Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Com facilidade, Flamengo goleia Horizonte e avança

Rubro-Negro enfrentará Ceará nas quartas de final. Thiago Neves rouba a cena no Ceará

Em Horizonte (CE), o Flamengo não deu chance para a zebra na Copa do Brasil e venceu o time da casa por 2 a 0, nesta quarta-feira, avançando às quartas de final da Copa do Brasil. O adversário do Rubro-Negro será o Ceará, que derrotou o Grêmio Prudente. O primeiro confronto será disputado na próxima quarta, dia 4 de maio.

Sem Ronaldinho Gaúcho e Léo Moura, lesionados, Thiago Neves chamou a responsabilidade e foi o protagonista no triunfo do Flamengo.

FLAMENGO OFENSIVO E GOL RÁPIDO

O técnico Vanderlei Luxemburgo alterou o time que conseguiu a classificação para a final da Taça Rio, no domingo, contra o Fluminense. Ele optou por uma formação mais ofensiva com Bottinelli no meio na vaga do volante Fernando, que sequer ficou no banco de reservas, Deivid no ataque ao lado de Wanderley.

No 4-4-2, com Willians e Renato como volantes, Thiago Neves e o argentino tiveram liberdade para se movimentar à frente. E foi com a dupla que quase o Flamengo abriu o placar.

Aos cinco minutos, Thiago Neves lançou Bottinelli na intermediária. El Pollo dominou, avançou, mas finalizou para fora, à esquerda do goleiro Alex.

Quatro minutos depois, porém, o Rubro-Negro abriu o placar com Galhardo, que substitiu Léo Moura. A revelação do Fla tentou cruzar, a bola foi em direção ao gol e o camisa1 do Horizonte não alcançou.

À frente no placar, o Flamengo pouco era ameaçado pelos cearenses. O time local tentava explorar o contra-ataque, mas não conseguia concluir as jogadas.

A melhor jogada do Horizonte no primeiro tempo foi uma falta cobrada por Junior Cearense da intermediária direita. O camisa 11 bateu diretamente para a área, a bola quicou à frente de Felipe, mas o goleiro espalmou para escanteio.

O Flamengo poderia ter ampliado a vantagem no marcador. Pelo menos três oportunidades claras foram criadas até o término da primeira etapa.

A primeira delas aconteceu com Deivid, aos 29 minutos. O camisa 9 recebeu na ponta esquerda, penetrou na área e chutou cruzado. A bola sofreu desvio do goleiro e saiu à linha de fundo.

Pouco tempo depois, aos 34, Wanderley recebeu lançamento de Thiago Neves, deu um chapéu no zagueiro e finalizou com força. Alex, porém, conseguiu fazer a defesa.

Já no fim do primeiro tempo, Deivid, de novo, quase marcou o segundo para o Flamengo. Após outro passe de Thiago Neves, o camisa 9 antecipou-se ao marcador, tirou do goleiro, mas Douglas brecou o chute do atacante rubro-negro.

SOLO DE THIAGO NEVES

Principal responsável pelas jogadas do Flamengo no primeiro tempo, Thiago Neves manteve o bom nível de sua atuação na etapa final e logo aos três minutos deu passe para Deivid marcar o segundo.

O gol, porém, ficou em segundo plano. Antes do camisa 9 marcar, Thiago Neves driblou três adversários e rolou para Deivid apenas empurrar para o gol vazio.

Autor de vários passes, o camisa 7 também tentou deixar a sua marca. Aos 13 minutos ele cobrou falta do lado direito e quase surpreendeu o goleiro Alex, que espalmou para escanteio.

O terceiro gol quase saiu em uma jogada que também começou com Thiago Neves. O meia cruzou da esquerda, o goleiro Alex soltou a bola e ela sobrou para Wanderley. O atacante do Fla, porém, isolou e desperdiçou a chance.

DOMÍNIO E GOLEADA

Superior em campo e com uma boa vantagem no placar, O Flamengo não era ameaçado. Vanderlei Luxemburgo, então, promoveu alterações no Flamengo. Ele sacou Bottinelli para lançar Fierro e, depois, abdicou do 4-4-2, deixando o Fla somente com Deivid no ataque. Wanderley saiu para a entrada de Muralha no meio de campo.

Isolado à frente, Deivid teve a chance de marcar seu segundo gol na partida. O camisa 9 foi lançado no ataque após erro de posicionamento da defesa do Horizonte e avançou. Sozinho ele tentou tirar a bola do goleiro, mas mandou para fora.

Depois do camisa 9, foi a vez de Fierro perder uma oportunidade. Aos 30 minutos, Renato penetrou pela esquerda e rolou para trás. O chileno chutou com força, mas a bola pegou na zaga.

A 12 minutos para o fim do jogo, o principal jogador da classificação rubro-negra deixou o campo. Thiago Neves saiu e deu lugar a Diego Maurício.

Pouco tempo depois, aos 35 minutos, foi a vez do volante Willians roubar a cena e mostrar categoria para marcar o terceiro do Flamengo em Horizonte. Ele arrancou do meio de campo, passou por Carlinhos, driblou o goleiro Alex e sacramentou o placar.

o golaço do camisa 8 representou a boa atuação do Flamengo que não deixou chances ao Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

HORIZONTE 0 X 3 FLAMENGO

Data/hora: 27/4/2011, às 21h50 (de Brasília)
Local: Domingão, Horizonte (CE)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartão amarelo: Carlinhos, Siloé (HOR); David, Galhardo (FLA)
Cartão vermelho: Hércules, aos 29’/ 2ºT (HOR)

Gols:Galhardo, aos 9’/ 1ºT; Deivid, aos 3’/ 2ºT; Willians, aos 35’/ 2º T (FLA)

HORIZONTE: Alex, Robert, Carlinhos, Douglas e Hércules; Valter (André Luís, aos 6’/2º T), Isac (Lúcio Maranhão, aos 18’/2º T), Elanardo e Diego Palhinha; Júnior Cearense (Da Silva, aos 33’/2ºT) e Siloé. Técnico: Roberto Carlos.

FLAMENGO: Felipe, Galhardo , Welinton, David e Rodrigo Alvim; Willians, Renato, Bottinelli (Fierro, aos 16’/2º T), Thiago Neves (Diego Maurício, aos 33’/2ºT); Deivid e Wanderley (Muralha, aos 22’/2º T). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

abril 27, 2011 - Posted by | Flamengo | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s