

A prática de futebol também é comum no estacionamento. Brasileiros e norte-americanos brincavam de bola por vários cantos do local, criando um ambiente bem legal no pré-jogo. Somente por um momento é que houve um princípio de confusão entre torcedores mais exaltados, visivelmente alcoolizados.

Porém, a “turma do deixa disso” conseguiu contornar e continuar festejando. No local há pessoas de diferentes nacionalidades, além de brasileiros e norte-americanos. Há também um festival de bandeiras e camisas de clubes brasileiros, como Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Santos, Atlético-MG, Grêmio e Cruzeiro.

A movimentação ao redor do estádio segue grande e a previsão é que mais de 70 mil pessoas estejam presentes para ver a estreia do técnico Mano Menezes na Seleção Brasileira. Os portões do New Meadowlands foram abertos 19h30m.

agosto 10, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, TV ao Vivo, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Mano Menezes testa Seleção com três atacantes

Técnico conquistou a Copa do Brasil e o Paulistão pelo Corinthians no esquema 4-3-3

No último treino da Seleção Brasileira antes do amistoso contra os EUA, nesta terça-feira, em Nova Jersey, o técnico Mano Menezes colocou o time no esquema 4-3-3, com Alexandre Pato, Robinho e Neymar à frente.

O plano tático com três atacantes é herança da época em que o treinador comandou o Corinthians. Em 2009, Mano conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil usando o mesmo esquema, com Dentinho, Jorge Henrique e Ronaldo no ataque. Porém, o técnico voltou ao tradicional 4-2-2 no início de 2010, onde não teve o mesmo sucesso do ano passado e foi eliminado ainda na primeira fase.

O esquema só voltou a ser utilizado contra o Flamengo, pela Libertadores da América. Mesmo eliminado da competição nacional, o Timão continuou atuando com três atacantes no Brasileirão, onde liderou boa parte da competição e atualmente é o segundo colocado, um ponto atrás do Fluminense.

O Brasil enfrenta o EUA nesta terça-feira, às 21h (horário de Brasília), no estádio New Meadowlands, em Nova Jersey.

agosto 9, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Campeonato Brasileiro: a mais nova invasão sul-americana

Assim como na primeira edição da competição, mais da metade dos participantes conta com ‘hermanos’ no elenco

O Campeonato Brasileiro vem, nos últimos anos, se transformando em um autêntico paraíso para jogadores estrangeiros, principalmente sul-americanos. A atual edição brinda a torcida nacional com um verdadeiro festival de gringos, nem sempre de qualidade comprovada. Das 20 equipes participantes, nada menos do que 13 contam com representantes de países vizinhos.

Apesar de ter ganho vulto na última década (fruto do crescimento da economia no Brasil e, consequentemente, do fortalecimento da moeda), a imigração latina não é novidade no futebol pentacampeão do mundo.

Em sua primeira versão, em 1971, o Brasileiro foi disputado com 15 estrangeiros sul-americanos (ainda havia o zagueiro Alex, alemão naturalizado e ídolo inconteste dos torcedores do América carioca). Flamengo, Vasco, América-RJ, Cruzeiro, Atlético-MG, Grêmio, Internacional, São Paulo, Palmeiras, Santos, Portuguesa-SP e Sport tinham ‘forasteiros’ em seus plantéis, muitos que até hoje são reverenciados por saudosos torcedores, como são os casos dos uruguaios Pedro Rocha, Forlán (no Tricolor paulista) e Ancheta (no gaúcho); o paraguaio Reyes (no Flamengo); o chileno Figueroa (no Inter); e os argentinos Andrada (no Vasco) e Ramos Delgado (no Santos).

Outro estrangeiro que participou daquela edição foi Néstor Scotta. Contratado pelo Grêmio, o centroavante argentino veio do River Plate para ser o autor do primeiro gol em um Campeonato Brasileiro. No dia 7 de agosto, Scotta abriu o placar na vitória por 3 a 0 sobre o São Paulo em pleno no Morumbi (ele faria também o segundo) e escreveu definitivamente seu nome na história da mais importante competição nacional.

Naquele tempo, quando nem se imaginava internet e as informações instantâneas por ela proporcionadas, um jogador vindo de fora necessariamente deveria ter reconhecidos predicados, como atuações nas seleções de seus respectivos países, ou indicações credenciadas pelos pouquíssimos empresários de futebol da época. Outro canal muito utilizado pelos dirigentes dos clubes nacionais eram as indicações de treinadores brasileiros que tentavam a sorte no futebol argentino e uruguaio, principalmente.

