Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

Ofensivo, Caio Junior vence em sua estreia pelo Botafogo


Na estreia de Caio Junior no comando do Botafogo, diante do Paraná, clube que o projetou para o cenário nacional, o Alvinegro levou a melhor por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em Curitiba (PR), e levou uma boa vantagem para o Rio de Janeiro.

Agora, para a partida no próximo dia 6, no Engenhão, o Alvinegro pode empatar ou perder por 1 a 0, que fica com a vaga nas oitavas de final da competição. A estrela do treinador brilhou. Caio Junior colocou o garoto Willian no intervalo, na vaga de Rodrigo Mancha, mostrando seu estilo ofensivo e logo no primeiro minuto em campo, ele garantiu a vitória.

ZAGUEIROS MARCAM UM PARA CADA LADO

O Botafogo mostrou um ligeiro domínio nos primeiros minutos. Apostando em bolas altas, a equipe alvinegra criou boas oportunidades. A defesa paranista, bem postada, afastava o perigo. Se movimentando bem, o Botafogo assustou em um bom chute de Herrera. Com espírito mais ofensivos as chances foram sendo criadas, pouco a pouco. O Paraná, acuado, apenas assistia o Glorioso jogar.

Receba primeiro as notícias do Fogão no seu celular!

Aos 11, Léo protagonizou um lance bisonho. Na primeira chegada do Paraná, o atacante recebeu de Luiz Camargo e, sozinho, finalizou quase na lateral, para o desespero da torcida paranista. Pressionando, o Bota conseguiu abrir o marcador. Após escanteio cobrado por Somália, Antônio Carlos subiu no meio de dois zagueiros e abriu o marcador. Contudo, não deu nem tempo para comemorar. Um minuto depois, o Paraná devolveu na mesma moeda. Kelvin cobrou escanteio e Rodrigo Defendi empatou.

O gol animou o Paraná, que empurrado pela torcida, começou a gostar do jogo e teve duas boas chances para marcar, com Léo e Kelvin, mas Jefferson salvou. Passado o susto, o Botafogo voltou a tomar conta das ações e encurralou os paranaenses no campo de defesa. Herrera criou boa chance, mas esbarrou no goleiro Thiago Fernandes – ao estilo Peter Cech, com uma proteção na cabeça – assim como Caio. Aos 47, Luiz Camargo acertou cotovelada sem bola em Herrera dentro da área. Como a bola não estava rolando, o juiz chamou o camisa 8 do Paraná e expulsou o capitão, em meio a muitos protestos dos jogadores do Paraná e dos alvinegros que pediam pênalti.

ESTRELA DO OFENSIVO CAIO JUNIOR BRILHA

Com um homem a mais, Caio Junior fez jus a fama de ofensivo e colocou o garoto Willian na vaga de Rodrigo Mancha. E logo no primeiro minuto, a estrela do treinador brilhou. Após chute de Somália, Thiago Fernandes bateu roupa e Willian marcou seu primeiro gol como profissional. O jogo ganhou novas emoções dois minutos depois. Somália cometeu falta no meio de campo e recebeu o segundo cartão amarelo.

Caio Junior colocou Fahel na vaga de Marcio Azevedo, protegendo a defesa novamente, com isso Everton caiu pela esquerda, ajeitando o time após a expulsão de Somália. O jogo caiu em emoção e as duas equipes começaram a se estudar. O Paraná assustou com Kelvin e o Botafogo com Caio. Com a partida mais equilibrada, Ricardo Pinto sacou Lima e colocou o atacante Marquinhos, para buscar o empate.

A equipe paranista tentou equilibrar o jogo, mas deficiente técnicamente, não conseguiu assustar. O Botafogo tentou chegar ao terceiro gol, que garantiria a vaga direta sem a necessidade do segundo jogo, mas continuou pecando nas finalizações. Caio Junior ainda fez a última alteração e colocou o garoto Cidinho na vaga de Caio. Com pouco tempo, o menino mostrou que tem talento e por duas vezes caiu dentro da área pedindo pênalti, mas o árbitro nada deu. O resultado acabou sendo justo e agora o Alvinegro joga por um empate no Engenhão para ficar com a vaga.

FICHA TÉCNICA:
PARANÁ 1×2 BOTAFOGO

Estádio: Durival de Britto, Curitiba (PR)
Data/hora: 30/3/2011 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende da Cunha (GO)
Cartões amarelos: Henrique, Anderson (PAR); Rodrigo Mancha, Somália, Alessandro (BOT)
Cartões vermelhos: Luiz Camargo, 47’/1ºT (PAR); Somália, 3’/2ºT (BOT)
Gols: Antônio Carlos, 15’/1ºT (0-1); Rodrigo Defendi, 16’/1ºT (1-1); Willian, 1’/2ºT (1-2)
Renda e público: R$ 119.525,00 / 4.490 pagantes / 4.815 presentes

PARANÁ: Thiago Rodrigues, Paulo Henrique, Luciano Castán. Rodrigo Defendi e Henrique (Luizinho, 43’/2ºT); Anderson, Luiz Camargo, Lima (Marquinhos, 28’/2ºT) e Diego (Ricardinho, 34’/2ºT); Kelvin e Léo. Técnico: Ricardo Pinto.

BOTAFOGO: Jefferson, Alessandro, Antônio Carlos, Márcio Rosário e Marcio Azevedo (Fahel, 7’/2ºT); Rodrigo Mancha (Willian, intervalo), Marcelo Mattos, Somália e Everton; Herrera e Caio (Cidinho, 40’/2ºT). Técnico: Caio Junior.

março 31, 2011 - Posted by | Botafogo | ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s