Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Atlético-MG vence e vira o vice-líder do Mineiro

Após superar o Democrata-GV, Galo está muito próximo de garantir a sua presença nas semifinais da competição

Não foi fácil, mas o Atlético-MG superou o Democrata, penúltimo colocado no Campeonato Mineiro, por 3 a 1, neste domingo, no Mamudão, em Governador Valdares e assumiu a vice-liderança da competição.

Com a vitória, Atlético foi aos 20 pontos e precisa de apenas mais um ponto para se garantir nas semifinais da competição. Já o Democrata segue na penúltima posição do Mineiro-2011, com apenas quatro pontos.

Próximos jogos:

Pela Copa do Brasil, o Atlético volta à campo nesta quarta-feira, para enfrentar o Grêmio Prudente. Já pelo Mineiro, no próximo domingo (10), o Galo enfrenta a Caldense, fora de casa, no Estádio Ronaldão, às 16h. Já o Democrata enfrenta o América-MG, no mesmo dia e horário e também fora dos seus domínios. O confronto será na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

O jogo:

O Democrata começou a partida com uma boa marcação e uma postura ofensiva. Amilton, Vander e Fernandão deram certo trabalho à marcação do Atlético, que tinha dificuldades para deixar o seu campo de defesa. No entanto, bastou o Galo trabalhar a bola para o seu jogo fluir com naturalidade, uma vez que o Democrata se mostrou nervoso em campo. Com menos de dez minutos, Vander e Fernandão já haviam sido amarelados.

Galo na frente:

Após esfriar o ímpeto da Pantera, o Atlético mostrou a sua superioridade. Aos dez minutos, Renan Oliveira – agora sem a companhia do experiente Ricardinho – deu passe preciso para Magno Alves finalizar na saída de Vilar, que nada pode fazer. Atlético 1 a 0 em Valadares.

A partir do gol atleticano, o confronto ficou mais aberto. Aos 17 minutos, Fillipe Soutto fez lançamento milimétrico para Renan Oliveira finalizar de primeira. Por muito pouco não veio o segundo do Galo. Já aos 19, o estreante Guilherme Santos arriscou finalização de longe.

Mas a Pantera estava viva em campo. Aos 24 minutos Vander deixou Amilton cara a cara com Amilton que finalizou sem força e Renan Ribeiro fez a defesa e garantiu a tranquilidade para o Atlético seguir atacando. Aos 29 minutos, Magno Alves cobrou falta e Vilar fez grande defesa. Dois minutos depois foi a vez de Jackson desperdiçar boa oportunidade de gol.

Melhor em campo, não tardou para o Atlético ampliar. Aos 35 minutos, Serginho cobrou falta e após Magno Alves cabecear e Vilar proporcionar o rebote, o zagueiro e capitão Réver só teve o trabalho de completar. Atlético 2 a 0.

Pantera reage:

A tranquilidade dos comandados de Dorival Júnior durou pouco. Assim como nas onze partidas anteriores, o Galo voltou a sofrer ao menos um gol. Aos 40 minutos, Cláudio cobrou falta e após desvio de Silvio, Renan Ribeiro deu rebote e Fernandão completou. Democrata 1 x 2 Atlético.

Segundo tempo:

As duas equipes voltaram para a segunda etapa com as mesmas escalações e com a mesma disposição do primeiro tempo. Aos seis minutos, Fernandão recebeu na direita da defesa do Atlético e tentou o passe ao invés de finalizar. No minuto seguinte veio a resposta do Galo: Fillipe Souto cobrou falta e a bola passou muito próxima ao gol de Renan Ribeiro.

Toma lá dá cá:

A partida seguia aberta e com chances para as duas equipes. Aos 15 minutos, após cobrança de falta, Silvio – de ombro – quase empatou para o Democrata. Renan Oliveira, atrasado, nada poderia fazer. No minuto seguinte vieram os dois milagres de ‘São Vilar’. Primeiro veio a finalização do estreante Guilherme e a grande defesa do camisa 1 da Pantera e no rebote, nova defesa de Vilar em cabeçada de Neto Berola.

Expulsão e gol de Neto Berola:

O equilíbrio que exista em campo se desfez após a expulsão do zagueiro Marden, do Democrata. Após cometer falta em Renan Oliveira, o camisa 5 da Pantera, que já tinha o cartão amarelo, deixou a partida. Pouco depois, aos 33 minutos, Neto Berola sofreu pênalti de Ely Tadeu. O próprio camisa 17 cobrou e marcou. Atlético 3 a 1.

Renan Oliveira ainda desperdiçaria grande oportunidade após passe de Magno Alves, aos 41 minutos. Sorte que o gol perdido não fez falta e a vitória foi do Atlético.

FICHA TÉCNICA:
DEMOCRATA-GV 1 X 3 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Mamudão, Governador Valdares (MG)
Data/Hora: 3/4/2011 às 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Emérson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida Costa (MG) e Breno Rodrigues (MG)
Renda/Público: Não divulgados.

Cartões amarelos: Vander, Fernandão, Marden, Renê, Serginho, Ernani e Ely Tadeu (DEM); Magno Alves, Fillipe Soutto, Renan Oliveira, Patrick e Neto Berola (ATL)
Cartões vermelhos: Marden (DEM), aos 22’2T.

Gols: Magno Alves, aos 10’1T(0-1); Réver, aos 35’1T(0-2); Fernandão, aos 40’1T(1-2) e Neto Berola, aos 33’2T(1-3).

DEMOCRATA-GV: Vilar, Lúcio, Marden e Silvio; Cláudio, Rogério, Renê (Ely Tadeu, aos 18’2T), Vander (Serginho, aos 35’2T) e Ernani; Amilton e Fernandão (Adriano, aos 34’2T). Técnico: José Maria Pena.

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro, Rafael Cruz (Patrick, aos 25’2T), Réver, Leonardo Silva e Guilherme Santos; Fillipe Soutto (Wendel, aos 29’2T), Serginho, Renan Oliveira e Jackson; Magno Alves e Ricardo Bueno (Neto Berola, aos 12’2T). Técnico: Dorival Júnior.

abril 3, 2011 - Posted by | Atlético-MG

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s