1971 – Andrada-ARG (gol, Vasco) e Ramos Delgado-ARG (zag, Santos)
1972 – Pedro Rocha-URU (ata, São Paulo) e Reyes-PAR (zag/vol, Fla)
1973 – Ancheta-URU (zag, Grêmio) e Cejas-ARG (gol, Santos)
1974 – Perfumo-ARG (zag, Cruzeiro)
1975 – Figueroa-CHI (zag, Inter) e Fischer-ARG (ata, Botafogo)
1976 – Doval-ARG (ata, Flu)
1977 – Darío Pereyra-URU (zag, São Paulo)
1981 – Benítez-PAR (gol, Inter)
1983 – De León-URU (zag, Grêmio)
1984 – Romerito-PAR (ata, Flu)
1985 – Rubén Paz-URU (mei, Inter)
1988 – Aguirregaray-URU (zag, Inter)
1995 – Gamarra-PAR (zag, Inter)
1998 – Arce-PAR (lat, Palmeiras)
1999 – Rincón-COL (mei, Corinthians)
2000 – Sorín-ARG (lat, Cruzeiro)
2003 – Maldonado-CHI (vol, Cruzeiro)
2004 – Lugano-URU (zag, São Paulo)
2005 – Tevez-ARG (ata, Corinthians)
2007 – Valdivia-VEN/CHI (mei, Palmeiras) e Acosta-URU (mei, Náutico)
2009 – Guiñazu-ARG (vol, Inter), Maxi López-ARG (ata, Grêmio) e Conca-ARG (mei, Flu)

Campeonato Brasileiro edição 2010

Nos dias de hoje, o número de empresários e agentes se multiplicou e o Brasil virou trampolim para uma compensadora transferência rumo ao mercado europeu que, praticamente vedado até a década de 80, vem desde então escancarando gradativamente suas portas. Seguindo modestamente a efervescência vista no Velho Continente, diversos clubes, em parcerias com empresas que investem pesado em futebol, abrem os braços para recepcionar as atrações latinas.

A Série A de 2010, que já se encontra na 12ª rodada, é um contundente exemplo desta invasão gringa. No momento, 28 jogadores sul-americanos estão integrados aos elencos de 13 das equipes participantes. O Internacional conta com cinco estrangeiros e é o recordista. Apesar da instabilidade do veterano goleiro Pato Abbondanzieri-ARG e do pouco mostrado pelo lateral Bruno Silva-URU, o Colorado até que não pode se queixar. D’Alessandro-ARG ganhou a torcida vermelha e Guiñazu-ARG é um ídolo inconteste. Quanto a Sorondo-URU, mais prós do que contras para o jogador que, com um filho brasileiro, já obteve dupla nacionalidade.

O eterno rival gaúcho surpreende este ano. Contumaz cliente (em 2009 teve o argentino Maxi López como destaque), o Grêmio atualmente não conta com qualquer representante do mercado sul-americano. Nas páginas douradas do clube, desfilam personagens como o já citado Ancheta e o também zagueiro De León (campeão em 1981), mas nesta temporada o Tricolor luta com um elenco genuinamente nacional.

Com três inscritos (Guerrón-EQU, Ivan González-PAR, Nieto-ARG), o Atlético Paranaense poderia estar à frente do Inter no quesito ‘Legião Estrangeira’ com nada menos que sete. A diretoria do Furacão, no entanto, negociou durante a competição o colombiano Valencia com o Fluminense e dispensou Javier Toledo-ARG, Serna-COL e Vanegas-COL.

Quem também parece satisfeito com suas atrações importadas do Mercosul é o Botafogo. A raça do argentino Herrera (que já defendeu Grêmio e Corinthians) e o carisma de SebastiánLoco Abreu (com passagem apagadíssima pelo Tricolor gaúcho em 1998) contagiam seus torcedores. Empolgados, muitos alvinegros chegaram ao ponto de virar a casaca na Copa da África do Sul e torcer pelo Uruguai, só por causa de Loco, o camisa 13 da Celeste Olímpica.

Buscando reeditar o sucesso das contratações do zagueiro Perfumo nos anos 1970 e do multifuncional Sorín (com passagens vitoriosas nesta década), o Cruzeiro agora aposta suas fichas em outros dois argentinos, o meia Montillo e o atacante Farías, que ainda não estrearam. Os celestes cruzam os dedos torcendo para que o tiro não saia pela culatra e os gringos não se tornem nomes a serem facilmente esquecidos.

