Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Galo pinta o sete e aplica goleada no América/TO

Em dia bastante inspirado, o Atlético-MG mostrou bom futebol e muita vontade, garantindo a segunda colocação na primeira fase do Mineiro

De fato duas das melhores equipes da primeira fase do Campeonato Mineiro, o duelo entre Atlético-MG e América/TO, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, era apontado como um dos mais equilibrados desta 11ª rodada do Estadual. No entanto, não foi bem isso que se viu no jogo ocorrido na tarde deste domingo.

Em um dia bastante inspirado, o ataque do Alvinegro passou por cima do Colorado de Teófilo Otoni, fez 7 a 1 e garantiu a segunda colocação do Campeonato Mineiro, o que lhe dá a vantagem de ter dois resultados iguais e definir o último confronto da semifinal como mandante. Agora, o Galo começa a se preparar para enfrentar o América-MG na segunda fase do torneio regional.

PRIMEIRO TEMPO
A partida começou com as duas equipes criando boas oportunidades. O Atlético-MG utilizava da qualidade e velocidade de seus atacantes, Mancini e Magno Alves. Já o América/TO se aproveitava das jogadas aéreas, ponto fraco da defesa alvinegra.

A primeira grande chance de gol do confronto saiu dos pés de Mancini, que após carregar a bola pelo meio-campo, deu um belo passe para Magno Alves finalizar e obrigar o goleiro Eládio a colocar a bola para escanteio. Depois da cobrança do corner, a bola ficou com Renan Oliveira, que bateu forte de fora da área e exigiu elasticidade do defensor da meta do Dragão.

Sem um grande jogador no setor de criação, Mancini era obrigado a deixar a função de segundo atacante e trabalhar pelo meio-campo. Em uma dessas trocas de posição, Mancini buscou a bola, passou para Magno Alves, driblar três jogadores da retaguarda americana e finalizar para o fundo das redes de Eládio, abrindo o placar aos 14 minutos da primeira etapa.

Logo em sua primeira jogada dentro de campo, Giovanni Augusto fez uma belíssima jogada, exímia de um camisa 10, e deixou Mancini na cara do goleiro. Sem titubear, o atacante afundou a rede de Eládio e fez o segundo gol da partida.

Na sua segunda jogada dentro de campo, o jovem Giovanni Augusto driblou o zagueiro do América/TO e ficou de frente para Eládio, mas, ao tentar deslocar do goleiro do Dragão, não conseguiu marcar o gol. Logo depois, o América/TO deu o troco. Após driblar Réver, Rogélio levou para a intermediária e bateu cruzado, mas a bola passou ao lado do gol de Renan Ribeiro.

O garoto Giovanni Augusto entrou e colocou fogo na partida. Além de dar uma assistência para o gol de Mancini e ter oportunidades de marcar gols, o jogador dava velocidade e qualidade no setor de criação do Atlético-MG.

Apagado em campo, o garoto Renan Oliveira conseguiu aparecer em uma excelente jogada, que se concretizou em gol. Após driblar o volante Luizinho, o meia-atacante finalizou bem colocado no cantinho direito do goleiro Eládio.

Devido a falta de organização no meio-campo do América/TO, a dupla de ataque, formada por Rogélio Ávila e Jonatas Obina, não conseguia aparecer bem em campo, como fizera em outras partidas do Campeonato Mineiro. Entretanto, na primeira oportunidade que tiveram, os dois obrigaram Renan Ribeiro a realizar uma defesa de puro reflexo.

SEGUNDO TEMPO
O Galo retornou ao segundo tempo com o mesmo ritmo do início do confronto. Após uma boa jogada de Renan Oliveira, o meia-atacante Mancini finalizou por cima do goleiro e fez um golaço, mas o assistente assinalou posição irregular do jogador.

Cheio de confiança em campo, Macini driblou o goleiro Eládio e poderia rolar para o companheiro, mas o jogador preferiu finalizar sem muita força e perdeu a chance de fazer o quarto gol do Atlético-MG.

Os meninos do Galo estavam demais. Após boas jogadas de Magno Alves, Renan Oliveira e Giovanni Augusto marcaram o quarto e o quinto gols do Atlético-MG, respectivamente, e demonstraram a força da base alvinegra.

Após substituir Renan Oliveira, Daniel Carvalho, em sua primeira jogada dentro de campo, tentou encobrir o goleiro Eládio e acertou o travessão.

Com uma goleada desenhada, o Alvinegro tocava a bola no meio-campo e o América/TO não conseguia sequer chegar perto do gol de Renan Ribeiro. A falta de criatividade do Dragão impossibilitou que seus atacantes tivessem chances de mostrar o melhor de seu futebol.

Em busca de um gol de honra, o América/TO criou duas oportunidades com sua dupla de ataque. Após boas jogadas de Jonatas Obina e Rogélio Ávila, a defesa atleticana foi obrigada a desempenhar seu papel. Entretanto, o sistema defensivo alvinegro não conseguiu segurar. Em bom cruzamento de Osvaldir, o centroavante Obina cabeceou para o fundo da rede de Renan Ribeiro, sem chances para o goleiro.

Embora tenha sofrido um gol, o Atlético-MG não se intimidou e continuou pressionando. Querendo dilatar o placar da goleada, o Galo foi para cima e teve oportunidades de marcar, no entanto, não obteve êxito na maioria das conclusões.

Depois de uma excelente jogada do lateral-esquerdo Guilherme Santos, o camisa 6 passou a bola para Magno Alves, que driblou o zagueiro Júnior Pereira apenas com o domínio e afundou as redes de Eládio, aumentando o placar da goleada.

Mais uma vez ele deixou sua marca na partida: Magno Alves. Com muita classe e tranquilidade, o Magnata marcou o sétimo gol e fechou o resultado: 7 a 1 para o Galo, que fez sua melhor partida no primeiro semestre da atual temporada.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 7 X 1 AMÉRICA/TO

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Público/renda: 6.300 pessoas/R$
Data/hora: 17/4/2011 – 16h
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago e Wesley Moreira de Carvalho (MG)

Cartão amarelo: Patric, Mancini (CAM)

GOLS: Magno Alves (14′ do 1ºT, 31′ e 43′ do 2ºT), Mancini (22′ do 1ºT), Renan Oliveira (36′ do 1ºT, 10′ do 2ºT), Giovanni Augusto (11′ do 2ºT)
Jonatas Obina (24′ do 2ºT)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Patric, Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Fillipe Soutto, Serginho, Renan Oliveira (Daniel Carvalho – 12′ do 2ºT) e Jackson (Giovanni Augusto – 22′ do 1ºT); Mancini (Neto Berola – 25′ do 2ºT) e Magno Alves. Técnico: Dorival Júnior.

AMÉRICA/TO: Eládio; Osvaldir, Luis Henrique, Jádson (Junior Pereira 38′ do 1ºT) e Bruno Barros; Luizinho, Leandrinho (Chrys – 19′ do 1ºT), Felipe Dias e Wellington Bruno (Araújo – 13′ do 2ºT); Jonatas Obina e Rogélio Ávila. Técnico: Gilmar Estevam.

abril 17, 2011 - Posted by | Atlético-MG |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s