Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Lucas resolve e São Paulo vence o Mirassol

Golaço do meia aos 26 minutos da primeira etapa garante a vitória ao Tricolor: 1 a 0

Lucas marcou e o Tricolor venceu. Parece reedição de outras partidas, mas, no reencontro de Rogério Ceni com a Arena Barueri, onde marcou seu 100º gol uma semana antes, o São Paulo venceu o Mirassol por 1 a 0, com golaço de Lucas na tarde deste domingo.

A vitória magra só não dá a liderança ao Tricolor porque o Palmeiras venceu o Santos na Vila Belmiro (1 a 0). Mas a vice-liderança está assegurada não importando o resultado de Botafogo-SP e Corinthians, que jogam às 18h30, em Ribeirão Preto. É que o Tricolor tem uma vitória a mais e, assim, não pode ser superado pelo Timão.

Seja o primeiro a saber as notícias do São Paulo!

O Mirassol, que ainda não venceu contra os grandes paulistas na competição (perdera para Palmeiras (1 a 0), Corinthians (3 a 2) e Santos (3 a 0)), perdeu oportunidade de carimbar a classificação para a segunda fase do Campeonato Paulista. A equipe de amarelo continua em 6º (segue precisando de um pouco para garantir-se).

BARUERI: A CIDADE DAS PLACAS

Antes da partida, Rogério Ceni foi homenageado com uma placa comemorativa referente ao feito (100º gol) no jogo contra o Corinthians, no último domingo. Mas, dessa vez, quem mereceu as honras foi Lucas, autor de um golaço.

O meia escapou de Magal aos 26 minutos, driblou mais dois marcadores e o goleiro Fernando Silva antes de tocar para a rede do Mirassol. Que golaço na Arena Barueri! Vem mais placa por aí!

Mas o dia não era só flores para o lado do Tricolor. Antes do tento de Lucas, o São Paulo pouco chegara ao gol de Fernando Silva (o goleiro Fernando Leal, um dos destaques do Mirassol, não jogou, suspenso). É que os dois times demoraram a engatar a primeira marcha.

Do lado do time do interior, pouca ousadia para penetrar na área tricolor. Já o São Paulo também não atravessava tarde inspirada. A não ser, claro, por Lucas, que se apresentou o tempo todo como boa opção pelo lado direito. Sem a sombra de um Everton Sena (volante que marcou o meia tricolor de forma implacável na derrota para o Santa Cruz, na última quarta-feia) por perto, Lucas teve liberdade, mas não viu a mesma disposição por parte dos companheiros no primeiro tempo de jogo.

Depois do gol, o Tricolor se retraiu no campo de defesa, acomodado. Foi a chance que o Mirassol precisava para atacar. E, aos 43, Samuel chutou torto e Wellington Amorim ajeitou com estilo antes de acertar a trave direita de Rogério Ceni. Susto na Arena Barueri!

Na segunda etapa, o Leão da Araraquarense, enfim, proporcionou a primeira intervenção de Rogério na partida, após chute de Xuxa. Aos dois minutos do segundo tempo!

Em seguida, o Tricolor entrou na área como quis, esbanjando categoria, mas a tabela de Fernandinho e Juan por pouco não terminou em bola na rede.

Se o time não mostrava tanta vocação ofensiva, Fernandinho passou a se apresentar como uma opção mais interessante pela esquerda. Pelos pés dele, explorando a linha de fundo, Jean recebeu livre antes de perder gol na cara de Fernando Silva, aos 8 minutos. Cinco minutos depois, o camisa 12 rolou para Casemiro tirar tinta da trave.

Aos 20 minutos, foi a vez de Renato Peixe errar e Willian, livre, tocar a trave adversária.

Só que o Mirassol respondeu: Wellington Amorim, aos 14, e Diego, aos 17, mostraram que o Leão da Araraquarense não estava morto e queria o gol de empate. Aos 34, Marcelinho quase marcou. A pressão do time de amarelo culminou em bate-rebate na área aos 41, que Dezinho desperdiçou chance após rebote de Rogério dentro da área.

Mas o Tricolor suportou as investidas do Leão da Araraquarense e pode respirar aliviado. Ufa! Foi a 12ª vitória tricolor na competição, mais uma vez com show de Lucas.

O São Paulo agora duela com o Noroeste, no estádio Dr. Alfredo de Castilho, em Bauru, no próximo domingo. Já o Mirassol tenta assegurar a classificação contra o Ituano, no estádio José de Campos Maria Maia, no sábado.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 1X0 MIRASSOL

Estádio: Arena Barueri, Barueri (SP)
Data/hora: 3/4/2011 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Alex Alexandrino (SP)
Renda/público: R$ 122.941,00 / 5.912 pagantes
Cartões amarelos: Lucas, Carlinhos (SPO); Jairo (MIR)
Cartões vermelhos: Não houve
GOL: Lucas, 26’/1ºT (1-0)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Alex Silva, Miranda e Juan; Casemiro, Jean, Carlinhos Paraíba e Lucas; Fernandinho (Henrique, 40’/2ºT) e Willian (Rivaldo, 24’/2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani

MIRASSOL: Fernando Silva; Samuel (Fabinho Capixaba, 28’/2ºT), Leandro Almeida, Dezinho e Renato Peixe (Marcelinho, 28’/2ºT); Jairo, Otacílio (Reinaldo Alagoano, 38’/2ºT), Magal, Diego e Xuxa; Wellington Amorin. Técnico: Ivan Baitelo

abril 3, 2011 - Posted by | São Paulo |

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s