Outro grande de Minas, o Galo, por sua vez, conta com os equatorianos Edison Méndez (primo de Guerrón) e Jairo Campos, além do paraguaio Cáceres. Já durante o Brasileiro, a direção atleticana dispensou o goleiro Carini-URU e o zagueiro Benítez-PAR.

Considerado por muitos o destaque da competição de 2009, Darío Conca é incontestável no Fluminense. Maestro da equipe na espetacular reação que livrou o Tricolor do rebaixamento, o pequeno argentino segue com a companhia do compatriota Equi González e agora com a do colombiano Valencia.

Clube mais popular do país, o Flamengo ostenta o título de atual campeão brasileiro e tem um gringo histórico em seu atual elenco, mas que nasceu muito longe do continente sul-americano. O sérvio Petkovic obviamente não entra na lista rubro-negra, que conta com o atacante colombiano Cristian Borja (primo de Rentería, avante com desempenho regular no Inter entre 2005 e 2006) e o veterano chileno Maldonado (com passagens destacadas por São Paulo, Cruzeiro e Santos). Aguardando desfecho das negociações com o Boca Juniors-ARG, o também chileno Fierro está fora dos planos, mas segue inscrito pelo clube (não está integrado ao plantel).

O arqui-rival Vasco flertou com alguns nomes, com o do zagueiro Scott, reserva da seleção uruguaia na última Copa, mas trouxe como novidade o lateral paraguaio Irrazábal. Antes do início do Brasileiro, dispensou o meia argentino Palermo, que atuou somente em um amistoso preparatório.

Em São Paulo, Palmeiras e Corinthians são os que deram um sotaque espanhol a seus plantéis. Depois de não acertar transferência para a Itália, o colombiano Armero pernaneceu no Verdão que abriu os cofres para trazer de volta um ídolo recente, Valdivia, venezuelano naturalizado chileno de ótima passagem pelo clube entre 2006 e 2008. O Mago já tem lugar na galeria palestrina, ao lado de nomes como o lateral paraguaio Arce.

Pelos lados do Timão, as fichas agora estão com o goleiro paraguaio Bobadilla, que se junta a Defederico, uma promessa argentina que ainda não vingou no Parque São Jorge. Depois de vibrar com as jogadas de Carlitos Tevez e com a aplicação de Mascherano na conquista de 2005 (o suplente Sebá era o terceiro argentino do elenco), a Fiel não sentirá a menor falta de Balbuena-PAR, Escudero-ARG, Emiliano Vecchio-ARG e Mariano Torres-ARG, todos dispensados há pouco do clube.

Atuais campeões paulistas e da Copa do Brasil, os brasileiríssimos Robinho, Ganso, Neymar e André têm um parceiro gringo em suas travessuras no Santos. O suplente Breitner nasceu na Venezuela e veio para o Brasil com apenas nove anos. Formado nas divisões de base do Peixe, o meia é filho de pai brasileiro e já tem dupla nacionalidade.

Os sul-americanos também fizeram história nos campeonatos nacionais atuando pelo São Paulo, como El Verdugo Pedro Rocha, Pablo Forlán (pai do atacante Diego Forlán, eleito o melhor jogador da Copa da África do Sul) e mais recentemente o vigoroso zagueiro Lugano, também uruguaio. Na atual edição, o lateral argentino Adrián González integrava o elenco, mas teve o contrato rescindido e não veste mais a camisa tricolor.

Ter um hermano na equipe, entretanto, não é exclusividade de clubes do Sul e do Sudeste. Depois de uma passagem irregular pelo Atlético Paranaense, o goleiro colombiano Viáfara se mudou para o Vitória em 2008 e hoje, com o moral nas alturas, é chamado de El Paredon pela torcida do Leão baiano.

A história repete a cada dia temas que parecem não envelhecer jamais. Assim como na já longínqua primeira edição, a presença de jogadores sul-americanos faz parte da trajetória do Brasileirão. O que certamente se espera é que a cada desembarque em solo tupiniquim, além do sotaque espanhol, o novo hermano traga em sua bagagem muito futebol, como alguns compatriotas que desfilaram seu talento e conquistaram os corações dos apaixonados torcedores brasileiros.

