Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Pratto e Borges complicam Grêmio na Libertadores

Chilenos confirmam bom retrospecto fora de casa e vencem por 2 a 1. Grêmio precisa vencer por 2 a 0 no Chile para avançar

Foi um jogo muito mais complicado do que a torcida previa. A Universidad Católica manteve sua escrita de bons jogos longe de casa e, dentro do Estádio Olímpico, surpreendeu o Grêmio com um placar de 2 a 1. Borges foi expulso ainda no primeiro tempo e deixou o Tricolor com um a menos. Lucas Pratto marcou os dois gols dos chilenos, enquanto Douglas descontou para o time gaúcho. O resultado deixa os tricolores com a responsabilidade de vencer por dois gols de diferença ou por um desde que marque três na próxima quarta-feira, em Santiago.

Com os instrumentos musicais e bandeiras de sua torcida liberados pela polícia após polêmica, a noite se iniciava de forma otimista para o Grêmio. Enquanto ainda havia torcedores chegando ao Estádio Olímpico, o Tricolor já tinha quatro escanteios a seu favor. Quase marcou em uma cabeçada de Borges e deu esperanças aos gremistas presentes.

Um dos melhores times a jogar fora de seus domínios na Libertadores, a Universidad Católica não seguiu o exemplo de Oriente Petrolero e León de Huánuco, adversários gremistas na fase de grupos, e jogou. Teve logo no início do jogo uma finalização de Pratto. Mas o que chamou atenção foi a dedicação na marcação, dificultando às ações de ataque gremista. Douglas encontrou espaço e acertou a trave de Garcés, mas os tricolores não conseguiam entrar na área da La Católica. Pratto também assustou de fora da área. Depois das finalizações, o jogo permaneceu morno para os dois lados, e a torcida azul arrefeceu seu ânimo na arquibacanda.

As emoções do primeiro tempo iniciaram a partir dos 25 minutos. Borges, em um dos lances em que foi protagonista, driblou três marcadores e chutou para fora. Três minutos depois, o balde de água fria. Em erro de Gilson no ataque, a Universidad retomou a bola. Cañete recebeu o lançamento, tirou Rafael Marques da jogada e o campo se abriu na sua frente. Ao seu lado, Pratto entrou livre pela esquerda. Neuton, sozinho, nada pode fazer. O centroavante dos chilenos tocou na saída do goleiro Marcelo Grohe e abriu o placar.

Só que se a coisa estava ruim, piorou. Borges deu uma cotovelada em Henríquez e o auxiliar viu. Foi dedurado e expulso por Néstor Pitana. Deixou o Grêmio com uma a menos e sem centroavante. Na pressão gremista até o fim do primeiro tempo, seriam dois levantamentos que cruzaram a área sem um pé de camisa 9 para empurrá-los para dentro do gol.

Após os 20 minutos no vestiário, Lins voltou no ataque junto de Leandro. A tentativa era de dar mais força ao setor ofensivo. E, ao menos em postura, adiantou. Outra vez com dois atacantes, o Grêmio se postou à frente, no campo da Universidad.

De inúmeras tentativas coletivas, nada saiu. Pois em uma jogada individual de Douglas, o empate veio. Sozinho, Douglas saiu da direita e passou por seus adversários em direção ao meio-campo. Da intermediária, armou e bateu forte na bola. O chute zuniu em direção ao ângulo de Garcés, onde entrou aos 14 minutos. Que golaço! Que empate!

A partir daí, o Tricolor se empolgou. Trocou bola no meio-campo e tentava achar alguma outra brecha na defesa da Católica. Leandro tinha muito vontade, corria muito, mas não conseguiu ser decisivo como em outras situações. E para piorar, os chilenos não se retrancaram. Muito pelo contrário: em estocada aos 29 minutos, Lucas Pratto recebeu cruzamento na área e cumprimentou Marcelo Grohe. O desânimo arrebateu o Estádio Olímpico.

Sem organização, o Grêmio pressionou – ou tentou – até o final da partida. Os chilenos saíam nos contra-ataques e mantinham a posse de bola até gastar o tempo necessário para o árbitro apitar o término do jogo. Nos últimos minutos, Marcelo Grohe ainda salvou o Grêmio de um futuro pior.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 1 X 2 UNIVERSIDAD CATÓLICA

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre
Data-Hora: 26/4/2011 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Auxiliares: Hernan Maidana (ARG) e Alejo Castan (ARG)
Renda e público: R$ 766.807,50 / 31.559 pagantes / 35.101 presentes
Cartões amarelos: Martínez, Costa, Silva, Eluchans e Valenzuela (UCA); Willian Magrão e Adilson (GRE)
Cartões vermelhos: Borges 34’/1ºT (GRE)
Gols: Pratto 28’/1ºT (0-1), Douglas 14’/2ºT (1-1) e Pratto 29’/2ºT (1-2)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Gabriel, Rafael Marques, Neuton e Gilson (Escudero 45’/2ºT); Fábio Rochemback, Willian Magrão (Lins – Intervalo), Adilson e Douglas; Leandro (Carlos Alberto 32’/2ºT) e Borges – Técnico: Renato Gaúcho.

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Garcés, Valenzuela, Henríquez, Martínez e Eluchans; Ormeño, Silva (Felipe Gutiérrez 18’/2ºT), Costa (Sepúlveda 38’/2ºT), Meneses e Cañete (Villanueva 30’/2ºT); Pratto – Técnico: Juan Antonio Pizzi.

abril 27, 2011 - Posted by | Grêmio |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s