Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

No sofrimento, Timão vence e se classifica para a semifinal

No dia de São Jorge, Timão sofre, mas com gol salvador de Willian, derrota o Oeste por 2 a 1 e avança no Paulistão

Poderia ter sido tranquilo, mas foi do jeito que a Fiel mais gosta: no sufoco. No dia de São Jorge, padroeiro do Timão, não poderia haver vitória mais corintiana. No sofrimento, o Corinthians derrotou o Oeste por 2 a 1, neste sábado, no Pacaembu, e garantiu vaga nas semifinais do Paulistão.

Apesar de ter jogado muito melhor, o Timão não teve vida fácil contra a equipe de Itápolis. Após abrir o placar no começo do jogo com Liedson, o time de Parque São Jorge sofreu o empate nos acréscimos do primeiro tempo. Depois do susto, no segundo tempo o Alvinegro pressionou, cansou de desperdiçar chances e depois de muito insistir conseguiu a vitória com um golaço de Willian, que entrou na etapa final no lugar de Dentinho, lesionado.

Os gols do Timão chegam no seu celular em tempo real!

Agora, o Corinthians aguarda o vencedor do duelo entre Palmeiras e Mirassol para saber quem irá enfrentar no próximo final de semana, pela semifinal do Paulistão.

O JOGO

Mesmo com o Pacaembu recebendo um bom público, o Oeste não se intimidou e começou o jogo assustando o Corinthians. O time de Itápolis partiu para cima nos primeiros minutos de jogo e, aos 3, após cruzamento na área, a bola passou por todo mundo e quase surpreendeu o goleiro Julio César, que saltou e fez boa defesa.

Após o susto, o Timão acordou e passou a dominar a partida. O Alvinegro trocava passes rápidos e explorava a velocidade de seu trio ofensivo, formado por Dentinho, Jorge Henrique e Liedson.

Depois de ficar um bom tempo na reserva, Bruno César voltou a equipe e apresentou um bom futebol. Jogando próximo aos homens de frente, o meia municiou bem o ataque corintiano e organizou as principais jogadas ofensivas do Timão.

Tendo maior posse de bola e pressionando o Oeste, o Corinthians não demorou a abrir o placar. Aos 9 minutos, após linda troca de passes no meio de campo, Liedson recebeu ótimo passe de Paulinho, ficou frente a frente com Fábio e, com frieza, marcou o primeiro gol alvinegro.

Jogadores comemoram o gol de Liedson, que abriu o placar para o Timão

Se a Fiel já cantava alto com o marcador zerado, com o gol do Levezinho a festa no Pacaembu ficou ainda maior. Aproveitando o apoio da torcida, o Corinthians continuou no ataque e teve diversas chances de marcar o segundo. Na melhor delas, aos 27 minutos, Dentinho se enrolou com a bola dentro área e Liedson ficou com o rebote. O camisa 9 driblou o goleiro Fábio e rolou para Bruno César, que chegou batendo. Porém, a zaga do Oeste foi precisa e salvou em cima da linha.

O jogo parecia sob controle. O Timão tinha maior posse de bola, levava perigo à defesa adversária e o goleiro Julio César quase não precisava trabalhar. Entretanto, nos acréscimos do primeiro tempo, o time sofreu um duro castigo pelas chances perdidas.

Aos 46 minutos de jogo, Julio César cobrou tiro de meta, a zaga do Oeste rebateu e a bola sobrou para Fábio Santos que, de longe, chutou cruzado. O golerio alvinegro não conseguiu alcançar a bola e, assim, o Rubrão foi para o intervalo em igualdade no placar.

Diferente do que poderia se imaginar, o empate não abalou o Corinthians. Após o intervalo, o time voltou voando para o segundo tempo e imprimiu um ritmo alucinante ao jogo.

O Oeste não conseguia sequer respirar. Com Bruno César, Jorge Henrique, Alessandro, Liedson e Willian, que entrou no lugar de Dentinho, contundido, o Timão fez uma blitz em busca do segundo gol e, assim como no primeiro tempo, continuou pecando nas finalizações.

Dos sete aos quinze minutos, o Corinthians desperdiçou, no mínimo, cinco chances claras de passar à frente no marcador. Mas, depois de muito insistir, aos 19 minutos, finalmente o segundo do Timão saiu. E com um golaço ! Willian aplicou um “drible da vaca” em Paulo Miranda, invadiu a área e mandou no ângulo, marcando um lindo gol para delírio da torcida corintiana.

A vantagem deu mais tranquilidade ao Alvinegro, que diminuiu a pressão, mas mesmo assim continuou criando chances. O Oeste, por sua vez, passou a sair mais para o ataque e precisando de um gol, Luis Carlos Martins, técnico da equipe, colocou mais dois atacantes em campo. Reinaldo entrou no lugar de Dedé e Márcio Passos deu lugar à Mazinho.

Porém as substituições não surtiram efeito. O Corinthians seguiu melhor, desperdiçando chances, e o placar continuou o mesmo até o final.

O Corinthians volta a campo no próximo final de semana, quando encara o vencedor do confronto entre Palmeiras e Mirassol, pela semifinal do Paulistão, em dia e horário ainda não definidos.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 x 1 OESTE

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 23/4/2011 – 18h30
Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho e Anderson Jose de Moraes Coelho
Público e renda: 28.025 pagantes / R$ 932.511,00
Cartões Amarelos: Jorge Henrique (COR); Fábio Santos, Adriano, Marino (OES)
Gols: Liedson, 9’/1ºT (1-0); Fábio Santos, 46’/1ºT (1-1); Willian, 19/2ºT (2-1)

CORINTHIANS: Julio César, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Bruno César (Morais, 37’/2ºT); Jorge Henrique (Danilo, 37’/2ºT), Dentinho (Willian, 6’/2ºT) e Liedson. Técnico: Tite.

OESTE: Fábio, Adriano, Cris e Paulo Miranda; Dedê (Reinaldo, 26’/2ºT), Márcio Passos (Mazinho, 26’/2ºT), Dionísio, Roger, Fernandinho e Marino; Fábio Santos (Alex Willian, 38’/2ºT). Técnico: Luiz Carlos Martins.

abril 23, 2011 - Posted by | Corinthians | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s