Confira os sul-americanos do Brasileirão 2010

Atlético-MG (Cáceres-PAR, Méndez-EQU, Jairo Campos-EQU) – dispensou Carini-URU e Benítez-PAR
Atlético-PR (Guerrón-EQU, Ivan González-PAR, Nieto-ARG) – dispensou Javier Toledo-ARG, Serna-COL e Vanegas-COL
Botafogo (Herrera-ARG e Loco Abreu-URU)
Ceará (Reina-COL)
Corinthians (Bobadilla-PAR, Defederico-ARG) – dispensou Balbuena-PAR, Emiliano Vecchio-ARG, Escudero-ARG (emprestado para o Argentinos Jrs.), Mariano Torres-ARG
Cruzeiro (Farias-ARG, Montillo-ARG)
Flamengo (Cristian Borja-COL, Maldonado-CHI e Fierro-CHI, este negociando com o Boca Jrs-ARG)
Fluminense (Conca-ARG, Equi González-ARG e Valencia-COL)
Inter (Abbondanzieri-ARG, Bruno Silva-URU, D’Alessandro-ARG, Guiñazu-ARG e Sorondo-URU)
Palmeiras (Armero-COL, Valdivia-VEN/CHI) – dispensou Figueroa-CHI
Santos (Breitner-VEN)
Vasco (Irrazábal-PAR)
Vitória (Viáfara-COL)

Obs. O São Paulo dispensou o argentino Adrián González e o Goiás, o chileno Angel Rojas.

agosto 7, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

FALE CONOSCO

Fale com Redação do Portal Futebol

Esta é a central para comunicação entre usuários e a equipe do PORTAL FUTEBOL Incentivamos as mensagens de nossos leitores com sugestões de pautas, críticas, elogios ou reclamações.

Você poderá entrar em contato por aqui enviando um email para(Sugestões/Dúvidas/Reclamações)

pelo email: contatoportalatendimento@gmail.com

agosto 3, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Flamengo não descarta acordo para quitar dívida com Bruno

Dirigente espera reunião com advogado do goleiro para decidir como agir até por existir orientação jurídica para não tratar sobre o assunto

O advogado de Bruno, Ércio Quaresma, confirmou nos últimos dias que irá à Gávea nesta quarta-feira para cobrar alguns atrasados que o Flamengo deve ao seu cliente. Mas para ele resolver esta situação não será tão simples assim. A comissão jurídica rubro-negra que foi formada para tratar do assunto indicou aos dirigentes do clube que não seja pago qualquer valor ao goleiro. Qualquer decisão referente a este assunto, inclusive a rescisão por justa causa com o jogador, só deve ser tomada a partir de sexta-feira, quando Patrícia Amorim retorna à presidência após a viagem aos Estado Unidos.

Mas a cobrança do advogado de Bruno é procedente. Antes de ele ser preso por conta do envolvimento no desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio, o Flamengo já devia cerca de R$ 300 mil referentes a premiações e algumas luvas. O vice de finanças, Michel Levy, não confirmou os valores, mas reconheceu uma dívida com o goleiro. O dirigente, porém, quer conversar com o advogado Ércio Quaresma para tratar do assunto.

– O Flamengo está aberto a conversar com ele e vai respeitar os direitos do Bruno. Não descarto um acordo, apesar de haver uma recomendação para nada ser pago. De qualquer maneira, só dá para falar qualquer coisa depois da conversa com o advogado do Bruno, se ele vier aqui mesmo – disse Michel Levy.

A presidente Patrícia Amorim volta da viagem aos Estados Unidos nesta quinta-feira. O vice geral e atual presidente interino, Hélio Ferraz, avisou que a rescisão do contrato com Bruno só será assinada por ela. O Flamengo estuda também entrar com ação por danos morais contra o goleiro.

julho 28, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Mano Menezes revela ‘não’ de jogador que disputou a última Copa

Treinador entrou em contato com todos os jogadores que atuam no exterior antes da convocação e escutou pedido de dispensa de um atleta

Mano Menezes teve dois dias para montar a primeira lista de convocados no comando da Seleção Brasileira. Pouco tempo, principalmente porque é preciso fazer uma renovação após a eliminação nas quartas-de-final da Copa do Mundo. O treinador chamou nesta segunda-feira 24 jogadores para o amistoso contra os Estados Unidos, no próximo dia 10 de agosto, em Nova Jérsei. Deles, 12 atuam no exterior e quatro estavam na África do Sul: Robinho, Ramires, Thiago Silva e Daniel Alves. Era para ter mais um remanescente do grupo de Dunga, mas o novo comandante da Seleção ouviu um “não”.

