Portal Futebol

Tudo sobre o futebol Brasileiro e Internacional

‘Aquático’ Verdão goleia o Uberaba e avança na Copa do Brasil

Com 3 a 0 já na primeira etapa, Palmeiras assegura vaga nas oitavas. Rival pode ser Sampaio Corrêa (MA) ou Santo André

Nem mesmo a viagem de cinco horas e meia de ônibus que o Verdão fez até Uberaba, nem o gramado encharcado no Uberabão, prejudicaram o desempenho do Palmeiras, que fez valer a sua superioridade, goleou a equipe do Triângulo Mineiro por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, e assegurou a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Luan e Kleber, marcando duas vezes cada, brilharam em Minas Gerais. O primeiro, além dos gols, foi o melhor em campo. O segundo superou as polêmicas com Felipão e retornou ao time, após três jogos por conta de uma lesão na coxa direita, em grande estilo. Agora o Palmeiras enfrentará o vencedor do duelo entre Sampaio Corrêa (MA) e Santo André (SP). No primeiro jogo, a equipe maranhense venceu por 2 a 0.

Já o Uberaba coleciona mais uma eliminação frente a um grande do futebol brasileiro – na edição 2010 da Copa do Brasil, o Zebu sucumbira diante do Fluminense.

ESPETÁCULO AQUÁTICO

À exemplo do último clássico contra o São Paulo (empate em 1 a 1, no Morumbi, pelo Paulistão), o Palmeiras atuou em um gramado encharcado e prejudicado pelas poças d’água. As fortes chuvas que atingiram a cidade de Uberaba horas antes do início do jogo atrapalharam o andamento do jogo, mas não impediram o espetáculo verde.

Os torcedores do Zebu aproveitavam a presença de um clube grande para empurrar o time. Ainda sem vencer em casa em 2011, o Uberaba empolgou a torcida por alguns poucos momentos na primeira etapa, com Marcinho e Cristiano Brasília. Mas Deola evitou o pior para o Verdão.

Pelo lado verde, Valdivia e Kleber não brilharam no início de jogo. Luan, então, assumiu a responsabilidade e deu início à apresentação alviverde em grande estilo.

Em noite inspirada, o camisa 21 perdeu duas oportunidades de gol, aos 4 e aos 8 minutos, que deram um aperitivo do que viria a seguir. Aos 10, o jogador aproveitou escanteio de Marcos Assunção e, na primeira trave, tocou para o fundo do gol de Fernando. Onze minutos depois, ele tabelou com Kléber e estufou as redes para marcar o segundo.

O volante Balduíno, que é fisioterapeuta nas horas vagas (veja matéria do LANCENET!), tentou parar as tramas ofensivas do time verde, especialmente de Valdivia e Kleber, já soltos em campo, mas não conseguiu.

Muito superior, o Verdão chegou ao terceiro gol justamente em uma jogada de sua “dupla dinâmica”: aos 42, o Mago abriu o jogo pela esquerda e com um toque longo encontrou Kleber livre na entrada da área. O Gladiador, com calma, pôs a bola no canto direito de Fernando, sacramentando o 3 a 0.

Na segunda etapa, o Palmeiras não se acomodou e se cansou… de perder gols! Seja com Kleber, Valdivia ou Luan, o Verdão colecionava gols perdidos e poderia voltar para São Paulo com um saldo bem maior na conta.

Na melhor das chances, Kleber recebeu dentro da pequena área e, com um leve toque, tocou rente à trave do goleiro Fernando.

Tranquilo, o Verdão esperou o tempo passar para carimbar a vaga para as oitavas de final. E ainda deu tempo para um golaço de Kleber! Depois de tantos gols perdidos, o Gladiador se redimiu em grande estilo: nos acréscimos, ele aproveitou jogada de Márcio Araújo e emendou um bonito voleio. Além da vaga, o time garantiu a tranquilidade para encarar as cinco horas e meia de viagem de ônibus, na volta para São Paulo.

No próximo domingo, o Palmeiras tem o São Caetano pela frente, em partida válida pelo Campeonato Paulista, mesmo dia em que o Uberaba visita o Democrata de Governador Valadares no Campeonato Mineiro.

FICHA TÉCNICA:
UBERABA 0X4 PALMEIRAS

Estádio: João Guido, Uberaba (MG)
Data/hora: 16/3/2011 – 21h50
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires e Gelson Pimentel Rodrigues (ambos do ES)
Renda/público: Não divulgados
Cartões amarelos: Balduíno, Gabriel, Rodrigão (UBE); Thiago Heleno, Chico (PAL)
Cartões vermelhos: Não houve
GOLS: Luan, 10’/1ºT (0-1); Luan, 21’/1ºT (0-2); Kleber, 42’/1ºT (0-3); Kleber, 45’/2ºT (0-4)

UBERABA-MG: Fernando, Maurinho (Éder, 21’/2ºT), Rodrigão, Felipe e Bruno Campos; Balduíno, Gustavo, Gabriel (Juninho Cearense, intervalo) e Cristiano Brasília (Hugo Alexandre, 28’/2ºT); Marcinho e Cadu. Técnico: Nenê Belarmino.

PALMEIRAS: Deola; Márcio Araújo, Danilo, Thiago Heleno e Rivaldo; Chico, Marcos Assunção (João Vítor, 31’/2ºT), Patrik (Cicinho, 25’/2ºT) e Valdivia (Vinícius, 37’/2ºT). Luan e Kleber. Luiz Felipe Scolari.

março 17, 2011 - Posted by | Palmeiras |

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s