Mano Menezes se preocupou em entrar em contato por telefone e conversar com os jogadores que atuam no exterior e também com quem disputou a última Copa do Mundo. O treinador queria saber a condição de cada um por causa das férias pelo calendário europeu. E escutou de um jogador que esteve na África do Sul que não era o melhor momento para voltar à Seleção Brasileira. O novo comandante não revelou os motivos que levaram o atleta a pedir a dispensa do amistoso contra os Estados Unidos.

– Dizer que não está bem para ir para Seleção é uma postura respeitável. Vou guardar o nome e considerar muito as opiniões dele no futuro… – disse, descontraído, Mano Menezes.

O treinador preferiu não revelar qual foi o jogador que pediu para não estar na primeira lista. Ao ser questionado se o nome do atleta começava com a letra “k”…

– O nome não começa com o K (risos) – disse Mano Menezes, que em seguida completou a frase percebendo que ficou um ar de desconfiança já que o nome de Kaká, na verdade, é Ricardo.

– Posso omitir as coisas, mas não mentir (risos)… Mas não é o Kaká – completou.

Mano Menezes procurou deixar claro que não tem qualquer restrição com os jogadores que disputaram a última Copa do Mundo. Admitiu que a idade avançada de alguns como Gilberto (34), Gilberto Silva (33) e Lúcio (32) pode afastá-los da Seleção em um processo natural de renovação.

– Tive uma conversa com os jogadores que são remanescentes e jogaram a última Copa, pois sei que eles tiveram um desgaste maior. Ainda é um momento de recuperação. Quando você não ganha, você acaba sentindo muito, você se desgasta mais. Não é necessário utilizá-los neste primeiro momento. Nós não estamos excluindo nenhum jogador que participou da Copa, apenas se entendeu que, para a maioria, deve-se dar um descanso. Depois as coisas devem andar normalmente. Se acharmos – e provavelmente vamos – que alguns deles devem novamente fazer parte da Seleção, eles vão fazer – disse o treinador.

A seleção brasileira vai seguir para os Estados Unidos no dia 8 de agosto. No dia 9 faz o reconhecimento do gramado e no dia 10 enfrenta os americanos, em Nova Jérsei, na estreia do treinador.

julho 26, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Com Neymar e Ganso, Mano convoca a seleção pela primeira vez

Treinador anuncia lista com 12 jogadores que atuam no futebol brasileiro e quatro que disputaram a última Copa do Mundo

Com uma seleção renovada, com apenas quatro jogadores que disputaram a última Copa do Mundo, Mano Menezes iniciou nesta segunda-feira, em um hotel na Zona Sul do Rio de Janeiro, o trabalho com a Seleção Brasileira. O ex-treinador do Corinthians anunciou a primeira lista com os 24 convocados para o amistoso contra os Estados Unidos, dia 10 de agosto, em Nova Jérsei. Nela estão Neymar, Paulo Henrique Ganso e André, do Santos. E algumas surpresas como Ederson, do Lyon, o goleiro Renan, do Avaí, e o lateral Rafael, do Manchester United.

Usando um terno cinza e sentado ao lado do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, Mano Menezes chamou 12 jogadores que atuam no futebol brasileiro e outros 12 que estão no exterior.

Dos jogadores que disputaram a última Copa do Mundo, Mano Menezes chamou quatro jogadores: Daniel Alves, do Barcelona, Ramires, do Benfica, Robinho, do Santos, e Thiago Silva, do Milan.

Mano Menezes teve pouco tempo para montar a primeira lista já que foi convidado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, na noite de sexta-feira. Antes, a entidade havia sondado Luiz Felipe Scolari e feito uma proposta oficial a Muricy Ramalho, que preferiu permanecer no Fluminense.

O treinador, acompanhado da mulher, Maria Inês, e da filha, Camilla, chegou ao Rio de Janeiro no início da madrugada. E se reuniu com Ricardo Teixeira antes de anunciar a lista de convocados.

A LISTA DE MANO MENEZES
Goleiros
Renan Avaí
Jefferson Botafogo
Victor Grêmio
Laterais
Rafael Manchester United
Marcelo Real Madrid
André Santos Fenerbahçe
Daniel Alves Barcelona
Zagueiros
David Luiz Benfica
Henrique Racing Santander
Réver Atlético-MG
Thiago Silva Milan
Meias
Ederson Lyon
Carlos Eduardo Hoffenheim
Hernanes São Paulo
Sandro Internacional
Paulo Henrique Ganso Santos
Lucas Liverpool
Jucilei Corinthians
Ramires Benfica
Atacantes
Robinho Santos
Neymar Santos
Alexandre Pato Milan
André Santos
Diego Tardelli Atlético-MG

julho 26, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Guarani, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Mano Menezes é o novo técnico da Seleção

Treinador confirmou neste sábado o convite da CBF e aceitou o projeto de dirigir o Brasil na Copa de 2014

Um dia depois de Muricy Ramalho ter se recusado a assumir a Seleção Brasileira, a CBF acertou com um novo técnico. Trata-se de Mano Menezes, que deixa o Corinthians para comandar o projeto que vai culminar com a disputa da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Mano confirmou que aceitou a proposta da CBF em entrevista coletiva concedida na manhã deste sábado, após dirigir o treino do Timão.

– Gostaria de comunicá-los que, como já estão sabendo, recebi o convite da CBF para assumir o comando da Seleção Brasileira. Tive uma conversa longa com Ricardo Teixeira e aceitei o convite dele – afirmou o treinador.

– Todo o Brasil, a partir de agora, eu digo oficialmente que aceito o convite para ser o técnico da Seleção Brasileira – completou Mano.

Mano Menezes iniciou carreira como técnico em 1997, dirigindo o Guarani-RS. Porém foi em 2004 que ele despontou para o cenário nacional ao conduzir o modesto XV de Novembro-RS a ser semifinalista da Copa do Brasil. No ano seguinte já estava no Grêmio, dirigindo o Tricolor na campanha de volta à elite do futebol nacional. O título da Série B do Brasileiro foi conquistado com a famosa Batalha dos Aflitos. Ainda pelo Grêmio foi campeão gaúcho em 2006 e 2007. Também em 2007 foi finalista da Copa Libertadores, com os gremistas caindo na decisão diante do Boca Juniors.

Depois do Grêmio, Mano Menezes assumiu o Corinthians em 2008 e conquistou o título da Série B do Campeonato Brasileiro. Em 2009 levou o Timão a ser campeão paulista e da Copa do Brasil.

Mano Menezes repete assim a História de Vanderlei Luxemburgo e Carlos Alberto Parreira. Ambos, quando treinavam o Corinthians, foram chamados para assumir o Brasil e aceitaram a proposta.

julho 24, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Mano Menezes é convidado para ser técnico da Seleção Brasileira

Treinador do Corinthians não deve se pronunciar nesta sexta-feira sobre o caso.

Horas depois da negativa oficial de Muricy Ramalho, a CBF fez um convite para Mano Menezes assumir a Seleção Brasileira. O treinador, que comandou o treino do Corinthians na tarde de sexta-feira, só deve dar a resposta em uma coletiva no sábado, após o treino marcado para às 9h30m no Parque São Jorge. O mais provável é que ele aceite.

A informação foi confirmada por Ricardo Teixeira, em nota oficial divulgada no site da CBF. O presidente da CBF já conta com Mano para fazer a primeira convocação após a Copa do Mundo.

– Conversei com muitas pessoas, assisti a debates em vários programas esportivos e ouvi também torcedores para chegar a três nomes. O que determinou a escolha foi o entendimento de que é necessária uma imediata renovação na Seleção Brasileira, o que o Mano Menezes iniciará já na convocação para o amistoso do dia 10 de agosto contra os Estados Unidos – disse Ricardo.

julho 23, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | | Deixe um comentário

Fluminense faz jogo duro, e Muricy Ramalho não assume a Seleção

Presidente do Tricolor carioca, Roberto Horcades confirma em coletiva a permanência do treinador, que terá contrato renovado até o fim de 2012

Após ser convidado para ser o novo técnico da Seleção Brasileira, Muricy Ramalho foi para as Laranjeiras, onde se reuniu com dirigentes do Fluminense. O treinador, que não chegou a se pronunciar, se dirigiu em seguida para o campo realizar um treinamento, e em entrevista coletiva foi anunciada a sua permanência no clube. O presidente Roberto Horcades foi quem deu a notícia.

– A posição oficial do Fluminense tem que ser dada. O treinador Muricy vai continuar no clube cumprindo o contrato como deve ser. Pessoas do nível do Muricy são necessárias no futebol – disse ele.

O presidente do patrocinador do clube, Celso Barros, tomou a palavra em seguida e garantiu que o treinador vai ter o contrato renovado até dezembro de 2012.

– Deixamos combinados a renovação do Muricy Ramalho até dezembro de 2012. E como ele sempre disse que é uma pessoa de cumprir os contratos e já tinha deixado apalavrado com o Fluminense para ficar até fim de 2012, vai cumprir o contrato – disse Celso Barros.

O Tricolor queria que ele ficasse até o fim do ano dividindo os cargos, mas a CBF gostaria que Muricy assumisse imediatamente. No fim, prevaleceu o desejo do Fluminense.

– A posição do clube é que não vamos liberá-lo de modo algum – disse o vice de futebol tricolor, Alcides Antunes, à TV Globo, antes da coletiva.

Antes mesmo do anúncio oficial, informação de bastidor já dava conta de que Muricy teria optado pela permanência nas Laranjeiras, atendendo ao desejo da diretoria.

– O cara não vai aceitar, não – disse uma pessoa ligada a Muricy.

Muricy Ramalho conversou pela manhã por cerca de uma hora e meia com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, em um clube de golfe da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O treinador aceitou o convite, mas como tem contrato até o fim do ano com o clube carioca, disse que precisava comunicar os dirigentes cariocas da decisão.

Ao chegar ao Fluminense, o treinador escutou da diretoria que não aconteceria um divórcio amigável e que o clube não o liberaria. O Fluminense e a CBF não tem um bom relacionamento por causa da última eleição do Clube dos 13, vencida por Fábio Koff. Passou, então, a acontecer uma negociação para o treinador acumular os cargos até o fim do ano.

julho 23, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Muricy é o novo técnico da Seleção

Acordo é firmado após encontro com Ricardo Teixeira, presidente da CBF

A CBF anunciou nesta sexta-feira o nome do novo técnico da Seleção Brasileira: Muricy Ramalho. O treinador terá a responsabilidade de comandar a renovação da Seleção para a disputa da Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil.

Muricy tem contrato até o fim do ano com o Fluminense, clube que levou à liderança do Campeonato Brasileiro após a vitória desta quinta-feira, sobre o Cruzeiro. Ainda não foi divulgado se o treinador vai acumular a função no clube e na seleção ou se pedirá demissão do Tricolor.

Eleito o melhor técnico do Brasileirão entre 2005 e 2008, Muricy tem como ponto alto da carreira o tricampeonato nacional com o São Paulo (2006, 2007 e 2008), depois de ter sido vice com o Inter em 2005. Como jogador, nos tempos em que ainda era cabeludo, foi um talentoso meia do tricolor paulista entre 1973 e 1979, com 26 gols em 177 jogos.

Em recente entrevista ao jornal O Globo, o treinador disse que sua maior frustração foi não ter participado da Copa do Mundo de 1978. Segundo ele, o sonho só não foi realizado por causa de uma lesão que sofreu nos tempos em que o técnico Coutinho definia o grupo que jogaria na Argentina.

– É uma coisa que me marcou e que eu não esqueço. Era a minha oportunidade, faltava um ano, e com certeza eu iria. Não ia ser titular, porque o titular era o meu ídolo Zico, eu ia ser reserva dele. Já estava bom – comentou o ex-jogador, que também defendeu o Puebla, do México, entre 1979 e 1985.

Muitas vezes rabugento em entrevistas coletivas, Muricy também se tornou famoso por suas frases. Com o lema “isso aqui é trabalho”, não foram poucas as pérolas até mesmo em momentos de alegria, como na comemoração do tricampeonato com o São Paulo em 2008.

– Faz uns 20 anos que estou com sorte, é muita para um cara só. Fica em casa para ver se a sorte vai te ajudar. Tem que trabalhar – disse na ocasião.


A carreira de Muricy como treinador começou como auxiliar de Telê Santana no São Paulo. Além das passagens pelo tricolor paulista, pelo Fluminense e pelo Internacional, Muricy também treinou Guarani (1997), Ituano (1999), Botafogo-SP (1999), Santa Cruz (2000), Náutico (2001/2002), Figueirense (2002), Internacional (2003), São Caetano (2004) e Palmeiras (2009/2010). No exterior, trabalhou no Shangai Shenhua, da China, em 1993.

Seu primeiro título foi o bicampeonato pernambucano pelo Náutico em 2001/2002. Em 2003, foi campeão gaúcho pelo Inter. No ano seguinte, levou o São Caetano à conquista do Paulistão. Em 2005, foi mais uma vez campeão estadual pelo Inter. Em 2006 deu início à campanha do tri nacional pelo São Paulo, sequência que só foi interrompida com o quinto lugar pelo Palmeiras no ano passado.

Fonte: GloboEsporte

julho 23, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Classificação Serie A, classificação serie b, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Futebol Europeu, Futebol Sulamericano, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Seleção brasileira., Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário

Janela de transferências internacionais será aberta nesta terça

Jogadores vindos do exterior poderão ser inscritos na entidade entre os dias 20 de julho e 19 de agosto

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na tarde desta segunda-feira, que a Fifa autorizou a antecipação da abertura da janela de transferências internacionais. Dessa forma, os clubes brasileiros poderão inscrever jogadores vindos do exterior entre os dias 20 de julho e 19 de agosto e contar com os reforços nas próximas partidas do Campeonato Brasileiro e da Taça Libertadores da América.

A princípio, a janela só seria aberta no dia 3 de agosto. Com a alteração na data, o Internacional, por exemplo, poderá ter Rafael Sóbis, Tinga e Renan no duelo contra o São Paulo, pelas semifinais da Libertadores, no dia 28 de julho.

Entre os outros clubes que ganham força com a nova data estão o Santos, que passa a contar com Keirrison, o Flamengo, com Val Baiano, e o Fluminense, com Belletti. Enquanto isso, o Botafogo, próximo de confirmar a volta de Maicosuel, pode apressar o acerto para que o atleta seja aproveitado já nas próximas rodadas do Brasileirão, mesmo caso vivido pelo Fla com o meia Renato Abreu. Já o Cruzeiro, que contratou o argentino Walter Montillo, terá que esperar o fim da participação do Universidad de Chile na Taça Libertadores. O time disputa a semifinal contra o Guadalajara.

Confira os reforços internacionais dos 20 clubes da Série A:

Atlético-GO

Ninguém

Atlético-MG

Edison Mendez (meia) – LDU, do Equador
Daniel Carvalho (meia) – CSKA, da Rússia
Réver (zagueiro) – Wolfsburg, da Alemanha

Atlético-PR

Ivan González (meia) – Cerro Porteño, do Paraguai
Olberdam (volante) – Braga, de Portugal
Anderson Aquino (atacante) – Olimpi Rustav, da Geórgia
Alex Fraga (zagueiro) – Olimpi Rustav, da Geórgia
Gustavo (zagueiro) – Vitória de Guimarães, de Portugal
Guerrón (atacante) – Getafe, da Espanha
Frederico Nieto (atacante) – Colón, da Argentina

Avaí

Ninguém

Botafogo

Ninguém

Ceará

Ninguém

Corinthians

Bobadilla (goleiro) – Independiente de Medellín, da Colômbia

Cruzeiro

Edcarlos (zagueiro) – Cruz Azul, do México

Flamengo

Jean (zagueiro) – FC Moscou, da Rússia
Val Baiano (atacante) – Monterrey, do México

Fluminense

Emerson Sheik (atacante) – Al-Ain, dos Emirados Árabes
Belletti (lateral) – Chelsea, Inglaterra

Goiás

Pedrão (atacante) – Al-Shabab, dos Emirados Árabes

Grêmio

Ninguém

Grêmio Prudente

Ninguém

Guarani

Ninguém

Inter

Rafael Sóbis (atacante), Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos
Renan (goleiro), Valência, da Espanha
Tinga (volante), Borussia Dortmund, da Alemanha

Palmeiras

Ninguém

Santos

Keirrison (atacante) – Barcelona, da Espanha
Tiago Luís (atacante) – União Leiria, de Portugal

São Paulo

Ninguém

Vasco

Irrazábal – (lateral), Cerro Porteño, do Paraguai
Fellipe Bastos – (volante), Benfica, do Portugal
Felipe – (meia), Al-Saad, do Qatar
Zé Roberto – (meia), Schalke 04, da Alemanha
Carlos Alberto – (meia), Werder Bremen, da Alemanha
Éder Luis – (atacante), Benfica, de Potugal

Vitória

Ninguém

julho 20, 2010 Posted by | ABC de Natal, America-RN, Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Coritiba, CRB, Criciuma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Fortaleza, Goiás, Grêmio, Grêmio Prudente, Internacional, Juventude, Náutico, Palmeiras, Paraná, Ponte Preta, Portuguesa, Santo André, Santos, São Caetano, São Paulo, Sport, Vasco da Gama, Vila Nova, Vitória | , | Deixe um comentário